Login Fórum Exploração Suportes&Res Notícias Fundamentos Portfólio Dados MetaStock


IBOV: Ibovespa Nominal
Suportes   111819   110680   109774   108399   105760   102386   101038
Resistências   116054   116791   118061   118615   119247   121579   121595
Sup. dólar   23045   23025   22622   22536   22331   22235   22101
Res. dólar   24465   24622   24631   24720   24872   24977   25237
Data Última Abertura Máxima Mínima PMédio
27/05/2022 - 17:33 111942 111890 112441 111558 112019

Real: O índice subiu formando um "GAP" na abertura e rompendo a resistência a 107550.




Análise confeccionada para o dia 30/05/2022




INDÚSTRIA - (23/09/2021) - Comunicando.

"A utilização da capacidade instalada (UCI) da indústria continua elevada e subiu para 72% em agosto, segundo Sondagem Industrial divulgada nesta quinta-feira, 23, pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Em julho, a UCI foi de 71%.

De acordo com os dados da pesquisa, o porcentual verificado em agosto se iguala ao de agosto de 2014 e supera o registrado em agosto dos anos subsequentes. Já o índice de utilização da capacidade instalada efetiva em relação ao usual ficou praticamente estável de julho para agosto, variando de 48,0 pontos para 47,8 pontos." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (23/09/2021) - Comunicando.

"As autoridades chinesas disseram às autoridades locais para se prepararem para a possível falência da incorporadora imobiliária Evergrande, altamente endividada, informou o Wall Street Journal na quinta-feira (23)." (Fonte: Advfn)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (23/09/2021) - Comunicando.

"O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) acelerou pela terceira medição seguida, agora para 1,27%, na terceira leitura de setembro, vindo de 1,10% na apuração imediatamente anterior. Com isso, o indicador acumula aumento de 9,42% nos últimos 12 meses, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta quinta-feira." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (23/09/2021) - Comunicando.

"Após manter a promessa de seguir seu “plano de voo” e elevar a Selic (a taxa básica de juros) em 1,00 ponto porcentual – de 5,25% para 6,25% ao ano , o Comitê de Política Monetária (Copom) adiantou nesta quarta-feira, 22, que deve manter o atual ritmo de ajuste na próxima reunião, no dias 26 e 27 de outubro." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (23/09/2021) - Comunicando.

"O fluxo cambial registrou uma entrada líquida de US$ 404 milhões na semana passada, segundo dados do Banco Central. Entre os dias 13 e 17 de setembro, a conta financeira viu saída de US$ 444 milhões, enquanto a conta comercial ficou positiva em US$ 848 milhões.

Dessa forma, o saldo do fluxo cambial em setembro até o último dia 17 sobe a US$ 1,984 bilhão. A conta de capital responde por uma saída de US$ 617 milhões, enquanto a conta comercial tem entrada de US$ 2,601 bilhões.

No ano, o fluxo cambial tem entrada líquida de US$ 21,865 bilhões. A conta financeira está positiva em US$ 2,050 bilhões. Já a conta comercial tem saldo de US$ 19,815 bilhões. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (22/09/2021) - Comunicando.

"Nouriel Roubini, economista conhecido por prever o colapso das hipotecas que foi determinante para a crise financeira de 2008, disse que o mundo pós-pandemia parece caminhar para uma repetição.

“Minha preocupação é que estejamos na armadilha da dívida”, disse Roubini, presidente do conselho e CEO da Roubini Macro Associates e professor da Stern Business School da Universidade de Nova York, em entrevista à Bloomberg TV durante o Fórum Econômico Greenwich, em Connecticut." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (22/09/2021) - Comunicando.

"O Comitê de Política Monetária (Copom) se reúne nesta quarta-feira (22) e deve elevar a taxa básica de juros, a Selic, pela quinta vez seguida, de 5,25% para 6,25% ao ano — o maior patamar desde julho de 2019, ou seja, em pouco mais de dois anos. " (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (22/09/2021) - Pelo visto a concorrência está e vai afetar a rentabilidade dos grandes bancos nacionais, afinal, bate boca com a concorrência é sinônimo de desespero ou estratégia de marketing. Qual você escolhe?

"Associações de bancos e de fintechs acusam uns aos outros de careiros nas redes

A aproximação da primavera não trouxe temperaturas mais altas só em diversas regiões do País, mas também nas redes sociais. Desde o final da semana passada, esquentou o clima entre a Federação Brasileira dos Bancos (Febraban), que representa as instituições tradicionais e dominantes no sistema, e a Zetta, recém-criada associação que representa alguns dos novos desafiantes do sistema, ao todo 15 bancos digitais e fintechs." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (21/09/2021) - Comunicando.

"Por outro lado, a OCDE revisou para cima sua projeção de alta do PIB do Brasil em 2021, para 5,2%. Em maio, a entidade com sede em Paris esperava que a economia brasileira crescesse 3,7% este ano. Já para 2022, a OCDE reduziu para baixo sua previsão de avanço do PIB brasileiro, de 2,5% a 2,3%, informa o documento." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FUNDOS DE INVESTIMENTO - (21/09/2021) - Comunicando.

"A crise da incorporadora chinesa Evergrande, que periga não conseguir honrar uma dívida de US$ 305 bilhões que vence na quinta-feira (23), pesou sobre o desempenho dos fundos imobiliários nesta segunda (20). O Ifix, índice que reúne os fundos imobiliários mais negociadas na B3, acompanhou os outros indicadores do mercado brasileiro e fechou o dia no vermelho, caindo 1,07%, aos 2.700 pontos." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (21/09/2021) - Comunicando.

"Pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda-feira (20) pelo jornal "Folha de S.Paulo" mostra que 45% dos brasileiros têm alguma dívida ou conta atrasada no momento. Os outros 55% estão com os débitos em dia.

Dívidas atrasadas com cartão de crédito foram citadas por 25% dos entrevistados. Conta de luz em atraso, por 22%. De água, por 16%.

Outras contas incluídas na pesquisa são aluguel ou prestação de imóvel, 11%; gás, 8%; mensalidade de escola ou faculdade, 6%; prestação de automóvel ou motocicleta, também 6%; plano de saúde, 5%. " (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







OPINIÃO - (21/09/2021) - Comunicando.

"Brasil é um dos países mais sensíveis à desaceleração da economia chinesa, diz Wells Fargo. Países com grande dependência das exportações, dos altos preços das commodities e que estão fortemente integrados ao sistema financeiro da China devem ser mais impactados." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (21/09/2021) - Comunicando.

"Pesquisa Datafolha realizada de 13 a 15 de setembro mostra que 45% dos brasileiros têm atualmente alguma dívida ou conta atrasada. Os outros 55% estão com essas obrigações em dia.

Dívidas atrasadas com cartão de crédito foram citadas por 25% dos entrevistados. Conta de luz em atraso, por 22%. De água, por 16%." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FOCUS - (20/09/2021) - Comunicando.

"A mediana das projeções do mercado para o crescimento da economia brasileira em 2021 permaneceu em 5,04% no Relatório Focus. Para 2022, no entanto, o ponto-médio das expectativas para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) foi reduzido de 1,72% para 1,63%.

A mediana das projeções dos economistas do mercado para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2021 subiu, pela 24ª semana consecutiva, agora de 8,00% para 8,35%, segundo o Focus. Para 2022, também subiu, pela nona sondagem seguida, de 4,03% para 4,10%.

Para a taxa básica de juros (Selic), o ponto-médio das expectativas subiu de 8,00% para 8,25% no fim de 2021 e de 8,00% para 8,50% em 2022.

A mediana das estimativas para o dólar no fim deste ano foi mantida em R$ 5,20, segundo o Relatório Focus. Para 2022, o ponto-médio das projeções subiu, de R$ 5,20 para R$ 5,23 entre uma semana e outra. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (20/09/2021) - Comunicando.

"IGP-M tem queda de 0,58% na segunda prévia de setembro. Maiores inflações foram registradas no Índice de Preços ao Consumidor, com alta de 0,95%, e no Índice Nacional de Custo da Construção, com aumento de 0,43%." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (20/09/2021) - Comunicando.

"O vulcão Cumbre Vieja, nas Ilhas Canárias, entrou em erupção neste domingo (19), às 11h10 do horário de Brasília. Ele estava em nível máximo de alerta desde a última quinta-feira." (Fonte: IG)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (20/09/2021) - Comunicando.

"Em Hong Kong, o índice Hang Seng despencou 3,3% nesta madrugada, com as ações da Evergrande fechando em queda de 10,24%, após a Bloomberg noticiar que a empresa, com um passivo de 300 bilhões de dólares - o maior do mundo-, não pagará os juros de empréstimos bancários na próxima semana. De acordo com a agência, as autoridades locais estão trabalhando na reestruturação da dívida.

Além da bomba-relógio chinesa, investidores temem que, nos Estados Unidos, o Fed dê mais um passo para a retirada de estímulos na reunião desta semana. Seu presidente, Jerome Powell, vem sinalizando que a redução dos 120 bilhões de dólares em compras de títulos mensais, o tapering, pode começar ainda em 2021. Depois da reunião de quarta, só restarão mais duas até o fim do ano. " (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (20/09/2021) - Comunicando.

"​Sob efeito da pandemia, o Brasil perdeu quase 600 mil empregadores no intervalo de dois anos, apontam dados da Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios) Contínua." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (20/09/2021) - Comunicando.

"O aumento na alíquota do IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) para bancar gastos do governo com o programa Bolsa Família vem na contramão da agenda do BC (Banco Central) de fomentar a competição para reduzir o custo do dinheiro no país, avaliam especialistas.

Diego Perez, presidente da ABFintechs (Associação Brasileira de Fintechs), afirma que a medida coloca em xeque o trabalho que tem sido desenvolvido nos últimos anos pela autoridade monetária no sentido de promover a competição no mercado, de modo a abrir espaço para novos entrantes e assim conseguir reduzir o spread bancário." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (20/09/2021) - Comunicando.

"O presidente Jair Bolsonaro decidiu aumentar a alíquota de IOF sobre operações de crédito para empresas e pessoas físicas, o que na prática encarece os empréstimos, entre 20 de setembro a 31 de dezembro de 2021. O primeiro comunicado do governo não informava quanto aumentaria o imposto. Duas horas depois, o Ministério da Economia, no entanto, confirmou, depois, as novas alíquotas diárias que serão cobradas:

Pessoas jurídica: subirá de 0,0041% (o equivalente a alíquota anual de 1,5%) para 0,00559% (alíquota anual de 2,04%);
Pessoas físicas: de 0,0082% (alíquota anual de 3,0%) para 0,01118% (alíquota anual de 4,08%). " (Fonte: Estadão)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (20/09/2021) - Comunicando.

"Nos últimos 15 anos, a indústria brasileira foi da 9.ª posição, entre as maiores do mundo, para a 14.ª No mesmo período, a participação do País na manufatura global caiu quase pela metade: de 2,2% para 1,3%, segundo o Instituto de Estudos para o Desenvolvimento Industrial (Iedi). " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (17/09/2021) - Comunicando.

"Banco Central concede autorização de funcionamento para Agrolend SCD. Instituição diz que nasceu para revolucionar o mercado do agronegócio para pequenos e médios produtores rurais no Brasil." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







OPINIÃO - (17/09/2021) - Por isso incentivei meus filhos e estudar muito línguas estrangeiras e se preparar para se mudarem para o exterior. Eu não consegui deixar de ser escravo dos funcionários públicos, mas espero que meus filhos se mudem e consigam escapar da escravidão...

"Com novos privilégios, volta de benefícios para policiais e sem economia de gastos, o Centro de Liderança Pública (CLP) diz que a proposta que tinha o objetivo de reformular o RH do Estado se transforma em uma "antirreforma" administrativa, depois das mudanças feitas pelo relator, deputado Arthur Maia (DEM-BA). O parecer será apresentado nesta quinta-feira, 16, em comissão especial da Câmara e, se aprovado, segue para o plenário.

A proposta de Arthur Maia revoga uma série de conquistas da reforma da Previdência para agentes da segurança pública, voltando a regra para o que era antes exclusivamente aos membros das forças. Além disso, incluiu guardas municipais e policiais legislativos nas forças de segurança, transformando-os em carreiras exclusivas de Estado e transfere a Polícia Federal para a competência do Judiciário. " (Fonte: Estadão)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (17/09/2021) - Comunicando.

"Os registros de inadimplentes subiram 3,3% em agosto na comparação mensal dos dados dessazonalizados, apontam dados nacionais da Boa Vista. O aumento representou a sexta alta consecutiva no indicador, e sugere que a estabilidade observada na taxa de inadimplência com recursos livres às famílias em julho não deve se sustentar a longo prazo. No mesmo sentido, a média móvel trimestral encerrada em agosto (dados dessazonalizados) avançou 9,1%, após ter aumentado 8,9% no trimestre encerrado em julho.

De acordo com o levantamento, na comparação interanual, o número de registros caiu 4,8%. Contudo, isso não impediu uma desaceleração nos resultados acumulados.

No ano, a queda de 8,8% até julho passou para -8,4% em agosto e, na variação acumulada em 12 meses, a tendência de baixa desacelerou de -16,4% para -15,3% no mesmo período." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (16/09/2021) - Comunicando.

"Setor de cartões deve crescer 20% em 2022 e superar R$ 3 trilhões em transações, estima Abecs. Expansão se segue ao crescimento de 24,5% previsto para este ano, com a participação dos cartões no consumo das famílias perto de atingir 60%." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (16/09/2021) - Comunicando.

"O fluxo cambial do ano até 10 de setembro ficou positivo em US$ 21,461 bilhões, informou há pouco o Banco Central. Em igual período do ano passado, o resultado era negativo em US$ 15,002 bilhões, informou nesta quarta-feira, 15, o Banco Central. A entrada líquida pelo canal financeiro neste ano até 10 de setembro foi de US$ 2,493 bilhões. No comércio exterior, o saldo anual acumulado até 10 de setembro ficou positivo em US$ 18,967 bilhões.

Depois de encerrar agosto julho com entradas líquidas de US$ 3,709 bilhões, o Brasil registrou fluxo cambial positivo de US$ 1,580 bilhão em setembro, até o dia 10. O canal financeiro apresentou saídas líquidas de US$ 173 milhões no período. No comércio exterior, o saldo de setembro até o dia 10, foi positivo em US$ 1,753 bilhão." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (15/09/2021) - Comunicando.

"O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), considerado prévia do Produto Interno Bruto (PIB) da autoridade monetária teve alta de 0,6%% em julho na comparação com junho, segundo dados do BC divulgados nesta quarta-feira (15). O dado ficou acima do esperado. A expectativa, segundo consenso Refinitiv, era de alta de 0,4% na comparação mensal." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (15/09/2021) - Comunicando.

"Os economistas estão revisando fortemente para baixo suas expectativas para o desempenho da economia brasileira em 2022.

Na terça-feira (14), o banco Itaú reduziu sua expectativa para o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) no próximo ano de 1,5% para 0,5%. O maior banco privado do país também passou a prever aumento do desemprego no próximo ano, com a taxa de desocupação subindo de 12,1% ao fim de 2021, para 12,5% em dezembro de 2022.

Além do Itaú, diversas outras instituições financeiras e casas de análise passaram a prever PIB menor, inflação mais alta e juros também mais elevados no cenário próximo. " (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (15/09/2021) - Comunicando.

"O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, surpreendeu o mercado nesta terça-feira (14) ao afirmar que a taxa básica de juros, Selic, seria usada no combate à inflação, mas com ressalvas.

“Vamos levar a Selic aonde precisar, mas não vamos reagir sempre a dados de alta frequência”, disse o chairman. A declaração, última antes da próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), causou divergência entre os analistas, uma queda nos juros futuros e uma revisão de expectativas para o ciclo de aperto monetário." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (14/09/2021) - Competição deve reduzir juros.

"Depois de o mercado de fintechs desafiar os grandes bancos com contas digitais, cartões de crédito e empréstimo para pessoas físicas sem acesso a serviços financeiros ou que arcavam com custos altos, o setor começa a atrair mais recursos para startups interessadas em repetir o movimento mirando pequenas empresas." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (14/09/2021) - Comunicando.

"O número de pedidos de recuperação judicial aumentou 50% em agosto ao chegar aos 111, contra os 74 do mês anterior. De acordo com o Indicador de Falências e Recuperação Judicial da Serasa Experian, o mês de agosto foi o que registrou o maior número de pedidos desde o começo de 2021. A maior parte das requisições partiram do segmento do comércio (43,2%)." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (14/09/2021) - Comunicando.

"A balança comercial brasileira registrou superávit comercial de US$ 1,399 bilhão na segunda semana de setembro. De acordo com dados divulgados nesta segunda-feira, 13, pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério da Economia, o valor foi alcançado com exportações de US$ 5,379 bilhões e importações de US$ 3,980 bilhões.

Em setembro, a balança comercial acumula saldo superavitário em US$ 2,043 bilhões até o dia 12, com exportações em US$ 9,069 bilhões e importações de US$ 7,025 bilhões. No acumulado do ano, o saldo comercial é superavitário em US$ 54,154 bilhões. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FOCUS - (13/09/2021) - Comunicando.

"A projeção do mercado financeiro para a inflação em 2021 se distanciou ainda mais do teto da meta perseguida pelo Banco Central (BC). Os economistas do mercado financeiro alteraram a previsão para o IPCA - o índice oficial de preços - este ano, conforme o Relatório de Mercado Focus, de alta de 7,58% para 8 00%. Há um mês, estava em 7,05%. A projeção para o índice em 2022 foi de 3,98% para 4,03%. Quatro semanas atrás, estava em 3,90%." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (13/09/2021) - Concorrência para empréstimos já começou a avançar. Spread bancário nos empréstimos deve cair no longo prazo e portanto a lucratividade também.

"Comuns na Inglaterra e nos EUA, fintechs que fazem o “match” entre quem quer emprestar dinheiro e quem está em busca de crédito, sem bancos no meio, foram autorizadas no País em 2019. A Bulla, que encabeçou a lista das Sociedades de Empréstimos entre Pessoas Físicas (SEPs), já acumula resultados positivos. De janeiro a agosto, a fintech intermediou R$ 5 milhões de empréstimos, ante R$ 1,5 milhão no ano inteiro de 2020. Com juros menores do que os cobrados pelos bancos, Marcelo Villela, CEO da startup, vê muitas oportunidades nesse novo modelo de crédito que batizou de “comunidade financeira”. “Estamos criando a XP do crédito”, avisa. " (Fonte: Estadão)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (13/09/2021) - Comunicando.

"A escalada dos preços foi sentida primeiro e não parou mais: a taxa acumulada em 12 meses vai se aproximando dos dois dígitos. Recentemente, somaram-se a isso sinais de que a retomada da atividade patina: o PIB ficou negativo no segundo trimestre. “Não chega a ser recessão, mas praticamente não tem crescimento; e, apesar disso, a inflação está muito elevada”. Assim a economista Silvia Matos, do Ibre-FGV, define o quadro de estagflação que, em seu entender, já se configura no Brasil." (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (13/09/2021) - Comunicando.

"1- Limite de R$ 1.000 para operações das 20 horas às 6 horas

A mudança vale entre pessoas físicas (incluindo MEIs) utilizando meios de pagamento em arranjos de transferência incluindo transferências intrabancárias, PIX, cartões de débito e liquidação de TEDs;" (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (13/09/2021) - Comunicando.

"Para 48%, Brasil deveria adotar o bitcoin como moeda oficial, diz pesquisa. Levantamento ouviu 2,7 mil pessoas na Argentina, Chile, Colômbia, Costa Rica, El Salvador, Venezuela e México." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (13/09/2021) - Comunicando.

"Comunicação do BC admite alta de juro superior a 1 ponto. Uma dúvida que muitos têm é se o BC vai deixar o mercado definir sozinho o rumo da taxa, ao sabor das estatísticas de cada dia." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (10/09/2021) - Comunicando.

"O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) cedeu 1,09% na primeira prévia de setembro, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta sexta-feira. Na mesma leitura de agosto, o indicador tinha avançado 1,06%." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (10/09/2021) - Comunicando.

"Um dos competidores mais agressivos é o Mercado Pago, a fintech do Mercado Livre (MELI) que opera com uma carteira digital (digital wallet) para os clientes. Ele acaba acertar uma parceria com a ConectCar para oferecer aos seus clientes pessoas físicas uma tag para o pagamento automático (com débito em conta) em 100% dos pedágios em rodovias e mais de mil estacionamentos, evitando a necessidade de filas. O novo serviço se chama Ultrapasse.

O Mercado Livre tem atualmente 75,9 milhões de usuários únicos ativos na América Latina, sem contar 12 milhões de vendedores. O Mercado Pago, por sua vez, tem mais de 60 milhões de pagantes únicos." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (10/09/2021) - Comunicando.

"Caminhoneiros que estiveram com o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disseram nesta quinta-feira (9) que só desmobilizam atos de raiz golpista e paralisações em rodovias se avançar a pauta anti-STF (Supremo Tribunal Federal)." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (10/09/2021) - Comunicando.

"Mercado Pago quer oferecer 'Pix a prazo' antes do BC. Empresa escolhe setores de vestuário e saúde para testar a iniciativa por conta do tíquete médio mais alto e, consequentemente, maior preferência do cliente pelo parcelamento." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (10/09/2021) - Comunicando.

"O BC (Banco Central) publicou, nesta quinta-feira (9), norma que facilita transferências internacionais por meio de cartão de crédito. Com a nova regra, a transação vai funcionar como uma compra e o banco não precisará fazer uma operação de câmbio para cada envio de recursos." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (09/09/2021) - Comunicando.

"O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, fez um alerta para os caminhoneiros de que uma greve geral da categoria traria inflação e desabastecimento no País. Nesta quinta-feira (09), caminhoneiros realizam paralisações em trechos de rodovias de pelo menos 15 Estados. Segundo boletim do Ministério da Infraestrutura, com base em informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), às 8 horas eram registrados pontos de concentração em Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná, Espírito Santo, Mato Grosso, Goiás, Bahia, Minas Gerais, Tocantins, Rio de Janeiro, Rondônia, Maranhão, Roraima, Pernambuco e Pará. A Polícia Rodoviária informa ainda que alguns corredores logísticos essenciais foram liberados agora pela manhã. São eles: BR-040/Minas Gerais, BR-116/Rio de Janeiro (Dutra/Barra Mansa), BR-040/Rio de Janeiro (Reduc), BR-101/Espírito Santo, BR-376/Paraná, BR-153/Goiás (Anápolis). O protesto indígena que bloqueava parte da BR-174, em Roraima, também foi finalizado. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (09/09/2021) - Comunicando.

"Policiais federais cumprem hoje (9) dois mandados de prisão preventiva e dois de busca e apreensão contra acusados de praticar fraudes por meio de operações com criptomoedas, no Rio de Janeiro. Esta é a segunda fase da Operação Kryptus, que conta com o apoio da Receita Federal e que investiga a prática ilegal de pirâmide financeira." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (09/09/2021) - Será que os 3 vão agendar o impeachment do Bolsonaro?

"Presidente do STF procura Lira e Pacheco após atos para reunião. Encontro ainda não foi marcado. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (09/09/2021) - Comunicando.

"O fluxo cambial do ano até 3 de setembro ficou positivo em US$ 21,062 bilhões, informou nesta quarta-feira, 8, o Banco Central. Em igual período do ano passado, o resultado era negativo em US$ 15,761 bilhões. A entrada líquida pelo canal financeiro neste ano até 3 de setembro foi de US$ 3,460 bilhões. No comércio exterior, o saldo anual acumulado até 3 de setembro ficou positivo em US$ 17,602 bilhões.

Depois de encerrar julho com entradas líquidas de US$ 831 milhões, o País registrou fluxo cambial positivo de US$ 3,709 bilhões em agosto. O canal financeiro apresentou entradas líquidas de US$ 2,577 bilhões no período. No comércio exterior, o saldo de agosto foi positivo em US$ 1,132 bilhão." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (09/09/2021) - Comunicando.

"O presidente do Uruguai, Luis Lacalle Pou, anunciou na noite de terça-feira (7) que o país realiza "avanços concretos" para um acordo de livre-comércio com a China.

Trata-se do primeiro anúncio de negociações fora do Mercosul desde que o Uruguai comunicou a seus parceiros do bloco que, ao não poder avançar com a proposta de flexibilização do grupo, apostaria em iniciar conversas unilaterais com outros países com o objetivo de obter mais acordos comerciais." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (09/09/2021) - Comunicando.

"Manifestações em estradas federais do Sul do Brasil estão bloqueando pontualmente o tráfego de caminhões nesta quarta-feira, conforme relatos da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Twitter. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







OPINIÃO - (09/09/2021) - Comunicando.

"Bancos de investimento como Morgan Stanley, Citigroup e Credit Suisse mostram cautela sobre as perspectivas para o mercado acionário dos Estados Unidos.

Na terça-feira, o Morgan Stanley rebaixou a recomendação para ações dos EUA para abaixo da média, ou underweight, e colocou papéis globais em linha com a média do mercado (equal-weight), citando um grande risco para o crescimento até outubro.

O rebaixamento do Morgan Stanley coincidiu com uma alerta do Citigroup no mesmo dia, apontando que qualquer pequena correção corre o risco de ser amplificada devido ao grande número de posições compradas. Na quarta-feira, o Credit Suisse disse que manteve uma pequena posição underweight para ações dos EUA devido a fatores como valorações muito altas e risco regulatório." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (08/09/2021) - Comunicando. "O Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna (IGP-DI) fechou agosto com deflação de 0,14%, invertendo a direção tomada um mês antes, de avanço de 1,45%, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta quarta-feira (8). Com este resultado, o índice acumula alta de 15,75% no ano e de 28,21% em 12 meses. Em agosto de 2020, o índice havia subido 3,87% e acumulava elevação de 15,23% em 12 meses. " (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (08/09/2021) - Comunicando. "O anonimato das transações financeiras envolvendo o Bitcoin e outras criptomoedas não tem agradado as autoridades brasileiras, que defendem uma regulação e uma maior transparência ao regulador.

Na semana passada, Maurício Moura, diretor de relacionamento, cidadania e supervisão de conduta do Banco Central, disse que o “anonimato não será uma opção” nas negociações de criptoativos. A afirmação foi feita durante congresso do Instituto dos Profissionais de Prevenção à Lavagem de Dinheiro e ao Financiamento do Terrorismo (IPLD), na quinta-feira (2)." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (08/09/2021) - Comunicando. "Mídia estrangeira vê risco à democracia. Tema foi destaque na cobertura do Financial Times, The Guardian, El Clarín, New York Times e El País." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (08/09/2021) - Comunicando. "Sistema digital falha, mas El Salvador adota bitcoin como moeda. País centro-americano é o primeiro do planeta a ter criptomoeda como padrão oficial." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FOCUS - (06/09/2021) - Comunicando. "A mediana das projeções do mercado para o crescimento da economia brasileira em 2021 caiu de 5,22% para 5,15%, no Boletim Focus, do Banco Central (BC), divulgado nesta segunda-feira com estimativas coletadas até o fim da semana passada. Para 2022, o ponto-médio das expectativas para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) foi reduzido de 2,00% para 1,93%.

A mediana das projeções dos economistas do mercado para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2021 subiu de 7,27% para 7,58%. Para 2022, subiu de 3,95% para 3,98%.

Para a taxa básica de juros (Selic), o ponto-médio das expectativas subiu de 7,50% para 7,63% no fim de 2021 e subiu de 7,50% para 7,75% em 2022.

A mediana das estimativas para o dólar no fim deste ano foi elevada de em R$ 5,15 para R$ 5,17. Para 2022, o ponto-médio das projeções foi mantido em R$ 5,20 entre uma semana e outra. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (06/09/2021) - Comunicando. "Fintechs avançam no atendimento a empresas. Pesquisa mostra que 27% das PMEs já têm conta em bancos tradicionais e digitais 3% só usam instituições digitais." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (06/09/2021) - Comunicando. "O open banking, já realidade em outras regiões do mundo, como União Europeia e Reino Unido, acaba de entrar em sua segunda fase de implementação no Brasil, na qual teve início o compartilhamento de dados cadastrais e transacionais sobre serviços bancários, como contas e crédito. Todo o compartilhamento é feito apenas com o aval do cliente. Esse processo será concluído apenas em 2022. A última fase vai incluir um “filé” do compartilhamento de informações entre produtos de investimento. Nesse novo ambiente de competição, executivos de grandes bancos ressaltam entre seus diferenciais, além da capacidade de crédito, a segurança. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FUNDOS DE INVESTIMENTO - (06/09/2021) - Comunicando. "O movimento faz parte de uma das novas tendências do mercado de fundos imobiliários, que se diversifica e oferece alternativas ao investidor dentro do fenômeno conhecido como financial deepening, de desenvolvimento e sofisticação dos ativos. A base de investidores em FIIs cresceu 56% em um ano e chegou a 1,4 milhão de pessoas físicas em junho, segundo a B3. No caso acima, a tendência atende pelo nome de retrofit. Ou seja, renovar edifícios que ficaram parados no tempo. " (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (06/09/2021) - Comunicando. "O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) composto do Brasil, que engloba os setores industrial e de serviços, caiu para 54,6 pontos em agosto, de 55,2 pontos em julho. Sozinho, o PMI de serviços subiu para 55,1 em agosto, de 54,4 pontos em julho, maior avanço em nove anos e meio. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (03/09/2021) - Comunicando. "A frustração com os últimos indicadores da economia brasileira tem levado o mercado a reavaliar suas projeções. Com a atividade local mais fraca do que a esperada e a inflação superando as estimativas, discussões sobre de estagflação começam a surgir entre investidores e economistas." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (03/09/2021) - Setor bancário continua recebendo sucessivas "facadas" dos governos desde o período da Dilma. "O setor mais impactado pela discussão relacionada à reforma do Imposto de Renda hoje foi o dos bancos. A reforma estabeleceu um imposto de 15% sobre o pagamento de dividendos e o fim do benefício fiscal dos juros sob capital próprio. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (03/09/2021) - Comunicando. "Reforma do Imposto de Renda encolhe arrecadação em R$ 53,6 bilhões, aponta estudo. Cálculo feito pelo economista Sergio Gobetti para o Comitê Nacional de Secretários Estaduais de Fazenda considera rombo aberto com o relatório do deputado Celso Sabino aprovado na Câmara; Estados vão tentar mudar proposta no Senado." (Fonte: Estadão)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (03/09/2021) - Comunicando. " A Câmara dos Deputados concluiu nesta quinta-feira a votação do projeto que altera regras do Imposto de Renda, entregando ao Senado uma das propostas que integram o conjunto de medidas infraconstitucionais da reforma tributária.

Nesta quinta, durante a análise de emendas, destacadas para serem votadas separadamente, deputados aprovaram uma mudança no texto principal que havia sido aprovado na véspera, reduzindo a tributação sobre lucros e dividendos de 20% para 15%. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (03/09/2021) - Comunicando. "O Banco Central (BC) anunciou nesta quinta-feira (2) que duas novas funcionalidades do Pix, sistema de pagamentos instantâneos, chegam ao público a partir de 29 de novembro deste ano. São elas: o Pix Saque e o Pix Troco.

O Pix Saque permitirá que todos os clientes de qualquer instituição participante do Pix realizem saques em dinheiro em um dos pontos que ofertar o serviço. O serviço vale para estabelecimentos comerciais, redes de caixas eletrônicos compartilhados e participantes do Pix com caixas eletrônicos próprios.

No Pix Troco, a dinâmica é bem similar. A diferença é que o saque de recursos em espécie pode ser realizado durante o pagamento de uma compra ao estabelecimento. Nesse caso, o Pix é feito pelo valor total (compra + saque). No extrato do cliente aparecerá o valor correspondente ao saque e ao valor da compra." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (03/09/2021) - Comunicando. "Em julho, a indústria brasileira ainda operava 18,5% aquém do pico alcançado em maio de 2011. Os dados são da Pesquisa Industrial Mensal divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (03/09/2021) - Comunicando. "A produção industrial brasileira caiu 1,3% em julho, após retração de 0,2% no mês anterior, segundo dados divulgados pelo IBGE nesta quinta-feira. Com o resultado, a produção industrial ficou 2,1% abaixo do patamar pré-pandemia, de fevereiro de 2020. No ano, a indústria acumula alta de 11% e, em doze meses, de 7%." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (02/09/2021) - Comunicando. "O fluxo cambial do ano até 27 de agosto ficou positivo em US$ 19,955 bilhões, informou nesta quarta-feira, 1º de setembro, o Banco Central. Em igual período do ano passado, o resultado era negativo em US$ 16,368 bilhões. A entrada líquida pelo canal financeiro neste ano até 27 de agosto foi de US$ 2,545 bilhões. No comércio exterior, o saldo anual acumulado até 27 de agosto ficou positivo em US$ 17,410 bilhões.

Depois de encerrar julho com entradas líquidas de US$ 831 milhões, o País registrou fluxo cambial positivo de US$ 3,783 bilhões em agosto até o dia 27, informou o Banco Central. O período corresponde às quatro primeiras semanas do mês. O canal financeiro apresentou entradas líquidas de US$ 2,455 bilhões no período. No comércio exterior, o saldo de agosto até o dia 27 é positivo em US$ 1,328 bilhão." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (02/09/2021) - Comunicando. "A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 7,7 bilhões em agosto deste ano, de acordo com dados divulgados pelo Ministério da Economia nesta quarta-feira (1). O superávit deste ano é o maior valor para meses de agosto da série histórica, iniciada em 1989.

Nos oito primeiros meses do ano, o saldo positivo acumulado chegou a US$ 52 bilhões, informou o Ministério da Economia. O valor também é recorde da série histórica para os oito primeiros meses do ano. " (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (02/09/2021) - Comunicando. "Boas notícias para o mercado de crédito: a inadimplência registrou recuo de 19,1%, em julho para 18,8% em agosto na cidade de São Paulo. É o que revela a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC), realizada pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).

Por outro lado, a inflação e o desemprego elevados levaram a cidade a um novo recorde de endividamento. O avanço histórico é motivado pela necessidade, e não por uma melhora da economia, aponta a pesquisa. Em agosto, a taxa de famílias endividadas passou de 66,1% para 67,2%. São 2,68 milhões com algum tipo de dívida -- um aumento de 46 mil famílias na comparação mensal e de 446 mil em relação a agosto de 2020, quando a taxa era de 56,4%. Os lares com dívidas em atraso, por sua vez, somam 750 mil. No ano, houve avanço de 1,6 ponto percentual (p.p.)." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (02/09/2021) - Comunicando. "O plenário da Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (1), o texto-base do projeto de lei que modifica a cobrança do Imposto de Renda para pessoas físicas, empresas e sobre investimentos e dispõe sobre a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL). Foram 398 votos favoráveis ao parecer e 77 contrários.

Os parlamentares analisam amanhã os destaques de bancada, que podem modificar a versão aprovada. Concluída esta etapa, o projeto de lei segue para o Senado Federal." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (02/09/2021) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, subiu 1,44% em agosto, acelerando frente ao ganho de 1,02% verificado em julho e também em relação à alta de 1,40% registrada na terceira quadrissemana do mês passado, segundo dados publicados nesta quinta-feira, 2, pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). Entre janeiro e agosto, o IPC-Fipe acumulou inflação de 6,06%. Nos 12 meses até agosto, a alta acumulada foi de 10,51%." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (02/09/2021) - Comunicando. "No momento em que o Brasil enfrenta altas consecutivas dos preços da energia elétrica e o risco de faltar luz nos próximos meses, especialistas no setor repetem: "eu avisei". Há mais de 10 anos, o problema da dependência do país das hidrelétricas é conhecido, mas ignorado.

Pelo contrário, o descontrole do desmatamento acelera uma das consequências mais palpáveis das mudanças climáticas no Brasil, a redução do regime de chuvas —cruciais para a geração da energia." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (02/09/2021) - Comunicando. "A trajetória de recuperação da economia brasileira, após o tombo causado pela covid-19 em 2020, passou por um soluço no segundo trimestre. O Produto Interno Bruto (PIB, valor de todos os produtos e serviços produzidos na economia em determinado período) registrou ligeira queda de 0,1% em relação ao primeiro trimestre, informou nesta quarta-feira, 1.º, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O resultado veio abaixo das estimativas de economistas ouvidos pelo Projeções Broadcast, que, na maioria, esperavam crescimento de 0,2%. O intervalo das projeções ia de queda de 0,3% a alta de 0,7%. " (Fonte: Estadão)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (02/09/2021) - Comunicando. "O crescimento da atividade industrial brasileira perdeu força em agosto, diante dos custos elevados de matérias-primas e da depreciação do real, bem como da menor expansão da produção, indicou a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês).

A queda do PMI da indústria a 53,6 em agosto, de 56,7 em julho, quando chegou a uma máxima em cinco meses, mostrou que houve desaceleração do desempenho da indústria no Brasil, apontaram dados divulgados nesta quarta-feira pela IHS Markit." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (01/09/2021) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor – Semanal (IPC-S) desacelerou a 0,71% no fechamento de agosto, após variação de 0,92% em julho e de 0,75% na terceira quadrissemana do mês. A informação foi divulgada nesta quarta-feira, dia 1º, pela Fundação Getulio Vargas (FGV). O indicador acumulou inflação de 8,95% nos 12 meses até agosto, maior que o avanço de 8,76% ocorrido no período até julho. O resultado mensal veio levemente abaixo da mediana da pesquisa Projeções Broadcast, de 0,72%. O intervalo das apostas ia de 0,62% a 0,77%." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (01/09/2021) - Comunicando. "Rentabilidade de bancos será menor pós-crise. Fatores como o aumento da competição, inovações como Pix e open banking e a queda estrutural da Selic devem levar o setor a uma nova realidade." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (01/09/2021) - A cada dia que passa, estamos chegando perto de ser implantado no Brasil uma ditadura militar corrupta sob o comando do atual presidente da república e isso é muito preocupante economicamente. "A revelação de que PMs de diversos estados estão convocando colegas para manifestações a favor do governo Bolsonaro no próximo dia 7 de setembro é apenas a ponta do iceberg. A área de Inteligência da Polícia Militar de São Paulo teria identificado também contatos cruzados entre oficiais das PMs de diferentes unidades da federação com o objetivo de reforçar o chamamento e garantir que os protestos tenham uma amplitude nacional. Nessas conversas, policiais militares estariam combinando horários e locais para os atos nas mais variadas capitais e até mesmo metas de comparecimento de integrantes da corporação.

Se a percepção de que esses eventos eram espontâneos e isolados já causava apreensão, a questão ganha ainda maior gravidade caso esses movimentos se tornem organizados. Mesmo que sem qualquer respaldo dos comandos das Polícias Militares, a interlocução entre oficiais da PM dos mais variados estados confere um caráter “institucionalizado” às manifestações do dia 7. Ainda que informalmente, está surgindo uma espécie de “Confederação Nacional das Polícias Militares”, com motivações, no mínimo, preocupantes. O RR enviou uma série de perguntas à PM de São Paulo." (Fonte: Relatório Reservado)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (01/09/2021) - Comunicando. "Caixa Cartões aumenta participação na Elo de 36,9% para 41,4%." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (01/09/2021) - Comunicando. "A proposta alternativa do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para o pagamento de precatórios (dívidas que a União é obrigada a pagar depois de derrotada em decisões judiciais) pode gerar uma “bola de neve” de R$ 672,4 bilhões a R$ 1,448 trilhão até o fim de 2036, quando acaba a vigência do teto de gastos (regra que limita o crescimento das despesas à variação da inflação). " (Fonte: Estadão)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (01/09/2021) - Comunicando. "A taxa de desemprego caiu para 14,1% no 2º trimestre de 2021, uma redução de 0,6 ponto percentual em relação ao trimestre anterior (14,7%). Na comparação com o período de abril a junho do ano passado, houve alta de 0,8 ponto percentual (13,3%).

A população desocupada soma 14,4 milhões de pessoas e ficou estável ante ao primeiro trimestre, quando era de 14,8 milhões de pessoas. Na comparação com o mesmo período de 2020, a quantidade de pessoas desocupadas aumentou em 12,9% — mais 1,7 milhões de pessoas." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (31/08/2021) - Quase todos os empresários de quase todos os setores da economia brasileira estão, também, ficando de "saco cheio" do Bolsonaro e suas ameaças a democracia... "No mesmo dia do impasse em relação à divulgação de manifesto do setor empresarial, capitaneado pela Fiesp e que gerou um racha na Febraban, entidades do setor agroindustrial divulgaram nota mais enfática em defesa da democracia.

Preocupações com o risco político foram renovadas após a Caixa Econômica Federal e o Banco do Brasil ameaçarem deixar a Febraban (Federação Brasileira de Bancos), caso a entidade formalizasse a adesão a um manifesto articulado por Paulo Skaf, presidente da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo).

O documento, assinado por mais de 200 instituições empresariais, critica a escalada da crise entre os Poderes e pede respeito à Constituição. O governo interpretou o manifesto como uma crítica à gestão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido)." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







OPINIÃO - (31/08/2021) - Pelo mesmo motivo há algum tempo venho recomendando investimentos em imóveis e em ações. "O veterano Mark Mobius recomenda que os investidores apliquem 10% da carteira em ouro, argumentando que as moedas vão se depreciar após o estímulo sem precedentes implementado para combater a pandemia do coronavírus." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FOCUS - (30/08/2021) - Comunicando. "Para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação oficial do país, a expectativa do mercado para o ano de 2021 subiu de 7,11% para 7,27%. Para 2022, o mercado financeiro subiu de 3,93% para 3,95% a estimativa de inflação.

No caso do Produto Interno Bruto (PIB) de 2021, os economistas do mercado financeiro reduziram estimativa para o crescimento de 5,27% para 5,22%. Para 2022, o mercado manteve a previsão de alta do PIB em 2%.

O mercado financeiro também manteve em 7,50% ao ano a previsão para a Selic no fim de 2021. Com isso, os analistas seguem estimando alta nos juros em 2021. Para o fim de 2022, os economistas do mercado financeiro mantiveram a expectativa para a taxa Selic para 7,50% ao ano, o que pressupõe estabilidade do juro básico da economia no ano que vem.

Dólar: a projeção para a taxa de câmbio no fim de 2021 subiu de R$ 5,10 para R$ 5,15. Para o fim de 2022, ficou estável em R$ 5,20 por dólar." (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (30/08/2021) - Comunicando. "A inflação medida pelo Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) ficou em 0,66% em agosto, contra 0,78% no mês anterior, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV). Em 12 meses, o índice acumula alta de 31,12%; no ano, está em 16,75%. Em agosto de 2020, o índice havia subido 2,74% e acumulava elevação de 13,02% em 12 meses." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (30/08/2021) - Comunicando. "Um dos aspectos extravagantes da economia em 2020 foi a coincidência entre forte aumento no preço internacional das commodities e expressiva desvalorização cambial. Em 15 dos últimos 20 anos, quando um desses preços subiu, o outro veio para baixo. No ano passado, o preço das commodities denominado em reais subiu nada menos que 72%, sendo 33,5% de alta nas commodities e 28,9% de desvalorização cambial. A variação anualizada bateu 116% em fevereiro de 2021 e recuou para ainda expressivos 53% em julho.

Estamos diante de um megachoque de preços, só comparável ao que ocorreu em 2002, no rastro do faniquito que o mercado financeiro teve com a iminência da eleição de Lula. Naquele ano, os preços das commodities em reais subiram 74%, puxados pelo encarecimento da moeda americana (52,3%) e, em menor grau, pelo aumento das commodities em dólar (14,2%). " (Fonte: Estadão)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (30/08/2021) - Comunicando. "Os bancos públicos Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil estariam decididos a deixar a Febraban, a Federação Brasileira de Bancos, que reúne as instituições do setor. O motivo é um manifesto a ser divulgado pela Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp), com a Febraban como signatária, pedindo o fim das "hostilidades" entre os três poderes da República." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (30/08/2021) - Comunicando. "O Banco Central cedeu ao pedido de bancos e fintechs e adiou para 29 de outubro a implementação da terceira fase do open banking, que estava prevista para começar nesta segunda-feira (30).

Desde a semana passada as instituições financeiras têm pedido o adiamento da terceira fase ao BC. O motivo do pedido seria o curto prazo que separava a implementação do primeiro ciclo da segunda fase, em 13 de agosto —que já havia sido adiada pela autoridade monetária— e a terceira fase, antes prevista para 30 de agosto." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (30/08/2021) - Comunicando. "A combinação de aumento dos riscos domésticos relacionados principalmente à política e ao debate sobre as contas públicas, com incertezas globais quanto ao ritmo de crescimento das grandes economias diante da variante delta nas últimas semanas, levou as taxas pagas pelos títulos públicos negociados brasileiros a superarem a marca dos dois dígitos, ultrapassando os 11% no caso de prefixados, e a beliscarem um juro real de 5%, no caso de papéis com rendimentos atrelados à inflação de longo prazo." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (30/08/2021) - A concorrência está pressionando os juros para baixo, mesmo com a selic e a inflação subindo. "As famílias pagaram juros menores no cheque especial e no crédito não consignado em julho, de acordo com dados divulgados nesta sexta-feira (27) pelo Banco Central (BC). A taxa de juros do cheque especial para pessoas físicas caiu 2,1 pontos percentuais no mês e chegou a 123,5% ao ano.

Já no crédito pessoal não consignado a queda foi de 2,9 pontos percentuais, alcançando 79,5% ao ano em julho. Por outro lado, os juros do crédito pessoal consignado variaram 0,1 ponto percentual no mês, para 18,8% ao ano." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (30/08/2021) - Comunicando. "O Banco Central anunciou nesta sexta-feira (27) uma série de medidas de segurança no âmbito de meios de pagamentos “após golpes, fraudes e crimes violentos, como sequestro relâmpago” terem sido registrados nos últimos meses, conforme explicou João Manoel Pinho de Mello, diretor do BC.

Como era antes
Limite do Pix diurno: limitado a TED como referência;
Período do Pix noturno (entre 20h e 6h): limite do cartão de débito como referência;
Clientes podem reduzir ou aumentar seu limite, pelo app, com efeitos imediatos (redução) e entre 1 horas e o dia útil seguinte (aumento);

Como ficou
Limite do Pix diurno: limitado a TED como referência (não muda);
Período do Pix noturno (entre 20h e 6h): R$ 1.000;
Clientes podem reduzir ou aumentar seu limite, pelo app ou canais digitais, com efeitos imediatos (redução) e entre 24 e 48 horas (aumento); válido para Pix, TED, DOC, boleto e cartão de débito.
Novos limites valem apenas para transferências entre pessoas físicas e entre pessoas físicas e MEI;
Transações para empresas/PJ não tem limites em nenhum horários;
Pode pedir para aumentar o limite diretamente com o banco no caso de contas pré-cadastradas pelo usuário, ou seja, um contato cuja transferência já foi feita alguma vez. Mas esse aumento só será disponibilizado após 24 horas para garantir mais segurança;
O usuário poderá optar por zerar o limite, mas demorará entre 24h e 48h para reaver o limite maior seja igual ao anterior ou não; as instituições;" (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (30/08/2021) - Comunicando. "O estoque total de crédito no Brasil cresceu 1,2% em julho sobre junho, a 4,266 trilhões de reais, impulsionado especialmente pelo apetite das famílias, mostraram dados do Banco Central divulgados nesta sexta-feira.

Enquanto entre as pessoas físicas o avanço foi de 1,5%, entre as empresas o aumento foi de 0,8%. Em 12 meses, a expansão da carteira de crédito acelerou para as famílias a 18,2%, de 17,5% em junho, perdendo o ritmo entre as pessoas jurídicas a 13,6%, de 14,8% no mês anterior. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (27/08/2021) - Comunicando. "Os bancos pedem ao BC (Banco Central) que flexibilize as regras do Pix, sistema brasileiro de pagamentos instantâneos, para dificultar a ação de criminosos.

Segundo apurou a Folha, um dos pleitos das instituições é que o BC dê liberdade para que os bancos negociem com os clientes os limites de transferência e pagamento dentro do sistema.

Além disso, a liquidação da TED, quando o dinheiro cai na conta do recebedor, é feita em até 20 minutos em horário comercial, enquanto a do Pix é feita na hora.

Os bancos também querem que o limite seja negociado por canal de transação –com valores diferentes para operações feitas pelo celular, pelo computador ou no caixa eletrônico– e ajustado por horário em que a movimentação é realizada. Assim, a instituição poderia determinar que a quantia máxima seja menor de madrugada, por exemplo." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (27/08/2021) - Comunicando. "A solução costurada no Supremo Tribunal Federal para o pagamento da pesada conta de precatórios em 2022 representaria um corte de quase 50 bilhões de reais nessas obrigações para o ano que vem, abrindo mais espaço no teto de gastos em ano eleitoral do que a saída originalmente proposta pelo Executivo, segundo fonte com conhecimento direto do assunto.

A proposta formal é que a base de cálculo retroaja a 2016, quando passou a vigorar a regra do teto. Segundo a fonte, isso levaria o pagamento máximo de precatórios em 2022 a cerca de 40 bilhões de reais, um corte de 49,1 bilhões de reais em relação aos 89,1 bilhões de reais apresentados para o exercício." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (27/08/2021) - Comunicando. "O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quinta-feira (26), por 8 votos a 2, rejeitar ação de PT e PSOL e manter a validade da lei que deu autonomia ao Banco Central.

Um dos objetivos da nova lei foi blindar o órgão de eventuais pressões político-partidárias. A autonomia do Banco Central era debatida no Congresso desde 1991.

A lei em vigor, entre outros pontos, define que o presidente do Banco Central terá mandato de quatro anos não coincidente com o do presidente da República. Diretores também terão mandatos.

Entre outras funções, cabe ao BC, por meio do Comitê de Política Monetária (Copom), definir a taxa Selic, a taxa básica de juros da economia.

A ideia da lei é que, não podendo a diretoria da instituição ser demitida por eventualmente subir o juro, a atuação seja exclusivamente técnica, focada no combate à inflação. " (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (27/08/2021) - Comunicando. "Os dados, divulgados na quarta-feira, apontam que a taxa de desemprego no Brasil foi de 14,7% no trimestre encerrado em abril, mantendo o maior nível da série histórica iniciada em 2012. O número de desempregados chegou a 14,8 milhões.

O Brasil registrou abertura de 316.580 vagas formais de trabalho em julho, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgado nesta quinta-feira pelo Ministério da Economia. Com esse resultado, o país somou 1.848.304 de postos nos sete primeiros meses do ano.

O avanço na criação de postos de trabalho no mercado formal reflete a melhoria da atividade econômica, mas também é uma consequência do programa de manutenção do emprego e renda (BEm), que permite a suspensão de contratos de trabalho e redução de jornada e salários, com um período subsequente de estabilidade no emprego." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (27/08/2021) - Comunicando. "O ministro Paulo Guedes (Economia) criticou a atuação do Senado nesta quinta-feira (26) ao comentar sobre a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) dos precatórios." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (26/08/2021) - Comunicando. "O Índice Nacional de Custo da Construção – M (INCC-M), do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV/Ibre), aumentou 0,56% em agosto, após elevação de 1,24% um mês antes.

Com este resultado, o índice acumula alta de 11,37% no ano e de 17,05% em 12 meses. Em agosto de 2020, o índice tinha subido 0,82% no mês e acumulava alta de 4,44% em 12 meses." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (26/08/2021) - Comunicando. "O saldo entre a entrada e a saída de dólares no Brasil ficou positivo em US$ 4,607 bilhões em agosto até dia 20, refletindo superávit comercial de US$ 2,171 bilhões e fluxo financeiro positivo de US$ 2,436 bilhões, segundo dados divulgados pelo Banco Central (BC).

No acumulado de 2021 até o dia 20 de agosto, o fluxo cambial está positivo em US$ 20,779 bilhões, ante um déficit de US$ 15,787 bilhões observado no mesmo período do ano anterior." (Fonte: Advfn)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (26/08/2021) - Comunicando. "O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15), considerado a prévia da inflação oficial, subiu 0,89 por cento em agosto, sobre alta de 0,72 por cento no mês anterior, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (26/08/2021) - Mais um problema para o Brasil. "O resumo do estudo é: se não chover entre outubro e abril (que é o período de chuvas no Brasil), as revisões tarifárias que o governo terá que fazer podem levar a inflação para acima de 8% e o PIB brasileiro “perderá” mais de 2% no ano que vem. Isso transborda também no risco fiscal, já que metade dos gastos do governo de 2022 estão indexados à inflação deste ano." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (26/08/2021) - Comunicando. "O número de brasileiros endividados bateu um novo recorde em agosto, segundo pesquisa divulgada nesta quarta-feira (25) pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). O levantamento mostra que 72,9% das famílias possuem alguma dívida, contra 71,4% em julho – recorde anterior.

Trata-se do maior percentual é o maior desde 2010, quando a entidade inaugurou a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic).

A CNC estima que 11,89 milhões de famílias chegaram a agosto com algum tipo de dívida." (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (25/08/2021) - Comunicando. "A Polícia Federal (PF) informou nesta quarta-feira a realização da "Operação Kryptos", que mira suposto esquema criminoso envolvendo operações com criptomoedas. Cerca de 120 policiais federais cumprem sete mandados de prisão preventiva, dois mandados de prisão temporária e 15 mandados de busca e apreensão nos Estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Ceará e no Distrito Federal." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (25/08/2021) - Comunicando. "Cláudio José de Oliveira, conhecido como "Rei do Bitcoin", virou réu por estelionato, organização criminosa e crimes financeiros. A denúncia do Ministério Público Federal (MPF) foi aceita nesta terça-feira (24) pelo substituto juiz Paulo Sérgio Ribeiro, da 23ª Vara da Justiça Federal de Curitiba.

Além do "Rei do Bitcoin", Lucinara da Silva Oliveira, mulher dele, e Johnny Pablo Santos, tido como braço direito de Oliveira, também se tornaram réus. Ambos são acusados de organização criminosa." (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (25/08/2021) - Concorrência aumentando e invadindo áreas que antes só atuavam grandes bancos. "O número startups brasileiras do segmento imobiliário, conhecidas como proptechs e construtechs, chegou a 527 neste ano, segundo mapeamento da consultoria de inovação Distrito. Entre janeiro e julho elas levantaram US$ 879 milhões (R$ 4,77 bilhões) em investimentos de venture capital, mais de quatro vezes o valor registrado em 2020.

São negócios que estão ampliando as maneiras possíveis para comprar, alugar, reformar e construir um imóvel.

Fundada em janeiro do ano passado, com sede em Recife, a MCF (Minha Casa Financiada) é um exemplo de novo negócio que enxergou um mercado pouco atendido. A empresa ajuda clientes que querem comprar lotes e construir suas casas a acessar linhas de crédito específicas para isso, e conecta esses consumidores a mais de 3.000 construtores cadastrados, que vão realizar a obra." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (24/08/2021) - Comunicando. "Na era das instituições de pagamentos, que ampliam seus horizontes e avançam sobre searas antes detidas pelos bancos, as tradicionais maquininhas de cartão estão com os dias contados.

Se um dia já foram a unidade de medida do porte das companhias que atuavam no segmento, hoje elas podem representar uma barreira à expansão desses negócios.

É com esse intuito que a Stone, uma das principais do setor, lança nesta terça-feira (24) a sua maquininha virtual. Na prática, o Tap Ton é um aplicativo capaz de tornar um aparelho celular num POS, sigla pela qual as maquininhas de recebimento de pagamentos em cartão são conhecidas no meio." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (24/08/2021) - O que acham? "O vice-presidente da Câmara, deputado federal Marcelo Ramos (PL-AM), disse nesta segunda-feira (23) que o governo Jair Bolsonaro (sem partido) já decidiu furar o teto dos gastos —regra que limita o crescimento de despesas à variação da inflação no ano anterior— para acomodar a ampliação do programa Bolsa Família.

“A discussão já não é mais se vai [furar o teto], mas como o governo vai fazer isso”, afirmou." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (24/08/2021) - Comunicando. "A balança comercial brasileira registrou superávit comercial de US$ 1,388 bilhão na terceira semana de agosto (de 16 a 22). Em agosto, o saldo é positivo em US$ 5,416 bilhões, até o dia 22, resultado 0,2% maior do que o registrado em todo o mês de agosto do ano passado. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (24/08/2021) - Comunicando. "A projeção do mercado financeiro para a inflação em 2021 se distanciou ainda mais do teto da meta perseguida pelo Banco Central (BC). Os economistas do mercado financeiro alteraram a previsão para o IPCA – o índice oficial de preços – este ano pela 20ª vez seguida, conforme o Relatório de Mercado Focus, de alta de 7,05% para 7,11%. Há um mês, estava em 6,56%. A projeção para o índice em 2022 subiu pela quinta semana consecutiva, agora de 3,90% para 3,93%. Quatro semanas atrás, estava em 3,80%." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FOCUS - (23/08/2021) - Comunicando. "Os economistas do mercado financeiro elevaram a estimativa do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação oficial do país, pela vigésima semana seguida. A expectativa para o indicador em 2021 subiu de 7,05% para 7,11%. Para 2022, o mercado financeiro subiu de 3,90% para 3,93% a estimativa de inflação.

No caso do Produto Interno Bruto (PIB) de 2021, os economistas do mercado financeiro reduziram estimativa para o crescimento de 5,28% para 5,27%. Para 2022, o mercado baixou a previsão de alta do PIB de 2,04% para 2%.

O mercado financeiro também manteve em 7,50% ao ano a previsão para a Selic no fim de 2021. Com isso, os analistas seguem estimando alta nos juros em 2021. Para o fim de 2022, os economistas do mercado financeiro mantiveram a expectativa para a taxa Selic para 7,50% ao ano, o que pressupõe estabilidade do juro básico da economia no ano que vem.

Dólar: a projeção para a taxa de câmbio no fim de 2021 permaneceu em R$ 5,10. Para o fim de 2022, ficou estável em R$ 5,20 por dólar." (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (23/08/2021) - Comunicando. "Altas temperaturas e falta de chuvas têm elevado o risco de perda de produção agrícola por causa das queimadas, que avançam por diversas regiões do país. Os prejuízos podem pressionar ainda mais os preços dos grãos.

Em Mato Grosso, cerca de 740 mil hectares (quase cinco vezes a cidade de São Paulo) foram tingidos por queimadas de janeiro a julho deste ano, segundo análise do Instituto Centro de Vida (ICV) em dados da Nasa —dois terços dos incêndios ocorreram em imóveis rurais. Em agosto, o sistema BDQueimadas, do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), já contabiliza outros 3.000 focos.

No Paraná, foram 2.179 focos de incêndio de julho a 8 de agosto, mais que o dobro do mesmo período de 2021." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (20/08/2021) - Comunicando. "O Senado aprovou nesta quinta-feira (19) o projeto que suspende as inscrições de dívidas dos microempreendedores individuais (MEIs), das microempresas, e das empresas de pequeno porte no Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do Setor Público Federal (Cadin). A proposta segue para a Câmara dos Deputados.

Inicialmente, o projeto, de autoria do senador Wellington Fagundes (PL-MT), previa que a suspensão valeria enquanto durasse o estado de emergência decorrente da Covid-19. A relatora, Daniella Ribeiro (PP-PB), ampliou o prazo para seis meses após o término da pandemia." (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (20/08/2021) - Comunicando. "O BC (Banco Central) regulamentou, nesta quinta-feira (19), os depósitos voluntários remunerados de instituições financeiras, que são um instrumento adicional de política monetária. A autarquia já iniciou os testes com a nova operação, que deve ser oferecido nas próximas semanas." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (20/08/2021) - Mais concorrência para o setor bancário. "O Mercado Pago, braço financeiro do Mercado Livre, passou a oferecer uma linha de crédito para os vendedores da fintech e também do Mercado Livre. A proposta é simples: dentro da própria plataforma ou pelo aplicativo, será possível solicitar uma oferta de crédito em alguns cliques e ter a análise feita em até 4 dias úteis." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (20/08/2021) - Comunicando. "O dólar avançava contra o real nesta quinta-feira, chegando a superar os 5,45 reais nas máximas do dia depois que as autoridades do Federal Reserve abalaram os mercados globais ao levantarem a possibilidade de redução de estímulos já em 2021, em meio ainda às teimosas incertezas políticas e fiscais domésticas." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (20/08/2021) - Comunicando. "A exchange japonesa de criptomoedas Liquid disse na quinta-feira (19) que foi atingida por um ataque cibernético que levou hackers a lucrar com mais de US$ 90 milhões (R$ 488 milhões) em moedas digitais." (Fonte: Advfn)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (20/08/2021) - Comunicando. "Os juros futuros começaram esta quinta-feira (19) disparando até 27 pontos-base nos médios e 25 pontos nos longos, em sintonia com o dólar e refletindo a aversão a risco no exterior e local, diante dos temores com a piora fiscal e da inflação. As taxas, no entanto, se afastaram das máximas após o Tesouro antecipar a divulgação da oferta no leilão de hoje, uma estratégia para não elevar a pressão no mercado.

Às 9h17 desta quinta-feira, a taxa do contrato de depósito interfinaceiro (DI) para janeiro de 2027 subia para 10,43% (máxima 10,57%), de 10,32% no ajuste de quarta-feira, 18. O DI para janeiro de 2023 subia para 8,59% (máxima de 8,77%), e o para janeiro de 2022 ia para 6,76% (máxima de 6,82%), de 6,73% no ajuste da véspera." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (19/08/2021) - Comunicando. "O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) registrou inflação de 0,96% na segunda prévia de agosto, ante elevação de 0,72% em mesmo intervalo do mês anterior, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV). " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (19/08/2021) - Comunicando. "O fluxo cambial do ano até 13 de agosto ficou positivo em US$ 17,763 bilhões, informou nesta quarta-feira o Banco Central. Em igual período do ano passado, o resultado era negativo em US$ 15,186 bilhões.A saída pelo canal financeiro neste ano até 13 de agosto foi de US$ 1,382 bilhão. No comércio exterior, o saldo anual acumulado até 13 de agosto ficou positivo em US$ 16,381 bilhões.

Depois de encerrar julho com entradas líquidas de US$ 831 milhões, o País registrou fluxo cambial positivo de US$ 1,591 bilhão em agosto até o dia 13, informou o Banco Central. O canal financeiro apresentou entradas líquidas de US$ 1,292 bilhão no período. No comércio exterior, o saldo de agosto até o dia 13 é positivo em US$ 299 milhões." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (19/08/2021) - Comunicando. "A Coin Cloud anunciou, em parceria com a BRMalls, maior rede de shoppings do País, a instalação de 15 novos caixas eletrônicos que transacionam criptomoedas em nove cidades de quatro estados brasileiros." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (18/08/2021) - Comunicando. "A fintech inglesa Revolut está revendo seus planos de entrada no Brasil. A instituição, focada na abertura de contas internacionais sem tarifa, tem encontrado dificuldades para fechar acordo com um parceiro local." (Fonte: Relatório Reservado)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (17/08/2021) - Comunicando. "O Índice Geral de Preços-10 (IGP-10) acelerou a alta a 1,18% em agosto depois de subir 0,18% em julho, segundo os dados informados nesta terça-feira pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

Com esse resultado, o índice acumula alta de 16,88% no ano e de 32,84% em 12 meses. Em agosto de 2020, o índice subira 2,53% no mês e acumulava elevação de 11,84% em 12 meses." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (17/08/2021) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, subiu 1,35% na segunda quadrissemana de agosto, acelerando em relação à alta de 1,18% observada na primeira quadrissemana do mês, segundo dados publicados nesta terça-feira (17) pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe)." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (17/08/2021) - Comunicando. "A balança comercial brasileira registrou superávit comercial de US$ 1,974 bilhão na segunda semana de agosto (dias 9 a 15). De acordo com dados divulgados nesta segunda-feira, 16, pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério da Economia, o valor foi alcançado com exportações de US$ 6,341 bilhões e importações de US$ 4,366 bilhões.

Em agosto, até o dia 15, a balança comercial acumula superávit em US$ 3,581 bilhões, com exportações em US$ 12,173 bilhões e importações de US$ 8,592 bilhões. No acumulado do ano, o saldo é superavitário em US$ 47,939 bilhões." (Fonte: Advfn)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (17/08/2021) - Mais opiniões sobre o aumento da concorrência no setor bancário. "A chegada do open banking no país deve estimular o crescimento e aumentar a participação das fintechs de crédito no mercado, afirmou a Moody’s em relatório divulgado nesta segunda-feira (16). O movimento também deve impulsionar uma regulamentação mais rigorosa por parte do Banco Central.

Segundo a agência de classificação de risco, as fintechs de crédito já se preparam para crescer com mais força, estimuladas pela chegada do open banking. O crescimento tende a ser principalmente em nichos que não são atendidos pelos bancos tradicionais." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (17/08/2021) - A falta de fé nas moedas chamadas "fortes" dos EUA, Japão, Europa, etc, que desde 2009 vem imprimindo de forma descontrolada e com a covid, se intensificou as impressões, fez com que BC´s pelo mundo começassem a comprar ouro e muitas pessoas e empresas corressem atrás de criptomoedas. "...Pandemia. No caso específico do ouro, a pandemia afetou de forma substancial as cotações. Em meio à crise, bancos centrais e empresas de todo o mundo foram em busca do metal como ativo de reserva...""Em movimento iniciado em maio, o Banco Central, comandado por Roberto Campos Neto, voltou a comprar ouro para estocar nas reservas internacionais do Brasil. Em julho, o BC adquiriu no mercado o equivalente a 8,5 toneladas do metal. Em três meses, as compras já somaram 62,3 toneladas e fizeram as reservas em ouro quase dobrar.

As reservas internacionais, que no fim de julho somavam US$ 355,7 bilhões, funcionam como uma espécie de “seguro” contra crises cambiais. Os recursos são suficientes para cobrir os atuais compromissos do Brasil em dólar e, por isso, o País se coloca hoje como um credor em moeda estrangeira – e não como um devedor.

Pandemia. No caso específico do ouro, a pandemia afetou de forma substancial as cotações. Em meio à crise, bancos centrais e empresas de todo o mundo foram em busca do metal como ativo de reserva." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (16/08/2021) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor – Semanal (IPC-S) arrefeceu a 0,82% na segunda quadrissemana de agosto, após 0,97% na primeira quadrissemana. A informação foi divulgada nesta segunda-feira, 16, pela Fundação Getulio Vargas (FGV). O indicador acumula alta de 9,07% em 12 meses, menor que o avanço de 9,23% no período até a primeira quadrissemana." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (16/08/2021) - A falta de fé nas moedas chamadas "fortes" dos EUA, Japão, Europa, etc, que desde 2009 vem imprimindo de forma descontrolada e com a covid, se intensificou as impressões, fez com que BC´s pelo mundo começassem a comprar ouro e muitas pessoas e empresas corressem atrás de criptomoedas. "...Pandemia. No caso específico do ouro, a pandemia afetou de forma substancial as cotações. Em meio à crise, bancos centrais e empresas de todo o mundo foram em busca do metal como ativo de reserva...""Em movimento iniciado em maio, o Banco Central, comandado por Roberto Campos Neto, voltou a comprar ouro para estocar nas reservas internacionais do Brasil. Em julho, o BC adquiriu no mercado o equivalente a 8,5 toneladas do metal. Em três meses, as compras já somaram 62,3 toneladas e fizeram as reservas em ouro quase dobrar.

As reservas internacionais, que no fim de julho somavam US$ 355,7 bilhões, funcionam como uma espécie de “seguro” contra crises cambiais. Os recursos são suficientes para cobrir os atuais compromissos do Brasil em dólar e, por isso, o País se coloca hoje como um credor em moeda estrangeira – e não como um devedor.

Pandemia. No caso específico do ouro, a pandemia afetou de forma substancial as cotações. Em meio à crise, bancos centrais e empresas de todo o mundo foram em busca do metal como ativo de reserva." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (13/08/2021) - Comunicando. "O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), considerado prévia do Produto Interno Bruto (PIB) da autoridade monetária, teve alta 1,14% em junho de 2021 na comparação com maio, segundo dados do BC divulgados nesta sexta-feira (13).

O dado ficou acima do esperado. A expectativa, segundo consenso Refinitiv, era de alta de 0,4% na comparação mensal; já a Bloomberg aponta alta de 0,5% na base mensal.

Na comparação com junho de 2020, o avanço foi de 9,07%." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (13/08/2021) - Custo vai diminuir, mas também concorrência irá aumentar. "A partir desta sexta-feira (13), a relação dos brasileiros com os bancos vai começar a mudar, com a entrada em vigor do sistema bancário aberto. Um dos efeitos práticos deve ser o custo do crédito. " (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (13/08/2021) - Até os lojistas estão pegando um filão que pertencia aos grandes bancos comerciais. "O presidente do BC (Banco Central), Roberto Campos Neto, afirmou nesta quinta-feira (12) que os lojistas receberão para oferecer o serviço de saque e troco em dinheiro com o Pix, previsto para começar a funcionar até o fim deste ano. Segundo ele, essa é uma forma de incentivar o comércio a adotar os chamados Pix Saque e Pix Troco." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (12/08/2021) - Comunicando. "Nesta sexta-feira (13), o sistema financeiro vai entrar em uma nova era no Brasil. Um momento em que o presidente do Banco Central afirma ser tão revolucionário quanto a internet. " (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (12/08/2021) - Comunicando. "O fluxo cambial do ano até 6 de agosto ficou positivo em US$ 17,089 bilhões, informou nesta quarta-feira o Banco Central. Em igual período do ano passado, o resultado era negativo em US$ 13,252 bilhões. A saída pelo canal financeiro neste ano até 6 de agosto foi de US$ 1,150 bilhão.No comércio exterior, o saldo anual acumulado até 6 de agosto ficou positivo em US$ 15,939 bilhões.

Depois de encerrar julho com entradas líquidas de US$ 831 milhões, o País registrou fluxo cambial positivo de US$ 917 milhões em agosto até o dia 6, informou o Banco Central. O canal financeiro apresentou entradas líquidas de US$ 1,060 bilhão no período. No comércio exterior, o saldo de agosto até o dia 6 é negativo em US$ 143 milhões." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (12/08/2021) - Concorrência ficando acirrada. Não é a toa que os bancos grandes tradicionais estão fechando agencias e cortando custos rapidamente "E na vida financeira as pessoas também buscam consumir praticidade e tecnologia: uma pesquisa do Instituto Locomotiva em parceria com a TecBan, dona do Banco24horas, mostra que a quantidade de pessoas que possuem contas em bancos digitais está próxima das que possuem contas apenas em bancos tradicionais, ou os grandes bancos: 42% versus 49%, respectivamente. Essa é a primeira vez que a pesquisa é feita e o instituto não possui dados comparativos a outros anos.

Das pessoas que possuem contas em bancos digitais, 31% possuem conta também em um banco tradicional — só 11% possuem apenas em bancos digitais." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (12/08/2021) - Vou fazer uma pergunta para vocês, qual a consequência para a economia e para os seus investimentos, a tentativa de calote que o governo Bolsonaro está tentando fazer? "Tendo tratado na semana passada da penúltima do ministro, aproveito agora para analisar a última: a proposta de mudar as regras do jogo para não pagar integralmente a conta dos precatórios, abrindo assim espaço para outras despesas no orçamento federal.

Repetindo o lema de todos os caloteiros, afirmou: “devo, não nego, pago quando puder”, apenas levemente alterado no título desta coluna." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (12/08/2021) - Comunicando. "Hackers roubaram mais de US$ 600 milhões em criptomoedas em um ataque cibernético contra a plataforma Poly Network, um protocolo descentralizado de finanças (DeFI, na sigla em inglês) que permite que clientes transfiram tokens entre diferentes blockchains. Segundo a empresa, o golpe representou o maior roubo desse tipo da história. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (11/08/2021) - Segue a luta dos políticos contra a lucratividade dos grandes bancos. "A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado aprovou nesta terça-feira um projeto de lei complementar que proíbe a cobrança, por parte dos bancos, de tarifas por serviços não utilizados pelo consumidor. O texto veda a instituição, no Sistema Financeiro Nacional, “de cobrança de tarifas por disponibilização de serviços sem a efetiva utilização pelo usuário”." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (11/08/2021) - Brasil caminhando para o buraco. "A PEC dos Precatórios entregue na segunda-feira, 9, pelo governo ao Congresso Nacional decreta a morte da “regra de ouro”, uma das principais normas fiscais que vigorou no País desde a Constituição de 1988. Considerado um dos pilares necessários para o equilíbrio das contas públicas, o dispositivo impede a emissão de dívida pelo governo para o pagamento de despesas correntes, como salários e conta de luz, por exemplo." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (11/08/2021) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, subiu 1,18% na primeira quadrissemana de outubro, acelerando em relação à alta de 1,02% observada no mês de julho, segundo dados publicados nesta terça-feira pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe)." (Fonte: Advfn)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (11/08/2021) - Comunicando. "O Comitê de Política Econômica (Copom) do Banco Central (BC) reafirmou nesta terça-feira, por meio da ata de seu último encontro, a intenção de promover novo aumento da Selic (a taxa básica de juros) em setembro. Após a elevação de 1,00 ponto porcentual na semana passada, para 5,25% ao ano, o BC disse hoje na ata que, para a próxima reunião, “antevê outro ajuste da mesma magnitude”." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (11/08/2021) - Comunicando. "O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) subiu 0,96 por cento em julho, após alta de 0,53 por cento no mês anterior, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira. No acumulado de 12 meses até julho, o IPCA teve alta de 8,99 por cento, contra alta 8,35 por cento do mês anterior." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (10/08/2021) - Comunicando. "Fintechs desbravam interior do País atrás de clientes ainda ‘sem banco’." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (10/08/2021) - Comunicando. "A PEC (Proposta de Emenda à Constituição) para permitir que o governo federal adie o pagamento dos precatórios (valores devidos por derrotas definitivas na Justiça) e a reformulação do Bolsa Família têm aumentado as incertezas sobre o cenário fiscal brasileiro e elevado a percepção de risco do Brasil para os investidores.

O risco-país, medido pelo CDS de cinco anos, acumula uma alta de 29% neste ano, após saltar 43,6% em 2020 com a pandemia de Covid-19. Desde que o ministro da Economia, Paulo Guedes, citou um "meteoro de gastos" ao falar sobre o pagamento dos precatórios, em 29 de julho, o indicador cresceu 6,6%, para 184,5 pontos." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (10/08/2021) - Comunicando. "Em julho, o porcentual com algum tipo de dívida alcançou a marca de 66,1% ante 64,6% em junho, atingindo novo recorde histórico de 2,63 milhões de famílias endividadas, mostram os dados da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP)." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (09/08/2021) - Comunicando. "O IPC-S da primeira quadrissemana de agosto de 2021 subiu 0,97% e acumula alta de 9,23% nos últimos 12 meses." (Fonte: Advfn)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (09/08/2021) - Comunicando. "O núcleo do Índice de Preços ao Consumidor – Disponibilidade Interna (IPC-DI) de julho subiu 0,42%, após a elevação de 0,43% registrada em junho. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira, 9, pela Fundação Getulio Vargas (FGV), que informou os resultados do Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI). Ainda de acordo com a FGV, o núcleo do IGP-DI acumulou uma elevação 2,51% no ano e avanço de 3,67% em 12 meses." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







CUIDADO - (09/08/2021) - Comunicando. "A semana começa com fortes quedas no mercado de commodities, em especial para o petróleo e o minério de ferro. O motivo é o avanço da variante delta do coronavírus nos Estados Unidos, na Europa, e, principalmente, na China." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (06/08/2021) - Comunicando. "O Senado aprovou nesta quinta-feira (5) o novo programa de renegociação de dívidas para devedores da União com previsão de perdoar até 90% de juros multas e o parcelamento em até 12 anos dos débitos de natureza tributária e não tributária. A proposta vai à Câmara.

Segundo o parecer do relator, senador Fernando Bezerra (MDB-PE), o prazo de adesão vai até 30 de setembro. Poderão ser pagos ou parcelados os débitos vencidos até o último dia do mês anterior à entrada em vigor da lei. As parcelas terão valores reduzidos nos três primeiros anos.

A possibilidade de renegociação será oferecida a pessoas físicas e empresas, inclusive àquelas que se encontram em recuperação judicial e submetidas ao regime especial de tributação." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (06/08/2021) - Comunicando. "O lucro líquido conjunto dos grandes bancos brasileiros no segundo trimestre somou R$ 23,1 bilhões, o maior montante para um trimestre na história considerando valores nominais. O levantamento é da provedora de informações financeiras Economatica.

O valor é uma somatória das quatro principais instituições financeiras do país. O maior lucro do trimestre foi do Itaú Unibanco (R$ 7,5 bilhões), seguido de Bradesco (R$ 5,9 bilhões), Banco do Brasil (R$ 5,5 bilhões) e Santander (R$ 4,1 bilhões).

Comparado ao primeiro trimestre deste ano, a soma representa uma alta de 24,4%. Contra o mesmo período do ano passado, momento de grande impacto da pandemia do coronavírus nas companhias negociadas na bolsa, o ganho atual chega a 90,4%. " (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (06/08/2021) - Comunicando. "O real é a moeda emergente ligada a commodities mais valorizada ante seus pares frente o dólar no exterior, pelo impacto dos ajustes ao Copom mais agressivo, que gera expectativas de entrada de fluxo e estimula redução de posições cambiais defensivas hoje, afirma Vanei Nagem, responsável pela área de câmbio da Terra Investimentos. “Com a alta de 1% da Selic agora e a indicação de nova alta do mesmo tamanho em setembro, a 6,25% ao ano, o mercado deve atrair fluxo, mas o pessimismo pode voltar porque os problemas político e fiscal interno persistem, limitando a atratividade do País”, comenta. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (06/08/2021) - Comunicando. "A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) informou nesta quinta-feira (5) que número de brasileiros endividados bateu recorde histórico no levantamento feito pela entidade desde 2010. No mês de julho, eram 71,4% do total dos consumidores que carregavam alguma dívida, segundo a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic).

A sondagem é realizada mensalmente. No mês passado, a alta constatada foi de 1,7 ponto percentual em relação a junho. Comparado a um ano atrás, o índice teve aumento de 4 pontos percentuais." (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (05/08/2021) - Comunicando. "O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu nesta quarta-feira (4) elevar a taxa básica de juros da economia, a Selic, de 4,25% para 5,25% ao ano. O aumento de um ponto percentual já era esperado por parte dos analistas do mercado financeiro, que estimam a taxa em 7% ao final deste ano. Esta foi a quarta elevação consecutiva da taxa em 2021. " (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (05/08/2021) - Comunicando. "A Confederação Nacional da Indústria (CNI) criticou nesta quarta-feira, em nota à imprensa, os termos da proposta de reforma do Imposto de Renda em tramitação na Câmara dos Deputados. De acordo com a entidade, o substitutivo do Projeto de Lei nº 2.337, relatado pelo deputado federal Celso Sabino (PSDB-PA), eleva de 34% para 41,2% os impostos totais cobrados de empresas." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (05/08/2021) - Comunicando. "O real segue com desvalorização da ordem de 19% em relação aos fundamentos e pode seguir com amplo desvio negativo até o fim do ano, conforme ressurgem temores fiscais, disse Emerson Marçal, coordenador do Centro de Macroeconomia Aplicada da Escola de Economia de São Paulo da FGV (FGV EESP)." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (05/08/2021) - Comunicando. "O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) Composto do Brasil subiu de 54,6 em junho para 55,2 em julho, divulgou nesta quarta-feira a IHS Markit. A taxa de expansão foi a maior em nove meses, com aumentos acelerados em manufatura e serviços.

O PMI do setor de Serviços, que integra o Composto, foi a 54,4 em julho, após 53,9 em junho, aumento mais significativo em oito anos e meio. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (05/08/2021) - Uma pessoa te deve e ficou de pagar hoje, mas diz que irá te pagar em um futuro indeterminado, ele deu um calote em você ou não? "O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), voltou a falar, nesta quarta-feira, 4, que a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que permitirá o parcelamento de precatórios não representa calote por parte da União, e reafirmou ser “impossível” o governo pagar R$ 90 bilhões em precatórios no ano que vem. “Não há possibilidade, não tem condição alguma de se pagar R$ 90 bilhões no próximo ano de precatórios. Seria consumir todo o recurso discricionário de investimento do País para pagamento de precatórios de uma vez só”, disse o parlamentar no período da manhã, em entrevista ao programa Jornal Gente, da Rádio Bandeirantes." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (04/08/2021) - Brasil caminhando para um calote da dívida? "O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse nesta terça-feira que o Estado brasileiro não tem capacidade para o pagamento dos precatórios, valores devidos a empresas e pessoas físicas após sentença definitiva na Justiça, programados para 2022. Mas, segundo ele, propor o parcelamento de parte dessas dívidas em até dez anos não é um calote. "Devo, não nego; pagarei assim que puder", afirmou." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (04/08/2021) - Comunicando. "Em maio, a produção industrial havia subido 1,4%, depois de queda de 1,5% em abril, encerrando o segundo trimestre com queda de 2,5% sobre os três meses anteriores, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No primeiro trimestre, a indústria havia registrado perda de 0,4% sobre o final de 2020." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (03/08/2021) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de São Paulo passou a subir 1,02% em julho, depois de alta de 0,81% no mês anterior, com os preços de Alimentação e Habitação exercendo os maiores pesos" (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (03/08/2021) - Comunicando. "A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 7,395 bilhões em julho deste ano, segundo dados divulgados pelo Ministério da Economia nesta segunda-feira (2). Nos sete primeiros meses do ano, o superávit acumulado chega a US$ 44,127 bilhões, segundo informou o Ministério da Economia. " (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (03/08/2021) - Comunicando. "Para investir em alguma criptomoeda, é importante entender o contexto e para qual finalidade ela foi criada. Descobrir os atributos de um ativo digital e conhecer as suas características pode evitar arrependimentos futuros..." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (03/08/2021) - Comunicando. "O Índice de Gerente de Compras (PMI, na sigla em inglês) industrial do Brasil subiu para 56,7 pontos em julho, após 56,4 pontos em junho, segundo a IHS Markit. Esta foi a maior alta em cinco meses, e o resultado ficou acima da média de longo prazo." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FOCUS - (02/08/2021) - Comunicando. "Para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação oficial do país, a expectativa do mercado para este ano subiu de 6,56% para 6,79%. Foi a 17ª alta seguida. Para 2022, o mercado financeiro passou para 3,81% a estimativa de inflação.

No caso do Produto Interno Bruto (PIB) de 2021, os economistas do mercado financeiro passaram a estimativa de crescimento da economia brasileira de 5,29% para 5,30%. Foi a 15ª alta seguida do indicador. Para 2022, o mercado manteve a previsão do PIB em 2,10%.

O mercado financeiro manteve em 7% ao ano a previsão para a taxa Selic ao fim de 2021, após um ciclo de três altas seguidas. Para o fim de 2022, os economistas do mercado financeiro continuam prevendo a Selic em 7% ao ano.

Dólar: a projeção para a taxa de câmbio no fim de 2021 passou de R$ 5,09 para R$ 5,10. Para 2022, é de R$ 5,20. " (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (02/08/2021) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor – Semanal (IPC-S) registrou avanço a 0,92% no fechamento de julho, após alta de 0,64% em junho e de 0,90% na terceira quadrissemana do mês. A informação foi divulgada nesta segunda-feira pela Fundação Getulio Vargas (FGV). O indicador acumulou alta de 8,76% nos 12 meses até julho, maior que o avanço de 8,29% ocorrido nos 12 meses até junho." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (02/08/2021) - Comunicando. "A guerra contra a Covid-19 mudou por conta da nova e altamente contagiosa variante Delta, afirmou o Centro de Controle de Doenças dos Estados Unidos (CDC), propondo uma mensagem mais clara, vacinação obrigatória para profissionais de saúde e a retomada do uso universal de máscaras de proteção." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (02/08/2021) - Comunicando. "O Procon-SP estuda medidas para que as empresas responsáveis pelos aplicativos de delivery estabeleçam que os pagamentos sejam feitos apenas de forma online – cobranças no ato da entrega ficariam proibidas. A medida visa inibir os golpes aplicados pelos entregadores, conhecido como “golpe da maquininha”.

Segundo o Procon-SP, foi registrado um aumento de mais de 136% nas reclamações sobre golpes aplicados por entregadores de apps de comida. De janeiro a julho deste ano, foram registrados 341 atendimentos contra as empresas Ifood, Rappi e Uber Eats, no mesmo período do ano passado foram 144. Até o mês de julho deste ano, Ifood teve 123 reclamações, Rappi, 124 e Uber Eats, 94. " (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (02/08/2021) - Concorrência com o setor bancário, segue em alta. "O impacto das fintechs no sistema financeiro se dá de variadas formas. O aumento da concorrência e a consequente redução de custos para o consumidor são duas das principais. Mas as startups também ampliam as alternativas tanto para quem busca um produto ou serviço financeiro como para quem busca fazer negócios no setor.

É o caso de fintechs que atuam na modalidade conhecida como empréstimos entre pessoas, ou P2P (peer-to-peer lending, em inglês). São startups que entram com tecnologia para análise de crédito e com plataformas digitais para fazer a intermediação entre as duas pontas.

É uma modalidade que começa a ganhar escala no país pouco mais de três depois de sua regulamentação pelo Banco Central. Uma das pioneiras e maiores é a Bullla, que entrou em operação em setembro de 2019. A fintech superou a marca de 3 milhões de reais em crédito concedido, com mais de 150 mil pessoas físicas registradas." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (02/08/2021) - Comunicando. "A taxa de desemprego no Brasil foi de 14,6% no trimestre encerrado em maio, informou o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) nesta sexta-feira (30).

Com o resultado, manteve estabilidade em relação ao trimestre de dezembro de 2020 a fevereiro de 2021 (14,4%) e apresentou alta de 1,7 ponto percentual ante o mesmo trimestre de 2020 (12,9%)." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (30/07/2021) - Comunicando. "Em abril, o comprometimento da renda das famílias com o pagamento de dívidas atingiu inéditos 58,5%. Em muitos casos, elas foram contraídas não para a aquisição de bens, mas simplesmente para dar conta de despesas básicas. Um drama alimentado por fatores como o avanço da inflação e o elevado desemprego." (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (30/07/2021) - Comunicando. "Em junho, foi registrada a abertura de 309.114 vagas de emprego com carteira assinada no país, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (19) pelo Ministério da Economia. No acumulado de janeiro a junho, o saldo no mercado de trabalho formal brasileiro é positivo, com 1,536 milhão de novas vagas num período de crise provocada pela pandemia." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (29/07/2021) - Comunicando. "O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) passou a subir 0,78% em julho, contra avanço de 0,60% no mês anterior, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta quinta-feira. Com esse resultado, índice acumula alta de 15,98% no ano e de 33,83% em 12 meses. " (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (29/07/2021) - Capital estrangeiro segue indo embora do Brasil. "O fluxo cambial do ano até 23 de julho ficou positivo em US$ 14,556 bilhões, informou nesta quarta-feira, 28, o Banco Central. Em igual período do ano passado, o resultado era negativo em US$ 16,269 bilhões. A saída pelo canal financeiro neste ano até 23 de julho foi de US$ 959 milhões.No comércio exterior, o saldo anual acumulado até 23 de julho ficou positivo em US$ 15,515 bilhões.

Depois de encerrar junho com entradas líquidas de US$ 4,449 bilhões, o País registrou fluxo cambial negativo de US$ 785 milhões em julho até o dia 23, informou o BC.O canal financeiro apresentou saídas líquidas de US$ 2,958 bilhões no período. No comércio exterior, o saldo de julho até o dia 23 é positivo em US$ 2,173 bilhões." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (29/07/2021) - Comunicando. "A crise econômica trazida pela pandemia do novo coronavírus fez o endividamento das famílias bater novo recorde no Brasil. Dados divulgados nesta quarta pelo Banco Central mostram que, em abril o endividamento das famílias com o sistema financeiro chegou aos 58,5%. Este é o maior porcentual da série histórica, iniciada em janeiro de 2005.

O estoque total de operações de crédito do sistema financeiro subiu 0,9% em junho ante maio, para R$ 4,213 trilhões, informou hoje o Banco Central. Em 12 meses, houve alta de 16,3%. Houve alta de 1,5% no estoque para pessoas físicas e elevação de 0,1% no estoque para pessoas jurídicas." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (28/07/2021) - Comunicando. "O Burger King passará a aceitar a criptomoeda dogecoin, nomeada a partir de um meme de cachorro, nas compras do Dogpper, lançamento da marca voltado para os cães. Os biscoitos podem ser adquiridos pelo valor de 3 dogecoin. A transação ocorrerá com a transferência da carteira do consumidor diretamente para a carteira da rede." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (28/07/2021) - Concorrência tende a reduzir a rentabilidade dos grandes bancos. "Consumidores que preveem procurar crédito em bancos digitais no pós-pandemia destacam entre suas motivações para buscar essas instituições a agilidade no processo e a possibilidade de encontrar condições de pagamento melhores do que as oferecidas por outras instituições." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (28/07/2021) - Comunicando. "O Fundo Monetário Internacional (FMI) revisou para cima a previsão de crescimento da economia do Brasil em 2021. No relatório Panorama Econômico Mundial divulgado nesta terça-feira, a entidade estimou que o Produto Interno Bruto (PIB) do país crescerá 5,3% neste ano, uma alta de 1,6 ponto percentual em relação aos 3,7% previstos em abril. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (28/07/2021) - Comunicando. "As transações correntes registraram superávit de US$2,8 bilhões em junho de 2021, ante superávit de US$3,1 bilhões em junho de 2020. Na comparação interanual, o superávit comercial aumentou US$1,4 bilhão, as despesas líquidas de renda primária, US$1,1 bilhão, e o déficit na conta de serviços, US$0,6 bilhão.O déficit em transações correntes nos doze meses encerrados em junho de 2021 somou US$19,6 bilhões (1,27% do PIB), ante US$19,4 bilhões (1,27% do PIB) em maio de 2021, e US$53,8 bilhões (3,25% do PIB) em junho de 2020.

A balança comercial de bens registrou superávit de US$7,3 bilhões em junho de 2021, ante superávit de US$5,9 bilhões em junho de 2020. O déficit na conta de serviços totalizou US$1,6 bilhão em junho de 2021, aumento de 55,1% em relação ao déficit de US$1,0 bilhão em junho de 2020. " (Fonte: Advfn)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (28/07/2021) - Comunicando. "A onda vendedora de ações de empresas chinesas na mira do governo de Pequim se espalhou para os mercados de títulos e de câmbio na terça-feira em meio a rumores de que fundos dos Estados Unidos estão se desfazendo de ativos da China e de Hong Kong.

O temor de que os EUA também poderiam restringir investimentos na China e em Hong Kong foi outro fator de pressão nas negociações no final da tarde na Ásia, o que voltou a acelerar as vendas. O índice Hang Seng Tech, um indicador de empresas chinesas listadas em Hong Kong, chegou a cair 10%, enquanto o yuan atingiu a menor cotação desde abril em relação ao dólar. Nem mesmo os títulos chineses escaparam da onda de vendas." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (27/07/2021) - Comunicando. "A balança comercial brasileira registrou superávit comercial de US$ 1,869 bilhão na quarta semana de julho (dias 19 a 25). Em julho, até o dia 25, a balança comercial acumula saldo superavitário em US$ 6,939 bilhõe. No acumulado do ano, o saldo comercial é superavitário em US$ 43,670 bilhões." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (26/07/2021) - Comunicando. "Grupos de caminhoneiros iniciaram neste domingo (25) atos em protesto contra sucessivos aumentos no preço do óleo diesel no país. As manifestações também buscam garantir a cobrança do piso mínimo do frete." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (23/07/2021) - Comunicando. "O Banco Central (BC) anunciou hoje uma atualização do Pix para ampliar o uso do sistema de pagamentos instantâneos. Com as alterações, será possível fazer transferências por meio de aplicativos de mensagens e redes sociais, além de pagar as compras feitas pela internet." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (23/07/2021) - Comunicando. "O Banco Central (BC) divulgou mudanças na regulamentação do Pix, nesta quinta-feira, que devem abrir caminho para que aplicativos de mensagem, como o WhatsApp, passem a usar o serviço e comércios on-line ofereçam processos mais simplificados de pagamento instantâneos. O inicio da implementação da funcionalidade está marcado para 30 de agosto." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (22/07/2021) - Comunicando. "A gestora de investimentos Fidelity divulgou na terça-feira, 20, uma pesquisa que aponta enorme interesse de investidores institucionais pelo mercado de criptoativos. Segundo o levantamento, 71% desse tipo de investidor pretende comprar ativos digitais no futuro." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (22/07/2021) - Comunicando. "O fluxo cambial registrou saída líquida de US$ 1,894 bilhão na semana passada, de acordo com dados divulgados nesta quarta-feira pelo Banco Central. Entre os dias 12 e 16 de julho, a conta financeira anotou saída de US$ 972 milhões, enquanto a conta comercial ficou negativa em US$ 922 milhões." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (21/07/2021) - Comunicando. "Entidades e associações que representam caminhoneiros avaliam a possibilidade de realizar uma paralisação nacional a partir de domingo (25), Dia do Motorista, que poderia crescer na segunda-feira (26). Há um descontentamento de parte da categoria com promessas não cumpridas pelo governo Jair Bolsonaro e com as altas recentes do preço do óleo diesel. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (21/07/2021) - Este artigo é ótimo para se ler na íntegra e compreender o porque tanto falo dos riscos que os grandes bancos estão correndo, da concorrência e possível perda de rentabilidade. "Qual é o ótimo de Pareto do PIX? O sistema criado pelo Banco Central veio para ficar, com seus inegáveis benefícios: agilidade na transferência de recursos, redução de custos tarifários e maior inclusão financeira. No entanto, a nova ferramenta tem pontos cegos, notadamente de natureza regulatória e quanto aos aspectos redistributivos entre os atores do mercado. Há um receio de que, no futuro, o PIX se transforme em um agente monopolista do setor financeiro.

Além dos pagamentos instantâneos, que outros serviços virão? O PIX pode vir a ser uma plataforma de oferta de crédito, um balcão de venda de seguros ou mesmo uma corretora de valores, entre outros. Ou seja: um “quase banco” gerado no ventre do BC. Os avanços proporcionados pelo PIX são indiscutíveis. Trata-se de uma inovação com função social e já incorporada por boa parte da população. A discussão principal, no entanto, diz respeito aos limites do sistema. Até que ponto, por exemplo, um órgão regulador pode seguir intermediando serviços e concorrendo diretamente com as instituições que ele próprio regula....

Em relação ao seu papel no PIX, o Banco Central disse ao RR “que atua de forma neutra” e “as instituições participantes ofertam os mais variados serviços, de forma competitiva, aos usuários finais”. Como se fosse possível, a autoridade monetária ser um agente neutro. O PIX aumenta, sim, a concorrência. Ponto pacífico. " (Fonte: Relatório Reservado)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FUNDOS DE INVESTIMENTO - (21/07/2021) - Comunicando. "Os fundos de investimento imobiliário não estão conseguindo emplacar uma tese que ganhou força durante a pandemia: o direito à isenção de Imposto de Renda sobre ganhos obtidos com a venda de cotas de outros fundos similares." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (21/07/2021) - Comunicando. "Uma enorme pressão vendedora, que tirou quase 100 bilhões de dólares do mercado de criptoativos nas últimas 24 horas, fez com que o preço de quase todos os ativos digitais despencasse nesta terça-feira, 20. O bitcoin caiu abaixo de 30 mil dólares, o ether voltou para a casa dos 1.700 dólares e, segundo analistas, a situação pode ficar ainda mais crítica para as criptomoedas no curto prazo se não houver uma reversão de tendência em breve." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (21/07/2021) - Comunicando. "O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) desacelerou de 1,27% na segunda prévia de junho para 0,72% na mesma prévia de julho, informou nesta terça-feira, 20, a Fundação Getulio Vargas (FGV). Na primeira prévia do mês, o índice havia registrado deflação de 0,04%. A desaceleração do IGP-M do segundo decêndio de julho foi puxada por alívio do Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA-M) de 1,26% para 0,66%. O Índice Nacional de Custos da Construção (INCC-M) também arrefeceu, de 2,75% na segunda prévia de junho para 1,32% nesta leitura. Na outra ponta, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC-M) acelerou de 0,62% no segundo decêndio de junho para 0,70% na mesma prévia de julho." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (20/07/2021) - Comunicando. "Um vídeo que viralizou nas redes sociais mostra o momento em que autoridades da Malásia destroem 1.069 equipamentos utilizados para mineração de bitcoin que foram apreendidos no início do ano porque seu proprietários estavam mantendo a operação com energia furtada." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (20/07/2021) - Estrangeiros voltando para o Brasil após o BACEN facilitar a vida de bancos menores, estrangeiros e fintecs? "O Banco Central (BC) aprovou um aumento de capital de R$ 791,397 milhões nas operações brasileiras do J.P. Morgan. O capital do banco em si passou de R$ 2,875 bilhões para R$ 3,5 bilhões. Já o capital da corretora de câmbio e valores mobiliários passou de R$ 533,872 milhões para R$ 700 milhões." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FOCUS - (19/07/2021) - Comunicando. "A mediana das projeções dos economistas para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2021 subiu de 6,11% para 6,31% , segundo o Relatório Focus - divulgado hoje, com estimativas coletadas até o fim da semana passada. Para 2022, a mediana manteve-se em 3,75%.

Para o crescimento da economia brasileira em 2021, a mediana das projeções do mercado ficou quase estável em relação à semana anterior, com leve alta de 5,26% para 5,27%. Para 2022, o ponto-médio das expectativas para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) também teve ligeiro aumento, de 2,09% para 2,10%.

Para a taxa básica de juros (Selic), o ponto-médio das expectativas subiu de 6,63% para 6,75% no fim de 2021 e manteve-se em 7% para em 2022. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (19/07/2021) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) do Município de São Paulo, aferido pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), subiu 0,87% na segunda quadrissemana de julho. Na primeira leitura do mês, o indicador havia registrado alta de 0,86%." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (19/07/2021) - Concorrência a caminho. "Quando a Apple e o banco Goldman Sachs decidem estudar uma nova linha de negócios, é provável que haja dinheiro a ganhar, nela. Por isso, a notícia de que a Apple, com apoio do Goldman Sachs, pretende acrescentar um recurso “compre agora, pague mais tarde” ao serviço Apple Pay mostra que há oportunidades financeiras à espera." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FUNDOS DE INVESTIMENTO - (19/07/2021) - Comunicando. " Saiba o que olhar na hora de escolher um fundo de investimento. Especialistas dão dicas para completar a carteira de acordo com o perfil de risco do investidor." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FUNDOS DE INVESTIMENTO - (19/07/2021) - Comunicando. "Fundos imobiliários domam ventos contrários e captam R$ 26,8 bilhões. Gestores veem chance de setor superar, neste ano, volume de atraído em 2020. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (16/07/2021) - Comunicando. "O IPC-S subiu 0,88% na segunda quadrissemana de julho e acumula alta de 8,71% nos últimos 12 meses. Nesta apuração, três das oito classes de despesa componentes do índice registraram alta, diz o FGV Ibre, que faz a medição." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (16/07/2021) - Comunicando. "O presidente Jair Bolsonaro sancionou, com vetos, lei que aumenta alíquotas da Contribuição Social Sobre o Lucro Líquido (CSLL) para o setor financeiro e corta subsídios para o setor petroquímico. A lei deriva de medida provisória que foi enviada pelo Executivo para compensar subsídios ao diesel e ao gás de cozinha.

A lei prevê um aumento de 20% para 25% da CSLL até 31 de dezembro deste ano para bancos e para 20% (antes era 15%) no caso de empresas de seguros privados, capitalização, distribuidoras de valores mobiliários, entre outras.

A nova lei prevê, ainda, o encerramento gradual dos subsídios da indústria petroquímica (REIQ), até serem extintos em 2024. Outra modificação é um teto de isenções fiscais do IPI no caso de compra de veículos novos por pessoa com deficiência. Até o fim do ano, a isenção valerá apenas para automóveis que custem até R$ 140 mil." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (14/07/2021) - Comunicando. " O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), considerado prévia do Produto Interno Bruto (PIB) da autoridade monetária, teve queda de 0,43% em maio de 2021 na comparação com abril, segundo dados do BC divulgados nesta quarta-feira (14).

Na comparação com maio de 2020, a alta foi de 14,21%, apresentando no acumulado em 12 meses ganho de 1,07%.

O dado ficou abaixo do esperado. A expectativa, segundo consenso Refinitiv, era de alta de 1% na comparação mensal." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (14/07/2021) - Comunicando. "Entidades setoriais avaliam como positivo o relatório preliminar apresentado nesta terça-feira (13) do PL 2337/2021, que trata da segunda parte da reforma tributária, de mudanças para o Imposto de Renda, relatado pelo deputado Celso Sabino (PSDB-PA)." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (14/07/2021) - Interessante. "Duas das principais gestoras de criptomoedas do Brasil vivem uma disputa acirrada pela posição de protagonista no setor. Nesta terça-feira, 13, mesmo dia em que a Hashdex anunciou o fundo de bitcoin BITH11, a QR Asset Management divulgou a aprovação, pela CVM, do primeiro ETF de ether do país, o QETH11.

A liberação da autarquia vem cerca de um mês depois da QR lançar o QBTC11, primeiro ETF nacional que investe 100% do seu patrimônio em bitcoin. Agora, a empresa terá um fundo de índice focado na segunda maior criptomoeda do mundo, já que o QETH11 investirá apenas em ether." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (14/07/2021) - Grandes bancos preocupados com a concorrência. "A Febraban (Federação Brasileira de Bancos) pediu ao ministro Paulo Guedes (Economia) isonomia tributária entre empresas do setor financeiro, colocando no alvo das discussões da reforma tributária as fintechs –que hoje recolhem menos impostos do que as grandes instituições." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







OPINIÃO - (14/07/2021) - Comunicando. "A aproximação de um cenário binário para as eleições brasileiras, com uma disputa focada em dois candidatos – o atual e o ex-presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT) –, deve provocar um forte movimento de venda de ativos por parte de investidores estrangeiros até as eleições de 2022.

A afirmação é de Kim Catechis, chefe de mercados emergentes da gestora Franklin Templeton, que participou de live nesta terça-feira (13) promovida pela Ohmresearch ao lado de Jean Van de Walle, executivo-chefe de investimentos (CIO) da Sycamore Capital e professor adjunto de finanças voltadas para mercados emergentes da Stern Business School, de Nova Iorque." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (13/07/2021) - Está ficando grave. Será que teremos uma crise política pelo resto do governo Bolsonaro, com tudo parando? "Trocas de mensagens obtidas pela CPI da Pandemia a partir do celular apreendido do policial militar Luiz Paulo Dominghuetti indicam que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) estaria envolvido pessoalmente na negociação de doses da vacina do laboratório AstraZeneca, oferecidas pelo cabo em nome da da Davati Medical Supply. " (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (13/07/2021) - Será que teremos mais uma crise política no Brasil? "O deputado Luís Miranda (DEM-DF) voltou a dizer na noite da última segunda-feira (12) que tem como provar que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sabia de irregularidades na compra da vacina indiana Covaxin. O chefe do executivo nacional elgou que prevaricação não se aplica a ele, mas apenas "a servidores" . " (Fonte: IG)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (13/07/2021) - Comunicando. "A balança comercial brasileira registrou superávit comercial de US$ 2,013 bilhões na segunda semana de julho. Em julho, a balança comercial acumula saldo superavitário em US$ 3,018 bilhões. No acumulado do ano, o saldo comercial é superavitário em US$39,750 bilhões." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FOCUS - (13/07/2021) - Comunicando. "A expectativa para a taxa básica de juros Selic ao final deste ano passou a 6,63% na mediana das projeções, de 6,50% no levantamento anterior. A taxa atual é de 4,25%. Para 2022, a Selic passou a ser vista em 7,0%, de 6,75%.

O levantamento semanal apontou ainda aumento de 0,04 ponto percentual na expectativa para a alta do IPCA em 2021, a 6,11%, enquanto a projeção para 2022 caiu 0,02 ponto, a 3,75%

Para o Produto Interno Bruto (PIB), a estimativa de crescimento melhorou para este ano e chegou a 5,26%, de 5,18% anteriormente. Mas para o ano que vem houve ligeiro recuo de 0,01 ponto, a 2,09%." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (12/07/2021) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, subiu 0,86% na primeira quadrissemana de julho, acelerando frente ao ganho de 0,81% observado no fechamento de junho, segundo dados publicados nesta segunda-feira pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe)." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (12/07/2021) - Comunicando. "Um alto nome do banco central dos Estados Unidos advertiu que a variante delta do coronavírus e os baixos índices de vacinação em algumas partes do mundo colocam em risco a recuperação mundial, e defendeu a necessidade de cautela na remoção do apoio monetário à economia americana." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (12/07/2021) - Comunicando. "A segunda fase do open banking no Brasil começará a ser implementada na próxima quarta-feira (15). Com ela, os clientes poderão solicitar, junto às instituições participantes do sistema, o compartilhamento de seus dados cadastrais e informações sobre transações em contas, cartão de crédito e produtos de crédito contratados.

O compartilhamento de dados só poderá ser feito com a autorização expressa do cliente e sempre para finalidades determinadas e por um prazo específico. Caso queira, o cliente também poderá cancelar essa autorização a qualquer momento e em qualquer das instituições envolvidas." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FUNDOS DE INVESTIMENTO - (12/07/2021) - Comunicando. "As mudanças propostas na segunda parte da reforma tributária podem afetar o retorno do investidor que aloca recursos em fundos imobiliários (FIIs).

São dois pontos principais que podem influenciar esses resultados: a cobrança de impostos sobre os dividendos (parte do resultado do fundo, distribuído aos cotistas) e o tributo sobre ganho de capital – cuja alíquota foi de 20% para 15%.

Os fundos também seguem obrigados a distribuir 95% dos lucros auferidos, mas a reforma propõe que a periodicidade do pagamento –que atualmente é semestral– passe a ser anual." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (12/07/2021) - Cada vez mais as criptomoedas são aceitas no mercado como meio de troca e valor. Será que no longo prazo elas substituirão as moedas impressas pelos BC´s espalhados pelo mundo? "A filial de Hong Kong da Sotheby's vendeu um diamante de 101,38 quilates por HK $ 95,1 milhões (US$ 12,3 milhões), pagos com criptomoeda, tornando-o a joia mais cara vendida por meio desse tipo de pagamento, disse a casa de leilões." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (12/07/2021) - Aos poucos a concorrência sobe e a lucratividade dos bancos deve cair se eles não cortarem custos muito intensamente. O problema dos grandes bancos é que o corte de custos muitas vezes provoca perda de clientes e receita, é difícil decidir esse corte. "A pandemia de coronavírus acelerou a digitalização do setor bancário. Hoje, esse segmento da economia, extremamente concentrado no passado, vê o fortalecimento de novas empresas digitais e o acirramento na disputa de novos clientes.

Os bancos digitais surgiram com duas propostas básicas: não ter agências físicas e oferecer isenção de tarifas. Com sucessivos aportes de investidores ao longo dos últimos anos, passaram a valer bilhões de reais e angariaram milhões de clientes." (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (12/07/2021) - Acho que teremos novas restrições no Brasil no futuro próximo devido a variante Delta. "Governos em toda a Ásia estão correndo para implementar medidas mais rígidas de combate à covid-19 para conter a disseminação da variante delta. As restrições devem ter impacto sobre as economias da região neste trimestre, reforçando as preocupações sobre a recuperação global." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (09/07/2021) - Vai ser muito difícil ser empresário no Brasil. Será que nos tornaremos um país comunista? Onde só o estado tem controle dos meios de produção e comércio devido aos elevados impostos? "As mudanças no Imposto de Renda defendidas pelo governo têm provocado uma série de críticas por parte de empresários, tributaristas e agentes financeiros, que veem na proposta uma tentativa de aumentar a arrecadação pesando a carga sobre as empresas.

Segundo cálculos do IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação), as mudanças propostas pelo governo poderiam aumentar a carga paga pelas médias e grandes empresas em até 71,5%, ao se considerar o lucro real. Para empresas com lucro presumido, esse aumento chegaria a quase 135%." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (09/07/2021) - Comunicando. "O dólar abandonou a firme tendência de alta do começo do dia e passou a cair nesta quinta-feira, 8 de julho, com o mercado fortemente influenciado pela venda de meio bilhão de dólares pelo Banco Central em contratos de swaps cambiais. Foi a primeira oferta líquida do tipo desde março, após a cotação saltar acima de 5,30 reais no fim da manhã." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (09/07/2021) - Comunicando. "Proposta pela Câmara dos Deputados em 2012 e parada no Senado desde 2016, a lei que oferece um alívio aos superendividados foi aprovada com vetos e publicada no Diário Oficial da União na sexta-feira (2). Define-se como superendividado quem tem uma parcela tão grande de seu orçamento comprometida com juros e prestações que não sobra dinheiro para as necessidades básicas, como alimentação. Pela avaliação do Congresso, hoje há 30 milhões de pessoas nessa situação, de um total de 90 milhões de brasileiros com dívidas." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (09/07/2021) - Comunicando. "O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) subiu 0,53 por cento em junho, após alta de 0,83 por cento no mês anterior, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quinta-feira. No acumulado de 12 meses até junho, o IPCA teve alta de 8,35 por cento, contra alta de 8,06 por cento do mês anterior." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (08/07/2021) - Comunicando. "A inflação pelo Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) ficou em 0,80% na primeira medição de julho, depois de aumento de 0,64% no encerramento de junho, e está em 8,63% no acumulado de 12 meses. Os dados são da Fundação Getulio Vargas (FGV)." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (08/07/2021) - Comunicando. "O superávit foi de 4,449 bilhões de dólares, mais do que revertendo resultado negativo de 1,821 bilhão de dólares em maio, de acordo com dados divulgados pelo Banco Central nesta quarta-feira. É o melhor número desde fevereiro de 2019 (+8,626 bilhões de dólares) e o mais robusto para o mês desde 2007 (+16,561 bilhões de dólares). A conta financeira –em que são registrados fluxos para portfólio, empréstimos e investimentos em geral– mostrou sobra de 2,644 bilhões de dólares em junho, após contabilizar saída líquida de 4,089 bilhões de dólares no mês anterior.Já o câmbio contratado para operações comerciais teve saldo positivo de 1,805 bilhão de dólares, abaixo do de 2,268 bilhões de dólares de maio.

De forma geral, 2021 tem sido um ano de expressiva melhora no fluxo cambial contratado para o Brasil. Dos seis primeiros meses do ano, apenas maio registrou saída líquida de recursos, e o resultado do semestre mostrou ingresso de 15,341 bilhões de dólares. No acumulado do ano, o superávit é de 15,158 bilhões de dólares, bastante diferente do visto no mesmo período do ano passado (déficit de 12,867 bilhões de dólares)." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (08/07/2021) - Comunicando. "O Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) registrou alta de 0,11% em junho, após um avanço de 3,40% em maio, divulgou nesta quarta-feira, 7, a Fundação Getulio Vargas (FGV). O resultado do indicador ficou abaixo da mediana de 0,22% obtida nas estimativas da pesquisa do Projeções Broadcast, mas dentro do intervalo, que ia de queda de 0,16% a avanço de 0,80%. Com o resultado, o IGP-DI acumulou uma elevação de 14,26% no ano e avanço de 34,53% em 12 meses." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (07/07/2021) - Comunicando. "Segundo a economista da CNI, Maria Carolina Marques, o emprego na indústria de transformação registrou crescimento mensal de 0,5% em maio, o décimo consecutivo na série livre de efeitos sazonais. “Essa variação mensal é forte para o indicador, e foi observada pela última vez em 2010”, explica.

De acordo com a pesquisa, a massa salarial real apresentou retração de 0,8% em maio, na comparação com abril, após dois meses de crescimento na massa salarial. E embora tenha oscilado, aponta a pesquisa, apresenta tendência de alta, acompanhando o crescimento do emprego. No ano, a massa salarial ainda apresenta crescimento acumulado de 1,7%.

O faturamento real da Indústria de Transformação subiu 0,7% entre abril e maio de 2021, na série livre de efeitos sazonais. O indicador vem oscilando entre altas e quedas desde o início do ano. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (06/07/2021) - Comunicando. "O ressurgimento da covid-19 na Ásia, com a disseminação da variante delta mais infecciosa, já começa a afetar a recuperação econômica das principais economias da Ásia, incluindo a China, segundo indicam duas diferentes pesquisas divulgadas ontem." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (06/07/2021) - Comunicando. "O próximo levantamento oficial da safra de grãos 2020-2021, que será divulgado no dia 8 de julho, não vai trazer boas notícias. O RR teve a informação de que a estimativa da Conab será inferior à da última prévia – 262,13 milhões de toneladas. Ou seja: mais risco de pressão sobre os preços dos produtos alimentícios. Consultado pelo RR, o Ministério da Agricultura informou apenas que “aguarda a finalização da sistematização de dados relativos ao 10o Levantamento da Safra de Grãos 2020/21”." (Fonte: Relatório Reservado)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (06/07/2021) - Comunicando. "O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) Composto do Brasil subiu de 49,2 em maio para 54,6 em junho, divulgou nesta segunda-feira, 5, a IHS Markit. A taxa de expansão foi a maior desde outubro de 2020, com crescimento disseminado nos setores de produção e de serviços.

O PMI do setor de Serviços, que integra o Composto, voltou ao território de expansão e foi a 53,9 em junho, após 48,3 em maio, aumento mais significativo desde janeiro de 2013. O número é resultado da flexibilização das restrições da pandemia, do avanço da vacinação e do crescimento do índice de novos negócios, reforçado por uma expansão recorde da série nas vendas internacionais." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FOCUS - (05/07/2021) - Comunicando. "Na 13ª elevação seguida, a projeção do mercado financeiro para a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2021 já ultrapassa os 6,00%. Segundo o mais recente relatório Focus, divulgado pelo Banco Central (BC) na manhã desta segunda-feira (5), a estimativa subiu de 5,97% para 6,07% em uma semana.

o mesmo tempo, economistas continuam de olho na retomada da atividade no pós-pandemia. As estimativas foram revisadas para cima pela 11ª semana consecutiva e apontam para expansão de 5,18% do Produto Interno Bruto (PIB) este ano, acima do crescimento de 5,05% esperado no levantamento anterior.

O resultado em termos de política monetária já se manifesta nas previsões para 2022. Embora a projeção para a Selic tenha sido mantida em 6,50% neste ano, com aposta em um aumento dos juros de 4,25% para 5,00% em agosto, a expectativa para a taxa em 2022 foi elevada de 6,50% para 6,75%.

Por fim, no que tange às expectativas para o câmbio, o mercado prevê que o dólar deve encerrar dezembro negociado a R$ 5,04 (ante R$ 5,10 na semana anterior) e deve fechar 2022 a R$ 5,20 – sem alterações ante o último relatório." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (05/07/2021) - Comunicando. "A onda de vendas do bitcoin no segundo trimestre provocou um buraco no argumento de que esperam força da critpmoeda altamente especulativa. O ativo digital caiu 41% no segundo trimestre, de acordo com a Dow Jones Market Data. Essa foi a pior queda desde o declínio de 43% no quarto trimestre de 2018, e a quarta pior queda na história de mais de uma década do bitcoin." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (05/07/2021) - Comunicando. "A expedição de caixas, acessórios e chapas de papelão ondulado alcançou 331.045 toneladas em maio, volume recorde para o mês, de acordo com dados divulgados nesta sexta-feira pela Associação Brasileira de Embalagens em Papel (Empapel). No comparativo interanual, essa é a décima primeira vez consecutiva em que o crescimento do volume expedido é recorde.

O boletim estatístico mensal aponta que o Índice Brasileiro de Papelão Ondulado (IBPO) subiu 24,3% em maio, na comparação com o mesmo mês do ano anterior, para 147,4 pontos (com 2005 como parâmetro para 100)." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (05/07/2021) - Comunicando. "São Paulo bateu o recorde histórico em junho de 64,6% dos lares da cidade com famílias endividadas. O dado é 0,8 ponto porcentual maior do que a marca anterior de 63,8%, como aponta Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP).

Desde novembro de 2020, o índice registra um crescimento de mais de 1 ponto porcentual mensal." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







LEITURA - (02/07/2021) - Comunicando. "Um total de 130 países fecharam nesta quinta-feira (1º) um acordo histórico de reforma tributária para as multinacionais, que inclui um imposto mínimo sobre o lucro de pelo menos 15%, anunciou a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE)." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (02/07/2021) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de São Paulo encerrou junho com alta de 0,81%, depois de ter subdo 0,41% em maio, sob pressão dos custos de Habitação." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (02/07/2021) - Comunicando. "Subindo de 53,7 em maio para 56,4 em junho, o Índice Gerente de Compras (PMI) do setor industrial da IHS Markit para o Brasil destacou a melhoria mais nítida nas condições operacionais em quatro meses. No entanto, a análise média do segundo trimestre (54,1) ficou abaixo da verificada no trimestre anterior (55,9)." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (01/07/2021) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor – Semanal (IPC-S) desacelerou a 0,64% no fechamento de junho, após variação de 0,81% em maio e de 0,57% na terceira quadrissemana do mês. A informação foi divulgada nesta quinta-feira pela Fundação Getulio Vargas (FGV). O indicador acumulou alta de 8,29% nos 12 meses até junho, maior que o avanço de 7,98% ocorrido nos 12 meses até maio." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (01/07/2021) - É né... Concorrência... . "Os bancos querem adiar a implementação do Pix Saque e do Pix Troco. O pedido foi feito pela Febraban (Federação Brasileira de Bancos) por meio de uma consulta pública implementada pelo Banco Central para tratar sobre o tema.

Em relatório enviado à consulta pública do BC, a federação pediu que o prazo final para a implementação do Pix Saque passasse para fevereiro de 2022. Também solicitou o adiamento do Pix Troco por um prazo indefinido." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (01/07/2021) - Comunicando. "Impulsionados pelas denúncias recentes de corrupção na compra de vacinas, partidos políticos, representantes da sociedade civil e ex-aliados do governo entregaram à Câmara, nesta quarta-feira, 30, um "superpedido" de impeachment do presidente Jair Bolsonaro. O documento reúne o conteúdo dos 122 pedidos já protocolados e aponta mais de 20 crimes cometidos pelo chefe do Executivo desde que assumiu o Palácio do Planalto." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (01/07/2021) - Concorrência aumentando. Em governos anteriores ao da Dilma, os grandes bancos nacionais eram protegidos da concorrência, mas desde o primeiro governo da ex presidente, a concorrência foi incentivada e o oligopólio bancário começou a ser desfeito.

Agora temos um ambiente propício a concorrência e isso atrai novos players.

Obviamente é esperado dificuldades por parte dos atuais líderes do mercado, em manter sua lucratividade no longo prazo. "O diretor de regulação do Banco Central (BC), Otávio Damaso, afirmou nesta terça-feira que a modernização do Sistema Financeiro Nacional (SFN) tem feito grandes bancos estrangeiros voltarem ao Brasil." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (01/07/2021) - Comunicando. "O comércio fechou 373 mil vagas no trimestre encerrado em abril ante o trimestre terminado em janeiro, segundo os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), divulgados nesta quarta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Também houve perdas de vagas na construção (-96 mil), administração pública, defesa, seguridade social, educação, saúde humana e serviços sociais (-94 mil) e outros serviços (-88 mil).

Por outro lado, houve contratações na indústria (69 mil), alojamento e alimentação (14 mil), transporte (67 mil), agricultura, pecuária, produção florestal pesca e aquicultura (118 mil), serviços domésticos (19 mil) e informação, comunicação e atividades financeiras (278 mil)." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (01/07/2021) - Comunicando. "O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, adiantou nesta quarta-feira (30) que o Open Banking – agora chamado de Open Finance – entrará em funcionamento no fim de 2021 com mais de 700 empresas. “Preferimos começar com muitas empresas e poucos produtos”, completou." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (01/07/2021) - Comunicando. "O Banco Central planeja a criação de um cartão para auxiliar na implementação do Pix Offline, afirmou o presidente da autarquia, Roberto Campos Neto, nesta quarta-feira (30) em evento promovido pelo escritório de advocacia Mattos Filho." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (01/07/2021) - Comunicando. "O faturamento líquido total do setor de máquinas e equipamentos cresceu 0,7% em maio na comparação com abril, para R$ 17,179 bilhões, informou nesta quarta-feira a Associação Brasileira de Máquinas e Equipamentos (Abimaq).

Na comparação com maio do ano passado, o faturamento líquido do setor avançou 46,1%.

No acumulado de janeiro a maio, em relação a igual período de 2020, o faturamento líquido total do setor de máquinas e equipamentos cresceu 39,2% e no acumulado de 12 meses, também encerrado em maio, o crescimento foi de 23,3%." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (30/06/2021) - Comunicando. "A Justiça rejeitou recursos de cinco bancos contra a decisão que homologou a deliberação dos credores da Oi de aprovar um aditivo ao plano de recuperação judicial da operadora. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (30/06/2021) - Comunicando. "A taxa de desemprego no Brasil chegou a 14,7% no trimestre encerrado em abril e manteve o recorde de maior nível da série histórica iniciada em 2012, atingido em março deste ano. É o que mostram os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad Contínua) do IBGE, divulgada nesta quarta-feira.No levantamento anterior, referente ao trimestre encerrado em março, a taxa de desemprego também ficou em 14,7%, atingindo 14,8 milhões de brasileiros.

O número de desempregados subiu 3,4%, com mais 489 mil pessoas desocupadas, totalizando 14,8 milhões de brasileiros na fila por uma vaga de trabalho naquele período." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (30/06/2021) - Comunicando. "A inadimplência deve continuar a subir, com a redução de linhas de crédito renegociadas, redução da transferência de recursos sociais pelo governo. Mas que isso não deve exigir mais gastos com provisão, devido à taxa de cobertura recorde, que deve continuar a impulsionar o rendimento até o início ou meados de 2022. O banco diz que, até então, a campanha de vacinação deverá ter sido completamente executada, possivelmente impulsionando o faturamento." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FUNDOS DE INVESTIMENTO - (30/06/2021) - Comunicando. "A proposta de reforma tributária do governo Jair Bolsonaro não foi comemorada pelo setor produtivo, por especialistas e, muito menos, por investidores. No último caso, há um desânimo ainda maior daqueles que investem em fundos imobiliários. Isso porque o governo quer cobrar 15% de Imposto de Renda nos dividendos distribuídos pelos fundos. Atualmente, o IR é isento na modalidade." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (29/06/2021) - Comunicando. "O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) registrou inflação de 0,60% em junho, contra 4,10% um mês antes, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta terça-feira. A variação de preços ficou abaixo do piso do intervalo das projeções de 24 consultorias e instituições financeiras ouvidas pelo Valor Data, que ia de 0,76% a 2,05%, com mediana em 1%." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (29/06/2021) - Comunicando. "O México se tornou mais um país no mundo a desestimular o uso do bitcoin como moeda de troca.

O Banxico, banco central do país, afirmou na segunda-feira que as instituições financeiras não podem comercializar ou oferecer serviços baseados em criptomoedas como o bitcoin.

Outros países já apontaram restrições a moedas digitais, incluindo a China e os Estados Unidos, as duas maiores economias do mundo." (Fonte: Advfn)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (29/06/2021) - A fatia aumentará porque se a população está ficando mais pobre? "Segundo ele (presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto), medidas de incentivo a fintechs adotadas pelo BC também já deram início à desconcentração do setor. “Tenho certeza que continuaremos com esse processo de desconcentração com queda de spreads”, afirmou.

Sobre o open banking especificamente, Campos afirmou que o BC não acredita “que esse é um projeto que vai fazer bancos grandes encolherem”. Ou seja: segundo ele, a tendência é que as instituições financeiras tenham uma “fatia menor de uma torta muito maior”. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (29/06/2021) - Cuidado com o elevado endividamento e o aumento dos juros. "A crise econômica trazida pela pandemia do novo coronavírus fez o endividamento das famílias bater novo recorde no Brasil. Dados divulgados nesta segunda-feira pelo Banco Central mostram que, em março, o endividamento das famílias com o sistema financeiro chegou aos 58%. Este é o maior porcentual da série histórica, iniciada em janeiro de 2005.

Se forem descontadas as dívidas imobiliárias – que geralmente abarcam um montante considerável da renda das famílias -, ainda assim o endividamento ficou em níveis elevados, de 35,7% em março. O porcentual também é recorde para a série histórica. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FOCUS - (28/06/2021) - Comunicando. "Para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação oficial do país, a expectativa do mercado para este ano subiu de 5,90% para 5,97%. Foi a décima segunda alta seguida. Para 2022, o mercado financeiro manteve em 3,78% a estimativa de inflação. No ano que vem, a meta central de inflação é de 3,50% e será oficialmente cumprida se o índice oscilar de 2% a 5%.

No caso do Produto Interno Bruto (PIB) de 2021, os economistas do mercado financeiro subiram a estimativa para o crescimento de 5% para 5,05%. Foi a décima alta seguida do indicador. Para 2022, o mercado subiu a previsão de alta do PIB de 2,10% para 2,11%.

O mercado financeiro manteve em 6,50% ao ano a previsão para a Selic no fim de 2021.Para o fim de 2022, os economistas do mercado financeiro mantiveram a expectativa para a taxa Selic em 6,50% ao ano, o que pressupõe estabilidade do juro básico da economia no ano que vem.

Dólar: a projeção para a taxa de câmbio no fim de 2021 permaneceu em R$ 5,10. Para o fim de 2022, ficou estável em R$ 5,20 por dólar." (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (28/06/2021) - Comunicando. "A melhora das perspectivas de crescimento da economia e o avanço da vacinação contra a covid-19, ainda que lento, já fazem empresas multinacionais retomarem os planos de investimento no Brasil, antes paralisados ou prejudicados por causa da pandemia. Nos últimos meses, tem crescido o número de companhias estrangeiras que anunciam novos projetos de expansão, aquisições ou aportes de capital no País, destaca o Estadão neste domingo.

O grupo português de distribuição e geração de energia EDP, por exemplo, anunciou recentemente um plano de investir R$ 10 bilhões no Brasil nos próximos cinco anos. A montadora francesa Renault pretende aplicar R$ 1,1 bilhão em sua linha de produção já neste ano e no próximo. A marca de alimentos e bens de consumo Nestlé, da Suíça, fará um investimento de R$ 900 milhões em suas fábricas no País. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (28/06/2021) - Comunicando. "O Ministério da Economia propôs nesta sexta-feira (25) a unificação em 15% da alíquota do Imposto de Renda para renda fixa, como Certificados de Depósito Bancário (CDBs) e Tesouro Direto, e para renda variável, como mercado acionário à vista e "day trade" (operações liquidadas no mesmo dia).

Atualmente, a alíquota do Imposto de Renda para renda variável é de 15% em mercados à vista, a termo, de opções e de futuros, e de 20% em "day trade" e em cotas de Fundos de Investimento Imobiliário (FII).

Para renda fixa, como CDBs e Tesouro Direto, a alíquota atual varia de 15% a 22,5% de acordo com o prazo de investimento, sendo que a alíquota mais baixa (15%) só vale para prazos acima de 720 dias. " (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (28/06/2021) - Comunicando. "BC: Fluxo cambial está positivo em US$ 1,69 bilhão em junho até dia 22. Posição de câmbio vendida dos bancos, por sua vez, estava em US$ 17,076 bilhões no período. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (28/06/2021) - Concorrência, inclusive internacional, tirando rentabilidade dos bancos tradicionais brasileiros. "O MS Bank, maior banco de câmbio em número de remessas mensais do Brasil, é a primeira instituição financeira do País a realizar transferências de câmbio com Pix para pessoas físicas, tornando as operações de crédito em contas internacionais imediatas." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (25/06/2021) - Comunicando. "O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo -15 (IPCA-15) acelerou para 0,83% em junho, após alta de 0,44% em maio, informou nesta sexta-feira o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em junho de 2020, o IPCA-15 aumentou 0,02%. A alta de 0,83% é a maior para um mês de junho desde 2018 (1,11%). " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (25/06/2021) - Comunicando. "A pandemia deixou famílias, empresas e governo mais endividados. O nível de endividamento de consumidores e companhias estão em níveis recordes, enquanto o do governo está pior do que no período pré-pandemia, embora tenha melhorado nos últimos meses. O quadro é mais um dos fatores que inibem uma recuperação mais robusta da economia, para além das incertezas ainda existentes, afirmam economistas. O alerta é que esses passivos devem continuar em patamar elevado, pelo menos a médio prazo." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (25/06/2021) - Canais digitais custam muito mais barato para implementar e manter do que canais físicos como agências. Com a redução dos custos, fica muito mais fácil surgirem concorrentes, inclusive internacionais se o BACEN não atrapalhar.

Com mais concorrência, é esperado a queda da rentabilidade do setor, principalmente dos grandes bancos que tem de manter muito das estruturas antigas e caras, como as agências. "Que a pandemia de covid-19 impulsionou o uso dos canais digitais dos bancos já era visível, mas agora uma pesquisa da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) joga mais luz sobre a força dessa transformação. O mobile banking, que já vinha crescendo há alguns anos, deu um salto e passou a ser o principal canal: chegou a 51% do total de transações em 2020 ante 43% em 2019." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (25/06/2021) - Mais um cerco a rentabilidade de serviços dos bancos. "O Conselho Monetário Nacional (CMN) decidiu limitar a cobrança, pelas instituições financeiras, da tarifa pela prestação de serviço de avaliação e reavaliação de garantias imobiliárias em operações de crédito. Pela decisão do conselho, o valor da tarifa de avaliação vai corresponder aos custos efetivos da prestação do serviço, não podendo englobar outras despesas. As novas regras entram em vigor apenas em 1º de junho de 2022. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (25/06/2021) - Comunicando. "Citigroup, o gigante de Wall Street, oficialmente lançou uma nova unidade comercial dedicada ao setor de criptomoedas e blockchain, segundo um memorando obtido pelo The Block.

Nesta quinta-feira (24), a empresa anunciou o novo grupo, chamado de Digital Assets Group, que fará parte de seu departamento de gestão de riquezas, o Citi Global Wealth Investments, de acordo com o memorando:" (Fonte: Advfn)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (25/06/2021) - Comunicando. "Sistema de compartilhamento de dados que aumentará a concorrência entre as instituições financeiras, o open banking teve o cronograma adiado mais uma vez pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) e pelo Banco Central (BC). Inicialmente prevista para estar concluída em 30 de agosto deste ano, a integração de todos os meios de pagamento ao open banking será feita de forma escalonada até 30 de setembro de 2022." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (25/06/2021) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, subiu 0,78% na terceira quadrissemana de junho, acelerando em relação à alta de 0,68% verificada na segunda quadrissemana deste mês, segundo dados publicados nesta sexta-feira, 25, pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe)." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (24/06/2021) - Comunicando. "O Banco Central elevou sua projeção de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2021 para 4,6%, ante 3,6% estimados em março, citando o resultado melhor do que o esperado no primeiro trimestre do ano e os indicadores disponíveis para o trimestre corrente." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (24/06/2021) - Comunicando. "Os grandes bancos brasileiros precisarão acelerar o ritmo de cortes de gastos este ano para lidar com as margens financeiras apertadas, segundo análise da Moody’s. A agência de rating aponta que a recuperação econômica deve ajudar nas receitas e a queda nas provisões para devedores duvidosos impulsionará o lucro. Entretanto, com juros em patamares historicamente baixos e uma crescente competição, o controle das despesas será essencial." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (24/06/2021) - Comunicando. "A Visa informou que, entre a primeira semana de maio, quando entrou em funcionamento o WhatsApp Pay, e a última semana do mesmo mês, as transações com cartão Visa feitas por meio desse serviço de pagamentos via o aplicativo de mensagens no WhatsApp cresceram 78%." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (24/06/2021) - Começa temporário e depois vira definitivo. "O Senado aprovou a medida provisória que aumentou a tributação sobre bancos para permitir o subsídio temporário ao diesel e ao gás de cozinha. O texto está em vigor desde a data da publicação, em 1º de março deste ano. Para se tornar legislação permanente, no entanto, a MP precisa ser aprovada pelo Congresso em até 120 dias. Como foi modificado, ele retorna para análise dos deputados e precisa ser aprovado até 28 de junho para não perder validade.

Em relação aos bancos, a MP elevou a alíquota da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) do setor financeiro de 20% para 25% entre 1º de julho e 31 de dezembro de 2021. Com a MP, empresas de seguros privados, capitalização, cooperativas de crédito, entre outras, também passaram a pagar mais: as alíquotas aumentaram de 15% para 20%. Para agências de fomento e bancos de desenvolvimento estaduais, a alíquota permanece em 20%. A partir de janeiro de 2022, todas as instituições do setor financeiro passam a recolher os porcentuais vigentes antes da edição da MP.

No total, os bancos passaram a ter alíquota de imposto de 50% (25% de imposto de renda e 25% de CSLL). “O aumento será limitado a 2021." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (23/06/2021) - Concorrência. "Se até poucos meses atrás a palavra mais presente nas conversas entre bancos e fintechs era “cooperação”, agora essa relação passa por um momento mais tenso, embora esteja longe de se transformar numa guerra. Com algumas novatas como Nubank e Ebanx recebendo aportes de centenas de milhões de dólares e uma nova fase do open banking batendo à porta, as instituições financeiras tradicionais deixaram de lado a postura mais reservada para marcar posição." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (23/06/2021) - Comunicando. "O plenário da Câmara aprovou por 425 votos favoráveis e apenas 10 contrários o projeto de lei sobre os depósitos voluntários no Banco Central. O texto segue agora para a sanção presidencial." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (23/06/2021) - Devido ao excesso de impressões de moedas por parte dos EUA, Japão e região do Euro desde 2009, ler sobre os QE´s e como haverá privatizações de Eletrobrás, empresas de saneamento, aeroportos, estradas, etc.

Além destes fatores, como o BACEN está subindo juros, é esperado entrada futura de dólares, logo os especuladores começam a vender a moeda... "Um início de semana fraco, sem indicadores ou noticiário de peso, resultou em um pregão de ajustes no Brasil ontem. No câmbio, a moeda americana retomou o viés de baixa e voltou a se aproximar do patamar psicológico de R$ 5, devolvendo parte da cautela gerada pela mudança de tom do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), na última quarta-feira. No mercado de juros, a estabilidade das taxas nos EUA permitiu uma queda firme ao longo de toda a estrutura a termo da curva." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (23/06/2021) - Situação realmente piorando para o setor bancário, em especial para os grandes bancos. "O Senado aprovou a medida provisória que aumentou a tributação sobre bancos para permitir o subsídio temporário ao diesel e ao gás de cozinha. O texto está em vigor desde a data da publicação, em 1º de março deste ano. Para se tornar legislação permanente, no entanto, a MP precisa ser aprovada pelo Congresso em até 120 dias. Como foi modificado, ele retorna para análise dos deputados e precisa ser aprovado até 28 de junho para não perder validade.

Em relação aos bancos, a MP elevou a alíquota da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) do setor financeiro de 20% para 25% entre 1º de julho e 31 de dezembro de 2021. Com a MP, empresas de seguros privados, capitalização, cooperativas de crédito, entre outras, também passaram a pagar mais: as alíquotas aumentaram de 15% para 20%. Para agências de fomento e bancos de desenvolvimento estaduais, a alíquota permanece em 20%. A partir de janeiro de 2022, todas as instituições do setor financeiro passam a recolher os porcentuais vigentes antes da edição da MP." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (23/06/2021) - Comunicando. "Cerveja, carne, leite e material de construção mais caros. E além de tudo isso, uma conta de luz ainda mais salgada do que a atual.

Segundo representantes da indústria e de entidades de defesa do consumidor, esses podem ser alguns dos efeitos da MP (medida provisória) de privatização da Eletrobras, aprovada na segunda-feira (21) pelo Congresso e que agora aguarda sanção presidencial —o que deve acontecer num prazo de até 15 dias, que vence em 6 de julho." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (23/06/2021) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) voltou a desacelerar, para 0,57%, na terceira leitura de junho, vindo de 0,72% na medição imediatamente anterior, a segunda do mês, e acumulando alta de 8,22% nos últimos 12 meses, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) em relatório." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (23/06/2021) - Mais concorrência, preços e lucratividade tendem a cair. "A proliferação dos serviços digitais e dos chamado neobanks (bancos digitais) deve trazer uma maior concorrência para o sistema financeiro e mais opções para o consumidor, afirmaram executivos do setor financeiro em painel no congresso de tecnologia bancária CIAB, promovido pela Febraban (Federação Brasileira de Bancos) nesta terça-feira (22)." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (23/06/2021) - Comunicando. "Ata amplia apostas de alta da Selic em 1 ponto no próximo Copom e juro em patamar “contracionista” ao final do ciclo. Economistas passam a projetar Selic a 7% ao ano no fim do ciclo de alta, considerado acima da taxa de juros neutra para manutenção do ritmo da atividade." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (23/06/2021) - Comunicando. "O diretor de Regulação do Banco Central, Otávio Damaso, afirmou nesta terça-feira (22) que a implementação da primeira fase do open banking tem, até agora, 99,67% de aproveitamento em chamadas de APIs, que são conjuntos de protocolos que permitem a um sistema se conectar com outro para consumir dados de maneira padronizada.​" (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (22/06/2021) - Comunicando. "A balança comercial brasileira registrou superávit comercial de US$ 2,564 bilhões na terceira semana de junho. De acordo com dados divulgados nesta segunda-feira, 21, pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério da Economia, o valor foi alcançado com exportações de US$ 6,757 bilhões e importações de US$ 4,193 bilhões.

Em junho, a balança comercial acumula saldo superavitário em US$ 7,151 bilhões, com exportações em US$ 18,380 bilhões e importações de US$ 11,229 bilhões.

No acumulado do ano, o saldo comercial é superavitário em US$ 34,275 bilhões." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FOCUS - (21/06/2021) - Comunicando. "De acordo com informações do relatório Focus mais recente, a previsão para a Selic em dezembro subiu pela segunda semana, dessa vez de 6,25% para 6,50%. Por ora, contudo, o mercado segue apostando em um aumento de 0,75 ponto percentual da Selic em agosto, para 5,00%. Já a estimativa para os juros ao fim de 2022 se manteve em 6,50% ao ano.

Os consultados pelo Banco Central no Focus aumentaram pela 11ª vez seguida a projeção para a inflação medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2021, agora de 5,82% para 5,90%. Já a estimativa para a alta em 2022 permaneceu estável, em 3,78%.

A projeção para a alta da atividade neste ano subiu pela nona vez consecutiva, ao passar agora de 4,85% para 5,00%. Já para 2022, a previsão foi reduzida pela segunda semana, de 2,20% para 2,10%.

A expectativa para o câmbio, por sua vez, não teve alterações significativas na última semana. A projeção para o dólar neste ano caiu de R$ 5,18 para R$ 5,10, enquanto a previsão para a moeda em dezembro de 2022 se manteve em R$ 5,20." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (21/06/2021) - Comunicando. "O Investimento Estrangeiro Direto (IED) no Brasil despencou 62% em 2020, mostraram dados do Monitor de Tendências de Investimentos Globais, divulgados nesta segunda-feira (21) pela Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD).

No ano passado, os recursos estrangeiros investidos no Brasil somaram US$ 25 bilhões – o menor patamar em duas décadas, 'drenado' pelo desaparecimento de investimentos na extração de petróleo e gás natural, fornecimento de energia e serviços financeiros, segundo o relatório. Em 2019, o volume de investimentos havia ficado em US$ 65 bilhões." (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (21/06/2021) - Comunicando. "Na China, mineradoras de criptomoedas da província de Sichuan foram fechadas no domingo. Segundo o jornal Global Times, ligado ao Partido Comunista, mais de 90% da capacidade de mineração de bitcoin no país será encerrada. O novo cerco chinês às criptomoedas contribui para a queda de 6% do bitcoin nesta manhã." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (21/06/2021) - E a concorrência segue em alta. "O mote do Mercado Livre é que ali tem de tudo: para quem quer vender e quem quer comprar, seja boné ou geladeira, carro ou sapato. Pois agora tem CDB também. Como instituição financeira, o Mercado Livre começou esse ano a colocar seus depósitos interbancários para o investidor de varejo - e já captou R$ 500 milhões na modalidade desde o início da operação, em janeiro." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (21/06/2021) - Comunicando. "O CNTRC (Conselho Nacional do Transporte Rodoviário de Cargas) convocou caminhoneiros de todo o país para uma paralisação a partir de 25 de julho." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (21/06/2021) - Comunicando. "A Fundação Getulio Vargas (FGV) informou nesta sexta-feira, 18, a desaceleração da segunda prévia do Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) de 3,83%, em maio, para 1,27% em junho. Com isso, o indicador registrou alívio marginal do elevado patamar em 12 meses, de 36,69% para 36,65%." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (18/06/2021) - Concorrência aumentando. O que acontecerá com a lucratividade dos grandes bancos brasileiros? "O aporte bilionário no Nubank, recheado de nomes de peso do mercado financeiro, como o mega investidor Warren Buffett e o gestor Luis Stuhlberger, do Fundo Verde, coloca a descentralização do sistema bancário brasileiro em outra perspectiva.

Com a nova injeção de recursos, o valor dos investimentos captados pelo Nubank junto a investidores desde a sua fundação, há oito anos, totalizam US$ 2 bilhões (cerca de R$ 10,1 bilhões). "Novos 'Nubanks' ainda vão surgir”, afirma Diego Perez, presidente da ABFintechs (Associação Brasileira de Fintechs). “Há um público que ainda não estava sendo completamente atendido pelas instituições financeiras tradicionais, e isso com certeza deve intensificar as mudanças que já vêm acontecendo no mercado e abre espaço para novos empreendedores."" (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (18/06/2021) - Comunicando. "Agravada pela escassez de componentes eletrônicos no mercado, a situação que vem provocando desde atrasos à paralisação de parte da produção, a crise de abastecimento está mais disseminada na indústria de eletroeletrônicos, dificultando atividades de sete em cada dez empresas do setor.

Sondagem feita no mês passado pela Abinee, a associação que reúne fabricantes de aparelhos como celulares, notebooks, tablets e TVs, mostra que 73% dos associados relatam dificuldades na aquisição de componentes. Isso explica por que 20% das empresas estão trabalhando com estoques de peças abaixo do normal. Em março, num breve sinal de melhora, o porcentual de fabricantes que enfrentavam dificuldade na compra de insumos chegou a cair para 66%." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (18/06/2021) - Comunicando. "Lula vai ter muito trabalho no ano que vem. O RR falou com sua fonte no BC. A projeção para o PIB nominal em 2021 subiu para 12%, efeito da inflação e dos dólares que estão entrando pelo canal das commodities e de novos investimentos, além dos efeitos tectônicos das políticas compensatórias e da recomposição da capacidade ociosa. O PIB real deste ano pode bater entre 6,5% e 7%, e não é uma visão panglossiana do BC. A relação dívida bruta/PIB, que sempre foi a betê noire da economia, deverá ir para 82%, também devido, em parte, à contribuição da inflação no resultado. Imagine que, há pouco mais de um ano, a aposta geral era de que ela bateria em 100% do Produto Interno. No câmbio, a expectativa é que o dólar caía abaixo de R$ 5,00." (Fonte: Relatório Reservado)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (17/06/2021) - Comunicando. "Na última quarta-feira (16), ganhou destaque a notícia de que a Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB), que representa alguns dos maiores exportadores do país, pede uma indenização de quase R$ 20 bilhões de 19 bancos acusados de participar de um esquema internacional de cartel na área de câmbio.

Marcel Campos e Matheus Odaguil e Artur Alves, analistas da XP, apontam os possíveis impactos para os principais players: Santander (SANB11) com multa de R$ 3,8 bilhões, representando 24% do lucro esperado para 2021; ii) Bradesco (BBDC3;BBDC4) com multa de R$ 4,7 bilhões, o que representa 18% do lucro esperado para 2021; e iii) Itaú (ITUB4), com multa de R$ 4,3 bilhões, representando 17% do lucro esperado para 2021. O Banco do Brasil (BBAS3) não foi incluído na denúncia." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







CUIDADO - (17/06/2021) - Comunicando. "Por mais de meia década, os mercados globais de títulos de dívida foram embalados pelo enorme apoio dos bancos centrais, que se intensificou durante a pandemia. Agora, o temor é que esse apoio seja removido.

Os mercados globais foram abalados pelos comentários do comandante do Federal Reserve (Fed, banco central americano) de que há risco de a inflação superar as projeções da instituição. Da Alemanha à Itália, as palavras de Jerome Powell, presidente do Fed, provocaram aumento de aproximadamente cinco pontos-base nos rendimentos dos papéis." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (17/06/2021) - Comunicando. "A inflação na cidade de São Paulo acelerou pela quarta semana consecutiva, para 0,68% na segunda medição de junho, segundo o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) calculado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). Na abertura do mês, o indicador teve alta de 0,52%. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (17/06/2021) - Comunicando. "O presidente da Abrava (Associação Brasileira dos Condutores de Veículos Automotores), Wallace Landim, conhecido como "Chorão", reafirmou a possibilidade de paralisação da categoria após promessas não cumpridas pelo governo de Jair Bolsonaro (sem partido), durante entrevista ao UOL News, programa diário transmitido pelo portal UOL, na noite desta quarta-feira (16)." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (17/06/2021) - Comunicando. "O Banco Central promoveu a terceira alta consecutiva de 0,75 ponto percentual da taxa básica de juros nesta quarta-feira, levando a Selic a 4,25%, e anunciou a intenção de dar sequência ao aperto monetário com uma nova alta de pelo menos a mesma magnitude em sua próxima reunião, em agosto." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (17/06/2021) - Comunicando. "O fluxo cambial do ano até 11 de junho ficou positivo em US$ 12,360 bilhões, informou nesta quarta-feira o Banco Central (BC). Em igual período do ano passado, o resultado era negativo em US$ 10,386 bilhões.A entrada pelo canal financeiro neste ano até 11 de junho foi de US$ 616 milhões. No comércio exterior, o saldo anual acumulado até 11 de junho ficou positivo em US$ 11,744 bilhões.

Depois de encerrar maio com saídas líquidas de US$ 1,821 bilhão, o País registrou fluxo cambial positivo de US$ 1,468 bilhão em junho até o dia 11, informou o Banco Central. O canal financeiro apresentou entradas líquidas de US$ 1,261 bilhão no período. No comércio exterior, o saldo de junho até o dia 11 é positivo em US$ 208 milhões." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (17/06/2021) - Comunicando. "O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro recuou 0,7% em abril ante março, segundo o Monitor do PIB, apurado pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV). Na comparação com abril de 2020, a atividade econômica avançou 12,3% em abril de 2021." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (16/06/2021) - Comunicando. "O Índice Geral de Preços – 10 (IGP-10), calculado pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV Ibre), aumentou subiu 2,32% em junho, depois de avançar 3,24% um mês antes. Com esse resultado, o índice acumula alta de 15,31% no ano e de 36,94% em 12 meses. Em junho de 2020, o índice tinha subido 1,55% no mês e acumulava elevação de 7,18% em 12 meses." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (16/06/2021) - Comunicando. "Um número crescente de grandes clubes de futebol está lançando moedas digitais que permitem que os fãs votem em uma variedade de decisões menores, já que o esporte enfrenta uma queda nas receitas causada pela pandemia." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (16/06/2021) - Comunicando. "O Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil deve crescer em torno de 4,9% neste ano após a recessão observada em 2020 como resultado da pandemia da Covid-19, projetou a agência de classificação de risco Moody’s em relatório divulgado nesta terça-feira." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (15/06/2021) - Com tanta impressão de moeda por parte dos EUA, UE e Japão, que as empresas já começam a correr atrás de Bitcoin como reserva de valor. "Começa a se manifestar no Brasil, ainda que de forma discreta, um dos principais vetores da valorização recente do bitcoin: a compra de saldos da criptomoeda por parte de empresas." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (15/06/2021) - Comunicando. "A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 2,775 bilhões na segunda semana de junho, informou a Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério da Economia. Em junho, o saldo positivo soma US$ 4,64 bilhões e, no ano, acumula US$ 31,76 bilhões." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (15/06/2021) - Comunicando. "O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), sinalizador do Produto Interno Bruto (PIB), teve alta de 0,44% em abril na comparação com o mês anterior, de acordo com dado dessazonalizado divulgado pelo Banco Central (BC) nesta segunda-feira.

Na comparação com abril de 2020, o IBC-Br teve salto de 15,92%, apresentando no acumulado em 12 meses queda de 1,20%, segundo números observados." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FOCUS - (14/06/2021) - Comunicando. "Os economistas ouvidos pelo Banco Central (BC) elevaram a previsão para a taxa básica de juros (Selic), passando de 5,75% para 6,25% ao fim deste ano, de 5,50% há um mês. Para 2022, a estimativa seguiu em 6,50% pela quarta vez, enquanto para 2023 e 2024, a previsão para o juro básico foi mantida em 6,50% cada, há 11 e há sete semanas, respectivamente.

Já a previsão do Indice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) ao fim deste ano subiu pela décima vez seguida, passando de 5,44% para 5,82%. Há um mês, a projeção era de +5,15%. Para 2022, a projeção passou de 3,70% para 3,78%, na quinta alta seguida. " (Fonte: Advfn)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (14/06/2021) - Comunicando. "Segundo dados da Serasa, analisados pelo especialista em recuperação de crédito Max Mustrangi, os pedidos de falência no setor de serviços chegaram a quase dobrar em março deste ano na comparação com o mesmo período em 2020. Em abril, a variação ficou em 5% e, em fevereiro, 20,9%. Somente em janeiro, houve queda de 50% ante o mesmo mês no ano passado.

Mustrangi diz que os números do birô de crédito indicam um aumento na participação de empresas médias no total das falências e pedidos de recuperação judicial. De 18,1% no primeiro quadrimestre de 2020, elas hoje respondem por 25,7% do total." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (14/06/2021) - Comunicando. "Com ajuda das linhas emergenciais de crédito criadas pelo governo e do momento favorável no mercado de capitais, a captação de recursos pelas empresas atingiu R$ 420,5 bilhões em 12 meses até março, uma alta de 28,3% na comparação com o acumulado de 2020. Desse total, mais de três quartos foram captados na forma de dívida, fazendo com que o endividamento das companhias subisse para 61,7% do PIB, o maior percentual da década." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (14/06/2021) - Comunicando. "Mas a revelação, esta semana, de que as autoridades federais dos Estados Unidos recuperaram a maior parte dos bitcoins pagos como resgate no recente ataque do tipo ransomware à Colonial Pipeline expôs uma concepção fundamentalmente errônea sobre as criptomoedas: elas não são tão difíceis de rastrear quanto os criminosos cibernéticos imaginam.

Na segunda-feira (7), o Departamento da Justiça americano anunciou ter localizado 63,7 dos 75 bitcoins que a Colonial Pipeline pagou aos hackers depois que um ataque paralisou os sistemas de computadores da empresa, causando escassez de combustível e uma disparada nos preços da gasolina em certas áreas dos Estados Unidos. As autoridades não ofereceram detalhes adicionais sobre como exatamente haviam recuperado os bitcoins." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (14/06/2021) - Comunicando. "A utilização da capacidade instalada continuou elevada, mantendo-se acima de 80% pelo segundo mês consecutivo. Mas, apesar da melhora na atividade, o faturamento real da indústria de transformação recuou 1,3% no período." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (14/06/2021) - Concorrência subindo rapidamente. "Bancos digitais e fintechs miram microempreendedor.

Mais de um ano depois da crise econômica trazida pela pandemia de coronavírus, o desemprego no Brasil atingiu o recorde de 14,7%. Em paralelo, o número de microempreendedores individuais (MEIs) também cresceu. Em 2020, o país atingiu a marca de 11,3 milhões de empresas desse formato. De janeiro a março deste ano, foram cadastrados mais 500 mil MEIs. O número mostra que empreender pode ter sido a melhor (ou a única) saída para muitos trabalhadores no atual turbulento cenário. Quem está de olho nesse movimento são os bancos digitais e as fintechs." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (14/06/2021) - Comunicando. "Reguladores globais estão defendendo que as criptomoedas obedeçam às normas de capital bancário mais rígidas dentre todos os ativos. Argumentam que as exigências para manter bitcoins e “tokens” semelhantes deveriam ser muito maiores do que as destinadas a ações e bônus convencionais." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (10/06/2021) - Comunicando. "A Serasa Experian aponta que 92 pedidos de recuperação judicial foram feitos no último mês de maio, aumento de 48,4% em relação a abril. Na visão por segmento, serviços continua se destacando, com 62 pedidos em maio de 2021, seguido por comércio (15) e indústria (12). Por outro lado, houve queda de 2,1% no total de solicitações na comparação com maio do ano passado. As companhias de menor porte, no entanto, foram na contramão e apresentaram crescimento no período, indo de 54 em maio de 2020 para 60 no mesmo mês deste ano." (Fonte: Advfn)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (10/06/2021) - Comunicando. "O fluxo cambial total do ano de 2021 até 4 de junho foi positivo em US$ 10,455 bilhões, informou nesta quarta-feira, 9, o Banco Central. No mesmo período de 2020, o resultado havia sido negativo em US$ 9,573 bilhões. Em 2021 até 4 de junho, a saída líquida de dólares pelo canal financeiro foi de US$ 498 milhões. No comércio exterior, o saldo acumulado ficou positivo em US$ 10,953 bilhões.

Depois de registrar entradas líquidas de US$ 3,990 bilhões em abril, o País fechou maio com fluxo cambial negativo de US$ 1,821 bilhão, informou o Banco Central. No canal financeiro, houve saída líquida de US$ 4,089 bilhões em maio. No comércio exterior, o saldo ficou positivo em US$ 2,268 bilhões." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (10/06/2021) - Comunicando. "A entrada de um novo investidor peso-pesado no Nubank promete acirrar a disputa entre fintechs, corretoras e bancos tradicionais pelo bolso do investidor brasileiro. De um total de US$ 750 milhões em dinheiro novo que a instituição anunciou ontem, US$ 500 milhões têm origem nobre: o fundo Berkshire Hathaway, do megainvestidor Warren Buffett. Segundo analistas, é um divisor de águas para o banco, que ganha novo status entre os investidores e se consolida como o maior banco digital do mundo em total de clientes – 40 milhões." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (10/06/2021) - Comunicando. "El Salvador se tornou o primeiro país a adotar o bitcoin (COIN:BTCUSD) como moeda legal.

Os legisladores do Congresso do país votaram por uma “supermaioria” a favor da Lei Bitcoin, recebendo 62 dos 84 votos da legislatura." (Fonte: Advfn)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (10/06/2021) - Comunicando. "A inflação na cidade de São Paulo acelerou pela terceira semana consecutiva, indo a 0,52% na primeira leitura de junho, segundo o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) calculado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). No encerramento de maio, o IPC-Fipe avançou 0,41%. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (10/06/2021) - Comunicando. "O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) subiu 0,83% em maio, após alta de 0,31% no mês anterior, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira, 9. Foi o maior resultado para um mês de maio desde 1996 (1,22%).

No acumulado de 12 meses até maio, o IPCA teve alta de 8,06%, contra alta 6,76% do mês anterior. e no acumulado nos meses deste ano, o índice que indica a inflação subiu 3,22%." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (09/06/2021) - Comunicando. "O Senado aprovou hoje o texto da Medida Provisória 1028, que dispensa os bancos de exigirem documentos de regularidade fiscal para conceder empréstimos ou renegociar dívidas dos clientes. A proposta, que segue para sanção presidencial, foi apresentada para mitigar impactos decorrentes da pandemia.

Na Câmara, houve ampliação do prazo da dispensa de tais documentos até 31 de dezembro de 2021. A data inicialmente prevista era 30 de junho." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (09/06/2021) - Comunicando. "O Banco Central aprovou a criação de um mecanismo especial de devolução do Pix, que entra em operação em 16 de novembro, quando o pagamento instantâneo brasileiro completa um ano. A norma está incluída na Resolução BCB n° 103.

A criação do mecanismo padroniza as regras e os procedimentos para viabilizar a devolução de valores nos casos em que exista fundada suspeita de fraude ou nas situações em que se verifique falha operacional nos sistemas das instituições envolvidas na transação." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (09/06/2021) - Comunicando. "O mercado de criptomoedas volta a ter um dia de fortes quedas, com o Bitcoin recuando mais de 10% no acumulado de 24 horas, enquanto outros dos maiores ativos digitais também apresentam perdas de mais de dois dígitos.

No noticiário, não há um motivo exato que explique o movimento generalizado no mercado, mas analistas citam temores sobre segurança após autoridades americanas conseguirem recuperar a maior parte do resgate pago a hackers no ataque ao oleoduto da Colonial Pipeline." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (09/06/2021) - Muitas empresas pedindo recuperação judicial e os bancos estão renegociando e prorrogando os prazos de muitas dívidas, para parecer que a inadimplência está relativamente baixa. "A SuperVia, concessionária que administra 270 quilômetros do sistema ferroviário no Rio e em outras 11 cidades da região metropolitana, ajuizou nesta segunda-feira (7) pedido de recuperação judicial no TJ (Tribunal de Justiça). As dívidas somam R$ 1,2 bilhão." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (08/06/2021) - Comunicando. "O Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna (IGP-DI) registrou inflação de 3,40% em maio, percentual superior ao apurado no mês anterior, quando havia registrado taxa de 2,22%, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV)." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (08/06/2021) - Comunicando. "Cada vez mais populares, as criptomoedas entraram de vez para a carteira dos investidores brasileiros. Isso é o que mostra o último boletim mensal de ETFs da B3. Referente ao mês de abril, o levantamento revela que, em menos de uma semana, o ETF HASH11, atrelado ao índice Nasdaq Crypto, tornou-se o terceiro maior da bolsa em número de investidores.

De acordo com o boletim da B3, desde a estreia do ETF, em 26 abril, até o fim do mês, 61.574 investidores colocaram o HASH11 no portfólio. A quantidade de investidores com posição no HASH11 só perde para a dos que investem no ETF BOVA11, que segue o Ibovespa, e no IVVB11, atrelado ao índice americano S&P 500. " (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (08/06/2021) - A concorrência está aumentando rapidamente no setor financeiro, o que deve levar a uma forte queda de rentabilidade do setor e que deverá ser sentido principalmente pelos maiores bancos. "A Koin, fintech de meios de pagamento do Grupo Decolar, começa a oferecer empréstimos pessoais de até R$ 25 mil no Brasil. O principal objetivo da modalidade de crédito será custear viagens de clientes da agência de viagens." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (02/06/2021) - Comunicando. "A IHS Markit informou que seu PMI para o setor industrial do Brasil subiu a 53,7 em maio, de 52,3 em abril, indo mais acima da marca de 50 que separa crescimento de contração e indicando melhora na saúde do setor." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (02/06/2021) - Comunicando. "O comprometimento expressivo da renda das famílias com empréstimos em períodos de crescimento econômico tende a ser seguido por crises mais fortes. A avaliação foi publicada em estudo do BC (Banco Central) publicado nesta terça-feira (1º).

Mesmo em meio à crise gerada pela pandemia de Covid-19, o comprometimento de renda das famílias aumentou de forma expressiva com a larga oferta de crédito no período. Segundo dados do BC, divulgados na última sexta-feira (28), o endividamento das famílias alcançou 57,1% em fevereiro, mesmo percentual registrado em janeiro. Ambos são o maior da série histórica, iniciada 2005." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (02/06/2021) - Comunicando. "O Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil no primeiro trimestre de 2021 cresceu 1,2%, em comparação ao quarto trimestre de 2020, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta terça-feira, 1. Frente ao primeiro trimestre de 2020, o PIB apresentou crescimento de 1% e no acumulado dos quatro trimestres terminados em março deste ano, queda 3,8%, em comparação aos quatro trimestres imediatamente anteriores.

O saldo positivo foi puxado pelo consumo empresarial, o investimento. A Formação Bruta de Capital Fixo cresceu 4,6%, enquanto a despesa de consumo das famílias caiu 0,1% e a despesa de consumo do governo teve retração de 0,8% em relação ao trimestre anterior. Já em comparação ao mesmo período de 2020, o investimento teve crescimento de 17%, a maior taxa desde o segundo trimestre de 2010. O consumo das famílias recuou 1,7% e o consumo do governo caiu 4,9%." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (02/06/2021) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) acelerou a alta a 0,81% em maio, depois de subir 0,23% no mês anterior, com destaque para o aumento dos preços de Transportes, de acordo com os dados informados nesta terça-feira pela Fundação Getulio Vargas (FGV)." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (01/06/2021) - Comunicando. "O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), bastante usado para os reajustes de aluguel, fechou o mês de maio com alta de 4,10%, uma forte aceleração em relação ao 1,51% registrado em abril. No ano, o indicador, calculado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) alcançou 14,39%. Em 12 meses, o avanço já chega a 37,04% em 12 meses. Essa taxa é a maior registrada desde o início do Plano Real, superando o acumulado de 32,97% de abril de 2003.

A alta do IGP-M reitera também temores inflacionários e deve provocar elevação na projeção de 5,5% para a taxa Selic no fim de 2021, considerando também as expectativas de crescimento econômico mais forte este ano, afirmou o economista-chefe da Necton, André Perfeito. Hoje, a Selic está em 3,5% ao ano." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (01/06/2021) - Comunicando. "O encarecimento da conta de luz após o acionamento da bandeira vermelha 2 pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) em junho deve fazer com que, em 12 meses, o IPCA ultrapasse o nível de 8%. Alguns economistas ouvidos pelo Valor já trabalhavam com essa possibilidade em seus cenários e apontam que a crise hídrica gera pressão adicional na inflação deste ano, que pode ficar acima do teto da meta (5,25%), e também nas expectativas inflacionárias de 2022, com o risco de se afastarem do centro da meta (3,50%)." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FOCUS - (31/05/2021) - Comunicando. "A mediana das projeções do mercado para o crescimento da economia brasileira em 2021 subiu pela sexta semana consecutiva, e com força, de 3,52% para 3,96%, no Boletim Focus, do Banco Central (BC), divulgado nesta segunda-feira com estimativas coletadas até o fim da semana passada. Para 2022, o ponto-médio das expectativas para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) foi reduzido de 2,30% para 2,25%.

A mediana das projeções dos economistas do mercado para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2021 subiu, de 5,24% para 5,31%. Para 2022, o ponto-médio das expectativas também subiu, de 3,67% para 3,68%.

Para a taxa básica de juros (Selic), o ponto-médio das expectativas subiu de 5,50% ao ano para 5,75% ao ano no fim de 2021 e permaneceu em 6,50% ao ano para o de 2022.

A mediana das estimativas para o dólar no fim deste ano foi mantida em R$ 5,30. Para 2022, o ponto-médio das projeções também ficou parado em R$ 5,30 entre uma semana e outra. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (31/05/2021) - Comunicando. "A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) projeta que o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil crescerá 3,7% em 2021 e 2,5% em 2022, impulsionados pela recuperação do consumo das famílias e de investimentos. Em relatório sobre perspectivas econômicas, a entidade também prevê que a inflação ao consumidor avançará a 6,2% este ano, antes de desacelerar a 4% no próximo." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (31/05/2021) - Comunicando. "O Índice Geral de Preços (IGP-M) acelerou fortemente em maio, a 4,10%, de 1,51% em abril, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta sexta-feira (28). No ano, o indicador alcançou 14,39% e avançou a 37,04% em 12 meses, de 32,02% até abril. Essa taxa é a maior desde o Plano Real, superando o acumulado de 32,97% de abril de 2003." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







CUIDADO - (31/05/2021) - Comunicando. "Distribuidoras de energia elétrica relatam que uma ocorrência no Sistema Interligado Nacional (SIN) levou à interrupção do fornecimento de energia em vários Estados na manhã desta sexta-feira.

Segundo a Neoenergia Distribuição Brasília, houve uma interrupção parcial do atendimento no Distrito Federal por volta das 11h26. As cargas foram restabelecidas, às 11h50, em todas as áreas afetadas, disse a concessionária." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (31/05/2021) - Está muito sendo falado sobre problema energético, cuidado.. "Após o governo emitir alerta de emergência hídrica em cinco estados, o secretário de política econômica do Ministério da Economia, Adolfo Sachsida, defendeu nesta sexta-feira (28) a privatização da Eletrobras e mudanças nas regras do setor.

“O que esse risco nos mostra? A necessidade de privatizarmos a Eletrobras. A necessidade de melhorarmos os marcos legais de energia. Isso para darmos toda tranquilidade de energia para o população brasileira”, declarou o secretário em entrevista à Jovem Pan." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (31/05/2021) - Comunicando. "A ameaça de uma terceira onda de Covid-19 preocupa investidores internacionais e tende a postergar a melhora da nota de risco do Brasil. Para as agências de rating, podem ser necessárias mais medidas de socorro à economia por parte do governo este ano, além do esperado, o que adiaria ou enfraqueceria reformas e pressionaria ainda mais a dívida pública." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (28/05/2021) - Comunicando. "O total de brasileiros com contas em atraso chegou a 63 milhões em abril, uma alta de 0,7% com relação ao mês anterior, o terceiro aumento do índice no ano. Em 2021 já são 1,6 milhão de pessoas que deixaram de pagar suas dívidas e acabaram sendo negativadas.

O total de devedores em abril é o maior desde agosto de 2020, com 39,5% da população adulta nesta situação. No comparativo com abril de 2020, mês que registrou o recorde da série histórica de inadimplentes, houve queda de 4,4%." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (28/05/2021) - Comunicando. "A agência de classificação de risco Fitch manteve inalterada, nesta quinta-feira, a nota de crédito de longo prazo em moeda local e estrangeira do Brasil em BB-, assim como a perspectiva “negativa”." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (28/05/2021) - Comunicando. "O Banco Central avaliou nesta quinta-feira, por meio de estudo publicado na internet, que as cooperativas de crédito poderão ocupar “lugar de destaque” no Sistema Financeiro Nacional (SFN), a exemplo do que ocorre em países como França, Canadá e Portugal. Dados do BC mostraram que as cooperativas apresentaram crescimento firme nos últimos anos, ampliando sua participação relativa no SFN.

O ativo total ajustado do Sistema Nacional de Crédito Cooperativo (SNCC) passou de R$ 174,3 bilhões no fim de 2016 para R$ 371,8 bilhões no encerramento de 2020.

No caso da carteira de crédito, o montante saltou de R$ 95 bilhões (2,74% do SFN) para R$ 228,7 bilhões (5,1% do SFN). A elevação acumulada foi de 134,6%." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (27/05/2021) - Comunicando. "A taxa de desemprego foi de 14,7% no primeiro trimestre de 2021, recorde da série histórica, iniciada em 2012, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apresentados nesta quinta-feira.

A população desocupada, de 14,8 milhões de pessoas, também é recorde da série histórica, com aumento de 6,3% (mais 880 mil pessoas desocupadas) ante o trimestre de outubro a dezembro de 2020 (13,9 milhões de pessoas) e de 15,2% (mais 1,956 milhão de pessoas) frente ao mesmo trimestre móvel do ano anterior (12,9 milhões de pessoas). " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (27/05/2021) - Um sério problema para a sustentabilidade das criptomoedas. Mas quanto menor a mineração, se a demanda não for reduzida, maior o preço. Pode chegar um dia que são tantas "pessoas" minerando que levará a um problema sério de produção de energia. Nesse dia, governos podem proibir as criptomoedas.

Muito consumo de energia, sobe o preço da energia.

Será que a mineração provocará o aumento nos preços dos combustíveis? "O Irã proibiu a mineração de criptomoedas por quatro meses porque essa atividade, que exige um uso intensivo de energia, vem provocando blecautes pelo país. Nas últimas semanas, empresas e residências sofreram com falta de energia por até seis horas por dia." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (27/05/2021) - Como esperado, ruim para os bancos. "A limitação da cobrança de juros no cheque especial, que começou a valer em janeiro do ano passado, fez com que os brasileiros economizassem mais de R$ 10 bilhões em 2020, informou hoje o Banco Central. O cálculo faz parte do estudo “Cheque especial: avaliação do impacto da limitação da taxa de juros”, divulgado nesta quarta-feira, 26, pela autarquia.

Desde 6 de janeiro de 2020, o BC vem aplicando uma limitação dos juros do cheque especial, em 8% ao ano (151,82% ao ano). A intervenção regulatória tinha como objetivo corrigir falhas identificadas no produto, que apresentava elevações de juros mesmo em períodos em que a Selic (a taxa básica da economia) recuava. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (27/05/2021) - Comunicando. "A Moody’s afirmou que a criação de uma moeda digital pelo Banco Central seria negativa para os bancos brasileiros. Segundo a agência de rating, a nova moeda poderia ser usada pelos clientes como uma espécie de depósito, afetando uma das principais fontes de funding dos bancos." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (27/05/2021) - Comunicando. "Impulsionada pela busca de fontes de energia mais limpas e sustentáveis, pelo regime favorável de ventos especialmente no Nordeste e Sul do país e pela limitação de recursos hídricos para a construção de novas hidrelétricas, a geração eólica cresceu 20 vezes no Brasil desde 2010 e mantém cheias as carteiras de pedidos dos fabricantes de equipamentos para o setor. Empresas como WEG, Aeris Energy e Vestas seguem batendo recordes de produção e de encomendas, e as projeções são de forte expansão nos próximos anos." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (26/05/2021) - Comunicando. "Se no ano passado os aumentos expressivos dos alimentos no domicílio pesaram no bolso dos brasileiros, sobretudo para as famílias mais pobres, os preços administrados tendem a ser os maiores vilões da inflação este ano. Fazem parte dos itens com preços administrados os impostos e taxas, os serviços de utilidade pública com tarifas reguladas (telefonia e energia elétrica), derivados de petróleo e medicamentos, por exemplo." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (26/05/2021) - Comunicando. "Com um plano já desenhado para a reforma tributária fatiada, o ministro da Economia, Paulo Guedes, quer agora retomar as discussões para criar o Imposto sobre Transações. Na área econômica, acredita-se que o presidente Jair Bolsonaro não se oporá à ideia se a alíquota for de até 0,1%." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FUNDOS DE INVESTIMENTO - (26/05/2021) - Comunicando. "A diminuição da cobrança do chamado “come-cotas” dos fundos de investimentos para uma vez ao ano – em vez de duas vezes, como ocorre atualmente – teria sido incluída na proposta da equipe econômica para mudar a legislação do Imposto de Renda, segundo noticiou o site do jornal Valor Econômico.

É chamada de “come-cotas” a cobrança antecipada do Imposto de Renda nos fundos de investimentos de curto e de longo prazo, que ocorre no fim de maio e em novembro." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







CUIDADO - (26/05/2021) - Essas compras que provocaram o aumento nos preços dos ativos, como imóveis e ações e se os BC´s do mundo começarem a adotar medidas de retirada deste excesso de dinheiro, um dia a bolha estourará.. "Um alto funcionário do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) disse que espera começar a discutir uma redução nas compras maciças de ativos pela autoridade monetária em uma próxima reunião, enquanto enfatiza a necessidade de monitorar de perto os dados econômicos." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (25/05/2021) - Comunicando. "O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15) desacelerou a alta para 0,44% em maio, após avançar 0,60% em abril, informou nesta terça-feira o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado é o maior para o mês desde 2016 (0,86%). Em maio de 2020, o IPCA-15 teve deflação de 0,59%, sob impacto do início da pandemia de covid-19.

Em 12 meses, o IPCA-15 ficou em 7,27% em maio, ante 6,17% no acumulado até abril. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (25/05/2021) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, subiu 0,33% na terceira quadrissemana de maio, ganhando força em relação ao ganho de 0,28% observado na segunda quadrissemana deste mês, segundo dados publicados nesta segunda-feira pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe)." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (25/05/2021) - Comunicando. "A balança comercial registrou superávit de US$ 2,38 bilhões na terceira semana de maio.Em maio, o saldo positivo soma US$ 6,97 bilhões e, no ano, acumula US$ 25,21 bilhões." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FOCUS - (24/05/2021) - Comunicando. "O mercado financeiro revisou para cima pela sétima semana consecutiva suas projeções para a inflação brasileira este ano, desta vez de 5,15% para 5,24%. As estimativas para o crescimento da economia brasileira em 2021 também foram elevadas, pela quinta semana, de 3,45% para 3,52%.

Para 2022, os economistas consultados pela autoridade monetária também revisaram as estimativas para os dois indicadores, e agora é esperada alta de 3,67% do IPCA, acima dos 3,64% esperados no levantamento anterior. Já para o PIB, a expectativa é de expansão de 2,30% em 2022, abaixo do crescimento de 2,38% esperado na semana passada.

Com relação à taxa básica de juros, o mercado segue à espera de um aumento da taxa Selic de 0,75 ponto percentual na próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), em junho, para 4,25% ao ano. As previsões para a Selic ao fim de 2021 e 2022 também foram mantidas em 5,50% e 6,50%, respectivamente.

Por fim, no câmbio, as estimativas apontam para o dólar negociado a R$ 5,30 ao fim de 2021, sem mudanças ante a semana passada, e também a R$ 5,30 em dezembro de 2022, abaixo dos R$ 5,35 esperados anteriormente." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







CUIDADO - (24/05/2021) - Comunicando. "Num momento em que as pressões inflacionárias de curto prazo se mostram fortes em todo o mundo e que a atividade econômica nos países avançados dá sinais de recuperação, os riscos à estabilidade financeira, em especial em mercados emergentes, têm aumentado e já estão no radar de bancos centrais, como o Federal Reserve (Fed). O comportamento dos juros globais de longo prazo tem sido um fator chave, diante dos altos níveis de endividamento de países e de empresas em mercados emergentes após a pandemia." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (24/05/2021) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) acelerou pela terceira leitura consecutiva, para 0,66%, na terceira medição de maio, vindo de 0,45% na imediatamente anterior, a segunda do mês, e acumulando alta de 7,82% nos últimos 12 meses, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) em relatório." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (24/05/2021) - Comunicando. "O bitcoin caiu 13% neste domingo, após a maior e mais conhecida criptomoeda do mundo ter sofrido outra liquidação que a deixou a quase 50% do pico atingido neste ano. A criptomoeda havia atingido o seu valor máximo este ano com 64.895,22 dólares em 14 de abril. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (24/05/2021) - Comunicando. "A TNG anunciou pedido de recuperação judicial por dificuldades impostas pela pandemia. “Tal medida visa nos proteger a fim de cumprirmos nosso plano a ser apresentado em até sessenta dias”, disse em nota Tito Bessa Junior, fundador da empresa. O processo está sendo assessorado pelo escritório de advocacia Moraes Jr. e pela consultoria Siegen." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (24/05/2021) - Comunicando. "A Câmara dos Deputados promove na próxima quarta-feira (26) audiência pública sobre indícios de “pirâmide financeira” nas operações das empresas Investimento Bitcoin e Atlas Quantum." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (24/05/2021) - Pelo visto a farra da impressão de moeda deve acabar no mundo. "O presidente da distrital do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) na Filadélfia, Patrick Harker, defendeu que a instituição deve começar as discussões sobre redução do programa de relaxamento quantitativo (QE, na sigla em inglês) “antes cedo do que tarde”, engrossando o crescente coro “hawkish” da autoridade monetária. Em entrevista online ao jornal The Washington Post, o dirigente disse que o processo, conhecido no mercado como “tapering”, deve começar a partir do momento em que houver sinais de progressos no mercado de trabalho e estabilidade de preços. Ele citou preocupações com a escalada dos custos no mercado imobiliário residencial." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (24/05/2021) - Se os governos decidirem intervir na mineração, os preços sobem. Se decidirem intervir na demanda, perseguindo quem compra e negocia, os preços caem. " A China vai reprimir atividades de mineração e negociação de bitcoins, numa tentativa de evitar riscos financeiros, disse o Comitê de Desenvolvimento e Estabilidade Financeira nesta sexta-feira.

O país reprimirá ferozmente atividades ilegais no mercado de valores mobiliários e manterá a estabilidade dos mercados de ações, títulos e câmbio, disse o comitê em reunião presidida pelo vice-premiê, Liu He." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (21/05/2021) - Comunicando. "A utilização do Pix – o serviço brasileiro de pagamentos instantâneos – já supera a de outros meios de pagamentos mais antigos, como DOC, TED e boleto bancário. A constatação foi feita nesta quinta-feira, 20, pelo Banco Central por meio do documento “Pix: O novo meio de pagamento brasileiro”." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (20/05/2021) - Comunicando. "O Banco Central anunciou nesta quarta-feira, 19, por meio de nota, mudanças na norma para contratação de cartões de crédito (contas de pagamento pós-pagas) e de contas de pagamento pré-pagas no Brasil. Conforme a instituição, as mudanças buscam alinhar a norma destes dois produtos às regras que tratam de contas correntes (contas de depósitos). A nova norma passará a valer em março de 2022. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (20/05/2021) - Comunicando. "As criptomoedas “não são moedas verdadeiras”, consideraram nesta quarta-feiravárias federações bancárias chinesas de referência, alertando para o perigo da “especulação”, em um país que prepara a sua própria moeda digital.A China foi durante algum tempo um dos baluartes do boticoin, a moeda virtual mais difundida.No entanto, em 2019, Pequim deu uma guinada radical e declarou os pagamentos com criptomoedas ilegais no país, acusando-as de servir a “atividades criminosas”." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (20/05/2021) - Comunicando. "A Fundação Getulio Vargas (FGV) confirmou nesta quarta-feira alta de 3,83% na segunda prévia de maio do Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), após registrar 1,17% em igual decêndio de abril. Com o resultado divulgado nesta quarta, o acumulado em 12 meses do índice saltou de 31,57% para 36,69%." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (20/05/2021) - Comunicando. "O fluxo cambial do ano até 14 de maio ficou positivo em US$ 12,189 bilhões, informou nesta quarta-feira, 19, o Banco Central. Em igual período do ano passado, o resultado era negativo em US$ 10,394 bilhões. A entrada pelo canal financeiro neste ano até 14 de maio foi de US$ 3,028 bilhões. No comércio exterior, o saldo anual acumulado até 14 de maio ficou positivo em US$ 9,162 bilhões.

Depois de encerrar abril com entradas líquidas de US$ 3,990 bilhões, o País registrou fluxo cambial negativo de US$ 524 milhões em maio até o dia 14, informou o Banco Central. O canal financeiro apresentou saídas líquidas de US$ 417 milhões no período. No comércio exterior, o saldo de maio até o dia 14 é negativo em US$ 107 milhões." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (19/05/2021) - Comunicando. "China tem US$ 2,14 trilhões em títulos a vencer até 2023; investidores ligam alerta." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (19/05/2021) - Mais notícias negativas para o setor bancário. "O Congresso e o governo negociam mudanças no projeto que prevê aumento da taxação sobre bancos, adotado como forma de compensar a decisão de cortar tributos sobre diesel —demanda de caminhoneiros— e gás de cozinha." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (19/05/2021) - Comunicando. "O Ministério da Economia elevou sua projeção de crescimento do PIB este ano para 3,50% e também aumentou a estimativa de inflação para 5,05%, patamar ainda mais distante do centro da meta de 3,75% para o período, mostrou a mais nova edição do Boletim MacroFiscal divulgado pela Secretaria de Política Econômica nesta terça-feira.

O boletim anterior, de março, previa uma alta de 3,20% do PIB e de 4,42% do IPCA para 2021." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (18/05/2021) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, subiu 0,28% na segunda quadrissemana de maio, desacelerando em relação ao acréscimo de 0,35% verificado na primeira quadrissemana deste mês, segundo dados publicados nesta terça-feira, 18, pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe)." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (18/05/2021) - E a concorrência aumenta. "Duas semanas após o anúncio de transferência de dinheiro entre usuários do WhatsApp, o Facebook, dono do aplicativo, voltou a se reunir com o BC (Banco Central) para negociar a liberação do P2M, sigla para pagamento entre pessoas e empresas." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (18/05/2021) - Comunicando. "A balança comercial brasileira registrou superávit comercial de US$ 2,883 bilhões na segunda semana de maio. De acordo com dados divulgados pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério da Economia. Em maio, a balança comercial acumula saldo superavitário em US$ 4,799 bilhões. No acumulado do ano, o saldo comercial é superavitário em US$ 23,038 bilhões." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FOCUS - (17/05/2021) - Comunicando. "A taxa Selic no fim de 2021 se mantém em 5,50% ao ano; 2022, sobe de 6,25% para 6,50%, para fim de 2023 e de 2024 permanece em 6,50% ao ano.

O IPCA para 2021 sobe de 5,0% para 5,15%; para 2022, vai de 3,61% a 3,64% e para 2023 e 2024 permanece em 3,25%

O crescimento do PIB para 2021 sobe de 3,21% para 3,45%; para 2022, de 2,33% para 2,38%.

O dólar para 2021 cai de R$ 5,35 para R$ 5,30; para 2022, recua de R$ 5,40 para R$ 5,35." (Fonte: Advfn)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (17/05/2021) - Os jovens são o futuro e os grandes bancos comerciais terão de se reinventar. A vida das instituições não será tão fácil como nas últimas décadas. Daqui a pouco pode ser que eles tenham de concorrer com bancos internacionais. "Os bancos digitais estão ganhando terreno com o público mais jovem --e querem conquistar cada vez mais esse consumidor. A maioria dos brasileiros entre 16 e 24 anos (51%) já usa mais as novas instituições do que as tradicionais para as operações do dia a dia, como depósitos, saques e pagamentos, de acordo com uma pesquisa exclusiva do Ipec feita em abril." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (17/05/2021) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) avançou para 0,45% na segunda leitura de maio, vindo de 0,33% na medição imediatamente anterior e acumulando alta de 7,60% nos últimos 12 meses, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) em relatório nesta segunda-feira." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (17/05/2021) - Comunicando. "O CEO da Tesla, Elon Musk, deu a entender neste domingo, em uma interação no Twitter, que a empresa pode se desfazer dos Bitcoins que detém. Nesta semana, a companhia disse que parou de receber a criptomoeda como forma de pagamento pelos veículos elétricos que fabrica. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (17/05/2021) - Aumentando os serviços, aumenta a concorrência e diminui a lucratividade do setor. Pagar com dinheiro para que? Paga na hora com PIX. "O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, repetiu nesta sexta-feira que a instituição está avançando na discussão sobre uma moeda digital, mas destacou a importância de que os bancos centrais atuem de maneira integrada para que essas diferentes moedas possam ser negociadas entre diversos países.

“Temos um projeto para que, no futuro, o PIX possa fazer transferências para outros países, mas dependemos do avanço nas discussões sobre o lançamento de moedas digitais por outros bancos centrais”, afirmou Campos Neto, em palestra no Latin America Disruptive Tech Founders & CEO Virtual Summit 2021, promovido pelo Bank of America." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (17/05/2021) - Concorrência com os bancos aumentando rapidamente. "Em funcionamento desde novembro de 2020, o Pix já ultrapassou R$ 1 trilhão em transações, segundo dados do Banco Central até abril. Crescendo mês a mês, foram R$ 307 bilhões em transações via Pix no mês passado, com 478,6 milhões de operações.

Desde março, a maior parte das transações feitas no país são Pix. Nesses seis meses, o valor médio de um Pix é de R$ 717.

Em abril, cresceu ainda mais a vantagem para o segundo colocado, os boletos, que contabilizaram 336 milhões de operações no mês passado." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (17/05/2021) - Comunicando. "A consolidação da tese do Supremo Tribunal Federal (STF) de que o ICMS não compõe a base de cálculo do PIS/Cofins, reduzindo a arrecadação federal, deve ampliar a pressão para que outra ação semelhante, que trata do ISS (imposto sobre serviços, que é municipal), volte à pauta da Corte. O risco de um desfalque ainda maior na arrecadação do governo, por sua vez, deve mobilizar a equipe econômica para tentar acelerar a reforma tributária no Congresso Nacional e evitar um agravamento das contas, que já terão déficit próximo a R$ 300 bilhões, considerando o peso das medidas emergenciais." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (14/05/2021) - Segue o BACEN entrando nos serviços bancários e reduzindo a lucratividade do setor. Quanto maior a instituição financeira, mais afetada ela será. "Nesta sexta-feira (14), o Pix Cobrança passa a estar disponível para os usuários de todo o Brasil. O novo serviço vai permitir fazer um pagamento usando Pix em uma data futura (pagamentos com datas de vencimento).

A proposta do Pix é ser um meio de pagamento mais seguro, competitivo e rápido. Entre suas várias funcionalidades, o Pix permite fazer transferências e pagamentos em até dez segundos. Essas transações podem acontecer 24 horas por dia e em todos os dias do ano, inclusive finais de semana e feriados." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (13/05/2021) - Comunicando. "O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), considerado prévia do Produto Interno Bruto (PIB) da autoridade monetária, teve queda de 1,59% em março de 2021 na comparação com fevereiro, segundo dados do BC divulgados nesta quinta-feira (13).

Ainda assim, o resultado foi melhor do que o esperado. A expectativa dos economistas, segundo projeção mediana em pesquisa Bloomberg, era de uma queda de 3,40% na comparação com fevereiro.

Na comparação com mesmo mês de 2020, a alta foi de 6,26%, ante expectativa de alta de 6% do consenso do mercado." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (13/05/2021) - Comunicando. "Elon Musk inverteu seu apoio à bitcoin nesta quarta-feira (12), ao dizer que a Tesla está suspendendo os planos de aceitar pagamentos por seus carros usando a criptomoeda.

Ele atribuiu a mudança de opinião a preocupações ambientais sobre o mecanismo usado para validar as transações em bitcoins, apontando uma ampla revisão das ideias sobre a moeda digital que poderá pôr em dúvida seu crescente apelo entre outras companhias." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (13/05/2021) - Comunicando. "Os calotes de títulos soberanos crescem em ritmo vertiginoso na América Latina desde o início da pandemia. Primeiro foi a vez do Equador, depois a Argentina, Suriname, Belize, depois Suriname novamente e Suriname mais uma vez.

No total, mais de 80 bilhões de dólares em títulos estrangeiros foram reestruturados. E mais problemas estão por vir." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (13/05/2021) - Comunicando. "O fluxo cambial do ano até 7 de maio ficou positivo em US$ 11,196 bilhões, informou nesta quarta-feira, 12, o Banco Central. Em igual período do ano passado, o resultado era negativo em US$ 12,292 bilhões. A entrada pelo canal financeiro neste ano até 23 de maio foi de US$ 2,321 bilhões. No comércio exterior, o saldo anual acumulado até 7 de maio ficou positivo em US$ 8,875 bilhões.

Depois de encerrar abril com entradas líquidas de US$ 3,990 bilhões, o País registrou fluxo cambial negativo de US$ 1,517 bilhão em maio até o dia 7, informou o Banco Central. O período corresponde à primeira semana do mês. O canal financeiro apresentou saídas líquidas de US$ 1,124 bilhão no período. No comércio exterior, o saldo de maio até o dia 7 é negativo em US$ 394 milhões." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (13/05/2021) - Comunicando. "O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, afirmou nesta quarta-feira, em teleconferência com jornalistas e analistas, que a inadimplência do banco caiu muito no ano passado em função das pausas nos pagamentos dadas aos clientes por conta da pandemia, mas subiu no primeiro trimestre e deve continuar avançando um pouco, até voltar a patamares mais normais.

O índice de inadimplência da Caixa subiu para 2,04% no primeiro trimestre, de 1,73% no quarto trimestre e 3,14% no primeiro trimestre de 2020.

Na divisão por segmentos, a inadimplência com recursos livres para pessoas jurídicas subiu a 4,93%, de 3,99% e 5,45%. Em habitação, aumentou para 1,81%, de 1,31% e 2,85%. Já em recursos livres para pessoa física, a inadimplência caiu para 4,17%, de 4,63% e 5,89%. Em infraestrutura, houve queda para 0,19%, de 0,25% e 0,55%. E em agronegócio, recuou para 1,51%, de 1,53% e 3,78%." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (12/05/2021) - Comunicando. "O índice de consumidores inadimplentes no País cresceu em abril nas duas bases de comparação, mostram dados da Boa Vista. Em relação a março deste ano, houve alta de 5,1% nos registros de pessoas que descumpriram seus compromissos financeiros. No confronto com abril de 2020, o aumento foi de 5,8%. Já no acumulado de 12 meses, a taxa de inadimplentes ficou praticamente inalterada, em queda de 21,3%, após declínio de 21,4% visto antes.

A despeito do resultado ainda negativo do índice acumulado em 12 meses até abril, a indicação é de que o indicador atingiu um ponto de inflexão, quando a tendência se inverte, afirma a nota. Em março, “dado que, até aquele período, a queda era de 22,2% e, agora, desacelerou para 14,6% nos dados acumulados de janeiro a abril. As variações mensais de fevereiro até aqui também corroboram com essa tese.”" (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (12/05/2021) - Comunicando. "O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) subiu 2,68% na primeira prévia de maio, após ter aumentado 0,50% na primeira prévia de abril, apurou a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Com o resultado, o índice acumulou elevação de 12,84% no ano e aumento de 35,18% em 12 meses." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (12/05/2021) - Comunicando. "As compras realizadas com cartão de crédito, débito e pré-pago cresceram 17,3% no primeiro trimestre de 2021, somando R$ 558,3 bilhões, de acordo com dados divulgados nesta terça-feira pela Abecs, associação que representa as empresas de meios eletrônicos de pagamento. O resultado confirma a tendência de recuperação do setor, que teve início no segundo semestre de 2020, mesmo com o recrudescimento da pandemia.

Se avaliado apenas o mês de março, o crescimento foi ainda maior, de 24,6%.

A Abecs informou que, mesmo com o aumento expressivo do uso de cartões, o índice de inadimplência do cartão de crédito apresentou quedas consecutivas ao longo dos últimos meses e chegou ao seu menor patamar em março deste ano: 4,2%. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (11/05/2021) - Comunicando. "A inflação oficial no País, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), subiu 0,31% em abril de 2021 na comparação com março, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgados nesta terça-feira (11). Em março, o índice tinha subido 0,93% na comparação com fevereiro." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (11/05/2021) - Comunicando. "A cidade de São Paulo registrou desaceleração da inflação pela quarta semana seguida, com taxa de 0,35% na primeira medição de maio, vindo de um pico recente de 0,71% registrado na primeira quadrissemana de abril, segundo o Índice de Preços ao Consumidor calculado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (IPC-Fipe)." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (11/05/2021) - Comunicando. "A balança comercial registrou superávit de US$ 2,16 bilhões na primeira semana de maio. No ano, o saldo positivo chega a US$ 20,4 bilhões." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (11/05/2021) - Comunicando. "Diante da crise nacional, as famílias na cidade de São Paulo recorrem, cada vez mais, ao cartão para manter o consumo, aponta a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC), da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP). Segundo levantamento, atualmente, 78,9%, ou oito em cada dez famílias, possuem alguma dívida deste tipo – taxa muito próxima do recorde histórico, de 79,7%, registrado em junho de 2012. O dado também é o maior número de lares endividados no cartão de crédito, na capital, desde novembro de 2019, quando ficou em 75,5%." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (11/05/2021) - Comunicando. "O Pix poderá permitir o saque de recursos em espécie a partir do segundo semestre deste ano, com a possibilidade de quatro saques gratuitos por mês de valor máximo diário de 500 reais, segundo regras colocadas em consulta pública pelo Banco Central nesta segunda-feira.

O Pix Saque será exclusivamente para retirada de recursos em espécie, enquanto o Pix Troco também envolverá saques, mas sempre associados a uma compra de bem ou serviço." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (10/05/2021) - Mais concorrência? "O Banco Central (BC) colocou em consulta pública nesta segunda-feira proposta de criação de dois novos serviços relacionados ao Pix: o Pix Saque e o Pix Troco. Ambos possibilitarão a retirada de recursos em espécie, a diferença entre os dois é que o Pix Saque é uma transação exclusivamente para saque, enquanto o Pix Troco está associado a uma compra ou prestação de serviço. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FOCUS - (10/05/2021) - Comunicando. " Na projeção, eles elevaram a expectativa de inflação para 5,06% em 2021, além de projetar uma alta maior para o Produto Interno Bruto (PIB) de 2021, de 3,14% para 3,21%.
,
O Produto Interno Bruto (PIB), a soma de todos os bens e serviços produzidos no ano, teve alta de 3,14%% para 3,21%, na comparação com a semana passada. Já para 2022, o mercado subiu a previsão de alta do PIB de 2,31% para 2,33%.

Para controlar a inflação, o mercado manteve a previsão que a taxa básica de juros (Selic) termine o ano em 5,50%. " (Fonte: IG)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (10/05/2021) - "Ação de banco ainda enfrenta olhar cético". Porque?

1º) Pressão do BACEN por aumento da concorrência;

2º) Fintech entrando em todas as áreas que só os bancos atuavam em oligopólio antigamente;

3º) PIX e Whatsapp;

4º) Queda brutal da Selic;

5º) Varejo entrando em serviços bancários, aumentando a competição;

6º) A inadimplência não aumentou muito porque os bancos estão renegociando as dívidas e empurrando o problema para o futuro. Qual é a verdadeira situação da inadimplência? "Os quatro maiores bancos - Itaú Unibanco, Bradesco, Santander e Banco do Brasil (BB) - de capital aberto chegam ao fim da temporada de balanços do primeiro trimestre com valorização na bolsa em relação aos patamares registrados antes dos resultados. De 28 de abril, quando o Santander deu largada nas divulgações, até sexta-feira, o valor de mercado somado dessas instituições subiu de R$ 691 bilhões para R$ 706 bilhões - alta de 2,19%, em linha com o Ibovespa (2,22%)." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (10/05/2021) - Comunicando. "A falta de produtos e serviços mais focados no sistema financeiro tem aberto portas para que empresas não financeiras e novos participantes impulsionem sua atuação no setor.

O movimento, que tem se intensificado nos últimos meses, acontece por meio de parcerias ou mesmo com o aval do Banco Central —e é parte do que alguns executivos do mercado chamam de “fintechzação”." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (10/05/2021) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) voltou a acelerar, para 0,33%, na primeira leitura de maio, vindo de 0,23% na medição imediatamente anterior, a do encerramento de abril, e acumulando uma alta de 7,47% nos últimos 12 meses, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) em relatório." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (07/05/2021) - Comunicando. "O Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna (IGP-DI) registrou inflação de 2,22% em abril, percentual superior ao apurado no mês anterior, quando havia registrado taxa de 2,17%, informou o Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV Ibre)." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (07/05/2021) - Comunicando. "As transações dispararam nos mercados de criptomoedas, enquanto os volumes de negócios com ações e derivativos despencaram, na medida em que um número crescente de “day traders” e investidores institucionais se voltou para ativos mais especulativos." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (07/05/2021) - Eu acredito que o governo irá tentar aumentar impostos no Brasil, e você? "Paulo Guedes mudou. Segundo o RR apurou, o ministro da Economia quer colocar a reforma tributária em primeiro lugar na fila, deixando a reforma administrativa para um segundo tempo. O motivo é óbvio: aprovada ainda em 2020, a tributária pode aumentar a arrecadação e render recursos já no ano que vem. A reforma administrativa, assim como a PEC Emergencial, é uma medida de arrumação da casa. Traz recursos apenas a longo prazo. Mas Guedes vai ter de se desdizer, pois afirmou o tempo todo que não aumentaria a carga fiscal do país. O discurso de que a arrecadação vai crescer em função da eficiência das empresas provocada pela reforma tributária não cola." (Fonte: Relatório Reservado)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (07/05/2021) - Acho difícil a inadimplência estar caindo. Os bancos devem estar renegociando, parcelando, etc, para reduzir os índices de inadimplência, mas pessoas e empresas não devem estar pagando direito e deve também haver muitas reduções nessas negociações. "A controladora da varejista de moda Cavalera, K2 Comércio de Confecções, entrou com pedido de recuperação judicial esta semana na 2ª Vara de Falências de Recuperações Judiciais de São Paulo. A marca de roupas masculinas e femininas foi fundada em 1995 pelo ex-deputado estadual pelo PSDB Alberto Hiar, o "Turco Loco", e o ex-baterista da banda Sepultura, Igor Cavalera, em São Paulo." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (07/05/2021) - Comunicando. "Nessa quarta-feira (5), em um documento regulatório, Mercado Livre (BOV:MELI34), a fintech latino-americana de comércio on-line, afirmou possuir bitcoin (BTC) em seu balanço.

Segundo um comunicado de imprensa, anunciando seus resultados referentes ao primeiro trimestre de 2021, a empresa explicou: “como parte de nossa estratégia de tesouraria, esse semestre, adquirimos US$ 7,8 milhões em bitcoin, um criptoativo que estamos revelando em meio a nossos ativos intangíveis a serem mantidos por tempo indefinido”." (Fonte: Advfn)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (07/05/2021) - Grande parte desse lucro todo foi na realidade reversão de provisões para devedores duvidosos e sinto receio de que a lucratividade das instituições possam estar caindo de forma estrutural com a reduçãqo dos juros no Brasil e com o aumento do número de competidores com as Fintech, Whatsapp e até com o PIX. "Um ano após o solavanco inicial da pandemia, os três maiores bancos privados do País mostraram sólidos lucros. Juntos, Santander Brasil (SANB11), Itaú Unibanco (ITUB4) e Bradesco (BBDC4) ganharam R$ 16,9 bilhões entre janeiro e março deste ano. A cifra representa uma volta à normalidade, após um 2020 em que as reservas para eventuais perdas com crédito combinadas superaram os resultados obtidos.

Em relação ao primeiro trimestre de 2020, quando dois desses três gigantes já reforçaram as provisões para enfrentar a crise que então se insinuava, o resultado combinado dos “bancões” saltou 46,7%. E também ficou R$ 300 milhões acima da soma dos lucros registrados no primeiro trimestre de 2019, quando o mercado ainda operava em ritmo normal." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (06/05/2021) - Comunicando. "Com a decisão de telegrafar um novo aumento de 0,75 ponto percentual na Selic em junho e de flexibilizar a indicação de ajuste parcial da taxa, o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central fez muitos agentes do mercado abandonarem já na noite desta quarta um cenário de desaceleração do ritmo de aperto e passarem a contemplar um passo mais acelerado na normalização dos juros." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (06/05/2021) - Comunicando. "Conforme sinalizado na reunião anterior, o Copom (Comitê de Política Monetária) do Banco Central elevou novamente a taxa básica de juros (Selic) em 0,75 ponto percentual, a 3,50% ao ano, nesta quarta-feira (5).

No comunicado, o BC sinalizou nova alta na mesma magnitude para a próxima reunião, em junho, para 4,25%." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (06/05/2021) - Desde 2008 eu falei que o PT iria quebrar o Brasil pois pagava o maior juros real do mundo, isso valorizava nossa moeda artificialmente, controlava a inflação, mas a conta viria, pois a valorização do Real era ARTIFICIAL. Consequência desta política? Desindustrialização e crise.

Fiz um vídeo acho que em 2015 e disponibilizei no Youtube (Câmbio X Competitividade):
https://www.youtube.com/watch?v=ZUC9Vovkplw

Hoje nossa indústria é mais competitiva e os Paraguaios vem ao Brasil fazer compras.

Espero que tenhamos aprendido a lição, para o Real se valorizar, só se tivermos mais COMPETITIVIDADE, ou seja, temos de fazer como o Japão, os tigres asiáticos e mais recentemente a China. NÃO podemos ficar utilizando fórmulas mágicas que NÃO são sustentáveis a longo prazo e que ficam SEMPRE nos destruindo e fazendo o Brasil ser ETERNAMENTE o país de um futuro que nunca chegará. "O fluxo cambial ao Brasil ficou positivo em quase 4 bilhões de dólares em abril, puxado pela conta comercial, o que elevou o saldo no ano para mais de 12,7 bilhões de dólares, mostraram dados do Banco Central nesta quarta-feira. O superávit no mês passado foi de 3,990 bilhões de dólares, primeiro saldo positivo para o período desde 2018 (14,394 bilhões de dólares).

Nas operações comerciais (exportação menos importação) a sobra de dólares ficou em 3,502 bilhões de dólares em abril. Na conta financeira –por onde passam investimentos em carteira, empréstimos e pagamento de dívida, por exemplo– houve ingresso líquido de 488 milhões de dólares.

No ano, o fluxo cambial está positivo em 12,713 bilhões de dólares, o inverso do registrado no mesmo período do ano passado (-12,730 bilhões de dólares)." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (06/05/2021) - Os bancos podem até desdenhar o incremento de competição no setor, mas a Moody´s e eu não achamos isso.. "A agência de classificação de risco Moody’s vê o avanço da solução de pagamentos do WhatsApp, que pertence ao Facebook, como negativo para o rating dos bancos brasileiros. Com a autorização para o envio e recebimento de dinheiro por meio do aplicativo de mensagens, a visão da classificadora é a de que outros serviços financeiros podem vir a reboque.

“A nova plataforma também permitirá que o Facebook monitore as transferências de dinheiro ao longo do tempo, provavelmente dando à big tech a oportunidade de alavancar outros serviços financeiros além dos pagamentos”, avalia a Moody’s em comentário ao mercado.

Essa estratégia, de acordo com a agência, pode acelerar com a implementação do open banking, que permitirá o compartilhamento de informações de clientes entre agentes do sistema financeiro, no Brasil este ano.

“A disrupção digital adicional para os bancos brasileiros causada pela expansão do Facebook também seria negativa para o rating”, acrescenta a Moody’s." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (06/05/2021) - Comunicando. "O PMI de serviços do Brasil caiu para 42,9 em abril, de 44,1 em março, indicando a maior contração da produção desde julho de 2020, ainda que menos pronunciada do que as perdas vistas no início da pandemia." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (06/05/2021) - Comunicando. "A indústria brasileira encerrou o primeiro trimestre com queda da produção em março e voltou ao nível pré-pandemia, pressionada por veículos em um momento de intensificação das medidas de restrição devido ao recrudescimento da pandemia de Covid-19 no país.

Em março houve recuo da produção de 2,4% em relação ao mês anterior, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A leitura divulgada nesta quarta-feira marcou o segundo mês seguido de perdas na indústria, depois de queda de 1,0% em fevereiro, mas foi melhor do que a expectativa em pesquisa da Reuters de perda de 3,5%.

Com os resultados negativos de fevereiro e março, o setor industrial voltou ao mesmo patamar de antes da pandemia. De acordo com o IBGE, de maio de 2020 a janeiro de 2021 houve ganho acumulado de 40,1%, levando a produção industrial a ficar 3,5% acima do patamar de fevereiro de 2020. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (05/05/2021) - Comunicando. "A inadimplência de micro e pequenas empresas dá sinais de deterioração, reflexo da piora da pandemia, do fim de linhas de crédito e da alta dos juros. Balanços de bancos mostram a elevação de operações em atraso e dados da Serasa apontam mais companhias inadimplentes. No Itaú, a taxa de calotes nesse segmento subiu de 1,7% em dezembro para 2,5% em março. O Bradesco fechou março com 2,6% dessas operações com atraso superior a 90 dias. O calote de pessoas jurídicas subiu de 0,9% para 1% entre dezembro e março no Santander, que não detalha o porte das empresas." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (05/05/2021) - Mais empresas "entrando" em áreas dos bancos e isso significa mais concorrência e provavelmente perda de rentabilidade para o setor, principalmente para as grandes instituições. "O WhatsApp (FBOK34) anunciou que a partir desta terça-feira (4) o serviço de pagamentos estará liberado em sua plataforma, permitindo que usuários do aplicativo transfiram dinheiro para outras pessoas, como amigos ou familiares.

“Facilitar o envio e o recebimento de dinheiro de maneira segura não poderia ser mais importante neste momento, já que não só diminui a exposição das pessoas à pandemia, mas também as ajuda a se manterem conectadas com entes queridos, expande o acesso a serviços financeiros e possibilita que mais pessoas participem da economia digital”, afirma Matt Idema, diretor de operações do WhatsApp." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (05/05/2021) - Comunicando. "Após nove meses de negociação como BC (Banco Central), o WhastApp anuncia nesta terça-feira (4) um serviço de transferência bancária gratuita entre usuários no Brasil. Quase um ano após a tentativa frustrada de lançamento, o recurso estreia com a parceria de três dos cinco maiores bancos do país: Itaú, Bradesco e Banco do Brasil.

Não entraram na parceria Santander e Caixa Econômica Federal.

A opção começa a ser disponibilizada gradualmente nas próximas semanas. " (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (05/05/2021) - Comunicando. "O Banco Central do Brasil (BCB) voltará a elevar a taxa básica de juros na quarta-feira (5) em 0,75 ponto percentual, para 3,5%, e reafirmará sua “firmeza” contra a inflação, em alta apesar da desaceleração econômica causada pela pandemia, estimam analistas.

O BCB elevou a taxa Selic pela primeira vez em seis anos em março, de seu mínimo histórico de 2% para 2,75%; e indicou que em maio faria um ajuste semelhante “a menos que haja uma mudança significativa nas projeções de inflação e no balanço de riscos”." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (05/05/2021) - Comunicando. "Os preços da indústria subiram 4,78% em março frente a fevereiro, a segunda maior alta da série histórica do Índice de Preços ao Produtor (IPP), iniciada em 2014. Em fevereiro, a alta recorde foi revisada de 5,22% para 5,16%. Com o resultado, o índice, divulgado hoje (4) pelo IBGE, acumula recordes de 14,09%, no trimestre, e de 33,52%, nos últimos 12 meses." (Fonte: Advfn)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (04/05/2021) - Comunicando. "O Ehter, criptomoeda da rede Ethereum, voltou a ganhar força nesta segunda-feira (3), ultrapassando pela primeira vez na história o valor de US$ 3 mil.

Às 18h50 (horário de Brasília), a segunda maior criptomoeda do mundo em valor de mercado acumulada valorização de 11,08% em 24 horas, cotada a US$ 3.295. Com isso, em 2021, o token já mais que quadruplicou seu valor, com um ganho de 346%." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (04/05/2021) - Comunicando. "O Supremo Tribunal Federal (STF) validou a incidência do Imposto de Renda (IR) sobre depósitos bancários. A decisão vale para os casos em que a Receita Federal presumir que tais valores tratavam-se de receita ou faturamento e houve uma omissão por parte da pessoa física ou jurídica. Para escapar da cobrança, o contribuinte é quem precisará provar que tais quantias não representaram ganhos." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (04/05/2021) - Desde 2008 eu falei que o PT iria quebrar o Brasil pois pagava o maior juros real do mundo, isso valorizava nossa moeda artificialmente, controlava a inflação, mas a conta viria, pois a valorização do Real era ARTIFICIAL. Consequência desta política? Desindustrialização e crise.

Fiz um vídeo acho que em 2015 e disponibilizei no Youtube (Câmbio X Competitividade):
https://www.youtube.com/watch?v=ZUC9Vovkplw

Hoje nossa indústria é mais competitiva e os Paraguaios vem ao Brasil fazer compras.

Espero que tenhamos aprendido a lição, para o Real se valorizar, só se tivermos mais COMPETITIVIDADE, ou seja, temos de fazer como o Japão, os tigres asiáticos e mais recentemente a China. NÃO podemos ficar utilizando fórmulas mágicas que NÃO são sustentáveis a longo prazo e que ficam SEMPRE nos destruindo e fazendo o Brasil ser ETERNAMENTE o país de um futuro que nunca chegará.
"A balança comercial brasileira registrou um superávit de US$ 10,349 bilhões em abril, aumento de 67,9% em relação ao mesmo período do ano anterior, pela média diária, segundo números divulgados nesta segunda-feira (3) pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex), do Ministério da Economia.

O subsecretário de Inteligência e Estatísticas de Comércio Exterior, Herlon Brandão, afirmou que o superávit é recorde para qualquer mês da série histórica, iniciada em 1997. Antes, o maior saldo positivo havia sido registrado em julho de 2020, de US$ 7,6 bilhões." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (04/05/2021) - Comunicando. "Dados divulgados nesta segunda-feira pelo IHS Markit mostraram que o PMI do setor industrial brasileiro caiu a 52,3 em abril, de 52,8 em março, mas ainda acima da marca de 50, que separa crescimento de contração." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (04/05/2021) - Comunicando. "Em março deste ano, a inadimplência média no sistema financeiro nacional ficou em 2,2%, de acordo com a Federação Brasileira dos Bancos (Febraban), praticamente estável em relação ao número registrado em dezembro (2,1%) e abaixo dos 3% observados antes da pandemia da covid-19. No entanto, a entidade alerta que já é visível uma piora neste indicador." (Fonte: Advfn)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FOCUS - (03/05/2021) - Comunicando. "Confira as principais projeções:

Taxa Selic

A taxa Selic em 2021 se mantém em 5,50% ao ano; para fim de 2022, sobe de 6,13% para 6,25%.

IPCA

O IPCA para 2021 sobe de 5,01% para 5,04%; para 2022, sobe de 3,60% para 3,61%.

PIB

O PIB para 2021 sobe de 3,09% para 3,14%; para 2022, cai de 2,34% para 2,31%.

Câmbio

O dólar para fim de 2021 se mantém em R$ 5,40, assim com em 2022." (Fonte: Advfn)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (03/05/2021) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) passou a subir 0,23% em abril, depois de registrar avanço de 1,00% em março, com o arrefecimento dos preços dos combustíveis reduzindo a pressão no grupo Transportes, informou nesta segunda-feira a Fundação Getulio Vargas (FGV)." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (03/05/2021) - Comunicando. " O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) de São Paulo desacelerou a alta a 0,44% em abril depois de subir 0,71% no mês anterior, com pressão menor dos custos de Transportes." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (03/05/2021) - Comunicando. "A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) informou neste domingo que nenhum de seus associados cobram tarifas dos clientes que têm um limite maior do cheque especial desde 16 de abril do ano passado, quando o Supremo Tribunal Federal (STF) publicou liminar suspendendo essa cobrança.

Na sexta-feira (30), o STF julgou o mérito da ação movida pelo Podemos e decidiu que a cobrança de tarifa pelos bancos apenas pela disponibilização de um limite maior para o cheque especial é inconstitucional." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (03/05/2021) - Comunicando. "O Supremo Tribunal Federal (STF) validou a incidência do Imposto de Renda (IR) sobre depósitos bancários. A decisão vale para os casos em que a Receita Federal presumir que tais valores tratavam-se de receita ou faturamento e houve uma omissão por parte da pessoa física ou jurídica. Para escapar da cobrança, o contribuinte é quem precisará provar que tais quantias não representaram ganhos." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (03/05/2021) - Comunicando. "Eventuais golpes que ocorram por meio do Pix decorrem da manipulação de contextos sociais por fraudadores, não de falhas de segurança no sistema, advertiu hoje (30) o Banco Central (BC), no encerramento da campanha O Pix é novo, mas os golpes são antigos. Segundo a autoridade monetária, cabe ao usuário precaver-se para não ser lesado." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FUNDOS DE INVESTIMENTO - (03/05/2021) - Comunicando. "Basta olhar para a quantidade de apostas realizadas na Mega-Sena semanalmente para saber: viver de renda é o sonho de milhões de brasileiros. Mas a verdade é que contar com a sorte para atingir esse objetivo torna a probabilidade de alcançá-lo bastante baixa.

A boa notícia é que existe uma forma mais assertiva de acumular patrimônio para alcançar a independência financeira e, eventualmente, conseguir viver de renda. Estamos falando dos Fundos de Investimento Imobiliários (FIIs)." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FUNDOS DE INVESTIMENTO - (03/05/2021) - Comunicando. "As cotas do ETF Hashdex Nasdaq Cryto Index, primeiro ETF referenciado em um índice de criptomoedas no Brasil, começaram a ser negociadas na B3 nesta semana. Com o ticker de negociação HASH11, o produto é também o primeiro ETF da gestora Hashdex, listado na Bolsa do Brasil. No primeiro dia de negociação, o ETF já estava sendo negociado em alta de 6,7%.

O HASH11 oferece ao investidor exposição a uma carteira teórica de criptoativos com o valor inicial de aproximadamente R$ 50,00 a cota. A carteira do ETF é definida pelo Nasdaq Crypto Index e seguirá a mesma dinâmica de negociação dos demais ETFs listados na B3." (Fonte: Advfn)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (30/04/2021) - Comunicando. "A taxa de desemprego atingiu 14,4% no trimestre encerrado em fevereiro, de acordo com a pesquisa mensal do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), divulgada nesta sexta-feira (30).

Esse é o maior nível para o período na série histórica iniciada em 2012 e representa 14,4 milhões de brasileiros que estavam em busca de emprego. No trimestre imediatamente anterior (setembro-novembro), estava em 14,1%. Um ano atrás, era de 11,6%." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (30/04/2021) - Comunicando. "Oi Pessoal,

Fiquei desde o dia 16 deste mês com Covid, sendo que a maior parte deste tempo na UTI do hospital e só saí hoje, dia 28/04 a tarde.

Fui tratado na Rede D´or (Norte D´or do Rio de Janeiro) e os médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, os fisioterapeutas, psicólogos, os nutricionistas, o pessoal da hotelaria, TODOS, absolutamente TODOS foram 1000% desde a minha chegada no hospital, até o último instante da saída. Atendimento muito melhor do que de primeiro mundo, fiquei impressionado com a atenção carinhosa que recebi, observe, atenção carinhosa de 100% da equipe, não achei que esse tipo de atendimento fosse possível no Brasil. Hoje mudei completamente a minha opinião hospitalar privada por aqui.

Por esse motivo somente as manchetes, que são automáticas, funcionaram normalmente e pedi a menha esposa para atualizar apenas os dados diários das ações, que ficam em um campo abaixo do histórico e tem de utilizar o The Downloader para atualizar.
https://www.ricardoborges.com/metadados.htm

Hoje, mesmo ainda um pouco debilitado, atualizei o histórico e no fim de semana, se tudo estiver normal, irei atualizar os direitos.
https://www.ricardoborges.com/manchetes.htm

Semana que vem devo voltar a fazer o clipping de notícias que tive de parar desde o momento que me senti muito fraco para a atividade.
https://www.ricardoborges.com/noticias.htm

Obviamente depende da minha recuperação.

Obrigado pelo aviso dos problemas,

Ricardo Borges :-) " (Fonte: ricardoborges.com)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (29/04/2021) - Comunicando. "O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) desacelerou a alta a 1,51% em abril, de 2,94% no mês anterior, de acordo com dados divulgados nesta quinta-feira pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

Com esse resultado, o índice acumula alta de 9,89% no ano e de 32,02% em 12 meses. Em abril de 2020, o índice havia subido 0,80% e acumulava alta de 6,68% em 12 meses. Em março deste ano, a alta foi de 2,94%." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (29/04/2021) - Comunicando. "Ao contrário do que ocorreu na crise financeira de 2008/2009, quando houve contração do crédito bancário mundial, as instituições financeiras aumentaram os empréstimos durante a pandemia no ano de 2020, inclusive para governos estrangeiros e empresas de outros países.

Para o Brasil, no entanto, a disponibilidade de recursos externos foi reduzida no ano passado, revertendo os resultados positivos de 2018 e 2019.

O país registrou redução de US$ 22 bilhões em créditos bancários externos em 2020, segundo relatório divulgado nesta terça-feira (27) pelo BIS (Banco de Compensações Internacionais).

Desde o final de 2015, os créditos externos ao país encolheram US$ 38 bilhões, para cerca de US$ 240 bilhões no final do ano passado." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (29/04/2021) - Comunicando. "O fluxo cambial do ano até 23 de abril ficou positivo em US$ 9,493 bilhões, informou o Banco Central (BC). Em igual período do ano passado, o resultado era negativo em US$ 14,733 bilhões. A entrada pelo canal financeiro neste ano até 23 de abril foi de US$ 3,128 bilhões. No comércio exterior, o saldo anual acumulado até 23 de abril ficou positivo em US$ 6,365 bilhões.

Depois de encerrar março com entradas líquidas de US$ 1,568 bilhão, o País registrou fluxo cambial positivo de US$ 770 milhões em abril até o dia 23, informou o Banco Central. O canal financeiro apresentou entradas líquidas de US$ 171 milhões no período. No comércio exterior, o saldo de abril até o dia 23 é positivo em US$ 599 milhões." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (29/04/2021) - Comunicando. "O Banco Central iniciará nesta quinta-feira, dia 29, a rolagem dos contratos de swap cambial com vencimento em 1° de julho de 2021, no equivalente a 11,9 bilhões de dólares." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (29/04/2021) - Comunicando. "O ministro da Economia, Paulo Guedes, pediu ao presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Luiz Fux, que a corte evite um prejuízo aos cofres públicos e determine que a exclusão do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) da base de cálculo do PIS e da Cofins só valha daqui em diante, sem efeito retroativo.

Não há uma certeza sobre o tamanho do prejuízo que uma decisão contra a União representaria, mas todas as estimativas passam de R$ 220 bilhões." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (12/04/2021) - Comunicando. "A inadimplência voltou a subir em janeiro e fevereiro e, segundo economistas, a tendência é que continue em alta nos próximos meses devido ao agravamento da crise sanitária e ao encolhimento do auxílio emergencial.

De acordo com dados do Banco Central, atrasos acima de 90 dias em empréstimos alcançaram 2,3% em fevereiro, crescimento de 0,14 ponto em relação a dezembro, último mês de pagamento da primeira rodada do auxílio emergencial.

No fim do ano, o indicador estava em 2,12%, menor valor da história." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (12/04/2021) - Comunicando. "Os investidores em ações dos Estados Unidos estão tentando avaliar a força de uma "tempestade" que se forma no horizonte enquanto o presidente Joe Biden pressiona por aumentos de impostos que reverteriam parcialmente a bonança histórica concedida à América corporativa por seu antecessor.

As ações atingiram novos picos nesta semana, enquanto administradores de fundos descartavam riscos que vão de aumentos nos custos dos empréstimos a valorizações elevadas e uma nova onda de coronavírus que atinge partes dos Estados Unidos e outras importantes economias globais." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (12/04/2021) - Comunicando. "O setor financeiro está no topo da lista dos alvos de ataques de cibercriminosos. Só nos dois primeiros meses deste ano, o dfndr lab, laboratório de cibersegurança da PSafe, detectou mais de 1,6 milhão de tentativas de golpes, uma média de mais de 17 mil ataques ao dia.

Segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), os golpes da falsa central telefônica ou do falso funcionário de banco que contata clientes para alertar sobre supostas fraudes cresceram 340% no primeiro bimestre deste ano, comparado aos dois primeiros meses do ano passado." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (12/04/2021) - Comunicando. "A valorização recente do bitcoin como ativo e sua aceitação mais ampla como meio de pagamento vêm aumentando o interesse de investidores por criptomoedas.

Desde o início deste ano, por exemplo, o preço do bitcoin quase dobrou para US$ 58.192,36 (R$ 324,8 mil) —uma alta de 98,1%. O preço do Ethereum, segunda criptomoeda mais popular no mundo, por sua vez, quase triplicou no período, para US$ 2.118,38 (R$ 11,8 mil) --alta de 190%." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (12/04/2021) - Comunicando. "O Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) teve elevação de 0,86% em março, após um avanço de 0,82% em fevereiro, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (9) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Como resultado, o índice acumulou uma elevação de 1,96% no ano. A taxa em 12 meses ficou em 6,94%. Em março de 2020, o INPC havia sido de 0,18%, segundo o IBGE. O INPC mede a variação dos preços para as famílias com renda de um a cinco salários mínimos e chefiadas por assalariados. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (12/04/2021) - Comunicando. "Competição entre bancos, fintechs e cooperativas. Está em curso nos bancos uma discussão que vai esquentar nos próximos meses em relação à assimetria regulatória a que eles estariam submetidos frente as outras empresas da área financeira que não são bancos. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (12/04/2021) - Sou do Rio de Janeiro e desde o ano passado tenho de tomar banho com água podre e temos de comprar água para beber no supermercado porque, mesmo filtrando, a água fede e tem um gosto horrível.

Ainda tenho de ATURAR esses POLÍTICOS do Rio de Janeiro que querem manter essa MERDA de empresa como ESTATAL para que eles possam continuar ROUBANDO...

Como sempre falo a todos, os VERDADEIROS DONOS das estatais são:
1) Políticos que roubam;
2) Funcionários que ficam com grande parte da receita;
3) Fornecedores que ficam com a outra parte da receita;

Para o brasileiro, só resta pagar pelos prejuízos e receber um péssimo serviço. Somos otários mesmo. "O projeto de decreto legislativo (PDL) que suspende a concessão da Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae) à iniciativa privada, marcada para o dia 30, recebeu 12 emendas dos deputados da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), na sessão desta tarde, e foi retirado de pauta, como antecipado ontem pelo Valor. "https://valor.globo.com/politica/noticia/2021/04/08/deputados-da-alerj-propoem-cancelar-em-vez-de-Sou do Rio de Janeiro e desde o ano passado tenho de tomar banho com água podre e temos de comprar água para beber no supermercado porque, mesmo filtrando, a água fede e tem um gosto horrível.

Ainda tenho de ATURAR esses POLÍTICOS do Rio de Janeiro que querem manter essa MERDA de empresa como ESTATAL para que eles possam continuar ROUBANDO...

Como sempre falo a todos, os VERDADEIROS DONOS das estatais são:
1) Políticos que roubam;
2) Funcionários que ficam com grande parte da receita;
3) Fornecedores que ficam com a outra parte da receita;

Para o brasileiro, só resta pagar pelos prejuízos e receber um péssimo serviço. Somos otários mesmo. "O projeto de decreto legislativo (PDL) que suspende a concessão da Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae) à iniciativa privada, marcada para o dia 30, recebeu 12 emendas dos deputados da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), na sessão desta tarde, e foi retirado de pauta, como antecipado ontem pelo Valor. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (09/04/2021) - Comunicando. "O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) registrou inflação de 0,50% na primeira prévia de abril, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV). No primeiro decêndio de março, o índice havia registrado taxa de 1,95%. Com este resultado, a taxa em 12 meses passou de 29,83% para 30,70%." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (09/04/2021) - Pelo visto, depois de mmmuuuiiitttooo humilhado e sem pedir para sair, o ministro Paulo Guedes será expulso do governo, será?. "A falta de iniciativa de Paulo Guedes em pedir um ajuste prévio da proposta orçamentária deste ano aumentou a defesa tanto dentro como fora do governo da necessidade de divisão do ministério que chefia, o da Economia.

A avaliação compartilhada por integrantes do centrão e pela cúpula militar é que o tamanho da superpasta tem afetado o avanço de projetos na área econômica e o rendimento do ministro." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (09/04/2021) - Comunicando. "O BTG Pactual elevou suas projeções para o dólar ao fim de 2021 e 2022, depois dos movimentos da moeda em março em decorrência da deterioração "substancial" do cenário doméstico e do quadro mais favorável à economia americana, e alertou que, num cenário de maior gasto público e forte alta do risco-país, a cotação poderia terminar o ano em R$ 6,40.

O valor seria alcançado num cenário em que o custo fiscal adicional para financiar gastos de combate à pandemia ficasse entre R$ 200 bilhões e R$ 300 bilhões, o que poderia levar o CDS de cinco anos a 550 pontos-base." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (09/04/2021) - Comunicando. "A segunda onda da pandemia de covid-19 interrompeu uma sequência de nove altas na atividade industrial. Segundo a pesquisa Indicadores Industriais, divulgada hoje (8) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), o número de horas trabalhadas no setor caiu 0,5% em fevereiro na comparação com janeiro.

Apesar do recuo, o número de horas trabalhadas na indústria acumula alta de 3,5% em fevereiro na comparação com fevereiro do ano passado, antes do início da pandemia do novo coronavírus. Nos dois primeiros meses de 2021, o indicador acumula alta de 4% em relação ao mesmo período de 2020." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (09/04/2021) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) aumentou 1% na primeira medição de abril, repetindo a taxa apurada no encerramento de março. Com isso, acumula alta de 7,37% nos últimos 12 meses, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV)." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







OPINIÃO - (08/04/2021) - Comunicando. "O diretor-presidente (CEO) do JPMorgan Chase, Jamie Dimon, disse estar otimista de que a pandemia terminará com uma recuperação econômica nos Estados Unidos que pode durar pelo menos dois anos.“Este boom pode facilmente durar até 2023”, disse o CEO do maior banco americano." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (08/04/2021) - Como melhorar sensivelmente o saldo da balança comercial sem precisar exportar mais ou mesmo importar menos? "O Ministério da Economia revisou a metodologia adotada na compilação das estatísticas da balança comercial e recalculou com os novos parâmetros os números da sua série histórica, com início em 1997, o que resultou em uma redução de 16,5% do saldo acumulado apurado até 2020.

Já para este ano, a mesma mudança de critérios contribuiu para uma elevação do superávit, que passou de 1,648 bilhão de dólares no acumulado até março para 7,908 bilhões de dólares.

Em nota divulgada nesta quarta-feira, o ministério disse que os ajustes visaram aprimorar a qualidade e a transparência das estatísticas, em linha com recomendações internacionais de referência." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (08/04/2021) - Comunicando. "A FecomercioSP (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo) atendeu a um pedido dos sindicatos associados e resolveu se manifestar publicamente pedindo para que as empresas voltem a trabalhar.

Segundo ele, a falta de medidas para proteção de empresas vai gerar um nível recorde de falências." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (08/04/2021) - Comunicando. "A Moody’s divulgou nota em que afirma que eventos da semana passada no Brasil, incluindo as mudanças ministeriais, sinalizam aumento do ruído político no curto prazo e elevam a possibilidade de que pedidos de abertura de um processo de impeachment ganhem força no Congresso." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (08/04/2021) - Comunicando. "O Banco Central (BC) teve perda de R$ 16,586 bilhões nas operações de swaps em março, conforme divulgado nesta quarta-feira pela autoridade monetária. Desde o início do ano, houve perda de R$ 30,339 bilhões. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (08/04/2021) - Comunicando. "A agência de classificação de riscos Fitch Ratings afirmou nesta quarta-feira, por meio de relatório, que as elevadas necessidades de financiamento expõem o Brasil a choques e riscos de rolagem, apesar de mencionar que a diversidade de investidores domésticos com “viés doméstico” apoia a rolagem da dívida." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (08/04/2021) - Comunicando. "O fluxo cambial total do ano de 2021 até 1º de abril foi positivo em US$ 7,648 bilhões, informou nesta quarta-feira, 7, o Banco Central. No mesmo período de 2020, o resultado havia sido negativo em US$ 12,346 bilhões. Em 2021 ate 1º de abril, a entrada líquida de dólares pelo canal financeiro foi de US$ 1,287 bilhão.No comércio exterior, o saldo acumulado ficou positivo em US$ 6,361 bilhões.

Depois de registrar entradas líquidas de US$ 4,358 bilhões em fevereiro, o País fechou março com fluxo cambial também positivo de US$ 1,568 bilhão, informou o Banco Central. No canal financeiro, houve saída líquida de US$ 3,674 bilhões em março. No comércio exterior, o saldo ficou positivo em US$ 5,242 bilhões." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (08/04/2021) - Comunicando. "O dólar à vista renovou mínima a R$ 5,5681 (-0,57%) há pouco, reagindo a um movimento de redução de posições cambiais por investidores estrangeiros no futuro e principalmente via contratos de NDF (Contrato a Termo de Moeda) negociado no mercado de balcão, a fim de assegurar uma taxa em reais mais favorável em meio ao leilão de concessão de aeroportos, disse Jefferson Rugik, diretor-superintendente da corretora Correparti. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (07/04/2021) - Comunicando. "O Índice Geral de Preços-Disponibilidade Interna (IGP-DI) registrou alta de 2,17% em março depois de subir 2,71% no mês anterior, com a descompressão dos preços no atacado compensando o peso dos combustíveis no varejo. Com esse resultado, o índice passa a acumular alta de 30,63% em 12 meses." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (07/04/2021) - Comunicando. "Investidores com alguma memória vão se lembrar: há mais de 15 anos, o economista Nouriel Roubini foi um dos primeiros a alertar para a alta excessiva e descolada de fundamentos dos preços dos imóveis nos Estados Unidos. O estouro da bolha do subprime levou à crise financeira global de 2008, a maior desde a Grande Depressão de 1929.

As previsões sombrias — ou realistas — lhe renderam o apelido nada lisonjeiro de "Doutor Catástrofe", ou "Doctor Doom". Mas Roubini ganhou ainda mais respeito e reputação entre seus pares e analistas de mercado, especialmente naqueles momentos em que investidores só enxergam a euforia, deixando de lado fundamentos (ou a ausência deles).

Nesta terça-feira, 6, Roubini voltou a ganhar as manchetes do noticiário econômico-financeiro com declarações dadas em entrevista à Bloomberg TV: "Estamos vendo espuma, bolhas, tomada de risco e alavancagem generalizadas”, disse Roubini. “Muitos players se alavancaram demais e assumiram muito risco, e alguns vão explodir", completou." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (07/04/2021) - Comunicando. "Com o agravamento da pandemia e a demora de o governo definir a nova rodada de auxílio emergencial começam aparecer sinais de que um novo ciclo de alta da inadimplência do consumidor está a caminho. Cresceu neste início de ano o número de brasileiros que não conseguiram pagar dívidas em dia e honrar compromissos renegociados. Também aumentaram os créditos com pagamentos atrasados entre 15 dias e 90 dias. Esse atraso não é considerado como inadimplência pelos bancos, mas pode virar calote no futuro.

Os indícios de alta da inadimplência começam a ser identificados pelos birôs de crédito, depois da surpresa com esses indicadores em 2020. A postergação por até 180 dias da cobrança pelos bancos de créditos inadimplentes, a injeção de quase R$ 300 bilhões por conta do auxílio emergencial e os juros no piso histórico ajudaram na repactuação de dívidas. Tanto é que a inadimplência do consumidor com bancos ficou praticamente estável até fevereiro." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (07/04/2021) - Comunicando. "O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) Composto do Brasil caiu de 49,6 em fevereiro para 45,1 em março, divulgou nesta terça-feira a IHS Markit. O nível apurado no terceiro mês do ano é o menor em nove meses, destacando uma taxa de contração acelerada e acentuada.

O PMI do setor de Serviços, que integra o Composto, cedeu a 44,1 em março, marcando a terceira contração consecutiva e sendo a redução mais expressiva desde julho do ano passado. Além disso, o recuo foi generalizado nas cinco grandes áreas da economia do setor. Em fevereiro, havia cedido a 47,1." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (06/04/2021) - Comunicando. "O ministro da Economia, Paulo Guedes , ameaça se demitir por insatisfação com a relação do governo com o Centrão na questão do Orçamento, que pode desrespeitar o teto de gastos , regra fiscal defendida por Guedes com unhas e dentes. As informações são da coluna de Mônica Bergamo na Folha de S.Paulo .

Guedes já chegou a dizer que, se for impedido de fazer o que é necessário - segundo ele, respeitar o teto de gastos -, entrega o cargo, sem problemas. O ministro também já sugere nos bastidores o seu substituto, o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho , que diverge sobre a condução da Economia atual." (Fonte: IG)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (06/04/2021) - Comunicando. "O fechamento da fábrica de celulares da LG no Brasil colocará 830 empregos diretos em risco na região do Vale do Paraíba, no interior de São Paulo. Além da unidade de Taubaté, onde 400 pessoas trabalham na divisão de smartphones, outras três fábricas na região serão afetadas pela decisão da empresa sul-coreana de tecnologia.

Blue Tech e 3C, em Caçapava, e Sun Tech, em São José dos Campos, têm, juntas, cerca de 430 postos de trabalho, a maioria deles ocupados por mulheres. Essas três fábricas, segundo o Sindicato dos Metalúrgicos de São José, não têm outras operações. O maquinário e toda a produção são voltados somente para atender a LG." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (06/04/2021) - Como venho falando há muito tempo. "A autorização para funcionamento do Whatsapp Pay vai trazer pressão negativa para os ganhos dos bancos tradicionais com tarifas de transferências, avalia a Moody’s. De acordo com relatório da agência de classificação de riscos, “dentro do arranjo de pagamento do Whatsapp, os usuários vão registrar seus cartões [de bandeiras] Visa e Mastercard com o Facebook Pay, permitindo fazer transferências entre indivíduos sem custo”.

A Moody’s lembra que, em novembro de 2020, o próprio BC lançou o sistema de pagamentos instantâneos, o Pix, que também permite a transferências entre indivíduos e empresas. “O Pix explicitamente mira na redução do custo de transferências e no estímulo à inclusão financeira e já tem levado os bancos a registrar uma forte queda nas receitas com taxas que são cobradas nas transferências de dinheiro”, aponta a agência." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (06/04/2021) - Comunicando. "O IPC-S de 31 de março de 2021 variou 1,00% e acumula alta de 6,11% nos últimos 12 meses." (Fonte: Advfn)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FOCUS - (05/04/2021) - Comunicando. "A mediana das projeções dos economistas do mercado para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2021 permaneceu em 4,81%, interrompendo uma sequência de 12 altas consecutivas, no Relatório Focus, do Banco Central (BC), divulgado nesta segunda-feira com estimativas coletadas até o fim da semana passada. Para 2022, teve leve aceleração, de 3,51% para 3,52%.

Para a taxa básica de juros (Selic), o ponto-médio das expectativas manteve-se em 5,00% para o fim de 2021 e 6,00% no de 2022.

A mediana das projeções do mercado para o crescimento a economia brasileira em 2021 voltou a cair, de 3,18% para 3,17%, no Focus. Para 2022, o ponto-médio das expectativas para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) também teve leve ajuste para baixo, de 2,34% para 2,33%. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (05/04/2021) - Comunicando. "A cidade de São Paulo registrou inflação de 0,71% no encerramento de março, pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC) calculado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). Na terceira medição daquele mês, o indicador tinha subido 0,64%. No fim de fevereiro, houve aumento de 0,23%. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (05/04/2021) - Comunicando. "A “dança das cadeiras” no governo, a intensificação do risco fiscal diante do impasse no Orçamento de 2021 e o cenário ainda imprevisível da pandemia no Brasil, com a determinação de novas medidas de isolamento social para conter o ritmo de contágio e o número de mortes, têm levado ao aumento dos prêmios oferecidos pelos títulos públicos negociados no Tesouro Direto.

No caso dos papéis indexados à inflação, por exemplo, as taxas voltaram a atingir níveis de quase um ano atrás, com prêmios acima de 4% ao ano na maioria dos papéis, caso do Tesouro IPCA+ com juros semestrais 2055. O título chegou a pagar juro real de 4,62% no dia 25 de março, o maior patamar desde 14 de maio de 2020 (4,67%)." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (05/04/2021) - Comunicando. "A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 1,482 bilhão em março. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (1º) pelo Ministério da Economia.

O resultado, no entanto, foi menor do que o registrado em março de 2020, quando o superávit ficou em US$ 3,832 bilhões.

No acumulado do primeiro trimestres, a balança comercial registra superávit de US$ 1,648 bilhão. " (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (05/04/2021) - Comunicando. "O Indicador Ipea Mensal de Formação Bruta de Capital Fixo (FBCF) registrou um tombo de 15,9% em janeiro ante dezembro, informou nesta quinta-feira, 1º de abril, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). “O resultado sofreu influência da base de comparação elevada, devido à forte alta observada em dezembro, explicada pela importação de plataformas de petróleo e outros bens de capital de apoio à prospecção e extração de petróleo e gás natural”, explicou o Ipea em nota.

Com os dados de janeiro, o trimestre móvel encerrado naquele mês fechou com avanço de 23,5% ante o trimestre móvel imediatamente anterior. Na comparação com janeiro de 2020, o indicador teve alta de 6,1%.

No acumulado em 12 meses, a taxa de crescimento dos investimentos passou de -0,8% para -1,3%. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (05/04/2021) - Comunicando. "A indústria brasileira registrou queda inesperada em fevereiro e interrompeu nove meses de resultados positivos. Pesaram as perdas na produção de veículos automotores e indústrias extrativas, em meio à piora da pandemia de Covid-19 e restrições cada vez mais rigorosas.

A produção da indústria registrou em fevereiro queda de 0,7% na comparação com o mês anterior, contra ganho de 0,4% esperado em pesquisa da Reuters.

O resultado divulgado nesta quinta-feira (1º) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) interrompe nove meses de ganhos, período em que a produção acumulou alta de 41,9%.

O setor está agora 13,6% abaixo do patamar recorde alcançado em maio de 2011 e 2,8% acima do nível pré-pandemia, de fevereiro de 2020.

Na comparação com fevereiro de 2020, a produção teve alta de 0,4%, sexta taxa positiva consecutiva, mas bem abaixo da expectativa de um ganho de 1,5%." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (01/04/2021) - Comunicando. "O boletim estatístico divulgado nesta quarta-feira pela Associação Brasileira de Embalagens em Papel (Empapel) confirmou que as expedições de papelão ondulado foram recorde em fevereiro, conforme já havia indicado a prévia da entidade. No mês passado, a produção de caixas, chapas e acessórios de papelão somou 324,94 mil toneladas, alta de 12,6% na comparação anual e 1,02% abaixo do registrado em janeiro.

Esse é o maior volume expedido para os meses de fevereiro na série iniciada em 2005, bem como a primeira vez que excede as 300 mil toneladas no segundo mês do ano. Essa também foi a oitava vez consecutiva que o volume mensal expedido é recorde na comparação interanual." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (01/04/2021) - Comunicando. "O fluxo cambial registrou uma entrada líquida de US$ 298 milhões na semana passada, segundo dados do Banco Central (BC). Entre 22 e 26 de março, a conta financeira teve saída de US$ 1,439 bilhão, enquanto a conta comercial teve entrada de US$ 1,737 bilhão.

Assim, o fluxo cambial no acumulado do ano, até o dia 26 de março, chega a US$ 5,674 bilhões, contra saída de US$ 10,791 bilhões no mesmo período de 2020. A conta de capital tem saldo positivo de US$ 1,542 bilhão e a conta comercial, de US$ 4,132 bilhões. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (01/04/2021) - Comunicando. "As famílias da cidade de São Paulo estão recorrendo mais ao cartão de crédito para manter o consumo e, do total dos lares, 77,7% têm alguma dívida com cartão, aponta dados de março da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP). A taxa é a maior desde junho de 2012 e é 4,5 pontos porcentuais acima do registrado em fevereiro (73,2%), que já era recorde histórico.

Tal modalidade de dívida foi responsável pelo aumento do cenário de endividamento pelo quarto mês seguido, agora atingindo 60,9% das famílias paulistanas, alta de 1,7 ponto porcentual em relação a fevereiro. A inadimplência, por sua vez, parece mais controlada na cidade e, de fevereiro para março, subiu apenas 0,2 ponto porcentual, fechando o mês em 18,4%. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (31/03/2021) - Comunicando. "A taxa de desemprego foi para 14,2% no trimestre móvel encerrado em janeiro de 2021, de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), divulgada nesta sexta-feira (31) pelo IBGE.

O número de pessoas desempregadas no Brasil foi estimado em 14,3 milhões no período. De acordo com o IBGE, embora a taxa de desocupação tenha ficado estável em 14,2% frente ao trimestre anterior, é a mais alta para um trimestre até janeiro. Já o contingente de pessoas ocupadas aumentou 2% e chegou a 86 milhões. Isso representa 1,7 milhão de pessoas a mais no mercado de trabalho em relação ao trimestre encerrado em outubro." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (31/03/2021) - Mais empresas intermediando serviços bancários, mais concorrência, logo é esperado uma queda na rentabilidade das maiores empresas do setor.. "Após nove meses em análise, o Banco Central autorizou, nesta terça-feira (30), que os usuários façam transferências bancárias por meio do WhatsApp, aplicativo que pertence ao Facebook.

A ferramenta já havia sido lançada em junho do ano passado, mas foi barrada pelo regulador em seguida." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (31/03/2021) - Comunicando. "As manobras no Orçamento de 2021 e a ameaça ao teto de gastos criaram um ambiente de revolta dentro do Ministério da Economia. Membros da cúpula da pasta sinalizaram que podem deixar os cargos se a regra de limitação de despesas for quebrada.

O movimento poderia ser maior do que a debandada no time do ministro Paulo Guedes (Economia) em agosto de 2020 diante da dificuldade de avanço da agenda liberal no governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Na época, por causa da falta de apoio político, os então secretários especiais Salim Mattar (Desestatização) e Paulo Uebel (Desburocratização) deixaram os cargos ao mesmo tempo." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (31/03/2021) - Comunicando. "O rearranjo ministerial e das Forças Armadas, liderado pelo presidente Jair Bolsonaro, é motivo de preocupação em relação aos rumos futuros de estabilidade das instituições democráticas do país, na avaliação do analista Ricardo Ribeiro, da MCM.

Para ele, as mudanças são preocupantes porque mostram uma “disposição em usar politicamente as Forças Armadas e colocá-las como força auxiliar para a defesa de seu mandato”. “Isso não é uma perspectiva tranquilizadora do ponto de vista de estabilidade política no país”, diz. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (31/03/2021) - Será que o teto já era? "Uma alta fonte do Palácio do Planalto disse ao Valor, sob condição de anonimato, que o presidente Jair Bolsonaro não pretende impor nenhum veto ao Orçamento de 2021, aprovado pelo Congresso na semana passada." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (31/03/2021) - Comunicando. "A parcela de famílias endividadas em março atingiu o segundo maior patamar em 11 anos, conforme a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), que anunciou nesta terça-feira a Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) do mês. No levantamento, a fatia de famílias endividadas ficou em 67,3%, acima de 66,7% em fevereiro, e superior a de março de 2020 (66,2%).

De acordo com a entidade, a parcela é a segunda maior proporção da série histórica do índice, iniciado em janeiro de 2010, abaixo apenas do percentual apurado em agosto de 2020 (67,5%)." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (30/03/2021) - Comunicando. "O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) registrou inflação de 2,94% em março, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV).Com esse resultado, o índice acumula alta de 8,26% no ano e de 31,10% em 12 meses. Em março de 2020, o índice havia subido 1,24% e acumulava alta de 6,81% em 12 meses. No fechamento de fevereiro, o IGP-M marcou alta de 2,53%. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (30/03/2021) - Comunicando. "A busca por recuperações judiciais cresce nas bancas de advocacia. Segundo a Serasa Experian, em fevereiro houve 90 pedidos no país, alta de 11% em relação a igual mês de 2020 e de 83,7% sobre janeiro do ano passado. Os pequenos negócios foram os responsáveis pelo aumento. No Moraes & Savaget Advogados, há 38 empresa interessadas em pedir recuperação. A maioria é dos setores de turismo, hotelaria e transportes. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (30/03/2021) - Comunicando. "O cenário-base da Moody’s e da S&P para o Brasil ainda é de que o teto de gastos será respeitado, mesmo após a aprovação do Orçamento de 2021 na semana passada pela Câmara, que contou com uma manobra do relator Márcio Bittar (MDB-AC). “Pode haver realocação [de gastos dentro do teto], mas isso depende das autoridades”, afirma Samar Maziad, vice-presidente e analista sênior da Moody’s. Ela diz que os riscos parecem ter crescido nas últimas semanas, em função da piora na pandemia e “ruídos” políticos. A S&P também afirma que a pressão sobre o governo para aumentar os gastos deve continuar. “Isso foi evidenciado pela subestimação dos gastos obrigatórios no orçamento de 2021. Esperamos que a equipe econômica procure consertar essa questão”, diz a diretora e analista de ratings soberanos para América Latina, Lívia Honsel. (Álvaro Campos)" (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (30/03/2021) - Comunicando. "As ações de Credit Suisse e Nomura Holdings sofreram tombos nesta segunda-feira, 29, após os grupos bancários alertarem sobre possíveis grandes perdas causadas por um cliente dos EUA, provavelmente ligadas a problemas sofridos pelo Archegos Capital Management. Nenhum dos bancos identificou o cliente, mas a revelação veio após papéis dos grupos de mídia americanos ViacomCBS e Discovery e do grupo de entretenimento chinês IQIYI amargarem perdas acentuadas na sexta-feira (26), em reação a vendas de US$ 35 bilhões em blocos de ações pelo Archegos Capital Management, deflagradas por uma chamada de margem pelo Goldman Sachs, segundo o The Wall Street Journal." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FOCUS - (29/03/2021) - Comunicando. "A mediana das projeções dos economistas do mercado para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2021 subiu de 4,71% para 4,81% segundo o Relatório Focus, do Banco Central (BC), divulgado nesta segunda-feira com estimativas coletadas até o fim da semana passada. Para 2022, manteve-se em 3,51%.

Para a taxa básica de juros (Selic), o ponto-médio das expectativas permaneceu em 5,00% para o fim de 2021 e 6,00% para 2022.

A mediana das projeções do mercado para o crescimento da economia brasileira em 2021 teve sua quarta queda consecutiva, de 3,22% para 3,18%, no Focus divulgado hoje. Para 2022, o ponto-médio das expectativas para a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) também foi reduzido, de 2,39% para 2,34%.

A mediana das estimativas para o dólar no fim deste ano foi elevada de R$ 5,30 para R$ 5,33, segundo o Focus. Para 2022, o ponto-médio das projeções também subiu, de R$ 5,25 para R$ 5,26, entre uma semana e outra. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FUNDOS DE INVESTIMENTO - (29/03/2021) - Comunicando. "O início de um ciclo de alta de juros parece não tirar o brilho das ofertas públicas de fundos imobiliários. Depois de uma paralisada no fim de 2020, as operações voltaram a sair. A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) aprovou entre janeiro e 26 de março R$ 4,7 bilhões em operações para distribuição ampla e há pelo menos outros R$ 10,2 bilhões em análise na autarquia." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (29/03/2021) - Comunicando. "O desarranjo imposto pela pandemia de covid-19 à cadeia de embalagens, em particular as de plástico e papelão, continua deixando marcas no mercado brasileiro. Além da dificuldade de acesso a determinados tipos de embalagem, os preços subiram 29,1% em 12 meses até fevereiro, segundo a Associação Brasileira de Embalagem (ABRE), refletindo o encarecimento de matérias-primas, o real desvalorizado e a procura muito acima da média desde meados do ano passado. A depender do tipo de material, o aumento foi ainda maior, segundo fontes da indústria ouvidas pelo Valor." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (29/03/2021) - Será que Bolsonaro conseguirá chegar como presidente até o fim programado de seu governo? "Uma série de nove encontros da cúpula do Congresso com grandes empresários, representantes de bancos e do mercado financeiro resultou num movimento político pela intervenção nos rumos do governo de Jair Bolsonaro. Os mais de 300 mil mortos na pandemia de covid-19 e a situação cada vez mais insustentável da economia levaram os presidentes da Câmara, Arthur Lira (Progressistas-AL), e do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), a afinar o discurso com o mercado. Os dois têm colocado o impeachment como possibilidade se as conversas com o governo fracassarem." (Fonte: terra.com.br)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (29/03/2021) - Comunicando. "Um dia após a aprovação do Orçamento pelo Congresso Nacional, parlamentares de dez partidos enviaram uma carta ao presidente Jair Bolsonaro pedindo explicações sobre como o Poder Executivo cumprirá o teto de gastos públicos sem recorrer às chamadas “pedaladas fiscais”, o que, se ocorresse, implicaria em crime de responsabilidade, podendo sustentar o afastamento do mandatário." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (29/03/2021) - Comunicando. "Um dos mais bem-sucedidos investidores do mundo, o bilionário Ray Dalio, da Bridgewater Associates, alertou, em nova entrevista esta semana, que o mercado de ações vive uma bolha da metade da magnitude daquelas que desencadearam derrocadas históricas das bolsas, como no estouro da ponto.com, em 2000, e da Grande Depressão, em 1929." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (29/03/2021) - Comunicando. "Após a semana de recordes trágicos, o Brasil registrou 3.368 mortes por covid-19 neste sábado, além de 81.909 novas infecções. O país chegou a 310.694 óbitos e a 12.489.232 casos da doença desde o início da pandemia.

Na sexta-feira, o país bateu o recorde de mortes em um único dia, com 3.600 óbitos. Mas, apesar de a situação ser gravíssima, ao menos parte desse elevado número de mortes registradas se deve a um represamento de dados que ocorreu durante a semana. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (29/03/2021) - Comunicando. "O Brasil registrou um déficit em suas transações correntes de US$ 2,326 bilhões em fevereiro, conforme divulgado nesta sexta-feira pelo Banco Central (BC).No mesmo mês de 2020, o saldo da conta corrente foi negativo em US$ 4,662 bilhões.

No acumulado de 12 meses, a diferença entre o que o país gastou e o que recebeu nas transações internacionais relativas a comércio, rendas e transferências unilaterais alcançou um saldo negativo de US$ 6,888 bilhões, o equivalente a 0,48% do Produto Interno Bruto (PIB) estimado pela autoridade monetária. Em janeiro, o déficit foi equivalente a 0,65% do PIB.

O Investimento Direto no País (IDP) somou US$ 9,007 bilhões em fevereiro, segundo o BC. A estimativa da autoridade monetária era de ingresso de US$ 6,5 bilhões. Em fevereiro do ano passado, por sua vez, o IDP tinha somado US$ 2,580 bilhões.

Nos 12 meses encerrados em fevereiro, o IDP somou US$ 39,778 bilhões, ou 2,75% do Produto Interno Bruto (PIB), contra 2,32% do PIB vistos até janeiro. O montante é mais do que suficiente para cobrir o déficit em conta corrente de 0,48% do produto nos 12 meses. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (26/03/2021) - Comunicando. "Foram registradas na quinta 2.276 mortes por covid na média móvel de sete dias, alta de 29% em comparação com a média de 14 dias antes. A marca de 2.000 mortes na média foi ultrapassada pela primeira vez na semana passada. Em 24 h foram registradas 2.639 mortes por Covid.

Na quinta, o Conass (Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Saúde) divulgou a informação de que até então 6.370 pessoas estavam à espera de uma vaga de UTI no Brasil. Em São Paulo, são 1.500 pessoas na fila; em Minas Gerais, quase 714 pessoas; no Rio de Janeiro, 582; e no Paraná, 501.

O número total equivale a quase um terço das cerca de 20 mil pessoas internadas em UTIs por Covid no Brasil. " (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (26/03/2021) - Comunicando. "O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, afirmou nesta quinta-feira que será necessária "alguma coisa muito fora do nosso cenário" para que suba a Selic acima ou abaixo de 0,75 ponto percentual na próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom). "Nós deixamos bem claro que precisa ser alguma coisa bastante atípica", disse, em entrevista coletiva, ao ser questionado sobre o fato de parte do mercado estar precificando uma alta de 1 ponto percentual na próxima reunião." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (26/03/2021) - Comunicando. "O Banco Central (BC) reforçou nesta quinta-feira que projeta uma nova alta de 0,75 ponto percentual da Selic na próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), que acontece em maio. No encontro de março, a autoridade monetária elevou a taxa de juro de 2% para 2,75% ao ano." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (26/03/2021) - Comunicando. "Após superar a marca de US$ 61 mil no início do mês e operar próximo desse patamar nos últimos dias, o Bitcoin registra forte queda nesta quinta-feira (25), em um movimento também acompanhado por praticamente todas as maiores criptomoedas do mundo.

Às 12h10 (horário de Brasília), o Bitcoin registrava queda de 10,6% no acumulado de 24 horas, cotado a US$ 50.954. No Brasil, após superar R$ 321 mil na quarta, a moeda digital agora tem queda de 7,357%, para R$ 289.221." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (25/03/2021) - Comunicando. "O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - 15 (IPCA-15) acelerou a alta para 0,93% em março, após elevação de 0,48% um mês antes, informou nesta quinta-feira o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O resultado é o maior para um mês de março desde 2015 (1,24%)." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (25/03/2021) - Comunicando. "O Banco Central (BC) projeta que o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) aumente 3,5% em 2023, conforme divulgado nesta quinta-feira no Relatório Trimestral de Inflação (RTI) de março. As estimativas são de avanço de 5% para 2021 e de elevação de 3,5% para 2022." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (25/03/2021) - Comunicando. "O Ministério da Economia concluiu a elaboração de Medida Provisória (MP) que pode destravar o uso de cerca de R$ 10 trilhões como garantia de crédito. O projeto integra uma série de iniciativas com o objetivo de ampliar o acesso de pessoas físicas e empresas a empréstimos a juros mais baixos." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (25/03/2021) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, subiu 0,64% na terceira quadrissemana de março, acelerando frente à alta de 0,40% verificada na segunda quadrissemana deste mês, segundo dados publicados nesta quinta-feira, 25, pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe)." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (25/03/2021) - Comunicando. "A Moody’s elevou a perspectiva para o setor bancário brasileiro de “negativa” para “estável”, afirmando ser um reflexo da melhora das condições operacionais dos bancos nos próximos 12 a 18 meses. Segundo a agência de rating, embora o desemprego elevado e o fim de programas do governo de suporte aos bancos enfraqueçam a qualidade de ativos, uma recuperação da atividade de negócios e controles de custos beneficiarão a rentabilidade." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (25/03/2021) - Comunicando. "“Agora você pode comprar um Tesla com bitcoins” nos Estados Unidos – anunciou nesta quarta-feira (24) no Twitter o presidente e fundador da Tesla, Elon Musk, o que fez aumentar o preço da moeda virtual.

Por volta das 13h10 GMT (10h10 de Brasília), a criptomoeda subia 4,3%, a 56.802 dólares.

No site da fabricante de veículos elétricos, agora existem duas possibilidades: “Pedido com cartão” e “Bitcoins”." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (25/03/2021) - Comunicando. "O fluxo cambial do ano até 19 de março ficou positivo em US$ 5,377 bilhões, informou nesta quarta-feira, 24, o Banco Central. Em igual período do ano passado, o resultado era negativo em US$ 8,639 bilhões. A entrada pelo canal financeiro neste ano até 19 de março foi de US$ 2,891 bilhões. No comércio exterior, o saldo anual acumulado até 19 de março ficou positivo em US$ 2,396 bilhões.

Depois de encerrar fevereiro com entradas líquidas de US$ 4,358 bilhões, o País registrou fluxo cambial negativo de US$ 1,778 bilhão em março até o dia 19, informou o Banco Central. O canal financeiro apresentou saídas líquidas de US$ 3,650 bilhões no período. No comércio exterior, o saldo de março até o dia 19 é positivo em US$ 1,871 bilhão." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (24/03/2021) - Comunicando. "O total de chaves do Pix está em 181,8 milhões, sendo 174 milhões de pessoas físicas e 7,8 milhões de pessoas jurídicas, afirmou o presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto. "O crescimento foi muito além do que esperávamos", disse em participação gravada no domingo e transmitida nesta terça-feira no 14º Congresso de Meios Eletrônicos de Pagamento (CMEP), organizado pela Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs).

De acordo com Campos, a estimativa do BC era que houvesse o cadastro de aproximadamente 20 milhões de chaves em seis meses. "Tivemos isso em menos de uma semana", afirmou.

Já o tíquete médio das transações está em R$ 778,4, valor também maior do que o esperado pelo BC. Até o fim de fevereiro, as transferências realizadas por meio do sistema instantâneo de pagamentos desde o seu lançamento estavam em 275,3 milhões, somando R$ 197,7 bilhões." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (24/03/2021) - Comunicando. "Mercado já aposta em alta de 1 ponto na Selic em maio." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (24/03/2021) - Comunicando. "Levantamento feito pela Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs) mostra que o aumento da concorrência no segmento e uma busca por melhora na eficiência da prestação de serviços possibilitou que o custo ao lojista na utilização de cartões de crédito e de débito diminuísse por volta de 30% em uma década." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (24/03/2021) - Concorrência aumentando inclusive nos empréstimos. "A GetNet, a empresa de maquininhas do Santander, vai entrar pesado em operações de empréstimo para varejistas" (Fonte: Relatório Reservado)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (24/03/2021) - Comunicando. "Na prática, os cientistas alertam que, com os indícios coletados até o momento, a contínua transmissão generalizada da doença no Brasil está gerando novas linhagens virais, que podem ser mais resistentes à neutralização do que as atuais variantes de covid-19 já mais disseminadas em território brasileiro.

Também no estudo, nas conclusões do levantamento, os pesquisadores dizem ser “urgente” necessidade de se verificar eficácia de vacinas para variantes da doença. Os cientistas frisaram os riscos envolvidos na ausência de controle da transmissão do vírus, no país." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (23/03/2021) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) voltou a acelerar, para 1,03%, na terceira quadrissemana de março, vindo de 0,88% na medição imediatamente anterior, a segunda do mês, acumulando alta de 6,13% nos últimos 12 meses, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) em relatório." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (23/03/2021) - Comunicando. "Medicamento da Regeneron reduz risco de hospitalização e morte por covid em 70%, diz estudo. Dos indivíduos com a doença que receberam dosagem mais baixa, só 1% foram hospitalizados ou morreram, ante 3,2% dos que receberam placebos; especialistas esperam mais dados. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (23/03/2021) - Comunicando. "A elevação dos yields dos Treasuries sustentada pelo otimismo com a recuperação econômica dos EUA e pela expectativa de inflação maior pode colocar em risco a já frágil retomada econômica dos países emergentes, aponta o diretor e chefe de estratégia de crédito da Moody’s, Atsi Sheth. Segundo o analista da agência de classificação de risco, a volatilidade dos rendimentos dos títulos do Tesouro americano reverberou globalmente e tem resultado em um aperto financeiro global sustentado." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (23/03/2021) - Comunicando. "A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 1,268 bilhão até a terceira semana de março, segundo dados divulgados nesta segunda-feira (22) pelo Ministério da Economia. Considerando apenas terceira semana do mês, o superávit atingiu o valor de US$ 1,189 bilhão. " (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (22/03/2021) - Comunicando. "Além da escalada dos custos internos, com inflação e commodities em alta, a indústria brasileira vem enfrentando dificuldades no transporte de insumos e mercadorias como mais um obstáculo à retomada da crise gerada pela pandemia do novo coronavírus.

O problema é fruto da ruptura nas cadeias globais de suprimento após a paralisação da indústria mundial no primeiro semestre de 2020, que provocou um enorme desarranjo na logística global, afetando desde importadores como as montadoras e a indústria têxtil às exportações de proteínas." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FOCUS - (22/03/2021) - Comunicando. "Após o Banco Central (BC) iniciar na semana passada o ciclo de alta da taxa básica de juros com uma intensidade acima das previsões da maior parte do mercado, os agentes econômicos passaram a prever no relatório Focus desta semana a Selic no patamar de 5% ao ano no fim de 2021. Para 2022, a estimativa também subiu, e a previsão dos investidores agora é que o BC leve a taxa Selic para 6% ao fim do ano que vem, ante 5,5% na projeção prévia.

Em alta há 11 semanas, a projeção do mercado compilada no Focus para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) aponta agora inflação de 4,71% em 2021, contra 4,60%, no levantamento anterior, e 3,82%, há quatro semanas.

No que tange ao ritmo de recuperação da atividade econômica, a expectativa é de que o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil registre crescimento de 3,22% neste ano, em linha com os 3,23% previstos na semana passada. Para 2021, o crescimento da economia brasileira esperado pelo mercado é de 2,39%, o mesmo do levantamento anterior.

Por fim, em relação ao câmbio, a projeção se manteve estável em R$ 5,30 para 2021, e subiu, pela quarta semana, de R$ 5,20 para R$ 5,25, no fim de 2022." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (22/03/2021) - Comunicando. "O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), está capitaneando a edição de um novo programa de renegociação de dívidas tributárias (Refis). A proposta foi apresentada nesta semana à equipe econômica, que deve fazer algumas "ponderações" ao texto. As negociações estão a cargo do líder do governo no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE). Ele foi designado relator de um projeto sobre o assunto elaborado pelo próprio Pacheco, em 2020. A ideia é que a matéria entre na lista de prioridades agora que o Senado já concluiu a aprovação da proposta de emenda à Constituição (PEC) Emergencial. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (22/03/2021) - Comunicando. "Em meio a recordes de casos, internações e mortes provocadas pelo novo coronavírus no país, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ingressou com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) no Supremo Tribunal Federal (STF) para derrubar decretos assinados pelos governos da Bahia, do Distrito Federal e do Rio Grande do Sul que determinam restrições de circulação de pessoas na tentativa de frear a disseminação do vírus Sars-CoV-2." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (18/03/2021) - Comunicando. "A inflação calculada pelo o Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) chegou a 2,98% na segunda prévia de março, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (18) pela Fundação Getulio Vargas (FGV). Com o resultado, o indicador acumula alta de 31,15% em 12 meses. Um mês antes, esse acumulado era de 29,64%. " (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (18/03/2021) - Se a pressão inflacionária vem de uma forte demanda, subir os juros reduz a demanda pois diminui investimentos produtivos, aumenta investimentos em títulos atrelados a juros (financeiros) e gera desemprego.

Se, mesmo com a demanda fraca e um elevado índice de desemprego, a inflação está crescendo, essa inflação é de oferta (choque de oferta), como foi no apagão elétrico de 2001, ou de custo, com o incremento nos preços dos insumos, que é o caso atual.

Os preços das commodities estão subindo no mundo e o real está se desvalorizando perante as moedas fortes como o dólar, isso pressiona os custos e como ninguém vende no longo prazo nada com prejuízo, temos uma inflação motivada pelo incremento de custos.

Se o BACEN elevar os juros, será para atrair capital especulativo e assim, não permitir que o real se desvalorize, controlando assim a inflação de custos.

Entretanto, no longo prazo, esta política tem seus custos para a competitividade da indústria nacional, como vimos no governo PT, que adotou essa mesma política por mais de uma década, o que nos trouxe para a posição em que estamos. Foi assim que o PT fez o seu suposto "milagre" econômico e que agora e futuras gerações terão de pagar a conta.

O melhor remédio para a inflação é uma política governamental voltada para incentivar a EXPORTAÇÃO, pois ao invés de atrairmos dólares especulativos, o dólar viria de forma sustentável. Foi assim que os tigres asiáticos e a China fez e é assim que o governo deveria conduzir a política fiscal no Brasil. "O Banco Central tem, pela frente, o seu maior desafio desde que Roberto Campos Neto assumiu o comando da instituição em 2019. Em um momento de enfraquecimento da atividade e crise de confiança do país, o BC está sob pressão para iniciar o ciclo de aperto monetário e adotar um tom mais duro na comunicação para ancorar as expectativas de inflação, cuja pressão já começa a extrapolar para o ano de 2022." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (18/03/2021) - Comunicando. "O Ministério da Economia manteve sua projeção para a alta do Produto Interno Bruto em 2021 em 3,2%, mas elevou a estimativa para a inflação a 4,42%, acima do centro da meta, segundo boletim divulgado nesta quarta-feira pela Secretaria de Política Econômica (SPE)." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (18/03/2021) - Comunicando. "O Monitor do PIB-FGV sinaliza, na análise da série dessazonalizada, crescimento de 0,5%, na atividade econômica em janeiro de 2021, em comparação a um mês antes, e de 2,4% no trimestre móvel findo em janeiro, em comparação ao findo em outubro de 2020. Considerando o comparativo interanual, a economia retraiu-se 0,8% em janeiro e 0,3% no trimestre móvel findo em janeiro." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (18/03/2021) - Comunicando. "O fluxo cambial do ano até 12 de março ficou positivo em US$ 8,190 bilhões, informou nesta quarta-feira, 17, o Banco Central. Em igual período do ano passado, o resultado era negativo em US$ 2,816 bilhões.A entrada pelo canal financeiro neste ano até 12 de março foi de US$ 5,476 bilhões.No comércio exterior, o saldo anual acumulado até 12 de março ficou positivo em US$ 2,714 bilhão.

Depois de encerrar fevereiro com entradas líquidas de US$ 4,358 bilhões, o País registrou fluxo cambial positivo de US$ 1,035 bilhão em março até o dia 12, informou o Banco Central. O canal financeiro apresentou saídas líquidas de US$ 1,155 bilhão no período. No comércio exterior, o saldo de março até o dia 12 é positivo em US$ 2,189 bilhões." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (18/03/2021) - Comunicando. "O governo federal reduziu em 10% o Imposto de Importação de bens de capital (BK) e de informática e telecomunicações (BIT), informou nesta quarta-feira o Ministério da Economia. A medida foi aprovada em reunião do Comitê Executivo de Gestão (Gecex) da Câmara de Comércio Exterior (Camex). " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (18/03/2021) - Comunicando. "A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) autorizou que o primeiro fundo de índice (ETF) de criptoativos do mundo, criado pela gestora Hashdex, seja negociado no Brasil.

Chamado Hashdex Nasdaq Crypto Index Fundo de Índice, o ETF será o primeiro do tipo no País, estará listado na B3 para qualquer tipo de investidor, sob o ticker HASH11." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (17/03/2021) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, subiu 0,40% na segunda quadrissemana de março, acelerando frente ao ganho de 0,20% observado na primeira quadrissemana deste mês, segundo dados publicados hoje pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe)." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (17/03/2021) - Se a pressão inflacionária vem de uma forte demanda, subir os juros reduz a demanda pois diminui investimentos produtivos, aumenta investimentos em títulos atrelados a juros (financeiros) e gera desemprego.

Se, mesmo com a demanda fraca e um elevado índice de desemprego, a inflação está crescendo, essa inflação é de oferta (choque de oferta), como foi no apagão elétrico de 2001, ou de custo, com o incremento nos preços dos insumos, que é o caso atual.

Os preços das commodities estão subindo no mundo e o real está se desvalorizando perante as moedas fortes como o dólar, isso pressiona os custos e como ninguém vende no longo prazo nada com prejuízo, temos uma inflação motivada pelo incremento de custos.

Se o BACEN elevar os juros, será para atrair capital especulativo e assim, não permitir que o real se desvalorize, controlando assim a inflação de custos.

Entretanto, no longo prazo, esta política tem seus custos para a competitividade da indústria nacional, como vimos no governo PT, que adotou essa mesma política por mais de uma década, o que nos trouxe para a posição em que estamos. Foi assim que o PT fez o seu suposto "milagre" econômico e que agora e futuras gerações terão de pagar a conta.

O melhor remédio para a inflação é uma política governamental voltada para incentivar a EXPORTAÇÃO, pois ao invés de atrairmos dólares especulativos, o dólar viria de forma sustentável. Foi assim que os tigres asiáticos e a China fez e é assim que o governo deveria conduzir a política fiscal no Brasil. "O Banco Central tem, pela frente, o seu maior desafio desde que Roberto Campos Neto assumiu o comando da instituição em 2019. Em um momento de enfraquecimento da atividade e crise de confiança do país, o BC está sob pressão para iniciar o ciclo de aperto monetário e adotar um tom mais duro na comunicação para ancorar as expectativas de inflação, cuja pressão já começa a extrapolar para o ano de 2022." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (17/03/2021) - Comunicando. "O Brasil registrou um novo recorde de mortes causadas pela covid-19 em intervalo de 24 horas. De ontem para hoje, o país registrou 2.340 óbitos pela doença, segundo os dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), considerados pelo Ministério da Saúde. Com isso, as mortes provocadas pelo novo coronavírus passam de 280 mil, atingindo um total de 281.626." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (16/03/2021) - Comunicando. "O Índice Geral de Preços-10 (IGP-10) passou a subir 2,99% em março, depois de registrar em fevereiro avanço de 2,97%, uma vez que uma leve desaceleração na inflação ao produtor foi compensada por avanço na taxa dos preços ao consumidor, com destaque para o comportamento dos combustíveis.

Dados divulgados nesta terça-feira pela Fundação Getulio Vargas (FGV) mostraram que o índice agora acumula alta de 7,47% no ano e de 31,16% em 12 meses." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (16/03/2021) - Comunicando. "De acordo com dados mais recentes do BC (Banco Central), os seis dos maiores bancos do país liberaram R$ 200 bilhões a mais em crédito para empresas com o agravamento da pandemia. Juntas, essas instituições emprestaram R$ 1,2 trilhão entre janeiro e setembro de 2020, contra R$ 1 trilhão no mesmo período do ano anterior.

Foram consideradas as carteiras de Itaú Unibanco, Bradesco, Banco do Brasil, Santander, Caixa Econômica Federal e BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). O levantamento não levou em consideração o crédito concedido por instituições no exterior." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (16/03/2021) - Comunicando. "O fim do auxílio emergencial a partir de janeiro ainda não teve impacto nos níveis de inadimplência medidos pela Boa Vista SCPC. De acordo com dados nacionais do birô de crédito, os registros de inadimplentes caíram 3,6% do primeiro para o segundo mês de 2021, feito o ajuste sazonal.

O indicador é elaborado a partir da quantidade de novos registros de dívidas vencidas e não pagas informados à Boa Vista pelas empresas credoras. Na comparação com o mesmo período de 2020, houve queda de 37%." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (15/03/2021) - Comunicando. "A nacionalização de plataformas de petróleo e as compras do setor agropecuário no exterior turbinaram o desempenho das importações brasileiras em fevereiro, segundo os dados do Indicador de Comércio Exterior (Icomex) do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV).

O volume importado pelo País cresceu 20,8% em fevereiro de 2021 ante igual mês de 2020. No entanto, sem as plataformas de petróleo, a alta foi de 9,3% no período. Já o volume exportado recuou 4,3% no mês passado ante fevereiro de 2020. A balança comercial de fevereiro alcançou um superávit de US$ 1,2 bilhão, após o déficit de US$ 986 milhões registrado em janeiro. No primeiro bimestre de 2021, houve superávit acumulado de US$ 166 milhões." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FOCUS - (15/03/2021) - Comunicando. "O mercado passou a ver alta de 0,50 ponto percentual da taxa básica de juros nesta semana, ao mesmo tempo em que elevou suas previsões para a Selic e a inflação ao final deste ano e passou a ver maior desvalorização do real. Com a Selic na mínima histórica de 2,0%, o Comitê de Política Monetária se reúne na quarta-feira (17) e a expectativa na pesquisa Focus do Banco Central divulgada nesta segunda (15) é de que a taxa básica de juros suba a 2,50%. O levantamento apontou também que a projeção agora é de Selic de 4,50% ao final de 2021, de 4,0% antes, terminando 2022 a 5,50%.

Para a inflação, a projeção para este ano subiu pela 10ª semana seguida e chegou a 4,60%, de 3,98% antes e bem acima do centro da meta oficial, de 3,75%. Para 2022 seque a expectativa de alta do IPCA de 3,50%, exatamente no centro da meta. Para ambos os anos a margem de tolerância é de 1,5 ponto percentual para mais ou menos.

Os especialistas consultados também passaram a ver maior desvalorização do real, calculando o dólar a 5,30 reais e 5,20 reais respectivamente neste ano e no próximo, de 5,15 e 5,13 antes.

Já o cenário para a atividade econômica piorou, com o crescimento do Produto Interno Bruto calculado em 3,23% e 2,39% respectivamente em 2021 e 2022, 0,03 e 0,09 ponto percentual a menos do que na semana anterior." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (15/03/2021) - Comunicando. "A 3ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) reconheceu que todas as instituições financeiras são solidariamente responsáveis por reparar o prejuízo decorrente de fraude na portabilidade de empréstimo consignado." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (15/03/2021) - Comunicando. "O bitcoin bateu mais um recorde neste sábado (13). A criptomoeda atingiu a marca de US$ 60 mil, o equivalente a R$ 333,8 mil.

Por volta das 16h (horário de Brasília), o bitcoin era cotado a US$ 60,174.92, em alta de 5,10%. Em 21 de fevereiro, a criptomoeda havia registrado seu segundo maior recorde: US$ 58.354,14." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (15/03/2021) - Caminhando para o impeachment. "A manifestação, ao longo do domingo, por intervenção militar em defesa do presidente da República, marcou também o completo divórcio entre o bolsonarismo raiz e seus eleitores na elite econômica do país. Até o ano passado, ainda circulavam, em grupos de whatsapp de investidores, empresários e executivos do mercado financeiro, a grande maioria ex-eleitores do presidente Jair Bolsonaro, mensagens críticas ao Supremo e ao Congresso. A partir do primeiro fim de semana de março, porém, esses mesmos grupos passaram a compartilhar conteúdos que vão da crítica contundente ao impeachment do presidente." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (15/03/2021) - Embora o Bolsonaro viva prometendo não subir impostos, ele não é conhecido por falar a verdade, por ser honesto, então preparem-se, lá vem alta de impostos.. "Até setembro, o presidente Jair Bolsonaro deve mandar para o Congresso leis que vão aumentar a cobrança de impostos federais em cerca de R$ 30,8 bilhões. “Deve” significa “será obrigado”, se for para valer o artigo 4º da emenda constitucional chamada “Emergencial”, aprovada na madrugada desta sexta-feira (12) no Congresso (PEC 186). No entanto, já existem acordos e arranjos para tirar certos setores da mordida." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (12/03/2021) - Comunicando. "A Câmara aprovou o segundo destaque para liberar progressões e promoções dos servidores públicos, como já havia sido acordado com o governo. O requerimento foi aprovado por 462 votos a 24. Foram necessários dois destaques diferentes porque há dois artigos no texto da PEC que tratam do assunto. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (12/03/2021) - Comunicando. "O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), retirou a suspensão dos processos judiciais de produtores rurais que pedem a devolução de valores do Plano Collor Rural referentes à diferença das taxas de juros dos financiamentos bancários na década de 1990." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (12/03/2021) - Bacen quer controlar inflação via câmbio. "A atuação “fora de manual” do Banco Central no câmbio no pregão de ontem continuou reverberando nesta quinta-feira. Mesmo sem precisar entrar no mercado novamente - o leilão de swap cambial da manhã já havia sido anunciado de antemão -, a mão pesada do BC continuou a desencorajar a montagem de posições compradas na moeda americana mesmo após a surpresa negativa com o IPCA de fevereiro.

No fim, o dólar comercial encerrou cotado a R$ 5,5428, queda de 1,93%, em novo dia de humor positivo para o apetite por risco global e ajudado ainda pela aprovação, em segundo turno, da PEC emergencial. Com isso, o real liderou pelo segundo dia consecutivo o ranking de moedas com melhor desempenho - contra o rand sul-africano, segundo colocado, o dólar caía 1,72% no horário citado." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (12/03/2021) - Comunicando. "O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que o governo está renovando o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe), que emprestou mais de R$ 37 bilhões com garantia do Tesouro no ano passado, e o Benefício Emergencial (BEM), programa que permitiu a suspensão e redução de contratos de trabalho e, segundo o governo, ajudou a preservar 11 milhões de empregos.

Guedes falou ainda da criação de um “seguro emprego”.

Segundo o ministro, ao invés de dar R$ 1 mil para pessoas que ficaram desempregadas no seguro desemprego por quatro meses, o governo pode dar R$ 500 para segurar o emprego por até 11 meses." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (12/03/2021) - Mais concorrência. "O Mercado Pago, fintech de pagamentos do Mercado Livre, anunciou na tarde desta quinta-feira, em coletiva de imprensa, que entrou no mercado de cartão de crédito, em uma parceria com a Visa. O novo produto se soma ao cartão de débito, já oferecido pela companhia.

Inicialmente, apenas os clientes do Mercado Pago que já têm o cartão de débito poderão aproveitar a novidade, com a ativação da função do crédito no mesmo cartão, que poderá ser feita a partir de abril. Por enquanto, há uma lista de espera. Hoje, a fintech tem 4 milhões de clientes com cartão de débito, de uma base total de 20 milhões." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (11/03/2021) - Comunicando. "Os grandes bancos têm, progressivamente, cedido espaço na gestão de recursos para as gestoras independentes. Itaú e Bradesco foram os que mais perderam investimentos e participação de mercado. Segundo dados da Morning- star, R$ 107,4 bilhões deixaram as duas instituições nos últimos 12 meses. O Santander ainda conseguiu atrair dinheiro novo, mas perdeu “market share”. O Banco do Brasil, líder do setor, e a Caixa também tiveram captação positiva e algum incremento na fatia de mercado - os dois bancos públicos foram os responsáveis pelo pagamento dos auxílios emergenciais no ano passado." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (11/03/2021) - Comunicando. "O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) registro alta de 0,86% em fevereiro, depois de avanço de 0,25% um mês antes.

Esse foi o maior resultado para um mês de fevereiro desde 2016, quando o IPCA foi de 0,90%, destacou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

No ano, o índice acumula alta de 1,11% e, em 12 meses, de 5,20%, acima dos 4,56% observados nos 12 meses imediatamente anteriores." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (11/03/2021) - Mais concorrência. "A XP anunciou nesta quarta-feira (10) o lançamento do seu cartão de crédito. Inicialmente voltado para clientes com investimentos de R$ 50 mil ou mais na corretora, o novo produto oferecerá juros inferiores à da média do mercado, não terá anuidade e contará com Investback.

O anúncio marca a entrada da XP no mercado de cartões. Para este ano, ainda são previstos os lançamentos da conta digital, da função débito e outras funcionalidades." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (11/03/2021) - Comunicando. "O presidente Jair Bolsonaro assinou hoje (10), em cerimônia no Palácio do Planalto, o Projeto de Lei (PL) 534/2021, que autoriza estados, municípios e o setor privado a comprarem vacinas contra a covid-19 com registro ou autorização temporária de uso no Brasil.

Pelo projeto, pessoas jurídicas de direito privado, como empresas, por exemplo, poderão adquirir diretamente das farmacêuticas vacinas contra a Covid-19 que tenham autorização temporária para uso emergencial, autorização excepcional e temporária para importação e distribuição ou registro definitivo concedidos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Enquanto estiver em curso a vacinação dos grupos prioritários definidos pelo Ministério da Saúde, as doses deverão ser integralmente doadas ao Sistema Público de Saúde (SUS). Após a conclusão dessa etapa, o setor privado poderá ficar com metade das vacinas comprada desde que as doses sejam aplicadas gratuitamente. A outra metade deverá ser remetida ao SUS." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (11/03/2021) - Comunicando. "Pela primeira vez desde o início da pandemia, o Brasil teve mais de 2 mil mortes por covid-19 em um intervalo de 24 horas. De acordo com o Ministério da Saúde, foram 2.286 óbitos de ontem para hoje, elevando o total a 270.656. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (11/03/2021) - Comunicando. "O Brasil bateu novo recorde de mortes por covid-19. Em 24 horas, foram registrados 1.972 novos óbitos em consequência do novo coronavírus. A soma superou a marca anterior, de 1.910 óbitos, confirmados no dia de 3 de março.

O total de vidas perdidas para a pandemia alcançou 268.370. Ainda há outras 2.944 mortes em investigação por equipes de saúde. Isso porque há casos em que o diagnóstico sobre a causa só sai após o óbito do paciente." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (10/03/2021) - Comunicando. "O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) registrou inflação de 1,95% na primeira prévia de março, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV). No primeiro decêndio de fevereiro, este índice havia registrado taxa de 1,92%. Com este resultado, a taxa em 12 meses passou de 28,17% para 29,83%." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (10/03/2021) - Comunicando. "Enquanto as transações financeiras no Brasil ganham nova roupagem com o Pix, o serviço que permite transferência de dinheiro em tempo real, o Magazine Luiza prevê os dias finais do velho carnê de compras. “O Pix vai matar o boleto”, afirma Frederico Trajano, principal executivo da varejista, em teleconferência com analistas para comentar os resultados de 2020. Trajano, porém, diz que a companhia já está preparada para dar um impulso nos meios de pagamento, a partir da aquisição da Hub Fintech, em dezembro." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (09/03/2021) - Triste.

Mesmo com o 1º mundo imprimindo R$ trilhões o tempo inteiro, o capital segue fugindo do Brasil. Difícil. Se tivéssemos um governo neutro, quieto, que não fizesse nada, provavelmente o real estaria se valorizando e o mesmo acontecendo com o preço dos imóveis e ações. "O dólar abriu a terça-feira em alta e se firma acima dos R$ 5,80, refletindo a deterioração da percepção de risco do cenário político, tendo em vista a retomada dos direitos políticos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e a PEC Emergencial.

Às 10h10, o dólar comercial marcava R$ 5,8448, com elevação de 1,14%. Na máxima, foi a R$ 5,8693." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (09/03/2021) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, subiu 0,20% na primeira quadrissemana de março, desacelerando levemente frente ao acréscimo de 0,23% verificado em fevereiro, segundo dados publicados nesta terça-feira pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe)." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (09/03/2021) - Comunicando. "A parcela de famílias que se declararam endividadas em fevereiro ficou em 66,7% na Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Essa fatia sofreu terceira elevação consecutiva e foi superior a de janeiro (66,5%) e de fevereiro de 2020 (65,1%). Em contrapartida, houve melhora nos indicadores de inadimplência entre janeiro e o mês seguinte na mesma pesquisa, diulvulgada nesta segunda-feira." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (08/03/2021) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) da primeira quadrissemana de março apresentou alta de 0,67% ante taxa de 0,54% no fechamento de fevereiro, informou nesta segunda-feira, 8, a Fundação Getulio Vargas (FGV). Considerando a nova divulgação, o IPC-S acumulou alta de 5,76% nos últimos 12 meses." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FOCUS - (08/03/2021) - Comunicando. "A mediana das projeções dos economistas do mercado para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2021 subiu de 3,87% para 3,98%, segundo o relatório Focus, do Banco Central (BC), divulgado hoje com estimativas coletadas até o fim da semana passada. Para 2022, manteve-se em 3,50%.

Para a taxa básica de juros (Selic), o ponto-médio das expectativas permaneceu em 4,00% no fim de 2021 e subiu de 5,00% para 5,50% no de 2022.

A mediana das projeções do mercado para a economia brasileira em 2021 voltou a cair, de 3,29% para 3,26%. Para 2022, o ponto-médio das expectativas para a variação do Produto Interno Bruto (PIB) sofreu a primeira alteração desde que a projeção para o ano passou a ser coletada pelo Banco Central, no primeiro semestre de 2018, com um leve corte, de 2,50% para 2,48%.

A mediana das estimativas para o dólar no fim deste ano foi elevada de R$ 5,10 para R$ 5,15, segundo o Focus. Para 2022, o ponto-médio das projeções também subiu, de R$ 5,03 para R$ 5,13, entre uma semana e outra. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (08/03/2021) - Comunicando. "A redução do auxílio emergencial e o alto nível de desemprego no país devem trazer um aumento no número de calotes de pessoas físicas neste ano, afirmam executivos de bancos e birôs de crédito.

Os grandes bancos de capital aberto (Banco do Brasil, Bradesco, Itaú e Santander) já reservaram mais de R$ 93 bilhões em provisões em 2020, um aumento de 52,9% em relação ao observado no ano anterior, como forma de se precaver diante desse cenário." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (08/03/2021) - Isso é indício de elevação no endividamento e aumento no risco de inadimplência. "Enquanto a inflação avança e a economia patina, o Extra, uma das maiores redes de supermercados do país, vem registrando alta no uso do parcelado como forma de pagamento nas lojas nos últimos meses." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (08/03/2021) - Comunicando. "As insolvências de empresas podem aumentar 47% no Brasil neste ano, dependendo do apoio do governo que o governo dará a vários setores em meio a efeitos devastadores da crise sanitária. As insolvências nos países que são destinos de exportações brasileiras também podem crescer 17% neste ano. As projeções são da Euler Hermes, seguradora de crédito do Grupo Allianz." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (08/03/2021) - Comunicando. "O Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp), da Fundação Getulio Vargas (FGV), recuou 0,6 ponto em fevereiro, para 82,9 pontos. Em médias móveis trimestrais, o IAEmp cedeu em 0,5 ponto, para 84,0 pontos.

“Depois de um período de recuperação do IAEmp, que durou até o final do ano passado, o início de 2021 mostra que esse não será um processo simples e que ainda existem muitos obstáculos. O cenário ainda é muito incerto e o recrudescimento da pandemia torna ainda mais difícil a retomada de setores-chaves para o emprego, como por exemplo o setor de serviços. Enquanto não for possível observar efeitos positivos da vacinação, é difícil pensar em resultados positivos para o mercado de trabalho”, afirma Rodolpho Tobler, economista do FGV IBRE." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (08/03/2021) - Comunicando. "A produção industrial avançou 0,4% em janeiro de 2021 frente dezembro de 2020, na série com ajuste sazonal, divulgou o IBGE nesta sexta-feira (5).

Após nove meses de alta, o setor acumulou crescimento de 42,3%, eliminando a perda de 27,1% registrada entre março e abril, que havia levado a produção ao nível mais baixo da série. Mesmo com o comportamento positivo nos últimos meses, o setor industrial ainda se encontra 12,9% abaixo do nível recorde alcançado em maio de 2011." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (05/03/2021) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor – Classe 1 (IPC-C1) subiu 0,40% em fevereiro, depois de uma alta de 0,15% em janeiro, informou nesta sexta-feira, 5, a Fundação Getulio Vargas (FGV). O indicador é usado para mensurar o impacto da movimentação de preços entre famílias com renda mensal entre um e 2,5 salários mínimos. Com o resultado, o índice acumulou alta de 0,55% no ano de 2021 e avanço de 6,27% em 12 meses." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (05/03/2021) - Comunicando. "Saúde prevê 3 mil mortes por dia nas próximas semanas.

No momento em que o Brasil enfrenta o momento mais trágico da pandemia, com o aumento de 30% de mortes diárias por covid-19 na média móvel dos últimos 40 dias, o presidente Jair Bolsonaro voltou a minimizar os riscos da maior crise sanitária da história. “Chega de frescura, de mimimi. Vão ficar chorando até quando?”, disse ele, ontem, ao participar de evento em São Simão (GO)." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (05/03/2021) - Comunicando. "As dificuldades no recebimento de insumos básicos para a indústria de transformação pode se estender por mais um tempo. No caso do aço, o presidente executivo da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), José Velloso, acredita que a situação deve se normalizar em até 120 dias. Segundo as siderúrgicas, a explicação para esse atraso no fornecimento são as encomendas além do normal para a recomposição dos estoques dos clientes." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (05/03/2021) - Comunicando. "A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) reforçou seu entendimento de que bancos podem conceder empréstimos a empresas utilizando debêntures distribuídas via Instrução 476, com esforços restritos de distribuição. Esse tipo de operação já é uma rotina no mercado e foi predominante e essencial para que as empresas tivessem acesso a crédito no início da pandemia. O instrumento interessa aos bancos porque, diferentemente de um empréstimo, as debêntures têm alíquota zero do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF)." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (05/03/2021) - Governo ajudando a aumentar a concorrência no setor bancário. "O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) informou, em comunicado, aporte de R$ 487 milhões em fundo de crédito de fintech com foco em pequenos negócios. Na prática, a instituição fará o aporte por meio de subscrição de cotas do fundo FIDC CashMe-Plural." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (05/03/2021) - Comunicando. "O presidente da Febraban, Isaac Sidney, diz que foi acordado na terça-feira, 2, com um telefonema do ministro da Economia, Paulo Guedes, às sete da manhã. Segundo o chefe da instituição que representa os bancos do País, Guedes pediu mais uma "cota de sacrifício", que é pagar um imposto maior durante seis meses para compensar a perda na arrecadação provocada pela isenção da tributação sobre o diesel e gás de cozinha dada pelo presidente Jair Bolsonaro." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (04/03/2021) - Comunicando. "A recessão que começou no início de 2020, com a chegada do coronavírus ao Brasil, ainda não deu sinais de ter acabado, apesar de o país ter tido crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) nos dois últimos trimestres do ano passado.

“É difícil falar de saída da recessão quando o desemprego está nos maiores níveis da série histórica. Infelizmente os dados de curto prazo e projeções não são de uma recuperação forte do mercado de trabalho nem no momento nem no futuro próximo. Quando você tem uma retomada do nível de emprego, você tem uma certeza muito maior de que realmente entrou em um período de expansão.”

A economia brasileira pode terminar o ano de 2021 praticamente no mesmo patamar do final do ano passado.

A avaliação é que o recrudescimento da pandemia, o atraso na vacinação e a piora nas condições financeiras provocadas por questões políticas e fiscais vão comprometer o resultado do ano. Uma eventual volta do auxílio emergencial, em patamares menores, também não deve contribuir para um resultado melhor.

O FGV Ibre calcula que um crescimento de 3,6% em 2021 já seria obtido se o PIB ficasse estagnado por todos os quatro trimestres (o chamado carrego estatístico). A instituição projeta crescimento de 3,2%, ou seja, prevendo um segundo semestre com crescimento insuficiente para compensar a queda esperada no primeiro." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (04/03/2021) - Comunicando. "O fluxo cambial total do ano até 26 de fevereiro foi positivo em US$ 7,155 bilhões, informou nesta quarta-feira, 3, o Banco Central. No mesmo período de 2020, o resultado havia sido negativo em US$ 4,792 bilhões.

No ano até 26 de fevereiro, a entrada líquida de dólares pelo canal financeiro foi de US$ 6,631 bilhões. No comércio exterior, o saldo acumulado ficou positivo em US$ 524 milhões.

Depois de registrar entradas líquidas de US$ 2,797 bilhões em janeiro, o País fechou fevereiro com fluxo cambial positivo de US$ 4,358 bilhões, informou o Banco Central. No canal financeiro, houve entrada líquida de US$ 3,009 bilhões em fevereiro. No comércio exterior, o saldo ficou positivo em US$ 1,349 bilhão." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (04/03/2021) - Comunicando. "O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) Composto do Brasil subiu de 48,9 em janeiro para 49,6 em fevereiro. A alta foi puxada pela forte e acelerada expansão da produção manufatureira, já que o segmento de serviços, que também compõe o indicador, registrou leve alta, para 47,1 no mês passado, contra 47,0 no anterior, informou na manhã desta quarta-feira a IHS Markit. O PMI industrial, divulgado na segunda-feira, acelerou de 56,5 para 58,4 pontos, superando ainda mais o limite neutro, de 50,0, o que indica expansão da atividade." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (04/03/2021) - Comunicando. "As exportações diminuíram 1,8% em 2020 ante 2019. Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que anunciou nesta quarta-feira os resultados das Contas Nacionais Trimestrais.

No quarto trimestre de 2020, as vendas externas caíram 1,4%% contra o terceiro trimestre. Na comparação com o quarto trimestre de 2019, as exportações mostraram queda de 4,3%.

As importações contabilizadas no PIB, por sua vez, caíram 10,0% em 2020 ante 2019. No quarto trimestre de 2020, porém, esse indicador subiu 22,0% contra o terceiro trimestre. Na comparação com o quarto trimestre de 2019, as importações mostraram queda de 3,1%." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (04/03/2021) - Comunicando. "O secretário do Tesouro Nacional, Bruno Funchal, reforçou nesta quarta-feira, 3, que o Brasil precisa voltar a ter uma trajetória fiscal sustentável por causa do patamar atual da dívida pública. Ele lembrou que o endividamento brasileiro chegou a quase 90% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2020.

“A dívida do Brasil está muito acima dos nossos pares, como Chile, Colômbia e México, cuja dívida está em torno de 40% do PIB. Já vínhamos com uma dívida alta, e todo o déficit de 2020 foi financiado por dívida. Por isso precisamos de elementos para que trajetória de dívida seja crível e sustentável”, afirmou, em evento virtual promovido pelo Instituto dos Auditores Independentes do Brasil (Ibracon). " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (04/03/2021) - Comunicando. "O consumo das famílias caiu 5,5% em 2020 ante 2019. Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que anunciou nesta quarta-feira, 3, os resultados das Contas Nacionais Trimestrais.

No quarto trimestre de 2020, o consumo das famílias subiu 3,4% ante o terceiro trimestre do ano. Na comparação com o quarto trimestre de 2019, o consumo das famílias mostrou queda de 3,0%.

O consumo do governo, por sua vez, caiu 4,7% em 2020 ante 2019. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (03/03/2021) - Comunicando. "A economia brasileira registrou em 2020 contração recorde de 4,1%, resultado do impacto econômico gerado pela pandemia do novo coronavírus​, segundo dados do PIB (Produto Interno Bruto) divulgados nesta quarta-feira (3) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Esse é o maior recuo da série histórica com a metodologia atual, que começa em 1996, superando a retração de 3,5% registrada em 2015. Nas séries anteriores, elaboradas pelo IBGE e pelo Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) desde 1901, a maior queda havia sido em 1990 (-4,35%)." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (03/03/2021) - Comunicando. "O Produto Interno Bruto (PIB) da indústria teve expansão de 1,9% no quarto trimestre de 2020, na comparação com os três meses antecedentes, feito o ajuste sazonal, conforme dados divulgados nesta quarta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (03/03/2021) - Comunicando. "Mão pesada do BC no mercado de câmbio desperta questionamentos. Há um grupo que acha que o BC deveria deixar a taxa se desvalorizar, refletindo o ambiente de alta nos juros internacionais e a piora nos fundamentos do Brasil, tanto do lado político e fiscal quanto da pandemia. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (03/03/2021) - Comunicando. "O Brasil registrou 1.726 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas, segundo levantamento feito pelo consórcio de veículos de imprensa junto às secretarias estaduais de Saúde. Foi o maior número de óbitos pela doença registrado em um intervalo de 24 horas. Com isso, o total de mortes provocadas pelo novo coronavírus atinge 257,5 mil. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (03/03/2021) - Comunicando. "A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) publicou edição especial do Boletim do Observatório Fiocruz Covid-19 com um alerta de que, pela primeira vez desde o início da pandemia, verifica-se em todo o país o agravamento simultâneo de diversos indicadores, como o crescimento do número de casos e de mortes, a manutenção de níveis altos de incidência de Síndromes Respiratórias Agudas Graves (SRAG), a alta positividade de testes e a sobrecarga dos hospitais. Com base nisso, os pesquisadores da fundação defendem medidas mais rigorosas de restrição da circulação e das atividades não essenciais, de acordo com a necessidade epidemiológica de cada região.

A fundação ressalta que, no momento, 19 Estados apresentam taxas de ocupação de leitos de UTI acima de 80% – no boletim anterior eram 12." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (03/03/2021) - Se não é o BACEN, esse dólar já estava muito acima de R$ 6,00. "As intervenções do Banco Central no mercado de câmbio já somam US$ 5 bilhões nos últimos dias, sendo US$ 2 bilhões apenas hoje, em duas operações. A autoridade monetária está colocando a sua mão pesada para impedir a alta do dólar?" (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (03/03/2021) - Assim que for aprovado, será difícil não perpetuar o aumento no futuro. "A Medida Provisória (MP) 1.034, que visa compensar a isenção de impostos federais sobre o óleo diesel e o gás de cozinha, eleva a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) dos bancos de 20% para 25% até 31 de dezembro de 2021, informou a Receita Federal.

A CSLL de seguradoras e empresas de capitalização vai de 15% para 20% até o final deste ano. No caso das cooperativas de crédito, a alíquota sobe de 15% para 20% no mesmo período." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (03/03/2021) - Comunicando. "A cidade de São Paulo registrou inflação de 0,23% no encerramento de fevereiro, quinta leitura seguida de desaceleração, segundo o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) calculado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), que teve seu pico recente na terceira leitura de janeiro, a 0,92%. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (02/03/2021) - Comunicando. "O responsável pela agência reguladora do setor bancário da China disse estar “muito preocupado” com os riscos decorrentes de bolhas nos mercados financeiros globais e no setor imobiliário do país, o que pode ser um sinal de mais aperto monetário na segunda maior economia do mundo." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (02/03/2021) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, subiu 0,23% em fevereiro, desacelerando significativamente frente ao acréscimo de 0,86% observado em janeiro e também em relação à alta de 0,36% registrada na terceira quadrissemana do mês passado, segundo dados publicados nesta terça-feira pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).

No primeiro bimestre de 2021, o IPC-Fipe acumulou inflação de 1,09%. Nos 12 meses até fevereiro, a alta acumulada foi de 6,35%." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







CUIDADO - (02/03/2021) - Comunicando. "Cerca de um ano após o coronavírus provocar perdas trilionárias no mercado financeiro, as atenções dos investidores se voltam cada vez menos para o decrescente número de casos da doença e cada vez mais para a crescente inflação americana, sequela da pandemia.

A preocupação é que os estímulos adotados e previstos para salvar a economia do período de maior isolamento gerem aumento de preços nos Estados Unidos, obrigando o Federal Reserve (Fed) a reduzir -- ou até mesmo interromper -- suas políticas expansionistas, que incluem recompra de títulos e juros próximos de zero.

O reflexo dessa maior cautela com a inflação é sentido principalmente no aumento dos rendimentos dos títulos públicos americanos. Desde o início do ano, os rendimentos dos títulos do Tesouro -- os Treasuries -- com vencimento em 10 anos subiram 58% e atingiram seu valor máximo em 12 meses na última semana. " (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (02/03/2021) - Será que a criptomoeda substituirá o dólar no longo prazo? Se sim, o dólar cairá fortemente, mas isso não é para agora. "O Bitcoin está em um “ponto de virada”, e as criptomoedas podem ter uma “transformação massiva” para se tornarem “mainstream”, avalia o Citigroup, em relatório enviado a clientes. O banco americano afirma que há “riscos e obstáculos” na trajetória do ativo, mas que há fatores suficientes para acreditar que as oportunidades trazidas pelo Bitcoin tendem a levar a criptomoeda a ser uma “escolha para o comércio internacional”." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (02/03/2021) - Mais uma vez o governo age prejudicando o setor bancário. Essas ações começaram no fim do governo Lula e início do governo Dilma e deve prosseguir para frente. "Para compensar a isenção de impostos federais sobre diesel, prometida pelo presidente Jair Bolsonaro, o governo deve propor um aumento de tributação sobre bancos.

Atualmente, as instituições financeiras pagam 20% de alíquota de CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido). A ideia da equipe econômica é elevar essa alíquota para equilibrar a queda na arrecadação por causa do corte de encargos sobre diesel." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (02/03/2021) - Comunicando. "O superávit comercial registrado pelo Brasil em fevereiro – de US$ 1,152 bilhão, o menor para o mês desde 2015 – foi impactado por um aumento de importações desencadeado pela compra de insumos para a produção nacional e a nacionalização de plataformas de petróleo.

Houve aumento na compra de insumos para a indústria de eletroeletrônicos e de adubos e fertilizantes. Além disso, houve a nacionalização de plataformas de petróleo em fevereiro, que somaram US$ 1,4 bilhão. A nacionalização se dá por questões tributárias, para aproveitar benefícios da legislação brasileira. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (02/03/2021) - Comunicando. "Nesta segunda-feira (1º), os usuários do sistema de pagamento instantâneo do Banco Central, o Pix, poderão realizar transações com valores maiores. De acordo com informações divulgadas pelo jornal O Globo, a partir de agora, o limite mínimo é de 100% do valor permitido para transferências em TED e também o total permitido de gastos em cartão de débito." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (02/03/2021) - Comunicando. "A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 1,152 bilhão em fevereiro. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (1º) pelo Ministério da Economia. Apesar de positivo, o valor foi 50,4% inferior ao superávit registrado em fevereiro de 2020, quando o superávit foi de US$ 2,325 bilhão. " (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (02/03/2021) - Comunicando. "O Índice de Gerente de Compras (PMI, na sigla em inglês) industrial do Brasil acelerou de janeiro para fevereiro, de 56,5 para 58,4 pontos, superando ainda mais o limite neutro, de 50,0, o que indica expansão da atividade, conforme a IHS Markit. Contudo, a velocidade de recuperação permaneceu mais branda do que a média do último trimestre de 2020 (64,1)." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (02/03/2021) - Comunicando. "As expedições brasileiras de papelão ondulado mantiveram em janeiro o vigor visto desde meados do ano passado e bateram recorde para o primeiro mês no ano na série iniciada em 2005.

Segundo boletim estatístico mensal da Associação Brasileira de Embalagens em Papel (Empapel), as expedições totalizaram 328,28 mil toneladas em janeiro, com expansão de 5,57% na comparação anual. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (01/03/2021) - Comunicando. "Medidas que estão sendo tomadas por Estados e municípios, como toque de recolher à noite, não são suficientes para controlar a pandemia e com isso o colapso do sistema de saúde deve se espalhar pelo país. Sem controle da disseminação e leitos de hospitais em falta, o número diário de mortes pode crescer de forma expressiva nas próximas semanas, segundo especialistas." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (01/03/2021) - Comunicando. "O aumento da incerteza política após as mudanças na Petrobras, o recrudescimento da evolução da pandemia no país e a lentidão no início da vacinação não colocaram o cenário de retomada econômica em 2021 em xeque, mas é consenso entre especialistas que a atividade vai piorar antes de melhorar. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (01/03/2021) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) voltou a acelerar, para 0,54%, no encerramento de fevereiro, vindo de 0,34% na medição imediatamente anterior, a terceira do mês, e acumula alta de 5,42% nos últimos 12 meses, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) em relatório." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (01/03/2021) - Comunicando. "O RR tem a informação de que a XP Investimentos estaria em conversações para a compra de três fintechs, uma delas da área de crédito.

A norte-americana General Atlantic estaria liderando um novo aporte no Banco Neon. A capitalização mais recente da fintech foi de US$ 300 milhões." (Fonte: Relatório Reservado)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FOCUS - (01/03/2021) - Comunicando. "Para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação oficial do país, a expectativa do mercado para este ano passou de 3,82% para 3,87%. Em 2020, pressionado pelos preços dos alimentos, o IPCA ficou em 4,52%, acima do centro da meta para o ano, que era de 4%, mas dentro do intervalo de tolerância. Foi a maior inflação anual desde 2016. Para 2022, o mercado financeiro subiu de 3,49% para 3,50% a previsão de inflação. No ano que vem, a meta central de inflação é de 3,50% e será oficialmente cumprida se o índice oscilar de 2% a 5%.

A expectativa dos analistas dos bancos é de que a taxa passe de 2% para 2,25% ao ano neste mês. Para o fim de 2021, a previsão continuou em 4% ao ano. Para o fechamento de 2022, os economistas do mercado financeiro mantiveram a expectativa estável em 5% ao ano.

Sobre o comportamento da economia brasileira em 2021, os economistas do mercado financeiro mantiveram a estimativa para a alta do Produto Interno Bruto (PIB) em 3,29% na semana passada. Para 2022, o mercado manteve em 2,50% a estimativa de expansão do PIB.

Dólar: a projeção para a taxa de câmbio no fim de 2021 subiu de R$ 5,05 para R$ 5,10. Para o fechamento de 2022, avançou de R$ 5 para R$ 5,03 por dólar." (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







CUIDADO - (01/03/2021) - Comunicando. "Vivenciamos em 2020 um dos anos mais voláteis da história, seguido do trimestre de maior valorização da história, ao menos para o mercado financeiro. As razões para tal são diversas, e a discussão a esse respeito bem longa.

Enquanto a economia real patina, desemprego e dificuldades dentro de um ambiente extremamente restritivo na vida das pessoas prejudicam a maior parte dos pequenos e médios negócios." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (01/03/2021) - Comunicando. "Os mercados globais iniciam a semana sob o reflexo da preocupação com o aumento dos rendimentos dos títulos soberanos nos EUA. Na semana passada, as taxas dos Treasuries de dez anos chegaram a bater em 1,61%, com impactos nos mercados de câmbio, ações, commodities e renda fixa internacional. O movimento, catalisado por forte venda dos papéis, reflete o temor de que uma acelerada pressão inflacionária obrigue o Federal Reserve (Fed) a elevar os juros americanos antes do esperado, com efeitos diretos sobre mercados emergentes, como o Brasil." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (01/03/2021) - Esse artigo é ótimo, pois ele ensina como é o processo de mineração e seus custos em energia. "O Centro de Finanças Alternativas da Universidade de Cambridge (CCAF), que estuda o crescente negócio de criptografia, estima que o consumo total de energia do bitcoin está entre 40 e 445 terawatts-hora (TWh) por ano, com uma estimativa média de cerca de 130 terawatts-hora.

O consumo de eletricidade do Reino Unido é de pouco mais de 300 TWh por ano, enquanto a Argentina usa aproximadamente a mesma quantidade de energia que a melhor estimativa do CCAF para bitcoin.

A equipe do CCAF pesquisou as pessoas que administram a rede bitcoin em todo o mundo sobre o uso de energia e descobriu que cerca de dois terços vem de combustíveis fósseis." (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (01/03/2021) - Comunicando. "O número de trabalhadores com carteira assinada caiu em 2020 para o menor contingente já registrado pela série histórica da pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, iniciada em 2012.

De acordo com os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), a média anual ficou em 30,6 milhões de pessoas, uma queda de 7,8% (menos 2,6 milhões) em relação a 2019, quando o número de empregados formais somou 33,2 milhões. Em 2014, chegou a 36,4 milhões." (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (26/02/2021) - Comunicando. "A taxa média de desocupação para o ano de 2020 foi de 13,5%, a maior desde 2012, conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apresentado nesta sexta-feira. Isso corresponde a cerca de 13,4 milhões de pessoas na fila por um trabalho no país.

O resultado para o ano interrompe a queda na desocupação iniciada em 2018, quando ficou em 12,3%. Em 2019, o desemprego foi de 11,9%.

No último trimestre de 2020, o nível de desocupação foi de 13,9%." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (26/02/2021) - Comunicando. "Mercados emergentes se preparam para uma saída de fundos em meio ao aumento dos rendimentos dos Treasuries, o que remete à turbulência ocorrida em 2013.

Depois dos ganhos no início de 2021, ativos de países em desenvolvimento despencaram nos últimos dois dias, enquanto os rendimentos dos títulos do Tesouro dos EUA subiam para o nível mais alto em mais de um ano. O movimento soou o alarme sobre as perspectivas para as taxas de juros e inflação. O índice acionário MSCI Emerging Market chegou a cair 2,8% na sexta-feira, enquanto o rand sul-africano e a lira turca acumulavam queda acima 3% em relação ao fechamento de quarta-feira." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (26/02/2021) - Comunicando. "No fechamento, o dólar comercial à vista encerrou em alta de 1,72%, a R$ 5,5140, nível mais alto desde 5 de novembro (R$ 5,54). No mercado futuro, o dólar para março, que vence amanhã, subiu 2,39%, a R$ 5,5320." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (26/02/2021) - Receita com cobrança e pagamento, ou seja, serviços, das instituições financeiras, principalmente as grandes, deverá cair nos próximos anos.. "O Banco do Brasil (BB) informou nesta quinta-feira que começou a adesão de estados e municípios brasileiros à solução Arrecadação Integrada da instituição, que permite o recebimento de impostos e taxas por meio do Pix. Segundo o BB, até agora, já estão em fase de integração à solução os governos dos estados de São Paulo, Piauí e Acre, bem como os municípios de Eusébio (CE), Linhares (ES), São José dos Campos (SP), Uberlândia (MG) e Vila Velha (ES), dentre outros. Em dezembro, a Receita Federal tornou-se o primeiro ente público a utilizar o serviço." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (25/02/2021) - Comunicando. "O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) registrou inflação de 2,53% em fevereiro, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV). A alta de preços ficou acima da mediana das estimativas de 27 consultorias e instituições financeiras ouvidas pelo Valor Data, de 2,40%, com intervalo das projeções indo de 1,80% a 2,84%.

Com esse resultado o índice acumula alta de 5,17% no ano e de 28,94% em 12 meses. Em fevereiro de 2020, o índice havia caído 0,04% e acumulava alta de 6,82% em 12 meses." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (25/02/2021) - Comunicando. "A 7ª Turma do Tribunal Regional Federal (TRF) da 1º Região, por unanimidade, negou provimento à apelação de uma empresa para suspender o recolhimento do PIS e da Cofins sobre a taxa de administração pagas a empresas de cartão de crédito e débito. Do ramo de restaurantes e fabricação de produtos de padaria e confeitaria, a empresa alegou que já está sujeita à incidência dessas contribuições. Mas atestou que uma quantia variável dos pagamentos dos clientes por meio de crédito e de débito é retida pelas administradoras de cartão. Com isso, a empresa não recebe pela totalidade o valor pago pela mercadoria que vendeu, sendo inverídico afirmar que seu faturamento, base de cálculo do PIS/Cofins, é igual ao valor pago pelo cliente. O relator do processo, juiz federal Rodrigo Rigamonte Fonseca, disse que "as taxas cobradas pelas administradoras de cartões de crédito estão embutidas no preço de venda de produtos/serviços ao consumidor, o qual se enquadra no conceito de faturamento e receita para fins de recolhimento do PIS e da Cofins" (processo nº: 1008877-19.2020.4.01.3500). " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (25/02/2021) - Bolsonaro e seus aliados, que destruíram a Lava Jato e agridem aqueles que lutaram contra a corrupção, agora tentam aprovar leis que torna-os eternamente livres de qualquer punição...

Triste... "Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) acompanham com atenção o debate sobre a proposta que amplia os limites da imunidade parlamentar, mas foram surpreendidos com a velocidade da tramitação da medida. A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) foi incluída na pauta do plenário desta quarta-feira pelo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL).
A proposta foi classificada como um “horror” por um ministro. Outro integrante da Corte diz ter considerado “péssima” a iniciativa, que deve levar a mais impunidade. A expectativa dos ministros é que essa discussão chegue ao STF, devido à fragilidade da PEC" (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (25/02/2021) - Golpe da clonagem do Whatsapp
Golpe de engenharia social com Whatsapp
Golpe do falso funcionário de banco e das falsas centrais telefônicas
Golpe do bug do Pix "A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) divulgou os principais golpes e fraudes digitais que dão dor de cabeça aos consumidores, entre eles, golpes que envolvem o Pix, o novo sistema de pagamento instantâneo.

As principais tentativas de golpe relatadas por instituições financeiras foram identificadas como ataques de phishing, que usam técnicas de engenharia social." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (25/02/2021) - Comunicando. "Com o consumo doméstico compensando o desempenho negativo das exportações, a indústria nacional de máquinas e equipamentos fechou janeiro com crescimento de 38,5% do faturamento na comparação com o primeiro mês do ano passado.

No total, a receita líquida do setor somou R$ 12,56 bilhões no mês passado, o que representa o melhor início de ano desde 2015, conforme balanço divulgado nesta quarta-feira pela Abimaq, a entidade que representa o setor. Na comparação com dezembro, contudo, houve queda de 9,3% no montante faturado." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (25/02/2021) - Comunicando. "O Brasil registrou um déficit em suas transações correntes de US$ 7,253 bilhões em janeiro, conforme divulgado nesta quarta-feira pelo Banco Central (BC). No mesmo mês de 2020, o saldo da conta corrente foi negativo em US$ 10,305 bilhões.

No acumulado de 12 meses, a diferença entre o que o país gastou e o que recebeu nas transações internacionais relativas a comércio, rendas e transferências unilaterais alcançou um saldo negativo de US$ 9,405 bilhões, o equivalente a 0,65% do Produto Interno Bruto (PIB) estimado pela autoridade monetária. Em dezembro, o déficit foi equivalente a 0,87% do PIB. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (24/02/2021) - Comunicando. "O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta quarta-feira (24) o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15) , que é uma prévia da inflação oficial do país. Segundo o instituto, o índice ficou em 0,48% , a maior alta para um mês de fevereiro desde 2017, quando ficou em 0,54%.Se comparado com janeiro, quando apontou 0,78%, maior alta em cinco anos, o indicador desacelerou. " (Fonte: IG)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (24/02/2021) - Comunicando. "Um mercado de baixa ou “bear market” no jargão de investidores pode estar se formando para o bitcoin. Ontem, a moeda digital foi negociada a US$ 48,152 mil, com queda de 11,3% em 24 horas e recuo de 17% das máximas vistas no dia 21 deste mês de US$ 58 mil, de acordo com a CoinDesk. Isso, potencialmente, está contribuindo para a queda de algumas ações de recente sucesso, casos de Tesla, PayPal Holdings e Square. A Tesla recentemente comprou US$ 1,5 bilhão em bitcoin e afirmou ter planos de aceitar a criptomoeda como pagamento, evento que impulsionou suas ações. (Dow Jones)" (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (24/02/2021) - Comunicando. "5 respostas para fazer bom uso do Open Banking, dadas pelo Banco Central

A criação de um banco próprio e personalizado. É assim que o Banco Central (BC) define o potencial do Open Banking, conjunto de regras e tecnologias que vai permitir o compartilhamento de dados e serviços de clientes entre bancos e outras instituições financeiras, por meio da integração de seus respectivos sistemas." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (24/02/2021) - Comunicando. "O Brasil registrou 1.370 mortes por Covid-19 e 63.090 casos da doença, nesta terça-feira. Com isso, o país chegou a 248.646 óbitos e a 10.260.621 pessoas infectadas pelo Sars-CoV-2 desde o começo da pandemia. Média móvel de óbitos alcançou o terceiro maior valor já registrado." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (24/02/2021) - Mais um concorrente para o mercado. "Depois de fechar 2020 com R$ 660 bilhões em ativos sob custódia, a XP Inc. pretende escalar neste ano o lado do passivo, com crédito, cartões e a conta digital, segundo Bruno Constantino, CFO da empresa. Esse é um negócio nascente para a plataforma de investimentos que virou banco e agora quer incomodar os grandes nomes do varejo na parte que lhe é mais cara." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (24/02/2021) - Concorrência aumenta. "O Nubank anunciou nesta terça-feira, 23, que liberou o pagamento no Google Pay. Desta maneira, os clientes da fintech com celulares android poderão utilizar o próprio aparelho para realizar compras na função débito ou crédito em qualquer estabelecimento que aceite pagamentos por aproximação, além de em sites e aplicativos que ofereçam a opção." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (23/02/2021) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) ficou em 0,34%, na chamada terceira quadrissemana de fevereiro, considerado estatisticamente estável em relação ao 0,35% na medição imediatamente anterior, a segunda do mês, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) em relatório.

Com esse resultado, o indicador passou a acumular alta de 0,61% no ano e 5,20% nos últimos 12 meses." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (23/02/2021) - Comunicando. "A agência de classificação de risco Fitch considera a mudança na presidência da Petrobras como algo potencialmente negativo tanto do ponto de vista do perfil de crédito quanto da geração de caixa. Sobre o rating da dívida corporativa da companhia, a decisão do governo tem efeito neutro, conforme os analistas.

“A geração de fluxo de caixa da Petrobras, incluindo o custo de financiamento, pode se deteriorar caso a nova gestão implemente uma política de preços para gasolina e diesel que fuja da paridade de importação, como ocorreu no passado”, dizem os analistas em relatório." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (23/02/2021) - Comunicando. "A isenção de IOF sobre os fundos constitucionais de financiamento é uma das possibilidades que está na mesa para compensar a desoneração de combustíveis prometida pelo presidente Jair Bolsonaro para valer a partir de março. Mudanças em incentivos do setor petroquímico e também revisão de tributação de bancos estão na mesa." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (23/02/2021) - Comunicando. "Na esteira da piora de outros indicadores financeiros do Brasil desde a intervenção do presidente Jair Bolsonaro na Petrobras, o risco-país medido pelo spread dos contratos de 5 anos de credit default swap (CDS) do país disparou 14,02% desde a última sexta-feira, para 186 pontos, segundo dados compilados pela Markit.

Este também é o maior nível desde 6 de novembro, quando o spread chegou a 189 pontos.

A alta do indicador para o Brasil também é bastante superior à observada por outras economias emergentes no mesmo período. O spread do CDS do México subiu 6,79%, o da Rússia avançou 2,14%, o da África do Sul cresceu 3,71% e o da Turquia, 2,12%." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (23/02/2021) - Comunicando. "A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 916,7 milhões na terceira semana de fevereiro. No acumulado do mês, o saldo comercial está positivo em US$ 210,3 milhões. No ano, a balança está deficitária, em US$ 915,2 milhões. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (23/02/2021) - Isso quer dizer que o governo vai parar de investir na educação e saúde para investir em estatais e subsídios para grandes empresários? "A versão preliminar do relatório da PEC (Proposta de Emenda à Constituição) Emergencial prevê a extinção dos valores mínimos a serem aplicados em educação e saúde. O fim do piso setorial valeria para União, estados e municípios.

Isso faz parte do pacote de medidas em avaliação pelo relator da PEC, senador Márcio Bittar (MDB-AC). O objetivo do projeto é apresentar um conjunto de ações de redução de despesas para o ajuste das contas públicas e, além disso, viabilizar uma nova rodada do auxílio emergencial, em 2021, a trabalhadores informais e desempregados." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (22/02/2021) - Comunicando. "Primeira sociedade de empréstimos entre pessoas (SEP) do país, a Nexoos registrou em 2020 menos da metade dos repasses esperados devido à crise econômica decorrente da pandemia. A fintech, que aproxima investidores e tomadores de crédito, intermediou apenas R$ 200 milhões em empréstimos no ano passado. Desde 2016, quando iniciou suas operações, até o final do ano passado, a Nexoos promoveu um total de R$ 460 milhões em crédito. Antes da pandemia, o plano era terminar 2020 na casa de R$ 1 bilhão." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FOCUS - (22/02/2021) - Comunicando. "A mediana das projeções do mercado para a economia brasileira em 2021 voltou a cair, pela terceira semana consecutiva, de 3,43% para 3,29%, no Boletim Focus, do Banco Central (BC), divulgado hoje com estimativas coletadas até o fim da semana passada. Para 2022, o ponto-médio das expectativas para a variação do Produto Interno Bruto (PIB) segue sem alterações desde que começou a ser coletado pelo Banco Central (BC) e manteve-se em 2,50%.

A mediana das projeções dos economistas do mercado para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2021 subiu de 3,62% para 3,82%. Para 2022, manteve-se em 3,49%.

Para a taxa básica de juros (Selic), o ponto-médio das expectativas subiu de 3,75% para 4,00% ao ano no fim de 2021 e permaneceu em 5,00% ao ano no de 2022.

A mediana das estimativas para o dólar no fim deste ano foi elevada de R$ 5,01 para R$ 5,05. Para 2022, o ponto-médio das projeções seguiu parado, pela quarta semana consecutiva, em R$ 5,00. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (22/02/2021) - Comunicando. "Bancos e incorporadoras têm sido condenados a pagar o IPTU de imóveis na capital paulista que foram financiados por meio de alienação fiduciária. Em recentes decisões, o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) aceitou o redirecionamento das cobranças. Há entendimento nesse sentido em duas das três câmaras de direito público que julgam o tema." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







OPINIÃO - (22/02/2021) - Japão, Europa e EUA não param de emitir moeda desde 2008 e intensificaram as emissões em 2019 devido a pandemia. Acredito que vá ter uma enxurrada de dinheiro para os países do 3º mundo valorizando as moedas destes e o valor dos ativos, como imóveis e ações.

Não sei como será para o Brasil devido as sucessivas mazelas do governo Bolsonaro, mas...

É interessante buscar ações com P/L baixo, imóveis residenciais que tenham condomínios baixos e evitar a compra de dólares para longo prazo, embora essa última recomendação dependa de como investidores internacionais terão apetite ao risco Bolsonaro. "Alguns dos maiores clientes do JP Morgan receberam recentemente um comunicado incomum. O banco pediu que eles levassem seu dinheiro para outro lugar.

Conforme explicado por seu presidente, Jamie Dimon, a empresa queria reduzir sua base de depósitos em US$ 200 bilhões.

E o JP Morgan, um dos gigantes das finanças dos Estados Unidos, não é exceção. "Os maiores bancos do país estão inundados de dinheiro, a tal ponto que alguns começaram a rejeitar depósitos", diz Nathan Stovall, da consultoria S&P Global. "É uma situação sem precedentes. Nunca passamos por nada assim."" (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (22/02/2021) - Comunicando. "A crise na Petrobras, após a decisão do presidente Jair Bolsonaro de trocar o comando da estatal, deve detonar uma piora mais generalizada da percepção de risco no país e tende a se estender para outros ativos financeiros, como câmbio e juros, na avaliação de gestores ouvidos pelo Valor." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (22/02/2021) - Comunicando. "O preço do bitcoin disparou nesta sexta-feira (19), aumentando o valor de todos os bitcoins criados desde 2009 para mais de US$ 1 trilhão, em um mercado impulsionado por anúncios de grandes empresas.

Por volta das 13h25 (horário de Brasília), o bitcoin alcançava o novo máximo histórico de US$ 54.182. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (19/02/2021) - Comunicando. "Os cinco maiores bancos do país - Itaú Unibanco, Bradesco, Santander, Banco do Brasil e Caixa - tinham em dezembro um saldo de R$ 353,5 bilhões em contratos de crédito referentes a pagamentos prorrogados durante a pandemia. Essas operações deram fôlego a pessoas físicas e empresas no pior momento da crise e evitaram uma explosão de inadimplência. O desafio dos bancos, agora, é fazer com que o volume restante volte ao fluxo normal em uma economia enfraquecida e com menos estímulos. Mais de um terço das operações prorrogadas que permanecem em aberto (R$ 130,1 bilhões) são do BB. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (19/02/2021) - Comunicando. "O Indicador Antecedente Composto da Economia Brasileira (IACE), publicado pela Fundação Getulio Vargas (FGV) e The Conference Board (TCB), recuou 1,00% em janeiro ante dezembro, para 122,5 pontos. Das oito séries componentes do índice, seis contribuíram negativamente para o resultado agregado, com o destaque de baixa para o Indicador de Expectativas da Indústria e dos Consumidores.

Já o Indicador Coincidente Composto da Economia Brasileira (ICCE), que mensura as condições econômicas atuais, avançou 0,1% no mesmo período, para 101,0 pontos." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (19/02/2021) - Comunicando. "O fluxo cambial do ano até 12 de fevereiro ficou positivo em US$ 5,552 bilhões, informou nesta quinta-feira, 18, o Banco Central. Em igual período do ano passado, o resultado era positivo em US$ 1,494 bilhão.A entrada pelo canal financeiro neste ano até 12 de fevereiro foi de US$ 7,512 bilhões. No comércio exterior, o saldo anual acumulado até 12 de fevereiro ficou negativo em US$ 1,960 bilhão." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (19/02/2021) - Comunicando. "O número de assaltos e tentativas de assaltos a agências bancárias em 2020 foi 52,26% menor do que o registrado no ano anterior, aponta a Federação Brasileira de Bancos (Febraban). A quantidade caiu de 119 em 2019 para 58 em 2020.

O total de ataques a caixas eletrônicos também recuou na comparação entre os dois períodos, de 567 (2019) para 434 (2020). A diferença representa uma diminuição de 23,45%, segundo o levantamento da Febraban com 17 instituições financeiras, que respondem por mais de 90% do mercado bancário." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (18/02/2021) - Comunicando. "Candido Botelho Bracher se despediu da presidência do Itaú Unibanco, na terça-feira, dia 2, deixando como último legado uma dura derrota. Pela primeira vez desde 2008, quando da fusão do Itaú com o Unibanco, o Bradesco alcançou um lucro maior do que o do seu concorrente: R$ 19,458 bilhões contra R$ 18,536 bilhões em 2020. Mais do que um revés pontual, os números sugerem o esgotamento da estratégia adotada pelos Setúbal.

Há 13 anos, o clã empenhou mundos e fundos junto aos Moreira Salles para incorporar o Unibanco e ascender ao topo do setor bancário nacional. Ou seja: os Setúbal entregaram alguns anéis e dedos para o Itaú ser maior do que o Bradesco. Talvez tenham pagado um preço alto demais. Em 2008, o total de ativos combinados de Itaú e Unibanco era 40% maior do que o do Bradesco.

Mais de uma década depois, a diferença encurtou para 28%. Vale registrar que o crescimento de ativos do Bradesco foi orgânico. O banco da Cidade de Deus não comprou ninguém. Em relação à lucratividade, o Bradesco tirou a distância de forma ainda mais rápida. Em 2008, o lucro do Itaú foi 38% superior ao do concorrente (R$ 10,571 bilhões contra R$ 7,625 bilhões)." (Fonte: Relatório Reservado)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (18/02/2021) - Comunicando. "O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) subiu 2,29% na segunda prévia de fevereiro, após ter aumentado 2,37% na segunda prévia de janeiro. A informação foi divulgada nesta quinta-feira, 18, pela Fundação Getulio Vargas (FGV). Com o resultado, o índice acumulou elevação de 4,93% no ano e aumento de 28,64% em 12 meses." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (18/02/2021) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, subiu 0,55% na segunda quadrissemana de fevereiro, desacelerando frente ao acréscimo de 0,78% verificado na primeira quadrissemana deste mês, segundo dados publicados nesta quinta-feira pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe)." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (18/02/2021) - Comunicando. "Os quatro grandes bancos do país tiveram lucro somado de R$ 61,6 bilhões em 2020, uma queda de 24,4% em relação ao ano anterior. A redução dos ganhos é a maior desde 2000, como mostra levantamento divulgado nesta quarta-feira (17) pela consultoria Economatica.

Os bancos vinham de seu melhor resultado agregado em toda a série histórica, medida desde a introdução do real, em 1994. Em 2019, o lucro conjunto foi de R$ 81,5 bilhões em valores nominais. Com correção monetária, o valor sobe para R$ 85,1 bilhões e amplia a queda de 2020 para 26,6%." (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FOCUS - (17/02/2021) - Comunicando. "O levantamento semanal apontou que a expectativa para a Selic aumentou a 3,75% no final de 2021, de 3,50% antes. Para 2022, segue projeção de juros básicos a 5,0%. A meta Selic está atualmente na mínima recorde de 2,00%.

O movimento ocorre na esteira da sexta elevação seguida na conta para a inflação, com a alta do IPCA agora calculada em 3,62% para este ano, de 3,60% na semana anterior. Para 2022, os economistas consultados ainda veem inflação de 3,49% na mediana das projeções.

Para o Produto Interno Bruto (PIB), a estimativa de crescimento neste ano caiu pela segunda vez seguida, a 3,43%, de 3,47% no levantamento anterior, permanecendo em 2,50% para 2022." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (17/02/2021) - Comunicando. "O número de caixas eletrônicos de Bitcoins saltou 130% nos últimos 12 meses em todo o mundo, de 6,76 mil a 15,5 mil, de acordo com estudo conduzido pela corretora Crypto Parrot. Em fevereiro de 2019, havia 4,3 mil dispositivos desse tipo no planeta, alta de 92,3% em relação ao mesmo mês de 2018.

A pesquisa mostra ainda que há um caixa eletrônico de bitcoin para cada 505.856 pessoas, o que representa um avanço da incidência em 15 vezes na comparação com 2017.

Nas últimas semanas, a criptomoeda vem registrando valorização vertiginosa. Nesta quarta-feira, o ativo atingiu recorde intraday histórico acima de US$ 53 mil." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (17/02/2021) - Comunicando. "A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 413,8 milhões na segunda semana de fevereiro.Nas duas primeiras semanas do mês, o saldo comercial está negativo, em US$ 722 milhões. No ano, a balança está deficitária em US$ 1,848 bilhão. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (17/02/2021) - Comunicando. "O PIX, novo sistema de pagamentos brasileiro, completa três meses de operação integral nesta terça-feira (16). Em pouco tempo, a tecnologia desenvolvida pelo Banco Central domina o número de transferências realizadas, mas perde para as TEDs em valor transacionado.

Segundo dados do BC, mais de 286 milhões de operações foram finalizadas por meio do PIX em 2021. As TEDs somam 53,2 milhões de transferências no mesmo período, apenas 18,5% do total do PIX." (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (17/02/2021) - Comunicando. "O endividamento das famílias bateu recorde no ano passado em meio à pandemia de Covid-19, mostram números do Banco Central e da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

Em novembro do ano passado, segundo o BC, o endividamento das famílias com os bancos atingiu 51% da renda acumulada nos doze meses anteriores — novo recorde da série histórica, que tem início em janeiro de 2005. Todas as dívidas com os bancos entram no cálculo, incluindo crédito para a compra da casa própria." (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







OPINIÃO - (17/02/2021) - Comunicando. "Desde os nossos primeiros meses de vida, absorvemos informações como esponjas. Capturamos, com os nossos cinco sentidos, todas as experiências que nos são apresentadas.

E com dinheiro não é diferente. As crianças passam por um processo chamado de “socialização econômica”, quando, logo nos primeiros anos de vida começam a formar crenças e significados sobre o dinheiro.

1. Fale sobre dinheiro
2. Mostrar a diferença entre desejos e necessidades
3. Use a “semanada” ou “mesada” como ferramenta educacional
4. Crie um espaço para poupar" (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (17/02/2021) - Comunicando. "Os brasileiros mais ricos possuem mais isenções e pagam proporcionalmente menos Imposto de Renda (IR) do que os menos ricos e aqueles posicionados nas faixas intermediárias de renda. É o que mostra a "Pirâmide do IR", calculadora elaborada pelo G1 a partir dos dados disponibilizados anualmente pela Receita Federal sobre o detalhamento das declarações de IR. " (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (17/02/2021) - Comunicando. "O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), considerado prévia do Produto Interno Bruto (PIB) da autoridade monetária, teve alta de 0,64% em dezembro de 2020 na comparação com novembro, segundo dados do BC divulgados nesta sexta-feira (12). Já na comparação com dezembro de 2019, a alta foi de 1,34%.

Em 2020, a queda foi de 4,05%, em meio ao impacto do coronavírus na atividade econômica." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (17/02/2021) - Comunicando. "Tomando como base a experiência das reformas que vem acontecendo nos países desenvolvidos, o que já podemos concluir é que o aumento da longevidade exige que todos os indivíduos em idade ativa planejem e busquem alternativas para criar reservas financeiras sem depender, exclusivamente, do sistema previdenciário oficial. Isto exige desenvolver um processo, permanente, de educação financeira.

A idade média do brasileiro é calculada hoje em torno dos 75 anos de vida. É preocupante verificar que a taxa de poupança e reservas financeiras do brasileiro caiu. Entre os anos de 1991 e 2014, ela diminuiu de 19% para 16% na relação com o PIB. Ou seja, as pesquisas sinalizam um alerta: as pessoas, economicamente ativas – algo entre 20 e 45 anos de idade –devem começar a cuidar, com muita disciplina e determinação, de construir uma reserva financeira que garanta um padrão mínimo de qualidade de vida na aposentadoria.

E isto deve ser feito sem descuidar, com a devida atenção, dos demais aspectos mencionados no início do artigo: saúde, projeto de vida, autoestima, estrutura familiar, entre outros. Quem sabe é chegado o momento de iniciar, com sua família, um debate e planejamento sobre as demandas deste futuro, possivelmente não muito distante. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (12/02/2021) - Inflação não para de subir. "O Índice Geral de Preços – 10 (IGP-10), calculado pela Fundação Getulio Vargas (FGV), subiu 2,97% em fevereiro. No mês anterior, o índice havia apresentado taxa de 1,33%. Com esse resultado, o índice acumula alta de 4,35% no ano e de 28,17% em 12 meses. Em fevereiro de 2020, o índice teve alta de apenas 0,01% e acumulava elevação de 7,39% em 12 meses." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (12/02/2021) - Comunicando. "O percentual de consumidores endividados recuou durante o ano passado, apesar dos efeitos recessivos da pandemia, mas tende a aumentar significativamente nos primeiros seis meses de 2021. Pesquisa do birô de crédito Boa Vista com cerca de 1.400 entrevistados em todo o Brasil mostra que 83% se diziam endividados no segundo semestre de 2020, ante 87% nos seis meses anteriores e 89% no período de julho a dezembro de 2019." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







OPINIÃO - (12/02/2021) - Comunicando. "A economista-chefe do Santander Brasil, Ana Paula Vescovi, afirmou que a economia brasileira vai piorar antes de melhorar, com a formação de uma tempestade perfeita no final do primeiro semestre, marcada por desemprego recorde, contágio da pandemia ainda elevado, inflação bem acima da meta, moderação da atividade, inadimplência e recuperações judiciais em alta.

Isso deve se refletir em queda na popularidade do governo, com possibilidade de agitações sociais e político-institucionais que podem adicionar nebulosidade às perspectivas macroeconômicas. Sem perspectiva de aprovação de reformas econômicas robustas, a expectativa é de manutenção do risco fiscal." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (12/02/2021) - Número de mortos deve estar batendo o recorde. "O Brasil passou de 9,7 milhões de casos e 236 mil mortes causadas pela covid-19. O país registrou 1.452 mortes provocadas pela doença nas últimas 24 horas, elevando o total de óbitos para 236.397, segundo levantamento desta quinta-feira (11) feito pelo consórcio de veículos de imprensa junto às secretarias estaduais de Saúde do país. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (12/02/2021) - Comunicando. "O desconforto com o grau “extraordinário” de estímulo monetário sinalizado recentemente pelo Banco Central levou o Santander a elevar sua projeção para a taxa básica de juros neste ano de 2,5% para 4%. “Trabalhamos com uma normalização parcial da taxa Selic a partir de um início precoce de um ciclo de alta”, dizem os economistas do banco, que citam o tom mais duro do BC na ata da reunião do Copom de janeiro, quando a prescrição futura foi oficialmente retirada da comunicação." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (12/02/2021) - Comunicando. "Credenciadoras, bancos e registradoras aguardam para esta quinta-feira uma sinalização do Banco Central (BC) sobre a nova regra de recebíveis de cartões, prevista para entrar em vigor na terça-feira.

O Valor apurou que o órgão regulador busca uma solução jurídica para um impasse em que ele próprio se colocou — uma questão que, ao pé da letra, pode impedir empresas de “maquininhas” como Cielo, Rede e Getnet de processar pagamentos com cartões a partir de terça-feira." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (11/02/2021) - Comunicando. "Após rejeitar todos os destaques, a Câmara concluiu na noite desta quarta-feira (10) a aprovação do projeto que propõe alterações na legislação do mercado de câmbio do país e amplia as possibilidades para a abertura de conta em dólar no Brasil. O texto segue para análise do Senado Federal. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (11/02/2021) - Irresponsabilidade do PT por anos e lentidão do atual governo em criar uma política voltada a melhorar a competitividade da indústria nacional, gera DESEMPREGO, salários baixos e miséria para o país. "Com a saída da multinacional do país, além das 5 mil demissões já anunciadas, o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômico (Dieese) estima uma perda potencial de mais de 118.864 mil postos de trabalho, somando diretos, indiretos e induzidos — o que representa uma perda de massa salarial da ordem de R$ 2,5 bilhões ao ano." (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (11/02/2021) - Comunicando. "A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira, por 339 votos a 114, o texto-base do projeto de lei que dá autonomia para o Banco Central (BC), com mandatos para o presidente e diretores. Ainda falta a análise de seis emendas, mas há um acordo entre os partidos da base governista para rejeitar todas e enviar o texto à sanção presidencial. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (11/02/2021) - Comunicando. "O fluxo cambial do ano até 5 de fevereiro ficou positivo em US$ 3,801 bilhões, informou nesta quarta-feira, 10, o Banco Central. Em igual período do ano passado, o resultado era positivo em US$ 3,314 bilhões. A entrada pelo canal financeiro neste ano até 5 de fevereiro foi de US$ 5,093 bilhões.No comércio exterior, o saldo anual acumulado até 5 de fevereiro ficou negativo em US$ 1,292 bilhão.

Depois de encerrar janeiro com entradas líquidas de US$ 2,797 bilhões, o País registrou fluxo cambial positivo de US$ 1,005 bilhão em fevereiro até o dia 5. O canal financeiro apresentou entradas líquidas de US$ 1,471 bilhão no período. No comércio exterior, o saldo de fevereiro até o dia 5 é negativo em US$ 467 milhões." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (11/02/2021) - Comunicando. "Para a economista-chefe do Fundo Monetário Internacional (FMI), Gita Gopinath, os mercados globais estão muito confiantes de que o melhor cenário para a economia se desenvolverá em 2021 e, por isso, há “sobrevalorização” nos ativos de risco. “Os mercados de ativos dependem bastante da vacinação em massa e de que as autoridades monetárias mantenham suas medidas acomodatícias por algum tempo”, disse Gopinath, alertando para um maior descolamento das bolsas da economia real, o que pode causar turbulência em mercados emergentes, segundo ela.

Essa situação preocupa a maioria das autoridades envolvidas na política monetária, disse Gita Gopinath. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (10/02/2021) - Governo utilizando os serviços para controlar a inflação como a Dilma fez em seu governo e nos levou a crise que se seguiu. "A conta de luz foi a principal responsável pela desaceleração da inflação em janeiro, conforme os dados do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), divulgados nesta terça-feira, 9, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O item energia elétrica recuou 5,60% no IPCA de janeiro, tirando, sozinho, 0,26 ponto porcentual (p.p.) da variação do indicador agregado, que registrou alta de 0,25%." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (10/02/2021) - Comunicando. "As compras remotas com cartão subiram mais de 30% e impulsionaram o varejo em 2020, segundo informou nesta terça-feira a Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs). Ao todo, foram gastos R$ 435,6 bilhões nesse tipo de compra, uma alta de 32,2% ante 2019.

Desse total, R$ 388,2 bilhões foram no cartão de crédito, um avanço de 19,8%. Apesar da forte presença do crédito, o débito ganhou muito espaço, com uma alta de 1.272%, atingindo R$ 43,9 bilhões. Esse aumento acontece especialmente devido à pandemia, onde muitas pessoas passaram a comprar on-line, o que levou os negócios digitais a melhorar a aceitação do débito." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (10/02/2021) - Comunicando. "O câmbio teve uma tarde agitada, com duas intervenções inesperadas do Banco Central. Com o real operando descolado de seus pares emergentes, por causa do desconforto causado pela situação fiscal do Brasil, e a moeda americana batendo em R$ 5,45, o BC fez dois leilões de swap (venda de dólar no mercado futuro), somando US$ 1 bilhão. As operações conseguiram acalmar o mercado, mas mesmo assim o dólar ainda fechou em alta. Profissionais das mesas de câmbio dizem que leilões serão ineficazes se a situação fiscal não melhorar, sobretudo após a frustração da visão inicial de que o auxílio emergencial teria como contrapartida o avanço do ajuste das contas públicas, o que o Congresso não sinaliza ter interesse em fazer neste momento." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (10/02/2021) - Comunicando. "A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) avalia que, sem novas medidas de alívio, a conta de luz dos brasileiros deve subir, em média, 13% em 2020. Por isso, propõe devolver ao consumidor R$ 50 bilhões em créditos tributários em um prazo de até cinco anos.

A proposta será discutida em consulta pública e refere-se a decisões judiciais que retiraram o ICMS da base de cálculo do PIS/Cofins incidente na conta de luz. Em 2020, consumidores de Minas Gerais já foram beneficiados pela medida, com a abatimento de R$ 700 milhões." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (10/02/2021) - Comunicando. "A despeito de a inflação ter perdido fôlego em janeiro, a alta no preço dos alimentos não dá trégua. Alimentação e bebidas subiram em média 1,02% em janeiro, uma variação abaixo da registrada em dezembro, mas ainda assim o grupo teve o maior peso na inflação do mês.

E, em alguns itens, a alta acelerou. Foi o caso da batata, que saiu de uma variação de 7,29% em dezembro para 10,84% agora. Cebola e tomate, cujos preços caíram no fim do ano, tiveram forte alta em janeiro." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (09/02/2021) - Comunicando. "O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) subiu 1,92% na primeira prévia de fevereiro, após ter aumentado 1,89% na primeira medição de janeiro. A informação foi divulgada nesta terça-feira, 9, pela Fundação Getulio Vargas (FGV). Com o resultado, o índice acumulou elevação de 4,54% no ano e aumento de 28,17% em 12 meses." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (09/02/2021) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, subiu 0,78% na primeira quadrissemana de fevereiro, desacelerando em relação ao acréscimo de 0,86% observado no fechamento de janeiro, segundo dados publicados nesta terça-feira pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe)." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (09/02/2021) - Comunicando. "A balança comercial brasileira registrou déficit de US$ 1,152 bilhão na primeira semana de fevereiro, segundo dados divulgados esta segunda-feira (8) pelo Ministério da Economia. Em janeiro, a balança comercial brasileira também registrou déficit, de US$ 1,125 bilhão. " (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (09/02/2021) - Comunicando. "O preço do bitcoin, que disparou nos últimos meses, alcançou um novo recorde nesta segunda-feira após o anúncio da fabricante de veículos eléctricos Tesla de um investimento de 1,5 bilhão de dólares na criptomoeda." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FOCUS - (09/02/2021) - Comunicando. "O levantamento semanal mostrou que a projeção para a alta do IPCA em 2021 subiu pela quinta semana seguida, chegando a 3,60%, de 3,53% na semana anterior. Para 2022 a estimativa diminuiu em 0,01 ponto percentual, a 3,49%.

Para o Produto Interno Bruto (PIB), a estimativa de crescimento em 2021 caiu a 3,47%, de 3,50% no levantamento anterior, permanecendo em 2,50% para o ano que vem.

A pesquisa semanal com uma centena de economistas mostrou ainda que o cenário para a taxa básica de juros não mudou, com a Selic ainda sendo calculada em 3,50% este ano e em 5,00% em 2022." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (08/02/2021) - Comunicando. "A ênfase em serviços de delivery durante a pandemia impulsionou a demanda pelas chamadas “maquininhas” de pagamentos com cartão em 2020. Apesar da desaceleração econômica provocada pela covid-19, o país terminou o ano passado com 17,83 milhões de terminais ativos de comunicação máquina a máquina (M2M, na sigla em inglês) do tipo usado em dispositivos móveis de pagamento. O total representa um avanço de 18% frente a 2019." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (08/02/2021) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) interrompeu a sequência de seis semanas consecutivas de desaceleração e subiu para 0,40% na primeira medição de fevereiro, vindo de 0,27% na medição imediatamente anterior, a do encerramento de janeiro, e de um pico recente de 1,41% na primera quinzena de dezembro, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) em relatório.

Com esse resultado, o indicador passou a acumular alta de 1,48% no ano e 2,49% nos últimos 12 meses." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (08/02/2021) - Comunicando. "No momento em que o processo de vacinação nos Estados Unidos começa a ganhar tração e que indicadores de atividade econômica mais recentes apontam para um melhor desempenho da atividade econômica americana, a curva de juros do país voltou a ganhar inclinação e ajudou a puxar para cima o dólar em nível global. Para analistas, esse cenário pode ter continuidade, ao menos no curto prazo, e alguns reflexos devem ser observados nos ativos de mercados emergentes, incluindo o Brasil." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (08/02/2021) - Comunicando. "Indicadores econômicos para o mês de janeiro já mostram os efeitos do fim do auxílio emergencial sobre o nível de atividade.

O índice de vendas no varejo amplo da Getnet indicou queda de 10,9% em relação a dezembro. Todos os segmentos tiveram resultados negativos, com exceção de artigos farmacêuticos. Em dezembro, havia sido registrado crescimento de 3,5%." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (08/02/2021) - Comunicando. "O Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) registrou alta de 2,91% em janeiro, após um avanço de 0,76% em dezembro de 2020, informou nesta sexta-feira, 5, a Fundação Getulio Vargas (FGV). Com o resultado, o IGP-DI acum" (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (08/02/2021) - Concorrência. "A peregrinação de banco em banco para conseguir um crédito pode estar com os dias contados. Na segunda-feira (01) entrou em vigor a primeira fase do open banking no Brasil. Quando estiver concluído, no fim do ano, o novo marco legal das informações financeiras deve equilibrar o jogo entre bancos e clientes, até hoje desigual. Lançado em 2019 pelo Banco Central (BC), o open banking dará ao correntista poder sobre suas informações. Seu cadastro e seu histórico de transações poderão ser compartilhados com outras instituições financeiras por meio de sistemas digitais, mais rápidos e eficientes.

A mudança vai ampliar a oferta de serviços, melhorar a experiência do cliente e livrá-lo das assustadoras portas giratórias que sempre afastaram os brasileiros dos bancos. “Isso vai beneficiar tanto os clientes dos bancos quanto os excluídos do sistema bancário”, disse o diretor geral da Financial Data & Technology Association (FDATA) para América do Sul, Bruno Diniz." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (08/02/2021) - Comunicando. "A fabricante de máquinas Indústrias Nardini entrou hoje na Justiça com um pedido de recuperação judicial. A dívida da empresa com credores na esfera trabalhista e cível soma R$ 61,7 milhões." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (05/02/2021) - Comunicando. "Apesar da recessão econômica causada pela pandemia de covid-19 ao longo do ano passado, as fábricas brasileiras encerraram 2020 com alta no faturamento e em ritmo de recuperação na atividade. De acordo a pesquisa Indicadores Industriais, divulgada nesta quinta-feira, 4, pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), as vendas do setor cresceram 0,8% em relação a 2019, mesmo com a crise.

Apenas em dezembro do ano passado, as vendas da indústria superaram em 13,2% o volume faturado no último mês de 2019. Na comparação com novembro – considerando os ajustes sazonais – o avanço foi de 1,6%." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (05/02/2021) - Comunicando. "No período de abril a junho, e talvez julho, a inflação acumulada em 12 meses no Brasil deve bater 6,5% por efeitos estatísticos, “uma trajetória completamente diferente da que imaginávamos que teríamos 9, 12 meses atrás”, diz Rodrigo Azevedo, sócio-fundador e co-CIO de estratégia macro da Ibiuna Investimentos e ex-diretor do Banco Central, na Live do Valor." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (04/02/2021) - Comunicando. "Depois de registrar saídas líquidas de US$ 8,353 bilhões em dezembro do ano passado, o País fechou janeiro com fluxo cambial positivo de US$ 2,797 bilhões, informou nesta quarta-feira, 3, o Banco Central.No canal financeiro, houve entrada líquida de US$ 3,622 bilhões em janeiro. No comércio exterior, o saldo ficou negativo em US$ 825 milhões." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (04/02/2021) - Comunicando. "O PMI de serviços apurado pelo IHS Markit caiu a 47,0 em janeiro, de 51,1 em dezembro, indo abaixo da marca de 50, que separa crescimento de contração, pela primeira vez desde agosto do ano passado.

Em janeiro, o crescimento da indústria perdeu força e, com a contração vista no setor de serviços, a recuperação do setor privado brasileiro foi interrompida no começo de 2021. O PMI Composto caiu a 48,9 em janeiro, de 53,5 em dezembro, após cinco meses em território de expansão." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (04/02/2021) - Comunicando. "O Indicador Ipea Mensal de Consumo Aparente de Bens Industriais subiu 3,6% em dezembro ante novembro, informou nesta quarta-feira o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). No fechamento de 2020, o indicador registrou queda de 5,2%.

Em relação a dezembro de 2019, a alta do indicador do Ipea foi de 20,1%. Com isso, no quarto trimestre, a alta foi de 4,4% ante igual período de 2019. Na comparação com o terceiro trimestre de 2020, o indicador apresentou alta de 9,4%." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (04/02/2021) - Comunicando. "O Brasil começou 2021 com a maior necessidade de refinanciamento de sua dívida pública entre todos os países emergentes.

Com prazo bastante encurtado em 2020, a dívida a ser rolada neste ano por meio da emissão de novos papéis corresponde a 18,5% do PIB, o maior nível da série histórica do Tesouro, iniciada em 2005.

O valor equivale a cerca de R$ 1,4 trilhão, que precisará ser levantado com a venda de papéis no mercado.

Segundo novo relatório do IIF (Institute of International Finance), que reúne 450 bancos e instituições financeiras em 40 países, a situação brasileira, na comparação com os demais emergentes, é desafiadora. “No geral, vemos o maior risco de refinanciamento no Brasil”, diz o relatório do IIF, para quem o país “merece atenção”." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (03/02/2021) - Comunicando. "Depois de registrar saídas líquidas de US$ 8,353 bilhões em dezembro do ano passado, o País fechou janeiro com fluxo cambial positivo de US$ 2,797 bilhões, informou nesta quarta-feira, 3, o Banco Central.No canal financeiro, houve entrada líquida de US$ 3,622 bilhões em janeiro. No comércio exterior, o saldo ficou negativo em US$ 825 milhões." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (03/02/2021) - Comunicando. "O PMI de serviços apurado pelo IHS Markit caiu a 47,0 em janeiro, de 51,1 em dezembro, indo abaixo da marca de 50, que separa crescimento de contração, pela primeira vez desde agosto do ano passado.

Em janeiro, o crescimento da indústria perdeu força e, com a contração vista no setor de serviços, a recuperação do setor privado brasileiro foi interrompida no começo de 2021. O PMI Composto caiu a 48,9 em janeiro, de 53,5 em dezembro, após cinco meses em território de expansão." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (03/02/2021) - Comunicando. "O Indicador Ipea Mensal de Consumo Aparente de Bens Industriais subiu 3,6% em dezembro ante novembro, informou nesta quarta-feira o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). No fechamento de 2020, o indicador registrou queda de 5,2%.

Em relação a dezembro de 2019, a alta do indicador do Ipea foi de 20,1%. Com isso, no quarto trimestre, a alta foi de 4,4% ante igual período de 2019. Na comparação com o terceiro trimestre de 2020, o indicador apresentou alta de 9,4%." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (03/02/2021) - Comunicando. "O Brasil começou 2021 com a maior necessidade de refinanciamento de sua dívida pública entre todos os países emergentes.

Com prazo bastante encurtado em 2020, a dívida a ser rolada neste ano por meio da emissão de novos papéis corresponde a 18,5% do PIB, o maior nível da série histórica do Tesouro, iniciada em 2005.

O valor equivale a cerca de R$ 1,4 trilhão, que precisará ser levantado com a venda de papéis no mercado.

Segundo novo relatório do IIF (Institute of International Finance), que reúne 450 bancos e instituições financeiras em 40 países, a situação brasileira, na comparação com os demais emergentes, é desafiadora. “No geral, vemos o maior risco de refinanciamento no Brasil”, diz o relatório do IIF, para quem o país “merece atenção”." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (03/02/2021) - Comunicando. "O Santander informou nesta quarta-feira que o volume de pagamentos processados por sua credenciadora Getnet ficou em R$ 93,3 bilhões no quarto trimestre, com alta de 35,8% no trimestre e de 52,7% em 12 meses. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (03/02/2021) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, subiu 0,86% em janeiro, acelerando frente ao acréscimo de 0,79% verificado em dezembro, mas perdendo força em relação à alta de 0,92% registrada na terceira quadrissemana do mês passado, segundo dados publicados nesta quarta-feira pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). Nos 12 meses até janeiro, o IPC-Fipe acumulou inflação de 6,22%." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (03/02/2021) - Comunicando. "Milton Maluhy Filho, que assumiu nesta terça-feira a posição de presidente do Itaú Unibanco no lugar de Candido Bracher, disse que reconhece a importância de maior concorrência no mercado financeiro, mas que é importante que esse cenário seja bem regulado pelo Banco Central. “Vamos competir, mas que isso venha com condições de igualdade”, comentou em teleconferência com acionistas sobre os resultados do quarto trimestre. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (02/02/2021) - Comunicando. "A produção da indústria brasileira recuou 4,5% em 2020 frente a 2019, segundo a Pesquisa Industrial Mensal – Produção Física (PIM-PF), divulgada nesta terça-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). É o segundo ano seguido de perda – em 2019 o indicador havia recuado 1,1% - e a maior queda desde 2016 (-6,4%).

Em dezembro, o indicador teve alta de 0,9%, a oitava variação positiva frente ao mês anterior. Com a expansão de dezembro, a indústria acumula alta de 41,8% em oito meses e elimina a perda de 27,1% em março e abril. Assim, a indústria está 3,4% acima do patamar de fevereiro de 2020. O nível de produção atual, no entanto, ainda está 13,2% abaixo do seu recorde (alcançado em maio de 2011). " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (02/02/2021) - Comunicando. "O novo presidente do Itaú Unibanco, Milton Maluhy Filho, afirmou que o Pix, o sistema de pagamento instantâneo capitaneado pelo Banco Central, deve ter um impacto na receita do grupo em 2021, o que já está contemplado no guidance. O banco divulgou que sua receita de tarifas deve crescer entre 2,5% e 6,5% este ano." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (02/02/2021) - Comunicando. "O fim do auxílio emergencial e a segunda onda da pandemia tendem a frear o investimento na economia brasileira nos primeiros meses de 2021, quando as taxas de formação bruta de capital fixo (FBCF) devem se acomodar ante os avanços dos cinco meses até novembro. A previsão é do Instituto de Pesquisa de Economia Aplicada (Ipea)." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (02/02/2021) - Comunicando. "A balança comercial brasileira registrou déficit de US$ 1,125 bilhão em janeiro. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (1º) pelo Ministério da Economia.

Apesar de negativo, o resultado foi melhor que o verificado em janeiro de 2020, quando o déficit foi de US$ 1,684 bilhão." (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (02/02/2021) - Comunicando. "A primeira fase do open banking (ou sistema financeiro aberto) começa a ser implementada nesta segunda-feira (1º) pelo Banco Central. A etapa estava prevista para começar em 30 de novembro do ano passado, mas foi adiada sob pressão do setor.

O open banking é o processo de compartilhamento de dados financeiros entre instituições. Esse processo, que só se dá com a expressa autorização do consumidor, favorece a busca por serviços e produtos em condições melhores, mais variados ou personalizados." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (02/02/2021) - Comunicando. "A indústria brasileira iniciou 2021 perdendo força, afetada pelo menor crescimento de novas encomendas e produção desde meados do ano passado e por maior cautela das empresas, apontou nesta segunda-feira a pesquisa Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês).

O IHS Markit informou que seu índice PMI caiu a 56,5 em janeiro, de 61,5 em dezembro. Embora tenha permanecido acima da marca de 50, que separa crescimento de contração, a leitura foi a mais baixa desde junho do ano passado." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (01/02/2021) - Comunicando. "Alguns poucos pontos de bloqueio em estradas estão se confirmando na manhã desta segunda-feira, dia anunciado de paralisação dos caminhoneiros, conforme informações que circulam em grupos da categoria. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (01/02/2021) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) desacelerou pela sexta semana consecutiva, para 0,27%, no encerramento de janeiro, vindo de 0,42% na medição imediatamente anterior, a terceira do mês, e de um pico recente de 1,41% na primeira quinzena de dezembro, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) em relatório.

Com esse resultado, o indicador acumula alta de 0,27% no ano e 4,84% nos últimos 12 meses." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FOCUS - (01/02/2021) - Comunicando. "O levantamento semanal apontou que a expectativa para a alta do IPCA em 2021 subiu 0,03 ponto percentual, a 3,53%, enquanto para 2022 seguiu em 3,50%.

Para o Produto Interno Bruto (PIB), a estimativa de crescimento este ano melhorou em 0,01 ponto, a 3,50%, enquanto que para 2022 segue em 2,50%." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (01/02/2021) - Comunicando. "A entrada de novos players no mercado de meios de pagamento não se restringe mais às fintechs. Com a chegada de grandes varejistas e empresas de telefonia, a oferta de serviços, inclusive os não financeiros, torna-se fundamental para a sobrevivência dos negócios.

Ele cita como exemplo a oferta de linhas de crédito por aplicativos de delivery de comida para os restaurantes cadastrados na plataforma. “O aplicativo já está no dia a dia do restaurante. Se começar a atrelar benefícios financeiros, já pode fazer diferença”, diz.

Diniz lembra que a empresa que oferece esse serviço pode ter até mais informações para avaliar a oferta de crédito do que um banco tradicional. Isso porque ela sabe, por exemplo, a sazonalidade do cliente ou como o serviço é avaliado." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (01/02/2021) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) desacelerou pela sexta semana consecutiva, para 0,27%, no encerramento de janeiro, vindo de 0,42% na medição imediatamente anterior, a terceira do mês, e de um pico recente de 1,41% na primeira quinzena de dezembro, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) em relatório.

Com esse resultado, o indicador acumula alta de 0,27% no ano e 4,84% nos últimos 12 meses." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (01/02/2021) - Comunicando. "A decisão da Executiva do DEM de desembarcar do bloco de apoio à candidatura do deputado Baleia Rossi (MDB-SP) e a disposição do PSDB e do Solidariedade de seguir o mesmo caminho levaram o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), a ameaçar aceitar um pedido de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro. A eleição que vai escolher a nova cúpula da Câmara e do Senado está marcada para esta segunda-feira, 1." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (01/02/2021) - Comunicando. "Na média de 2020, 66,5% das famílias brasileiras estavam endividadas, 2,8 pontos porcentuais acima do registrado na média de 2019, conforme estudo especial com base na Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic), calculada pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). É o maior nível para uma média anual da série da Peic, iniciada em 2010.

A qualidade do crescimento do endividamento passa pela dinâmica da inadimplência. Na média de 2020, segundo a Peic, a proporção de famílias com contas ou dívidas em atraso ficou em 25,5%, 1,5 ponto acima da média de 2019. Aumentou também o porcentual das famílias que declararam não ter condições de quitar os débitos no mês seguinte e que, portanto, tendem a seguir inadimplentes, atingindo 11% na média de 2020, 1,4 ponto acima de 2019." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (01/02/2021) - Comunicando. "O bitcoin disparou nesta sexta-feira (29) para uma máxima em duas semanas após o presidente da Tesla, Elon Musk, colocar a criptomoeda em sua biografia no Twitter." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (29/01/2021) - Comunicando. "O número de pedidos de recuperação judicial pode chegar a 1,8 mil em 2021, uma alta de 53% em relação ao ano passado, prevê a consultoria Alvarez & Marsal em estudo obtido pelo Estadão/Broadcast. A quantidade remete a patamares observados na crise de 2015 e 2016, quando uma das mais agudas crises econômicas levou grande número de empresas a pedir proteção judicial para negociar com seus credores." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (29/01/2021) - Comunicando. "Com o conjunto de medidas tomadas pelo governo federal para enfrentar a pandemia de covid-19 e seus impactos econômicos, as contas públicas fecharam o ano de 2020 com um rombo de R$ 743,1 bilhões. O número, divulgado nesta quinta-feira pelo Tesouro Nacional, é de longe o pior já registrado pelo governo." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (29/01/2021) - Comunicando. "O Banco Central informou, nesta quinta-feira (28), que pretende incluir contas-salário no sistema de pagamentos instantâneos, o Pix, ao longo deste ano. Atualmente, apenas usuários de contas de depósito (corrente), poupança e pré-paga podem fazer operações com a nova ferramenta.

A autoridade monetária também pretende integrar aplicativos de bancos com a lista de contatos do celular para identificar rapidamente quem tem chave cadastrada. "Isto visa a aperfeiçoar a experiência do usuário ao facilitar a identificação, entre seus contatos, de quem possui chave Pix registrada", disse Mello." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (29/01/2021) - Comunicando. "A pandemia que enfrentamos já há quase um ano bateu forte na economia real e obrigou governos a ligarem as impressoras, encherem os helicópteros e despejarem dinheiro fácil sobre os mercados, aos trilhões. US$ 25 trilhões em estímulos já foram anunciados pelos governos.

Tanto dinheiro assim, é claro, pode mexer com a inflação e com os preços dos ativos. “As bolsas vêm subindo em linha reta há muito tempo e nada sobe em linha reta para sempre. A ideia de fim de festa já ganha tração”, diz Fernando Ferreira, estrategista-chefe da XP Investimentos no Stock Pickers desta quinta-feira." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (29/01/2021) - Comunicando. "O Brasil registrou 1.439 mortes provocadas pela covid-19 nas últimas 24 horas, elevando o total de óbitos provocados pela doença para 221.676, segundo levantamento desta quinta-feira (28) feito pelo consórcio de veículos de imprensa junto às secretarias estaduais de Saúde do país. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (29/01/2021) - Comunicando. "O Nubank anunciou nesta quinta, 28, que recebeu um novo aporte de US$ 400 milhões, que fez a empresa atingir a avaliação de US$ 25 bilhões, segundo apurou o Estadão. Com o feito, a fintech se tornou a quarta instituição financeira mais valiosa da América Latina, ultrapassando grandes bancos listados na Bolsa brasileira, como o Banco do Brasil. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (29/01/2021) - Comunicando. "Embora o ambiente global se desenhe bastante favorável para 2021 na visão do mercado, devido ao início da vacinação e dos estímulos dos governos, é preciso lembrar que existe ainda uma série de incertezas no radar internacional.

O ciclo econômico continua atípico, com a retração brusca das economias por conta da pandemia e a reação igualmente intensa em termos fiscais e monetários, com consequências ainda desconhecidas." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (29/01/2021) - Comunicando. "Sob efeito da pandemia do novo coronavírus, que provocou uma disparada dos gastos públicos e derrubou a arrecadação de impostos, as contas do governo federal registraram um rombo fiscal de R$ 743,1 bilhões em 2020. O resultado é o pior da série histórica iniciada há 24 anos.

O déficit primário do ano passado, divulgado pelo Tesouro Nacional nesta quinta-feira (28), equivale a 10% do PIB (Produto Interno Bruto) e é maior do que a soma de todos os rombos registrados em 2014, 2015, 2016, 2017, 2018 e 2019." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (29/01/2021) - Comunicando. "O nível de endividamento das famílias brasileiras atingiu 50,3%, de acordo com os dados mais recentes do Banco Central (BC). Isso representa o maior patamar da série histórica, afirmou nesta quinta-feira o chefe do departamento de estatísticas da autoridade monetária, Fernando Rocha.

Além disso, o comprometimento de renda mensal das famílias com parcelas de empréstimos estava em 21,7%, segundo os dados mais recentes - também o maior patamar da série, de acordo com Rocha. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (28/01/2021) - Comunicando. "A taxa de desemprego foi de 14,1% no trimestre encerrado em novembro de 2020, de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), divulgada nesta quinta-feira (28) pelo IBGE. A taxa foi a mais alta para esse trimestre móvel desde o início da série histórica da pesquisa, em 2012. Em relação ao trimestre encerrado em agosto (14,4%), o cenário é de estabilidade. Na comparação com o mesmo trimestre do ano anterior (11,2%), o aumento é de 2,9 pontos percentuais. O número de desempregados foi estimado em 14 milhões." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (28/01/2021) - Comunicando. "A inflação medida pelo Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) atingiu 2,58% em janeiro, percentual superior ao apurado em dezembro, quando havia apresentado taxa de 0,96%, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV).

Em 12 meses, a inflação acumulada pelo índice é de 25,71%. Em janeiro de 2020, o IGP-M havia subido 0,48% e acumulava alta de 7,81% em 12 meses. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (28/01/2021) - Comunicando. "Um número cada vez maior de empresas vem se juntando à Tesla no clube das ações cujos valores relativos estão nas alturas, dividindo Wall Street entre os que alertam para o risco de uma “bolha” e os que questionam as suposições tradicionais sobre a melhor forma de avaliar uma empresa." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (28/01/2021) - Comunicando. "O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) apelou aos caminhoneiros para que não façam a greve, que está prevista para esta segunda-feira (1º)." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (28/01/2021) - Comunicando. "Na última semana, o presidente Jair Bolsonaro cedeu a reivindicações dos caminhoneiros, colocando a categoria no grupo prioritário de vacinação contra a Covid-19 e prometendo rever o valor do frete e da multa de sobrepeso, para evitar qualquer possibilidade de greve. Porém, tudo indica que a paralisação marcada para o próximo dia 1° de fevereiro será mantida por conta de outro ponto que acabou ficando sem resposta: o valor dos combustíveis." (Fonte: IG)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (28/01/2021) - Comunicando. "O Brasil registrou um déficit em suas transações correntes de US$ 5,393 bilhões em dezembro, conforme divulgado nesta quarta-feira pelo Banco Central (BC). A autoridade monetária estimava superávit de US$ 500 milhões. No mesmo mês de 2019, o saldo da conta corrente havia sido negativo em US$ 4,652 bilhões.

Com o resultado de dezembro, o país registrou um déficit em conta corrente de US$ 12,517 bilhões em 2020, ante déficit de US$ 50,697 bilhões no ano anterior." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (27/01/2021) - Comunicando. ""Gastem o máximo que puderem." A maioria dos países seguiu até certo ponto o conselho da chefe do FMI, Kristalina Georgieva, sobre a crise do coronavírus, mas poucos com tanto empenho quanto o Brasil. O presidente Jair Bolsonaro gastou mais que qualquer outro grande mercado emergente, segundo o Instituto de Finanças Internacionais, aumentando as despesas do governo federal em quase 40% entre janeiro e novembro.

A maior parte do dinheiro foi para "coronavouchers", um reforço de renda temporário para quase um terço da população. A medida aumentou as vendas de cerveja –e a popularidade de Bolsonaro–, mas se mostrou ruinosa para as finanças já abaladas do Brasil. A dívida pública hoje está em mais de 91% do PIB (Produto Interno Bruto), um dos níveis mais altos entre os mercados emergentes. Atingido pelo crescimento fraco, o Brasil não equilibra seu orçamento antes dos custos do serviço da dívida desde 2013." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (27/01/2021) - Comunicando. "A divulgação da ata da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central confirmou a mudança de postura dos dirigentes em relação à inflação e levou agentes financeiros a reforçar, nesta terça-feira, as apostas pela antecipação do início do ciclo de normalização monetária. Essa perspectiva teve forte efeito sobre o mercado cambial. Diante da expectativa de uma recomposição mais rápida do diferencial de juros com o exterior, a moeda americana fechou em queda de 3,39%, aos R$ 5,3258. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (27/01/2021) - Comunicando. "A inadimplência dos pequenos negócios em operações de crédito atingiu o nível mais baixo em 2020, comparando com resultados de uma série iniciada em 2012, segundo estudo do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

O levantamento, realizado com base em dados do Banco Central, mostra que o nível mais baixo de inadimplência (2,8%) foi registrado entre as empresas de pequeno porte e o mais elevado (5,6%) entre MEIs. As microempresas registraram 5,1%.

Um dos motivos para esse resultado foi a implementação dos programas que possibilitaram um maior acesso dos empreendedores ao crédito, como Fampe e Pronampe, responsáveis por quase R$ 40 bilhões em empréstimos, de acordo com o Sebrae. " (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (27/01/2021) - Comunicando. "A cidade de São Paulo registrou inflação de 0,92% na terceira quadrissemana de janeiro, segundo o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) calculado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe)." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (26/01/2021) - Comunicando. "A Organização das Nações Unidas alertou nesta segunda-feira que o impacto socioeconômico devastador da pandemia de covid-19 será sentido por anos, a menos que mais medidas robustas sejam tomadas pelos governos. Ao mesmo tempo, advertiu que enorme liquidez e baixa inflação estão alimentando uma bolha financeira." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (26/01/2021) - Comunicando. "A balança comercial brasileira registrou um déficit de US$ 824,3 milhões na terceira semana de janeiro (18 a 24). Com o resultado da terceira semana, no mês de janeiro, o saldo acumulado da balança comercial é deficitário em US$ 2,268 bilhões. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (26/01/2021) - Comunicando. "As sequências impressionantes de altas nos preços das ações e as especulações desenfreadas de investidores amadores se aventurando no mercado estão deixando os investidores veteranos preocupações com uma bolha que poderá superar tudo o que foi visto no último século. Após uma recuperação dramática do crash provocado pelo coronavírus em março do ano passado, os principais índices de ações derrubaram uma série de recordes nos primeiros dias de 2021. O bitcoin, a mais especulativa de todas as apostas, atingiu novos patamares. Ações populares como as da Tesla continuam desafiando os esforços de uma avaliação sóbria." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (26/01/2021) - Comunicando. "A Casa Branca confirmou nesta segunda-feira que o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, voltará a impor uma proibição à entrada no país de praticamente todos os viajantes que não sejam norte-americanos e tenham visitado Brasil, Reino Unido, Irlanda e 26 países europeus que permitem a circulação por fronteiras abertas." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (26/01/2021) - Comunicando. "O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15), também conhecido como prévia da inflação, registrou alta de 0,78% em janeiro, informou nesta terça-feira (26) o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). De acordo com o IBGE, em 12 meses, o IPCA-15 acumula alta de 4,30%. Em janeiro de 2020, a taxa foi de 0,71%." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FOCUS - (26/01/2021) - Comunicando. "A mediana dos economistas ouvidos pelo Focus para o IPCA neste ano subiu de 3,43% para 3,50%. Há um mês, a mediana para 2021 estava ainda menor, em 3,34%. Quanto aos próximos dois anos, a projeção para o IPCA se manteve igual em todas as últimas quatro semanas (de 3,50% para 2022 e 3,25% para 2023).

No boletim desta segunda-feira, a previsão para a taxa Selic em 2021 no Focus foi de 3,25% para 3,50%. Há quatro semanas, era de 3,13%.

Já a projeção de crescimento do PIB segue estável. A previsão subiu de 3,45% para 3,49% nesta semana, valor que se mantém igual ao que era há um mês.

O Boletim Focus desta segunda-feira aponta também manutenção da margem atual do dólar. A mediana das expectativas para o câmbio no fim período seguiu em 5 reais, valor igual ao de um mês atrás. Os economistas também não projetam quedas amplas no preço do dólar para 2022. A previsão no Focus para o ano que vem subiu de 4,90 reais para 5 reais." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (26/01/2021) - Comunicando. "A avaliação sobre o comportamento da economia brasileira neste início de ano, que chegou aos principais gabinetes da Esplanada dos Ministérios, não é animadora. “Não será surpresa se ocorrer uma retração da economia no primeiro trimestre”, disse uma importante fonte do governo. “Teremos um trimestre muito difícil e não adianta dourar a pílula”, alertou." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (26/01/2021) - Comunicando. "Motor da abertura prometida pelo ministro Paulo Guedes (Economia), a Camex (Câmara de Comércio Exterior) conduz uma política protecionista. Na América Latina, só a Venezuela supera o Brasil em tarifas médias de importação.

O Brasil tem tarifas mais elevadas do que países como China, Cuba, Argentina e Bolívia." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (22/01/2021) - Comunicando. "O Brasil registrou 1.335 mortes provocadas pela covid-19 nas últimas 24 horas, elevando o total de óbitos provocados pela doença para 214.228, segundo levantamento de hoje feito pelo consórcio de veículos de imprensa junto às secretarias estaduais de Saúde do país. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (22/01/2021) - Comunicando. "A Cimento Tupi, umas das mais tradicionais fabricantes de cimento do país, entrou nesta quinta-feira (21) com pedido de recuperação judicial na Justiça do Rio de Janeiro. A empresa informa, no seu pedido de proteção contra credores, uma dívida total na casa de R$ 3,43 bilhões. Deste valor, o passivo em moeda estrangeira é de US$ 599,36 milhões com “bondholders”." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (22/01/2021) - Comunicando. "A temporada de balanço dos bancos começa em fevereiro e deve mostrar a maior queda anual no lucro médio desde 2000, quando um prejuízo bilionário no antigo Banespa — que depois foi comprado pelo Santander — derrubou o resultado combinado das principais instituições financeiras. Desta vez, os números foram puxados para baixo pelas provisões para lidar com possíveis perdas com empréstimos causadas pela pandemia de coronavírus. Para 2021, a perspectiva dos analistas é de recuperação firme nos resultados, em função da base de comparação baixa e da retomada da economia, além da esperada alta da Selic." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (22/01/2021) - Comunicando. "O Bitcoin segue em um movimento de forte correção nesta quinta-feira (21) após a disparada do fim de 2020 e acumula queda de mais de 10% nos últimos dois dias, chegando a perder o patamar de US$ 32 mil, seu menor nível desde 11 de janeiro." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (22/01/2021) - Comunicando. "O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro avançou 1,1% em novembro ante outubro de 2020, segundo o Monitor do PIB, apurado pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV). Na comparação com novembro de 2019, a economia teve redução de 0,6% em novembro de 2020." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (22/01/2021) - Comunicando. "A inflação nos supermercados paulistas em 2020 foi de 15%, segundo análise da Apas, associação do setor, junto a Fipe (Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas). Foi o maior valor registrado na década, superando os 11,33% de 2015.

No último mês do ano, a aceleração do índice foi de 2,2%." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (21/01/2021) - Podemos entrar em uma nova crise política. "Movimentos de esquerda e de direita e representantes da sociedade civil convocaram para este fim de semana atos pró-impeachment do presidente Jair Bolsonaro em ao menos sete capitais e no Distrito Federal. Os protestos ganharam a adesão de organizações que estiveram em lados opostos durante o impeachment da presidente Dilma Rousseff. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (21/01/2021) - Verdade. "Com alta de juros e vacina, ‘dólar poderia ir para R$ 4,50’" (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (21/01/2021) - Comunicando. "Segundo informações do Estadão, a Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA), entidade mais representativa dos caminhoneiros, descartou na terça uma nova paralisação a partir do dia 1º de fevereiro. Para Marlos Maues, assessor executivo da CNTA, que reúne 7 federações e 140 sindicatos, algumas entidades que vêm defendendo a paralisação não são representativas e seus líderes saíram de outras entidades e fóruns de transporte por serem “polemizadores”. “Agora estão tendo como única forma de palanque a ameaça de uma greve, de uma paralisação”." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (21/01/2021) - Comunicando. "O Comitê de Política Monetária (Copom), em sua primeira reunião de 2021, decidiu nesta quarta-feira (20) manter a Selic em 2% ao ano." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (21/01/2021) - Comunicando. "Consumidores de 11 Estados poderão, em breve, pagar suas contas de luz usando o Pix, o sistema de pagamentos instantâneo criado pelo Banco Central. Hoje, já é possível quitar a fatura assim em cinco Estados, mas distribuidoras que atendem clientes de outros seis já estão com tudo encaminhado para oferecer a opção." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (21/01/2021) - Comunicando. "O Estado de São Paulo registra aumento de 37% no número de novos casos e de 34% de óbitos de covid-19 nos vinte dias iniciais de janeiro, em comparação ao mesmo período de dezembro. Durante todo o período da pandemia, já ocorreram 1.658.636 casos e 50.652 mortes em São Paulo, segundo informações da Secretaria Estadual de Saúde.

Desse total, somente em janeiro, foram confirmados 196.339 casos novos e 3.935 mortes. No mês passado, entre os dias 1º e 20, foram registrados 142.447 casos e 2.934 óbitos." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







OPINIÃO - (20/01/2021) - Comunicando. "O crescimento na faixa de 3,5% esperado para o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil este ano é bastante fraco e o viés nessa projeção é para cima, mas para que um cenário mais positivo e com retomada mais forte se concretize, “a melhor política econômica é a da vacina”. A avaliação é de Armando Castelar, coordenador de Economia Aplicada do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre/FGV), que foi o convidado de ontem da Live do Valor." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (20/01/2021) - Comunicando. "O diretor do Instituto do Butantan, Dimas Covas, vê a possibilidade de a pandemia ser pior em 2021 do que foi em 2020, caso não sejam empregadas medidas para reduzir os casos e aumente a compra de vacinas o quanto antes." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (20/01/2021) - Comunicando. "É quase um lugar comum dizer que os grandes bancos serão os maiores perdedores com a introdução do open banking. Embora isso não seja necessariamente verdade, fato é que eles terão de ajustar seus modelos de negócios e, se não o fizerem, poderão enfrentar uma perda de receitas estimada pela consultoria Roland Berger em até R$ 110 bilhões." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (20/01/2021) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, subiu 0,86% na segunda quadrissemana de janeiro, acelerando ante a alta de 0,79% da primeira quadrissemana do mês, segundo dados publicados nesta quarta-feira pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe)." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (19/01/2021) - A inflação está subindo de forma assustadora. Estamos virando a Argentina. "O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) registrou inflação de 2,37% na segunda prévia de janeiro, ante 1,18% no mesmo período do mês anterior, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV). Com esse resultado, a taxa acumulada em 12 meses passou de 23,41% para 25,46%." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (19/01/2021) - Comunicando. "O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) teve alta de 0,59% em novembro, na comparação dessazonalizada com outubro, conforme divulgado nesta segunda-feira pela autoridade monetária. Em outubro, o indicador subiu 0,75% (dado revisado de expansão de 0,86%)." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (19/01/2021) - Comunicando. "O faturamento real da indústria caiu 1,2% em novembro ante outubro, informou a Confederação Nacional da Indústria (CNI). O porcentual já leva em conta ajustes sazonais e desconta o efeito de preços. A queda interrompe uma sequência de seis meses de aumentos consecutivos. Apesar disso, a entidade argumenta que o resultado “não permite concluir que o ciclo de crescimento tenha se encerrado”.

No acumulado do ano ante igual período de 2019, o faturamento real caiu 0,4%, mas a CNI espera que o dado final de 2020 seja positivo, embora com crescimento próximo de zero.

Na comparação entre novembro de 2020 e igual mês de 2019, o faturamento real da indústria subiu 6,8%." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (19/01/2021) - Será que em 2022, se o Bolsonaro não ganhar as eleições, teremos uma ditadura? Será que é isso que ele quer dizer com mensagens constantes a respeito deste assunto? "... são as Forças Armadas quem decidem “se o povo vai viver na democracia ou na ditadura”. Bolsonaro, que sempre defendeu a ditadura militar (1964-1985), também afirmou que o Brasil “ainda” tem liberdade...Quem decide se o povo vai viver na democracia ou na ditadura são as suas Forças Armadas. Não tem ditadura onde as Forças Armadas não apoiam”, declarou. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (19/01/2021) - Comunicando. "A balança comercial registrou um déficit de US$ 2,634 bilhões na segunda semana de janeiro (11 a 17), de acordo com dados divulgados nesta segunda-feira, 18, pela Secretaria de Comércio Exterior do Ministério da Economia.No saldo de todo o mês, o déficit comercial é de US$ 1,567 bilhão." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FOCUS - (18/01/2021) - Comunicando. "A mediana das projeções dos economistas do mercado para a inflação oficial em 2021 subiu de 3,34% para 3,43%, segundo o Boletim Focus, do Banco Central (BC), divulgado nesta segunda-feira com estimativas coletadas até o fim da semana passada. Para 2022, o ponto-médio das expectativas para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) foi mantido em 3,50%.

Para a taxa básica de juros, a Selic, a mediana das estimativas permaneceu em 3,25% ao ano no fim de 2021 e 4,75% ao ano no fim de 2022.

A mediana das projeções do mercado para a economia brasileira em 2021 subiu de 3,41% para 3,45%. Para 2022, o ponto-médio das expectativas para o Produto Interno Bruto (PIB) foi mantido em 2,50%.

A mediana das estimativas para o dólar no fim de 2021 foi mantida em R$ 5,00. Entre os economistas que mais acertam as previsões, a mediana das estimativas também ficou estável, em R$ 5,05. Para 2022, mantiveram-se em R$ 4,90 entre os economistas em geral e subiram de R$ 4,93 para R$ 4,95 entre os campeões de acertos. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (18/01/2021) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S), da Fundação Getulio Vargas (FGV), mostrou alta de preços de 0,52% nos 30 dias até 15 de janeiro, ficando 0,27 ponto percentual (p.p) abaixo da taxa registrada na última divulgação. Com esse resultado, o indicador acumula alta de 5,10% nos últimos 12 meses." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (18/01/2021) - Comunicando. "O que se diz à boca miúda nos corredores da Anvisa é que o presidente da Agência, Antônio Barra Torres, sofreu pressões externas para negar o primeiro pedido de aprovação da CoronaVac feito pelo Instituto Butantã. Internamente, Torres fez circular a informação de que a Anvisa brecou a solicitação porque ainda não havia, àquela altura, testes suficientes sobre a eficácia da vacina e que o pedido se baseava apenas em apresentações de Power Point do Butantã. Dentro da Agência, a história não colou." (Fonte: Relatório Reservado)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (18/01/2021) - Comunicando. "Enquanto empresas de outros setores fecharam as portas em meio à crise gerada pela pandemia da Covid-19, ao menos 40 instituições financeiras iniciaram suas atividades em 2020, segundo dados do Banco Central. O distanciamento social criou um ambiente propício para que surgissem mais fintechs e bancos digitais, que são especializados em tecnologia e serviços por aplicativos." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (18/01/2021) - Comunicando. "A vacinação contra a covid-19 começa na próxima quarta-feira (20), às 10h, em todo o país, para os grupos prioritários. O anúncio foi feito neste domingo (17), pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, durante coletiva no Rio de Janeiro." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (18/01/2021) - Comunicando. "A liberação de depósitos compulsórios somou R$ 251,7 bilhões no ano passado, informou o Banco Central (BC) ao Valor. O montante corresponde a 96,5% do impacto potencial de R$ 260,8 bilhões da liberação total anunciada pela autoridade monetária em 2020." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (15/01/2021) - Comunicando. "O Índice Geral de Preços-10 (IGP-10) apresentou em janeiro alta de 1,33% contra avanço de 1,97% em dezembro, uma vez que o aumento dos preços tanto no atacado quanto no varejo perderam força, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta sexta-feira." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (14/01/2021) - Comunicando. "Depois de encerrar dezembro de 2020 com saídas líquidas de US$ 8,353 bilhões, o Brasil registrou fluxo cambial positivo de US$ 1,309 bilhão em janeiro de 2021 até o dia 8, informou nesta quarta-feira, 13, o Banco Central. O período corresponde à primeira semana útil do ano.

O canal financeiro apresentou entradas líquidas de US$ 1,256 bilhão no período. No comércio exterior, o saldo de janeiro até o dia 8 é positivo em US$ 53 milhões." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (14/01/2021) - Comunicando. "O índice de Preços ao Consumidor do Instituto de Pesquisas Econômicas (IPC-Fipe), que mede a inflação na cidade de São Paulo, apontou alta de 0,79% na primeira quadrissemana de janeiro. Na leitura imediatamente anterior, referente à quarta quadrissemana de dezembro, o indicador também registrou 0,79%. Há um ano, a variação do índice fora de 0,78%. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (14/01/2021) - Comunicando. "O mundo registrou na terça-feira um novo recorde de mortes por covid-19. Segundo levantamento da Universidade Johns Hopkins, a doença fez 17.186 vítimas ontem em todo o planeta, superando a marca de 15 mil óbitos registrada no dia 30 de dezembro.

Os EUA lideram a estatística de mortes causadas pela doença, com 380,8 mil. O Brasil ocupa a segunda posição, com 204,6 mil, de acordo com dados da Johns Hopkins.

Índia (151,5 mil), México (135,6 mil) e Reino Unido (83,3 mil) completam a lista dos cinco países com mais vítimas da covid-19 em todo o mundo." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (14/01/2021) - Comunicando. "Os pedidos de falência em 2020 saltaram 12,7% e as falências decretadas cresceram 1,9%, na comparação com 2019, segundo dados nacionais da Boa Vista. No mesmo período, também houve aumento dos pedidos de recuperação judicial e das recuperações judiciais deferidas em 13,4% e 11,1%, respectivamente.

Apenas em dezembro, segundo a pesquisa, os pedidos de falência registraram alta de 38,31% e as falências decretadas aumentaram 30,4% na comparação anual. Por outro lado, os pedidos de recuperação judicial e as recuperações judiciais deferidas contraíram 37,9% e 34,6%, respectivamente. O último mês de 2020 também registrou o terceiro avanço mensal consecutivo, com forte aumento na comparação anual." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (14/01/2021) - Comunicando. "Os atrasos contínuos do Brasil na distribuição de uma vacina contra o coronavírus irão aumentar os riscos para a recuperação econômica projetada para este ano, afirmou nesta quarta-feira a principal analista para o Brasil da agência de classificação de risco Moody’s." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (13/01/2021) - Comunicando. "A demanda interna por produtos industriais avançou 2,3% em novembro na comparação com outubro, informou nesta terça-feira o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). O Indicador Ipea Mensal de Consumo Aparente de Bens Industriais observa a parcela da produção industrial doméstica destinada ao mercado interno, acrescida das importações.

No ano, o indicador ainda acumula queda de 7,1% e, em 12 meses, recuo de 6,9%. Ambos os indicadores negativos acumulados têm sido menores a cada mês. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (13/01/2021) - Comunicando. "Se fosse preciso resumir o que foi 2020 para o bitcoin em uma só palavra, a melhor escolha seria: “institucionais”. Sim, a valorização de 321%, que levou o preço de US$ 7 mil para US$ 30 mil (recorde já batido em 2021), foi marcante. E o caminho até aqui, emocionante. Em março, no pico da queda causada pela pandemia, a cotação despencou a US$ 5 mil e alarmou entusiastas, antes de voltar a subir." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (12/01/2021) - Será que aumento de impostos sempre incrementa a arrecadação? Será que empresas não fecham para abrir em outro estado ou mesmo país e assim, maiores alíquotas na realidade reduzem a arrecadação e deixam o povo mais pobre e sem emprego? "Aumento de tributo não significa, necessariamente, maior arrecadação. O Rio de Janeiro, por exemplo, é o único entre os Estados do Sudeste que saiu da alíquota padrão de 4% do ITCMD, o imposto sobre doações e heranças, para uma cobrança progressiva, que varia conforme o valor do bem e pode chegar a 8% - o teto nacional. Nos últimos anos, no entanto, teve queda de receita. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (12/01/2021) - Comunicando. "O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) subiu 1,89% na primeira prévia de janeiro, após ter aumentado 1,28% na primeira medição de dezembro. A informação foi divulgada nesta terça-feira, 12, pela Fundação Getulio Vargas (FGV). Com o resultado, o índice acumulou elevação de 1,89% no ano e aumento de 24,87% em 12 meses." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (12/01/2021) - Comunicando. "A Confederação Nacional da Indústria (CNI) disse por meio de nota que a decisão da Ford de encerrar sua operação no Brasil demonstra a necessidade de se aprovar urgentemente medidas para redução do custo Brasil. “Entre elas, a reforma tributária se apresenta como a prioritária para a redução do principal entrave à competitividade do setor industrial brasileiro”, diz a entidade." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (12/01/2021) - Comunicando. "Quatro bancos já fizeram adesão ao Gov.br, plataforma do governo federal que reúne serviços públicos: Banco do Brasil (BB), Banco do Estado do Rio Grande do Sul (Banrisul), Bradesco e, mais recentemente, Banco de Brasília (BRB), informou nesta segunda-feira (11) o Ministério da Economia.

Com a integração, os clientes passam a acessar serviços públicos federais, além dos estaduais e municipais já integrados à plataforma, usando seus dados de correntista, explicou o secretário de Governo Digital do Ministério da Economia, Luis Felipe Monteiro, em nota." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (12/01/2021) - Comunicando. "A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 1,110 bilhão na primeira semana de 2021, informou nesta segunda-feira (11) o Ministério da Economia.

E m 2020, a balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 50,995 bilhões." (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (12/01/2021) - Comunicando. "Depois de quebrar diversas máximas históricas sucessivas nas últimas semanas, o Bitcoin entrou em um movimento de forte correção no último fim de semana, perdendo quase US$ 10 mil de valor em apenas um dia." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FOCUS - (12/01/2021) - Comunicando. "O levantamento semanal mostrou que a Selic passou a ser estimada agora em 3,25% em 2021 e em 4,75% em 2022, respectivamente de 3% e 4,50% na semana anterior.

Para a inflação, as contas dos especialistas consultados mostram alta do IPCA de 4,37% em 2020, indo a 3,34% neste ano e a 3,50% em 2022. As projeções anteriores eram de 4,38%, 3,32% e 3,50% respectivamente.

Para o Produto Interno Bruto (PIB), a estimativa de crescimento em 2021 é de 3,41%, 0,01 ponto percentual a mais do que na pesquisa anterior, caindo 2,50% em 2022." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (11/01/2021) - Comunicando. "O IPC-S Capitais subiu 0,79% na primeira quadrissemana de janeiro, ficando 0,28 ponto percentual (p.p.) abaixo da taxa divulgada na última apuração. Todas as sete capitais pesquisadas registraram decréscimo em suas taxas de variação." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (11/01/2021) - Comunicando. "O governo do Japão anunciou neste domingo (10) que uma nova variante do coronavírus foi encontrada em quatro viajantes que chegaram do Brasil em 2 de janeiro.

Segundo o Ministério da Saúde japonês, os quatro infectados estiveram no Amazonas — não há detalhes sobre as cidades por onde eles passaram." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







OPINIÃO - (11/01/2021) - Comunicando. "A epidemia de covid-19 está se acelerando na Europa, com 20.000 mortes registradas neste domingo (10) na Bélgica e 40.000 na Alemanha, onde a chanceler Angela Merkel alertou que o pior ainda está por vir." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (11/01/2021) - Comunicando. "O Brasil registrou 483 mortes pela covid-19 nas últimas 24 horas, chegando ao total de 203.140 óbitos desde o começo da pandemia, segundo o consórcio de veículos de imprensa a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde, consolidados às 20h deste domingo.

Com isso, a média móvel de mortes no Brasil nos últimos 7 dias foi de 1.016, a maior nos últimos cinco meses - desde 11 de agosto. A variação foi de +65% em comparação à média de 14 dias atrás, indicando tendência de crescimento nos óbitos pela doença." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (11/01/2021) - Concorrência grande o que deve reduzir a rentabilidade principalmente dos grandes bancos. "O volume de transações pelo sistema de pagamentos Pix pode chegar a cerca de 36% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro em 2024. Os dados são uma projeção da consultoria EY, divulgada pela coluna Painel S.A., do jornal Folha de S. Paulo.

A análise é baseada no que ocorreu na Suécia, Austrália, Reino Unido e Índia, que já aderiram à modalidade. A projeção considerou cenários conservador, moderado e agressivo para a adesão do sistema no Brasil." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (11/01/2021) - Comunicando. "O Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) aumentou 0,76% em dezembro de 2020, depois de avançar 2,64% um mês antes, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta sexta-feira (8).

Em 2020, o índice acumulou alta de 23,08%. Em dezembro de 2019, o índice variou 1,74% e acumulou elevação de 7,70% em 12 meses." (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (11/01/2021) - Comunicando. "A alta de 1,2% na produção industrial em novembro ante outubro fez o setor acumular 40,7% de crescimento em sete meses, resultado mais do que suficiente para recuperar a perda de 27,1% registrada em março e abril, segundo os dados da Pesquisa Industrial Mensal divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A indústria opera 2,6% acima do nível de fevereiro, pré-pandemia. A produção está no nível mais elevado desde dezembro de 2017.

Os sete meses seguidos de crescimentos consecutivos formam a maior sequência de resultados positivos desde o período que se estendeu de janeiro de 2009 a janeiro de 2010, quando a indústria acumulou 13 meses de taxas positivas, passado o pior momento do impacto da crise financeira internacional.

“A diferença em 2020 é que tem um ganho acumulado muito maior do que naqueles 13 meses de resultados positivos”, lembrou André Macedo, gerente da Pesquisa Industrial Mensal do IBGE. Apesar da melhora, a indústria ainda está 13,9% abaixo do patamar recorde alcançado em maio de 2011." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (11/01/2021) - Comunicando. "O dólar encerrou o período em forte alta acumulada de 4,37%, cotado a R$ 5,4160. Foi a maior valorização semanal da moeda americana desde 15 de junho. Nesta sexta (8), subiu 0,31%." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (11/01/2021) - Comunicando. "O agravamento da pandemia pode alterar o cenário de recuperação em alguns indicadores de atividade econômica do Brasil e as projeções vão depender da evolução da doença e do processo de vacinação, disse o Bradesco em nota com data desta sexta-feira (8)." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (08/01/2021) - Comunicando. "A criptomoneda bitcoin superou nesta quinta-feira (7) a barreira dos US$ 40 mil dólares, um recorde histórico, após registrar alta de US$ 10 mil em apenas cinco dias.

Às 15h20 de Brasília, a cotação da moeda virtual era de US$ 40.380 no mercado de divisas, após um lucro meteórico de 10,4% durante o dia." (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (08/01/2021) - Comunicando. "O IAEmp, que antecipa os rumos do mercado de trabalho no Brasil, subiu 1,2 ponto em dezembro, a 85,7 pontos, seu maior nível desde fevereiro de 2020, momento em que a pandemia de Covid-19 ainda não havia abalado a economia doméstica.

“O resultado de dezembro mostra que ainda está em curso o processo de recuperação das perdas sofridas na população ocupada no início da pandemia”, explicou em nota Rodolpho Tobler, economista da FGV Ibre." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (08/01/2021) - Comunicando. "A cidade de São Paulo registrou inflação de 0,79% no encerramento de dezembro, conforme o Índice de Preços ao Consumidor da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (IPC-Fipe). Na terceira quadrissemana daquele mês, o IPC-Fipe tinha subido 0,83%. No fim de novembro, o índice avançou 1,03%. Em 2020 como um todo, o índice de preços aumentou 5,62%, após elevação de 4,40% um ano antes. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (07/01/2021) - Comunicando. "A cidade de Belo Horizonte entrará em regime de lockdown (bloqueio total) a partir de segunda-feira, 11. O anúncio foi feito pelo prefeito Alexandre Kalil em redes sociais." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (07/01/2021) - Comunicando. "A nova variante do coronavírus identificada na África do Sul e que estaria ligada à nova escalada de casos no país, não apenas é mais infecciosa do que as outras formas do vírus, como também pode tornar algumas vacinas contra a covid-19 menos eficazes, segundo aponta um estudo da universidade sul-africana de KwaZulu-Natal." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (07/01/2021) - Nesse artigo ficamos sabendo que o governo está tendo dificuldades de rolar a sua dívida e que o BACEN está perdendo uma ENORME quantidade de dinheiro tentando controlar o câmbio. "O Banco Central encerrou o segundo semestre de 2020 com prejuízo de R$ 70,826 bilhões em suas operações cambiais. Este valor será coberto pela chamada “reserva de resultado cambial”, criada em 2019.

O segundo semestre de 2020, no entanto, foi marcado pela pandemia do novo coronavírus e pelas dificuldades do Tesouro em administrar a rolagem da dívida pública." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (07/01/2021) - Comunicando. "O fluxo cambial ficou negativo em US$ 27,923 bilhões, após rombo de US$ 44,768 bilhões em 2019, ano de maior debandada de recursos por esse canal.

Ou seja, em apenas dois anos, o país viu saída líquida de US$ 72,691 bilhões. Em 2018, o fluxo cambial ficou deficitário em US$ 995 milhões." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (07/01/2021) - Comunicando. "O Índice de Gerente de Compras (PMI, na sigla em inglês) Composto do Brasil desacelerou marginalmente em dezembro ante novembro, de 53,8 para 53,5, mantendo-se acima da marca de 50, que aponta expansão da atividade, informou a IHS Markit nesta quarta-feira, 6. O resultado foi obtido com o avanço do PMI de serviços, de 50,9 para 51,1, enquanto o industrial, divulgado no dia 1º, recuou de 64,0 para 61,5 entre os dois meses." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (07/01/2021) - Comunicando. "O endividamento das famílias brasileiras aumentou em dezembro, interrompendo uma sequência de 3 quedas seguidas, mas a inadimplência encerrou o ano em queda, segundo dados divulgados nesta terça-feira (1) pela Confederação Nacional do Comércio (CNC).

O percentual de famílias que relataram ter dívidas alcançou 66,3% em dezembro, contra 66% em novembro. No comparativo anual, o indicador registrou aumento de 0,7 ponto percentual.

Apesar da alta do endividamento, a CNC destacou que o percentual ficou "abaixo da média do endividamento em 2020 (66,5% do total de famílias)"." (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







CUIDADO - (06/01/2021) - Comunicando. "Justamente quando as vacinas trouxeram a esperança de um relaxamento gradual das restrições e do retorno a algum tipo de normalidade em alguns meses, o surgimento de ao menos duas novas mutações contagiosas do coronavírus significa que, pelo contrário, muitas populações estão diante de quarentenas mais rígidas - com todos os prejuízos humanos e econômicos decorrentes. A pressão sobre os sistemas de saúde e o número de mortes podem superar os dias mais sombrios da primeira onda da pandemia, nove meses atrás. A primeira parte deste ano deve ser muito diferente do que se esperava há até poucas semanas." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (06/01/2021) - Comunicando. "Sob efeito da pandemia, o Brasil deve registrar queda de 4,5% no Produto Interno Bruto (PIB) de 2020, segundo as projeções do Banco Mundial – número bem distante do recuo de 8% previsto em junho. Para este ano, a estimativa da instituição multilateral é de crescimento de 3% na atividade econômica do País e de 2,5% em 2022." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (05/01/2021) - Comunicando. "O que faz o bitcoin tão volátil é a busca por seu valor justo no mercado, já que não há lastro nem regulamentação por parte de bancos centrais. As operações são registradas por meio da tecnologia blockchain, que registra todas as quantias transferidas, quem transferiu para quem e qual o valor.

Se, por um lado, não há uma autoridade que dite regras ao mercado nem outra moeda que referencie seu preço, também não há uma proteção ao patrimônio. A segurança é calcada na tecnologia e na aceitação no mercado. Entra, portanto, na categoria de investimento de alto risco." (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (05/01/2021) - Comunicando. "As comissões dos bancos de investimento no Brasil tiveram queda de 10% no ano passado, em dólares, totalizando US$ 945 milhões, conforme levantamento da consultoria americana Dealogic. Apesar de um ano de atividade intensa na área de renda variável, a queda se deu em razão da retração das demais atividades - emissões de renda fixa, fusões e aquisições, que costumam render as maiores remunerações." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (05/01/2021) - Comunicando. "Após atingir a marca histórica de US$ 33.670, o bitcoin opera em forte queda nesta segunda-feira (4). A criptomoeda chegou a recuar 16% na manhã desta segunda.

Por volta das 15h55, a desvalorização diminuiu e a moeda estava cotada US$ 31.205, com queda de 4,92%. A redução desta segunda-feira interrompe um rali de alta, que começou em 2020 e levou o bitcoin a superar as marcas históricas de 2017, ano em que chegou a encostar nos US$ 20 mil." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FOCUS - (05/01/2021) - Comunicando. "A mediana das projeções do mercado para o desempenho da economia brasileira em 2020 saiu de recuo de 4,40% para baixa de 4,36%, conforme o Relatório Focus, do Banco Central (BC). Para 2021, o ponto-médio das expectativas para a variação do Produto Interno Bruto (PIB) foi reduzido de 3,49% para 3,40% de crescimento.

A mediana das projeções dos economistas do mercado para a inflação oficial em 2020 caiu ligeiramente, de 4,39% para 4,38%. Para 2021, o ponto-médio das expectativas para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) também foi revisada para baixo, de 3,34% para 3,32% de aumento.

A mediana das estimativas para a taxa básica de juros no fim de 2021 saiu de 3,13% para 3% entre os economistas em geral e manteve-se em 3% entre os campeões de acertos.

A mediana das estimativas para o dólar no fim de 2021 foi mantida em R$ 5, segundo o Relatório Focus. Entre os economistas Top 5, de médio prazo, a mediana das apostas ficou estável em R$ 5,05. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (05/01/2021) - Comunicando. "Em dezembro, a balança brasileira registrou déficit de US$ 42 milhões, o que influenciou negativamente no resultado do ano.

A balança comercial brasileira registrou superávit de U$ 50,995 bilhões em 2020, informou o Ministério da Economia nesta segunda-feira (4). O valor é superior ao saldo de 2019, quando a balança teve superávit de US$ 48,036 bilhões.

O valor é o terceiro maior saldo desde o início da série histórica, iniciada em 1989. O maior saldo da série histórica foi o registrado em 2017 – US$ 66,989 bilhões –, seguido pelos US$ 58,033 bilhões registrados em 2018." (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (05/01/2021) - Concorrência aumentando e isso pode reduzir a lucratividade dos grandes bancos no longo prazo. "A partir de hoje (4), as corretoras e as distribuidoras de títulos e valores mobiliários poderão prestar serviço de pagamentos aos clientes. A medida foi aprovada no fim de novembro pelo Conselho Monetário Nacional (CMN).

Até agora, as contas de registros mantidas por clientes nas corretoras e distribuidoras serviam apenas para fazer aplicações em títulos públicos federais, em instrumentos privados de renda fixa e na bolsa de valores. A partir desta segunda, essas instituições poderão optar por manter as contas de registro ou migrar para o modelo de contas de pagamento, que permitem, por exemplo, a quitação de boletos.

Segundo o Banco Central (BC), a ampliação do escopo de atuação das corretoras e das distribuidoras deve incentivar a concorrência entre prestadores de serviços de pagamento." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (04/01/2021) - Bolsonaro = Maduro

Bolsonaro finalmente está transformando o Brasil em uma Venezuela.

Ao invés de comprar as seringas e agulhas de forma antecipada ao preço do mercado da época, ou seja barata, ele deixou para tentar inquiri-las em um momento a onde o mundo inteiro está comprando a um preço abaixo do mercado.

Como não está conseguindo, está proibindo que a indústria venda no exterior e assim ele pode roubar parte d lucro delas. Isso é uma medida típica da ditadura Venezuelana. "A Secretaria de Comércio Exterior do Ministério da Economia restringiu a exportação de seringas e agulhas ao incluir os produtos entre os que precisam de licença especial para serem exportados. Segundo a portaria editada pela secretaria, a restrição começou a valer no dia 1º de janeiro. " (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (04/01/2021) - Comunicando. "O Governo de São Paulo prorrogou a quarentena em todo o Estado até 7 de fevereiro de 2021. O decreto foi publicado na edição desta quinta-feira (31) do “Diário Oficial do Estado”. A medida é parte das ações para conter a disseminação do novo coronavírus." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







OPINIÃO - (04/01/2021) - Sobre tomar ou não as vacinas:

Dados Rio de Janeiro:
Casos: 421.674
Mortos: 24.942
Taxa mortalidade: 5,91% (24.942/421.674)

Ou seja, para cada 100 pessoas que contraem covid no Rio de Janeiro, 6 morrem. Arredondando, 6%.

Digamos que você tome uma vacina MMMUUIIITTTOOO ruim, que tenha uma eficácia de 50%. Ao invés de você ter uma chance de 6% de morrer, as chances passam a ser de 3% (50% X 6%), ou seja REDUZ para a METADE.

Se a vacina tem uma eficácia de 70% suas chances de morrer se reduzem de 6% para 1,8% (0,06 * 0,3) e se a eficácia é de 90%, as chances de morrer se reduzem para 0,6% (6% * 10%).

Quanto a efeitos colaterais da vacina, desculpa, a probabilidade está TÃO BAIXA, TÃO BAIXA,, que nem vale a pena discutir isso aqui. É provável que os efeitos nocivos da Covid em alguns sobreviventes sejam mais prováveis e ainda mais nocivos do que o da vacina.

Essa é a realidade, você vai se salvar, salvar os seus filhos, cônjuges e pais, ou vai deixa-los morrer por argumentos POLÍTICOS, porque você gosta do Bolsonaro?




Fonte: google.com.br "Taxa mortalidade dá o número de mortos a cada 100 pessoas que contraem a doença. "Na prática, se uma vacina tem 90% de eficácia, isso significa dizer que 90% das pessoas que tomam a vacina ficam protegidas contra aquela doença."" (Fonte: ricardoborges.com)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (04/01/2021) - Comunicando. "O fluxo cambial do ano até 24 de dezembro ficou negativo em US$ 24,524 bilhões, informou o Banco Central. Em igual período do ano passado, o resultado era negativo em US$ 42,459 bilhões.

A saída pelo canal financeiro neste ano até 24 de dezembro foi de US$ 48,045 bilhões.No comércio exterior, o saldo anual acumulado até 24 de dezembro ficou positivo em US$ 23,521 bilhões.

Depois de encerrar novembro com entradas líquidas de US$ 438 milhões, o País registrou fluxo cambial negativo de US$ 4,955 bilhões em dezembro até o dia 24, informou o BC. O canal financeiro apresentou saídas líquidas de US$ 1,294 bilhão em dezembro até o dia 24. No comércio exterior, o saldo de dezembro até o dia 24 é negativo em US$ 3,661 bilhões." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (04/01/2021) - Comunicando. "O bitcoin saltou nesta quarta-feira para um recorde de 28.599,99 dólares, depois que a moeda digital quase quadruplicou de valor este ano em meio ao aumento do interesse de investidores maiores." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







OPINIÃO - (30/12/2020) - Pergunta da enquete. Quem é mais inteligente, quem decide tomar a vacina contra a Covid ou quem decide que NÃO vai tomar a vacina?

Números estatísticos:
Taxa de mortalidade:
Contraiu a Covid: 2,5% (mortos/doentes)
Devido a ter tomado a vacina: 0,00001% (mortos/vacinados)

Taxa de sequelas:
Contraiu a Covid: 0,5% (sequelas/doentes)
Devido a ter tomado a vacina: 0,00001% (sequelas/vacinados)

Probabilidade de contrair a Covid:
Ainda não pegou Covid e não se vacinou: 100%
Vacinados 10%

Probabilidades de quem tomou a vacina são chutadas, ou seja, não tenho esses dados estatísticos, mas acredito estarem perto da verdade..)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (30/12/2020) - Comunicando. "A experiência do Banco Central (BC) em fornecer liquidez ao sistema financeiro tomando como garantia títulos privados chega ao fim nesta quinta, último dia do ano, quando expira a autorização legal para realizar essas operações com lastro em Letras Financeiras Garantidas (LFG). Em janeiro, o sistema será interrompido, até que entre em vigor as duas novas linhas de assistência a bancos que estão sendo desenvolvidas, previstas para ficar prontas mais para o fim do ano." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (30/12/2020) - Comunicando. "Posições futuras não comerciais líquidas que apostam na queda da moeda americana atreladas ao índice ICE U.S. Dollar aumentaram para o maior nível desde março de 2011, segundo os dados mais recentes da Comissão de Negociação de Futuros de Commodities. O indicador da moeda americana acumula queda superior a 6% neste ano, como reflexo do afrouxamento monetário sem precedentes do Federal Reserve e menor demanda por ativos vistos como seguros." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (30/12/2020) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor – Mercado (IPC-M) acelerou de 0,72% em novembro para 1,21% em dezembro, informou nesta terça-feira, 29, a Fundação Getulio Vargas (FGV). Com o resultado, o índice teve alta de 4,81% em 2020, a mais intensa desde os 6,25% de 2016." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (29/12/2020) - Comunicando. "O Banco Central irá leiloar até 16 mil contratos de swap cambial. Os novos papéis serão ofertados para os vencimentos de maio e setembro. A autoridade monetária colhe ofertas entre 11h30 e 11h40 e anuncia o resultado a partir das 11h50. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (29/12/2020) - Comunicando. "O estoque de crédito no cheque especial contratado pelo conjunto de instituições financeiras encolheu em 24,2% no último ano, mostram estatísticas do Banco Central. A redução ocorreu depois que o governo fixou um teto para os juros dessa modalidade de crédito e após a pandemia atingir a economia." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (29/12/2020) - Comunicando. "A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 1,85 bilhão na quarta semana de dezembro, informou a Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério da Economia.No mês, o saldo das transações comerciais é negativo em US$ 800 milhões e, no ano, é positivo em US$ 50,23 bilhões." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (28/12/2020) - Comunicando. "Diante da firme queda do dólar desde novembro, empresas mais ligadas ao comércio exterior têm calibrado suas operações de proteção no mercado de câmbio. De acordo com dados recentes da B3, os importadores reforçaram as compras de dólares ao longo do mês passado, enquanto os exportadores reduziram as vendas da moeda a instituições financeiras." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FOCUS - (28/12/2020) - Comunicando. "A mediana das projeções do mercado para o crescimento da economia brasileira em 2021 voltou a subir, de 3,46% para 3,49%, no Boletim Focus, do Banco Central (BC), divulgado nesta segunda-feira com estimativas coletadas até a última sexta-feira. Para 2020, o ponto-médio das estimativas para a variação do Produto Interno Bruto (PIB) do país permaneceu em -4,40%, vindo de um piso de -6,54% atingido no fim de junho.

A mediana das expectativas dos economistas do mercado para a inflação oficial em 2021 caiu, de 3,37% para 3,34%. Para 2020, o ponto-médio das expectativas para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) permaneceu em 4,39%.

A mediana das estimativas para a taxa básica de juros no fim de 2021 subiu de 3,00% ao ano para 3,13% ao ano entre os economistas do mercado.

A mediana das estimativas para o dólar no fim deste ano foi ajustada para R$ 5,14, de R$ 5,15 na sondagem anterior. Para 2021, o ponto-médio das projeções permaneceu em R$ 5,00 entre uma semana e outra." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (28/12/2020) - Comunicando. "Na sexta queda mensal seguida, a taxa de inadimplência no sistema financeiro chegou a 3% em novembro, o menor índice da série histórica iniciada em março de 2011. O número foi divulgado pelo Banco Central (BC) nesta quarta-feira.

A trajetória de queda é a mesma para empresas e pessoas físicas, apesar dos patamares diferentes. Em abril, a taxa estava em 5,5% para pessoas físicas e 2,4% para jurídicas. Em novembro, esses índices caíram para 4,3% e 1,5%, respectivamente.

Outro fator foram as renegociações dos contratos de empréstimos. Prevendo o choque da crise nas empresas e nas famílias, algumas instituições financeiras estimularam a renegociação para evitar a inadimplência, concedendo períodos de carência ou prazos maiores de pagamento." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (28/12/2020) - Comunicando. "Bancos brasileiros com investimentos fora do país vivem uma corrida por dólar neste fim de ano. As instituições com filiais no exterior gastarão cerca de US$ 30 bilhões para quitar contratos de proteção cambial até 2022.

Essa movimentação deve impactar a cotação do dólar. Com o real já desvalorizado, o Banco Central preparou ações para reduzir os efeitos do aumento pela procura da moeda estrangeira." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (28/12/2020) - Comunicando. "O presidente Jair Bolsonaro sancionou nesta quinta-feira (24) uma lei que altera regras para a recuperação judicial e a falências de empresas.

DBolsonaro vetou o trecho da lei que permitiria a suspensão da execução trabalhista. Segundo a Secretaria-Geral, o governo entende que essa mudança “poderia prejudicar o interesse dos trabalhadores e gerar problemas no âmbito da Justiça do Trabalho, além de gerar insegurança jurídica para os credores”.

O presidente também vetou trechos relativos à parte tributária e de cobrança do texto. O governo argumenta que “embora meritórios”, os dispositivos “deixaram de observar as regras orçamentárias ou previsões específicas do Código Tributário Nacional”." (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (28/12/2020) - Comunicando. "Instituições financeiras de todas as regiões têm concedido períodos de carência para o repagamento de créditos existentes, e muitas têm recontratado financiamentos para obter taxas de juros menores e termos em geral melhores. A lógica compreensível é a de que, como a crise de saúde é temporária, o desconforto financeiro das empresas e lares também é. Mas à medida que a pandemia vem persistindo, muitos países entenderam ser necessário ampliar essas medidas até 2021.

Além da moratória temporária, muitos países vêm relaxando suas regras bancárias relativas à provisão de créditos ruins e à classificação de empréstimos como inadimplentes. O resultado dessas mudanças é que a extensão dos empréstimos inadimplentes pode estar subestimada atualmente, e para muitos países de modo notável. Em muitos casos, instituições financeiras podem estar insuficientemente preparadas para lidar com o baque em seu balanço patrimonial. O setor financeiro não bancário menos regulado, enquanto isso, tem uma exposição ao risco ainda maior (combinada à menor transparência)." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (28/12/2020) - Comunicando. "A dívida pública federal cresceu 3,22% na passagem de outubro para novembro, alcançando R$ 4,78 trilhões. Apesar da elevação, o Tesouro Nacional teve um custo médio menor e atribui o movimento à maior disposição de investidores em meio às notícias sobre as vacinas contra a Covid-19, o resultado das eleições americanas e o fim do auxílio emergencial.

Com isso, o custo médio nos últimos 12 meses caiu de 9,04% ao ano em outubro para 8,4% em novembro. Também contribuiu para o movimento a apreciação recente do Real, que diminui ao custo da dívida externa." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (28/12/2020) - Comunicando. "Depois de muito impasse e adiamentos na divulgação de seus votos, o Conselho Monetário Nacional (CMN) decidiu hoje flexibilizar parcialmente a restrição de distribuição dos resultados das instituições financeiras em 2020 realizados na forma de dividendos ou de remuneração do capital próprio. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (28/12/2020) - Comunicando. "A taxa de desemprego aumentou de 14,1% em outubro para 14,2% em novembro, maior resultado da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Covid (Pnad Covid-19) mensal, iniciada em maio pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (23/12/2020) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) voltou a desacelerar, para 1,21%, na terceira leitura de dezembro, vindo de 1,41% na medição imediatamente anterior, a segunda do mês, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) em relatório. Com esse resultado, o indicador acumula alta de 5,32% no ano e nos últimos 12 meses." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (23/12/2020) - Comunicando. "A Câmara dos Deputados aprovou o texto-base do projeto de lei que institui novas regras para o mercado de câmbio no Brasil. Encaminhado pelo Executivo em 2019, estabelece bases para que remessas de dólares entre Brasil e outros países sejam facilitadas. O texto abre caminho para pessoas físicas terem contas em moeda estrangeira no Brasil." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (23/12/2020) - Concorrência. "O Banco Central (BC) concedeu autorização de funcionamento para a J17 Sociedade de Crédito Direto (SCD). A companhia terá sede em Londrina (PR) e o capital inicial é de R$ 1,5 milhão. O controlador é João Vicente Nicastro Anselmo.

A SCDs foram criadas pelo BC em 2018 e só podem realizar empréstimos com capital próprio. Com essa nova autorização, atualmente existem 40 SCDs. Na mesma ocasião também foram criadas as Sociedades de Empréstimos entre Pessoas (SEPs), que como o nome sugere é uma plataforma que permite empréstimos entre um credor e um devedor. Atualmente existem oito SEPs.

O BC também autorizou um aumento no capital social da ACCrédito de R$ 50 milhões para R$ 75 milhões. A fintech foi criada pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP) em julho. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (22/12/2020) - Comunicando. "Nas últimas quatro semanas, o Estado de São Paulo registrou aumento de 54% no número de casos positivos de covid-19. O número de óbitos pela doença aumentou 34%.

Com isso, o governador João Doria (PSDB) afirmou que o Centro de Contingência, que se reúne nesta terça (22), poderá definir novas ações de contenção da doença, enrijecendo ainda mais as medidas restritivas de funcionamento de estabelecimentos comercias." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (22/12/2020) - Comunicando. "A balança comercial brasileira registrou déficit de US$ 1,447 bilhão na terceira semana de dezembro. No mês... saldo negativo de US$ 2,612 bilhões.No ano... saldo positivo de US$ 48,425 bilhões." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (22/12/2020) - "...propaganda enganosa..."Está ficando difícil para bancos e para o varejo, pelo visto a propaganda enganosa irá ser proibida enfim... "Fazer uma compra parcelada sem juros ou com a chamada taxa zero se tornou uma prática comum no comércio brasileiro, principalmente para os consumidores que fazem o pagamento em cartão de crédito.

Em um primeiro momento, os parcelamentos em cartões de crédito ficariam de fora da mudança. No entanto, o governo pretende incluir também este meio de pagamento na lei, que proíbe o anúncio do parcelamento dos juros e que passaria a ser considerado propaganda enganosa." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FOCUS - (21/12/2020) - Comunicando. "Os analistas do mercado financeiro elevaram a estimativa de inflação para 2020 pela décima nona semana seguida. A previsão passou de 4,35% para 4,39%. Para 2021, o mercado financeiro subiu de 3,34% para 3,37% a previsão de inflação.

Sobre o comportamento da economia brasileira em 2020, os economistas do mercado financeiro reduziram a estimativa de tombo do Produto Interno Bruto (PIB) de 4,41% para 4,40%. Na última semana, o mercado baixou de 3,50% para 3,46% a estimativa média de expansão do PIB para 2021.

A expectativa dos economistas é de que a taxa suba para 3% ao ano até o fim de 2021.

Dólar: a projeção para a taxa de câmbio no fim de 2020 recuou de R$ 5,20 para R$ 5,15. Para o fechamento de 2021, a estimativa caiu de R$ 5,03 para R$ 5 por dólar." (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (21/12/2020) - Comunicando. "A Andrade Gutierrez tenta garantir até terça (22) a adesão de investidores à proposta de adiar por entre quatro e seis meses o pagamento de juros, em meio à perda de receitas. A empresa previa faturar R$ 5,2 bilhões em 2020, mas o valor deve ser de R$ 3,2 bilhões, devido à pandemia, que impactou obras no Brasil e no exterior." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (21/12/2020) - Concorrência. "A companhia aérea Azul anunciou, nesta sexta-feira, 18, a possibilidade de seus clientes comprarem passagens aéreas no site da empresa por meio do PIX, método de pagamento instantâneo criado pelo Banco Central.

Segundo a empresa, em nota, o PIX permite a compra de passagens online sem a necessidade de cartão de crédito, dando acesso a um novo segmento de clientes. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (21/12/2020) - Comunicando. "O fluxo cambial está negativo em US$ 1,649 bilhão em dezembro, nos dados parciais até o dia 15, de acordo com o Banco Central (BC). Já o fluxo comercial ficou negativo em US$ 2,508 bilhões no saldo parcial deste mês. Por fim, o fluxo financeiro ficou positivo em US$ 860 milhões." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (18/12/2020) - Comunicando. "O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) desacelerou a alta a 1,18% na segunda prévia de dezembro, depois de subir 3,05% no mesmo período do mês anterior, refletindo o arrefecimento da inflação ao produtor, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta quinta-feira." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (17/12/2020) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, avançou 0,88% na segunda quadrissemana de dezembro, segundo dados publicados nesta quinta-feira (17) pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). Na primeira quadrissemana do mês, a alta havia sido de 0,97%." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (17/12/2020) - Mais impressões de moeda. Não para nunca... "Fed aumentará compras de ativos em pelo menos US$ 120 bi por mês." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (17/12/2020) - Comunicando. "O fluxo cambial do ano até 11 de dezembro ficou negativo em US$ 19,441 bilhões, informou nesta quarta-feira, 16, o Banco Central. Em igual período do ano passado, o resultado era negativo em US$ 34,732 bilhões. Os dados anuais refletem, em grande parte, os efeitos da pandemia do novo coronavírus sobre o fluxo de moeda estrangeira, em especial no mês de março.

A saída pelo canal financeiro neste ano até 11 de dezembro foi de US$ 44,149 bilhões.No comércio exterior, o saldo anual acumulado até 11 de dezembro ficou positivo em US$ 24,708 bilhões." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (17/12/2020) - Comunicando. "A Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) projeta uma queda de 5% para o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro neste ano. O dado consta do relatório sobre o Brasil divulgado nesta quarta-feira. A taxa é ligeiramente pior do que os 4,5% projetados pelo governo. Para 2021, a taxa de crescimento esperada é de 2,6%, ante 3,2% do governo. A estimativa para 2022 é de crescimento de 2,2%, ante 2,5% nas contas do governo. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (17/12/2020) - Comunicando. "O bitcoin superou a marca de US$ 20 mil (R$ 101,9 mil) nesta quarta-feira (16), atingindo o maior valor de sua história. A criptomoeda saltava 6,3% a US$ 20.670 (R$ 105,3 mil), acumulando uma valorização neste ano de mais de 170%." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (17/12/2020) - Bancos terão concorrência do próprio BACEN.... "O Banco Central e o Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (SindiTelebrasil) vão assinar acordo para que o pagamento de faturas de celular e a recarga de serviços pré-pagos móveis e fixos possa ser feita com o Pix.

Segundo o BC, a parceria tem o objetivo de proporcionar o Pix como alternativa, melhorando a experiência de pagamento dos usuários e a gestão financeira dos recebimentos das empresas de telefonia móvel. Além disso, reforça o Pix como uma alternativa de pagamento entre a população brasileira. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (17/12/2020) - Comunicando. "A riqueza permanece concentrada no País. Em 2018, oito municípios detinham cerca de 25% da economia brasileira, mas apenas 14,7% da população, de acordo com o Produto Interno Bruto (PIB) dos Municípios 2018, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Os maiores geradores de riqueza naquele ano foram: São Paulo (com 10,2% do PIB brasileiro), Rio de Janeiro (5,2%), Brasília (3,6%), Belo Horizonte (1,3%), Curitiba (1,2%), Manaus (1,1%), Porto Alegre (1,1%) e Osasco/SP (1,1%)." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (17/12/2020) - Comunicando. "Os bancos brasileiros estão fechando agências no ritmo mais rápido em três anos, com as medidas de restrição por causa da Covid-19 forçando os clientes a usarem mais serviços pela internet ou telefone e a competição com as fintechs se intensificando. Os executivos do setor dizem que mais está por vir.

Os bancos fecharam 1.444 agências no Brasil nos 12 meses até novembro, 78% a mais que nos 12 meses anteriores, no maior corte desde 2017, de acordo com dados do Banco Central compilados pela Bloomberg.

Entre os cinco maiores bancos, o Banco Bradesco SA foi o mais agressivo nos 12 meses até setembro, fechando 772 agências, seguido pelo Itaú com 203, segundo os balanços dos bancos.

Os cortes de empregos estão chegando quase tão rápido. Os bancos cortaram 26% a mais vagas nos 12 meses até setembro em comparação com a média de 2013 a 2019, segundo dados do Ministério da Economia compilados pelo sindicato dos bancários. O Banco Santander SA lidera a lista, cortando 4.335 empregos, de acordo com seu balanço.

O Itaú foi o único banco com aumento no quadro de funcionários. Mais de 2.000 pessoas se juntaram à sua equipe de tecnologia, incluindo as vindas da Zup I.T. Serviços em Tecnologia e Inovação Ltda., empresa adquirida pelo banco, disse Jacob. Após cortes em outras áreas, as vagas adicionadas no Itaú em 12 meses até setembro foram de 736, segundo seu balanço." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (16/12/2020) - O número de mortes voltou a acelerar. "O Brasil registrou 915 mortes provocadas pela covid-19 em 24 horas, até as 20h de ontem, de acordo com o consórcio de veículos de imprensa." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (16/12/2020) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) avançou 1,41% na segunda quadrissemana de dezembro, informou nesta quarta-feira a Fundação Getulio Vargas (FGV). O resultado representa aceleração em relação à primeira leitura do mês, quando o índice subiu 1,35%." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (16/12/2020) - Comunicando. "A ata do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) não especifica exatamente quando o seu “forward guidance” [diretriz futura] poderá cair. Em tese, tem grandes chances que isso ocorra em janeiro, mas poderá ficar para os meses seguintes. A queda do “forward guidance” é dependente da evolução do cenário econômico e das metas de inflação." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (15/12/2020) - Comunicando. "A inflação medida pelo Índice Geral de Preços – 10 (IGP-10), da Fundação Getulio Vargas (FGV), ficou em 1,97% em dezembro. No mês anterior, o índice havia apresentado taxa de 3,51%. De janeiro a dezembro de 2020, o índice acumulou alta de 24,16%. Em dezembro de 2019, o índice subira 1,69% no mês e acumulava elevação de 6,39% em 12 meses." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (15/12/2020) - A competição no setor irá aumentar ainda mais e deverá reduzir a rentabilidade dos grandes bancos no longo prazo. "Uma simples busca por open banking na internet traz uma série de anúncios de empresas que fornecem APIs e que estimulam negócios com frases de efeito como: ‘tenha seu próprio banco digital’. A verdade é que dá sim para ter um banco digital com a utilização de um sistema tecnológico baseado em APIs no ambiente do open banking , desde que a fintech seja autorizada pelo Banco Central (BC), o que implica em cumprimento de uma série de regras regulatórias. Este mercado tem se mostrado tão promissor que muitas fintechs têm sido agressivas na divulgação desses anúncios. Mas as instituições financeiras alertam para os seus riscos." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (15/12/2020) - O que acham?

Eu defendo o DIREITO de escolha de cada pessoa, MAS quem tem de PAGAR por suas escolhas é a PESSOA e ela NÃO deve transferir as consequências a terceiros.

Há uns anos atrás eu tinha uma funcionária que cuidava de minha casa, diarista, ela ficou doente e foi parar na UTI no SUS, estava grávida. A situação era desesperadora e procurei hospitais particulares para interna-la, mas a DIÁRIA do mais barato que encontrei, em Campo Grande no Rio, custava R$ 10.000,00, isso mesmo R$ 10.000,00 POR DIA.

A vacina deve custar por dose uns R$ 100,00.

Se um brasileiro livremente desejar NÃO tomar a vacina que custa R$ 100,00, coloca em risco a saúde financeira do país, pois fará com que os brasileiros paguem por sua decisão, uns R$ 100.000,00 se ficar internado por 10 dias e uns R$ 300.000,00 se ficar por 1 mês (preço de uns 5 anos atrás)...

É justo eu ter de pagar R$ 300.000,00 por pessoa que decidir não tomar a vacina?

Se você acredita que não então, como eu, acredita que a pessoa que desejar NÃO ser vacinada de forma gratuita deve pagar por sua internação hospitalar, SEM SOBRECARREGAR a saúde financeira do restante dos brasileiros.

Afinal, ELE decidiu LIVREMENTE e POR ISSO deve arcar com as consequências, pois é INJUSTO ELE decidir não tomar a vacina e ser EU e VOCÊ que tenhamos de pagar a conta depois.

O que acha?

"O governo de San Marino, enclave independente situado no norte da Itália, estuda uma proposta para obrigar pessoas que se recusarem a tomar a vacina contra o novo coronavírus a pagar pelo tratamento médico caso peguem Covid-19." (Fonte: IG)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (15/12/2020) - Comunicando. "A balança comercial registrou déficit de US$ 1,120 bilhão na parcial de dezembro até domingo (13), informou o Ministério da Economia nesta segunda-feira (14). O resultado negativo neste mês está relacionado, principalmente, com a forte alta de 65,9% nas importações na comparação com dezembro do ano passado." (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (14/12/2020) - Comunicando. "Como outras transações financeiras, o Pix oferece riscos à segurança que vão desde golpes virtuais a assaltos e sequestros-relâmpago. Especialistas, no entanto, divergem quanto ao grau de exposição que a ferramenta oferece em comparação a outras operações, como TED e DOC." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (14/12/2020) - Concorrência segue aumentando. "Em meio à disputa escancarada entre XP e BTG Pactual Digital, uma mudança estrutural se desenha no mercado de investimentos. Em pouco tempo, as corretoras serão maiores que os grandes bancos na custódia de recursos de pessoas físicas, nos segmentos que hoje são o coração dos seus negócios: varejo tradicional, alta renda e private banking. A briga é por um cobiçado mercado de R$ 3,4 trilhões em ativos financeiros de investidores individuais e grupos familiares." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (14/12/2020) - Comunicando. "O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), considerado prévia do Produto Interno Bruto (PIB) da autoridade monetária, teve alta de 0,86% em outubro na comparação com setembro, a sexta alta mensal seguida do indicador.

Contudo, o número ficou abaixo do esperado: a expectativa dos economistas, segundo projeção mediana em pesquisa Bloomberg, era de uma alta de 1,05% na comparação mensal. A queda na base de comparação anual foi de 2,61%; a expectativa era de baixa de 2%." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (14/12/2020) - Comunicando. "Apesar do crescimento de 7,7% no terceiro trimestre de 2020, a economia brasileira continua 4,1% abaixo de seu nível do pré-crise do último trimestre de 2019." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (14/12/2020) - Comunicando. "A expedição de caixas, acessórios e chapas de papelão ondulado somou 337.515 toneladas em novembro de 2020, o que representa um crescimento de 4,23% ante igual mês de 2019, segundo informações da Associação Brasileira do Papelão Ondulado (ABPO) divulgadas nesta segunda-feira. Os dados são preliminares. Na comparação com outubro houve queda de 6,82%

Em nota, a entidade destaca que este é o maior volume expedido entre os meses de novembro, desde janeiro de 2005, início da série histórica. Com a mesma quantidade de dias úteis (24 dias úteis em novembro de 2020 e 2019), a produção por dia útil também cresceu 4,2% para 14.063 t/d.u., segunda maior expedição diária na série sem ajuste sazonal e a maior entre os meses de novembro." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (14/12/2020) - Comunicando. "A dez dias do recesso parlamentar, analistas políticos observam uma redução no apoio ao governo Jair Bolsonaro no Congresso Nacional e espaço limitado para avanços na agenda legislativa ainda em 2020.

O levantamento mostra que, dividindo os 513 deputados federais e os 81 senadores em três grandes grupos (alinhados com o governo, de oposição e indefinidos), a média das estimativas aponta para uma base aliada com 188 assentos na Câmara (37%) e 23 no Senado (28%).

A fotografia de dezembro mostra uma queda de 18 deputados e 3 senadores em relação às estimativas de dois meses atrás. Já a oposição teria 142 deputados e 21 senadores. Os incertos, por sua vez, somam em média 183 deputados e 37 senadores." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (11/12/2020) - Comunicando. "A agência de classificação de risco Standard & Poor's (S&P) reafirmou nesta quinta-feira (10) o rating do Brasil em BB- com perspectiva estável.

A agência destacou que a economia brasileira entra em 2021 com o desafio de retirar as medidas de estímulo fiscal implementadas ao longo deste ano para combater os efeitos da crise provocada pelo coronavírus." (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (10/12/2020) - Comunicando. "O comunicado do Comitê de Política Monetária (Copom) tem elementos de viés claramente altista para a taxa básica de juros, avalia nota do Itaú Unibanco. Nesta quarta-feira, 9, o Copom do Banco Central manteve a Selic em 2,00% ao ano, em decisão unânime, e amplamente esperada pelo mercado." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (10/12/2020) - O que ocorre com a rentabilidade dos bancos? "A Lojas Americanas informou ontem que começou a aceitar o pagamento de compras em sua plataforma digital por meio do sistema instantâneo PIX. A iniciativa também está em projeto piloto em 10 lojas da rede no Rio e São Paulo, segundo a Reuters." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (10/12/2020) - A inflação está galopante, o BACEN manterá sua política de juros real negativo para a Selic? Será que o BACEN é realmente independente? "O “forward guidance”, que é a indicação de não subir os juros tão cedo, poderá cair já na próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, de janeiro. Já uma efetiva alta de juros é mais incerta. Vista com as informações hoje disponíveis, não deveria ocorrer antes de agosto – mas pode ser que leve mais tempo, ou seja feita antes. A comunicação do BC é aberta o suficiente para se adaptar a mudanças no cenário inflacionário." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (10/12/2020) - Será? "O presidente Jair Bolsonaro nega. O ministro Paulo Guedes, também. Mas a possibilidade de prorrogação do estado de calamidade – que, a princípio, se encerra no dia 31 de dezembro – cresce à medida que os casos de Covid-19 voltam a disparar. Diante dessa hipótese, uma das soluções que se encontram nos tubos de ensaio da equipe econômica seria aproveitar a “oportunidade” e associar o regime de urgência à venda das estatais já carimbadas como privatizáveis, casos dos Correios, Casa da Moeda, Eletrobras, PPSA e Porto de Santos – além de outras empresas que, nessas circunstâncias, poderiam ser trazidas para esse rol." (Fonte: Relatório Reservado)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (10/12/2020) - Absurdo manter os juros negativos e a inflação crescente. "O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu por unanimidade nesta quarta-feira (9) manter a taxa básica de juros, a Selic, em 2% ao ano. Essa foi a última reunião do ano do Copom. " (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (10/12/2020) - Comunicando. "A cidade de São Paulo registrou inflação de 0,97% na primeira quadrissemana de dezembro, segundo o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) calculado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe)." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (09/12/2020) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, avançou 0,97% na primeira quadrissemana de dezembro, segundo dados publicados nesta quarta-feira pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). Em novembro, o IPC havia registrado alta de 1,03% ante outubro." (Fonte: Relatório Reservado)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (09/12/2020) - Comunicando. "A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira um requerimento que confere urgência à tramitação de projeto que altera a legislação brasileira sobre o mercado de câmbio. O requerimento de urgência for aprovado por 296 votos a 105." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (09/12/2020) - Comunicando. "A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) aplicou R$ 12 milhões em multas à Unick Forex, aos seus sócios Leidimar Lopes e Alberi Lopes e ao diretor jurídico da empresa, Fernando Lusvarghi, por emissão pública e distribuição de valores mobiliários sem a autorização do órgão regulador do mercado de capitais. A decisão do colegiado foi unânime e será comunicada ao Ministério Público Federal.

Cada um dos acusados recebeu duas multas: R$ 1,5 milhão pela distribuição irregular de valores mobiliários e R$ 1,5 milhão por realizar oferta pública sem autorização da CVM. Todos eles podem recorrer ao Conselho de Recursos do Sistema Financeiro Nacional (CRSFN), o Conselhinho." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (08/12/2020) - Comunicando. "O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) registrou alta de 0,89% em novembro, após subir 0,86% em outubro, informou há pouco o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). É o maior índice para um mês de novembro desde 2015 (1,01%). Em 12 meses, o IPCA acelerou para 4,31% em novembro, acima dos 3,92% no acumulado até outubro. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (08/12/2020) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) acelerou pela quarta semana consecutiva ao marcar elevação de 1,35%, na primeira leitura de dezembro, vindo de alta 0,94% no encerramento de novembro. Os dados da Fundação Getulio Vargas (FGV) foram divulgados nesta terça-feira. Com esse resultado, o indicador acumula alta de 5,46% no ano e nos últimos 12 meses. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (08/12/2020) - Comunicando. "O Ministério da Economia disse nesta segunda-feira que é contra qualquer proposta que trate da flexibilização do teto de gastos, mesmo que temporária, após notícias sobre o suposto conteúdo da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) Emergencial mexerem com o mercado, novamente colocando em dúvida o compromisso do Congresso e do governo com a sustentabilidade das contas públicas." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (08/12/2020) - Comunicando. "O faturamento real da indústria (descontada a inflação) cresceu 2,2% em outubro ante setembro, informou a Confederação Nacional da Indústria (CNI). O porcentual já leva em conta ajustes sazonais. Foi o sexto mês consecutivo de crescimento. Após a forte baixa no início da pandemia do novo coronavírus, o faturamento da indústria acumula alta de 49% de abril a outubro.

O dado faz parte da série de Indicadores Industriais da CNI, divulgada nesta segunda-feira, 7. Na comparação entre outubro de 2020 e o mesmo mês de 2019, o faturamento real da indústria subiu 7,0%. No período de janeiro a outubro deste ano, ante o mesmo intervalo do ano passado, porém, a baixa acumulada é de 1,0%. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (08/12/2020) - Comunicando. "A balança comercial brasileira registrou déficit de 572,4 milhões de dólares na primeira semana de dezembro (dias 1º a 6).No acumulado do ano, o saldo comercial é superavitário em 50,463 bilhões de dólares, volume 14,1% superior ao do mesmo período do ano passado. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (08/12/2020) - Comunicando. "O sistema de pagamentos instantâneo do Banco Central, o Pix, já é considerado por 60% dos internautas brasileiros como um sistema de pagamentos melhor que o TED e o DOC. Os dados são do levantamento encomendado pelo C6 Bank ao IBOPEdtm. O estudo realizou entrevistas com 2 mil brasileiros, de todas as regiões do País, entre 18 e 24 de novembro. A margem de erro é de dois pontos percentuais." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (08/12/2020) - Comunicando. "O Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) registrou inflação de 2,64% em novembro deste ano, taxa inferior à apurada em outubro (3,68%) mas superior à calculada em novembro de 2019 (0,85%). Segundo a Fundação Getúlio Vargas (FGV), o indicador nacional de inflação acumula taxas de 22,16% no ano e de 24,28% em 12 meses." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (08/12/2020) - Comunicando. "Diante das pressões inflacionárias no curto prazo, que se tornaram mais fortes, o juro real se manteve abaixo de zero e atingiu mínimas históricas nos últimos dias. Cálculo do Valor Data a partir do contrato de swap de juro de 360 dias, descontada a projeção de inflação para um ano, aponta para uma taxa de juro real de -1,17%, o nível mais baixo em toda a série histórica iniciada em 2002." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (08/12/2020) - Comunicando. "A trajetória de alta nos preços, com projeções de inflação para 2020 acima dos 4%, tem preocupado o mercado financeiro e deve fazer com que o Banco Central altere o seu cenário-base e eleve os juros significativamente. A avaliação é da gestora de recursos SPX Capital." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (07/12/2020) - Paulo Guedes com os dias contados? "Após a declaração de Jair Bolsonaro de que Paulo Guedes continua sendo seu Posto Ipiranga e é insubstituível, o ministro da Economia chorou suas pitangas junto ao presidente da República. Guedes reclamou do que chama de uma fritura universal, da qual participam integrantes do próprio governo, membros do Legislativo e até alguns generais de quatro estrelas. Esse ambiente de permanente sabotagem acaba por levar Bolsonaro a declarar apoio ao seu ministro quase semana sim, semana não.

É o caso em que o suporte presidencial acaba por tornar Guedes mais frágil. Quem precisa de respaldo toda hora fica parecendo mais vulnerável do que realmente é. O ministro se queixa da turma “fura teto” da Esplanada dos Ministérios e dos “militares desenvolvimentistas” do Palácio do Planalto. Mas, seu maior incômodo é com a falta de empenho do governo em pressionar o Legislativo pela aprovação das reformas. Guedes sabe que não tem a simpatia do Congresso e sequer do Centrão, base aliada de Bolsonaro." (Fonte: Relatório Reservado)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (07/12/2020) - BACEN está fazendo de tudo para aumentar a competição do setor e isso deve reduzir a lucratividade dos grandes bancos. "O BC (Banco Central) pretende dobrar a participação de cooperativas de crédito no sistema financeiro até 2022. Hoje, o segmento representa cerca de 10% do setor e a meta é que a fatia chegue a 20% em pouco mais de um ano." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (07/12/2020) - Se a economia afundar em um W, os bancos estarão mais ariscados por terem emprestado mais dinheiro durante a pandemia. "Com R$ 2,9 trilhões em concessões de crédito desde o início de março, os bancos atuaram como um “grande muro de contenção” para evitar o colapso total da economia durante a pandemia de covid-19, nas palavras do presidente da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), Isaac Sidney. Agora, segundo ele, a demanda começa a se normalizar, mas nos primeiros meses houve uma corrida das empresas ao crédito e os bancos foram “injustamente” criticados por um suposto represamento dos recursos. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (07/12/2020) - Comunicando. "Grandes bancos brasileiros estão reforçando a presença em Portugal, de olho especialmente nas fortunas dos expatriados. Além de ostentar o título de principal destino do brasileiro que quer morar na Europa - mais de 190 mil vivem lá -, o país europeu é visto como alternativa a substituir Londres como centro financeiro na região, uma consequência da saída do Reino Unido da União Europeia. Em função do Brexit, há o risco de que bancos que tinham presença apenas em Londres sejam impedidos de atender clientes de outros países do bloco europeu." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (07/12/2020) - Comunicando. "O número de pedidos de falência por empresas cresceu 10,1% em novembro ante outubro, informou nesta sexta-feira a Boa Vista. É o segundo aumento seguido na margem, depois de três meses de quedas, de julho a setembro.

Na comparação com novembro de 2019, os pedidos de falência cresceram 61,4% e, no acumulado de 2020, avançam 10,5% em relação a igual período do ano anterior. Na outra ponta, as falências decretadas caíram 39,6% em novembro ante outubro, mas, apesar da redução na margem, ainda sobem 13,4% na comparação com igual mês de 2019 e 0,3% no acumulado de 2020." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (04/12/2020) - Comunicando. "Cenário para o ano que vem é de estagflação, diz José Roberto Mendonça de Barros. Na leitura do economista, ex-secretário de Política Econômica do governo Fernando Henrique, o Brasil vai chegar ao próximo ano com vários desarranjos: na inflação, nas contas públicas, sem aumento do investimento e com o consumo andando de lado. " (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (04/12/2020) - Comunicando. "Pressionada mais uma vez pelos preços dos alimentos, a inflação sentida pela população de baixa renda acelerou em novembro, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (4) pela Fundação Getulio Vargas (FGV). O Índice de Preços ao Consumidor - Classe 1 (IPC-C1) – que mede a variação de preços de produtos e serviços para famílias com renda entre um e 2,5 salários mínimos – ficou em 0,95% no mês passado, contra 0,71% em outubro. " (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (04/12/2020) - Comunicando. "A aprovação do governo do presidente Jair Bolsonaro, que estava em 41% há duas semanas, caiu para 35%. A desaprovação passou de 31% para 38%. É a primeira vez em dois meses que avaliação negativa supera a aprovação. Aqueles que consideram o governo regular somam 27%. " (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (03/12/2020) - Comunicando. "O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) atualizou as taxas de variação do Produto Interno Bruto (PIB) do país para alguns trimestres deste ano e para 2019. Assim, o PIB do segundo trimestre de 2020, perante um ano antes, foi revisado de queda de 11,4% para recuo de 10,9%. Nessa mesma comparação, o PIB do primeiro trimestre de 2020 permaneceu com recuo de 0,3%.

Sobre 2019, o PIB anual avançou 1,4%, e não 1,1% conforme anteriormente divulgado pelo instituto." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (03/12/2020) - Comunicando. "O Produto Interno Bruto (PIB) da indústria subiu 14,8% no terceiro trimestre de 2020 em relação ao segundo trimestre de 2020. Os dados foram divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que anunciou nesta quinta-feira, 3, os resultados das Contas Nacionais Trimestrais. Na comparação com o terceiro trimestre de 2019, o PIB da indústria mostrou queda de 0,9%." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (03/12/2020) - Comunicando. "A economia brasileira registrou crescimento recorde de 7,7% no terceiro trimestre de 2020 na comparação com os três meses anteriores, segundo dados do PIB (Produto Interno Bruto) divulgados nesta quinta-feira (3) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). O número veio abaixo das projeções do governo e do mercado.

Apesar do crescimento recorde do PIB, a economia brasileira ainda não voltou ao nível pré-crise. Ainda está 4,1% abaixo do último trimestre de 2019. O resultado também se encontra 7,3% abaixo do pico registrado no início de 2014.

Em relação ao mesmo período de 2019, houve queda de 3,9%. O PIB recuou 5% no acumulado do ano e 3,4% em 12 meses." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (03/12/2020) - Comunicando. "O Tesouro Nacional emitiu US$ 2,5 bilhões em três tipos de bônus soberanos em dólar nesta quarta-feira, 2. O valor da emissão foi antecipado mais cedo pelo Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (03/12/2020) - Comunicando. "O fluxo cambial do ano até 27 de novembro ficou negativo em US$ 19,730 bilhões, informou nesta quarta-feira, 2, o Banco Central. Em igual período do ano passado, o resultado era negativo em US$ 25,843 bilhões. Os dados anuais refletem, em grande parte, os efeitos da pandemia do novo coronavírus sobre o fluxo de moeda estrangeira, em especial no mês de março.

A saída pelo canal financeiro neste ano até 27 de novembro foi de US$ 46,780 bilhões. No comércio exterior, o saldo anual acumulado até 27 de novembro ficou positivo em US$ 27,050 bilhões.

Depois de encerrar outubro com saídas líquidas de US$ 1,311 bilhão, o País registrou fluxo cambial positivo de US$ 278 milhões em novembro até o dia 27. O canal financeiro apresentou entradas líquidas de US$ 5,985 bilhões em novembro até o dia 27. No comércio exterior, o saldo de novembro até o dia 27 é negativo em US$ 5,707 bilhões." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (03/12/2020) - Comunicando. "A produção da indústria de bens de capital cresceu 7,0% em outubro ante setembro, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na comparação com outubro de 2019, o indicador avançou 2,1%. Os dados fazem parte da Pesquisa Industrial Mensal – Produção Física (PIM-PF). No acumulado em 12 meses, houve redução de 13,9% na produção de bens de capital.

Em relação aos bens de consumo, a produção registrou alta de 0,7% na passagem de setembro para outubro.

Na comparação com outubro de 2019, houve redução de 4,5%. No acumulado em 12 meses, a produção de bens de consumo diminuiu 9,1%." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (03/12/2020) - Comunicando. "A produção industrial brasileira cresceu 1,1% em outubro, o sexto mês seguido de alta, informou nesta quarta-feira (2) o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

O setor já está 1,4% acima do patamar de antes da pandemia, em fevereiro —as perdas já haviam sido eliminadas em setembro.

No ano, porém, a indústria nacional apresenta queda de 6,3%. No acumulado dos últimos 12 meses, a perda é de 5,6%. Os dados são da PIM (Pesquisa Industrial Mensal)." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (02/12/2020) - Sugiro evitar sair de casa e receber visitas, a situação está muito grave no Rio de Janeiro. "...sistema de saúde da cidade pode estar à beira de um colapso...""Voltou a subir o número de mortes dentro das casas, sem assistência médica, na cidade do Rio de Janeiro. Subiu também acima da média o número geral de mortes no município. Os dados divulgados na tarde de terça-feira, 1º, pelo MonitoraCovid19, da Fiocruz, indicam que o sistema de saúde da cidade pode estar à beira de um colapso. Nota da UFRJ divulgada na véspera já alertava para o problema." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (02/12/2020) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, avançou 1,03% em novembro ante outubro, segundo dados publicados nesta quarta-feira, 2, pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). Trata-se de uma desaceleração frente ao acréscimo de 1,19% verificado em outubro e também à alta de 1,09% registrada na terceira quadrissemana do mês passado. O resultado veio dentro do intervalo apontado pelo Projeções Broadcast, que ia de 0,70% a 1,17%, com mediana de 1,02%.

Entre janeiro e novembro, o IPC-Fipe acumulou inflação de 4,79%. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FUNDOS DE INVESTIMENTO - (02/12/2020) - Comunicando. "A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) propôs em minuta colocada em audiência pública a possibilidade de investidores do varejo terem acesso aos fundos com carteira 100% alocada no exterior e aos fundos de investimento em direitos creditórios (FIDCs), ambos atualmente restritos a perfis classificados como, no mínimo, qualificados, ou seja, com patrimônio financeiro acima de R$ 1 milhão. Além disso, o regulador pretende criar uma nova categoria de FIDCs, a de socioambientais." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (02/12/2020) - Comunicando. "A balança comercial brasileira registrou mais um superávit em novembro. As exportações superaram as importações em US$ 3,732 bilhões no mês passado, de acordo com dados divulgados nesta terça-feira, 1º de dezembro, pelo Ministério da Economia.

No ano até novembro, o superávit já soma US$ 51,160 bilhões, ante US$ 42,089 bilhões no mesmo período de 2019. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FUNDOS DE INVESTIMENTO - (02/12/2020) - Comunicando. "A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) abriu nesta terça-feira, 1º de dezembro, a aguardada audiência pública para alterar a regulamentação sobre a constituição, o funcionamento e a divulgação de informações dos fundos de investimento. A reforma também vai envolver mudanças no regime de prestação de serviços para os fundos e a modernização das regras para os Fundos de Investimento em Direitos Creditórios (FIDC), que antes seria feita em separado. Grande parte das inovações propostas têm como fundamento a Lei da Liberdade Econômica, aprovada em 2019." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







ALERTA - (02/12/2020) - Comunicando. "A guerra comercial deflagrada pela China contra a Austrália deve deixar o Brasil em alerta, diante da hostilidade persistente da família Bolsonaro ao maior parceiro comercial do país, avaliam fontes que acompanham as relações bilaterais." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (02/12/2020) - Comunicando. "A plataforma digital de comparação de taxas e intermediação de crédito imobiliário Melhortaxa atingiu 1 bilhão de reais em financiamentos assinados." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (02/12/2020) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) subiu 0,94% no fechamento de novembro, informou nesta terça-feira a Fundação Getulio Vargas (FGV). A inflação acelerou tanto na comparação com o fechamento de outubro, quando foi de 0,65%, quanto frente à última leitura, da terceira quadrissemana de novembro, de 0,77%. O IPC-S acumula alta de 4,06% em 2020 e de 4,86% em 12 meses." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (02/12/2020) - Comunicando. "O número de desempregados saltou 36% em seis meses e atingiu 13,8 milhões de pessoas em outubro, segundo dados da Pnad Covid, divulgada nesta terça-feira pelo IBGE. Em maio, quando teve início a pesquisa, eram 10,1 milhões.

Com isso, a taxa de desemprego ficou em 14,1% em outubro, a maior da série, iniciada em maio. Naquele mês, o índice estava em 10,7%.

Os dados da Pnad Covid divulgados hoje não são comparáveis aos da Pand contínua, divulgada na semana passada e que tem informações trimestrais. Pelos cálculos da Pnad Contínua, a taxa de desemprego atingiu 14,6% no trimestre encerrado em setembro, a mais alta desde o início da série desta pesquisa, em 2012." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (02/12/2020) - Comunicando. "De acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o número de brasileiros com dívidas caiu pela terceira vez consecutiva em novembro e retornou ao nível registrado em fevereiro, antes da pandemia do novo coronavírus.

A Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) deste mês apresentou retração de 0,5 ponto percentual, com relação a outubro, e apontou que 66% dos consumidores estão endividados. No comparativo anual, contudo, o indicador registrou aumento de 0,9 ponto percentual.

Entre as famílias que recebem até 10 salários mínimos, o percentual de endividamento caiu pela terceira vez seguida, chegando a 67,4% do total – após ter alcançado o recorde de 69,5%, em agosto. Entre as famílias com renda acima de 10 salários, esta mesma proporção se manteve estável, em 59,3%.

O total de famílias com dívidas ou contas em atraso também apresentou a terceira redução consecutiva, caindo de 26,1%, em outubro, para 25,7%, em novembro. Em comparação com igual mês do ano passado, a proporção cresceu 1 ponto percentual.

A parcela das famílias que declararam não ter condições de pagar suas contas ou dívidas em atraso e que, portanto, permaneceriam inadimplentes teve nova retração, passando de 11,9%, no mês passado, para 11,5%, em novembro. No mesmo período de 2019, o indicador havia alcançado 10,2%." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (02/12/2020) - Comunicando. "O Índice de Gerentes de Compras (PMI, na sigla em inglês) do setor industrial brasileiro desacelerou de 66,7 pontos em outubro para 64,0 pontos em novembro, informou nesta terça-feira 1º de dezembro, a IHS Markit. Apesar do arrefecimento, o índice continuou em terreno expansionista: quando acima de 50 pontos, o PMI representa melhora em relação ao mês anterior." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (01/12/2020) - Acredito que os brasileiros estão mais otimistas que a OCDE. Quem estará certo? "Os persistentes estragos causados pela pandemia de covid-19 levam a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) a diminuir sua projeção de crescimento da economia brasileira para 2021, agora para 2,6% ante 3,6% estimado em setembro." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (01/12/2020) - Será que iremos fechar de novo?. "A taxa média de ocupação dos leitos de UTI para covid-19 é de 84% nos hospitais privados, segundo o Sindicato dos Hospitais, Clínicas e Laboratórios do Estado de São Paulo (SindHosp). Para especialistas, o aumento de internações é reflexo da piora da pandemia." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (01/12/2020) - Comunicando. "O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta segunda-feira (30) que, com o apoio da oposição, possui votos suficientes para aprovar a reforma tributária este ano, mesmo sem o apoio do governo Bolsonaro. Mas destacou que o apoio do Executivo é importante para aumentar essa margem e consolidar a votação." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (01/12/2020) - Comunicando. "Em meio à crise gerada pela pandemia de Covid-19, a dívida pública bate novo recorde em outubro e alcança 90,7% do PIB (Produto Interno Bruto), alta de 0,2 ponto percentual em relação à setembro. A variação de um mês para outro, no entanto, é a menor do ano.

A dívida registra crescimentos expressivos por mês desde o início da pandemia. Entre maio e junho, a dívida saltou 3,27 pontos percentuais, maior diferença mensal da série histórica iniciada em 2006." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (27/11/2020) - Comunicando. "O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) subiu 3,28% em novembro, informou nesta sexta-feira, 27, a Fundação Getulio Vargas (FGV). A inflação medida pelo indicador acelerou na comparação com outubro, quando houve alta de 3,23%.

Com a taxa de novembro, o IGP-M acumula inflação de 21,97% em 2020 e de 24,52% em 12 meses." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (27/11/2020) - Comunicando. "O estoque de processos judiciais contra o governo federal disparou nos últimos anos, somando um montante de R$ 2,4 trilhões em 2020. O volume é mais de quatro vezes o total registrado em 2014.

De acordo com relatório do Tesouro Nacional publicado nesta quinta-feira (26), 34% desse total, cerca de R$ 802 bilhões, são classificados como perda provável para o governo. Além disso, 66%, ou R$ 1,6 trilhão, são considerados perda possível. Segundo a pasta, há elevada concentração de ações de natureza tributária e previdenciária." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (27/11/2020) - Comunicando. "Em meio à pressão por uma prorrogação do auxílio emergencial e o temor de uma segunda onda de covid-19, o Tesouro Nacional deu um recado duro e avisou que a situação fiscal do País é “frágil inclusive para realizar políticas sociais necessárias”. Responsável pela gestão da dívida pública, o órgão alertou que a capacidade de financiamento dessa dívida no mercado “pode encontrar limites” caso não haja reversão da trajetória de rombos nas contas." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (27/11/2020) - Comunicando. "O mercado de trabalho brasileiro registrou a abertura de 394.989 vagas com carteira assinada em outubro, conforme dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta quinta-feira pelo Ministério da Economia. Segundo o ministro da Pasta, Paulo Guedes, outubro foi o melhor mês da série histórica do Caged, de 1992. “Podemos terminar o ano perdendo zero empregos formais”, comemorou. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (27/11/2020) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Produtor (IPP), que inclui preços da indústria extrativa e de transformação, registrou alta de 3,40% em outubro, informou nesta quinta-feira, 26, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A taxa de setembro foi revista de uma alta de 2,37% para elevação de 2,34%. O resultado de outubro foi o mais elevado de toda a série histórica, iniciada em janeiro de 2014." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (26/11/2020) - Comunicando. "A bilionária e disputada indústria de máquinas de construção conseguiu um feito raro em ano de pandemia: elevar o volume de vendas em 14,3%, atingindo um faturamento próximo de 15 bilhões de reais. O desempenho se deve a um conjunto de fatores que inclui juros baixos, renovação da frota e forte demanda do agronegócio e da mineração." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (26/11/2020) - Governo se endividando de uma forma extremamente acelerada.Se continuar assim, entraremos em uma crise com inflação ascendente. "O estoque da dívida pública federal aumentou 2,5% em outubro, alcançando R$ 4,64 trilhões, informou o Tesouro Nacional nesta quarta-feira (25). O movimento veio acompanhado de elevação no custo dos títulos para o governo federal e encurtamento do prazo médio de vencimento dos papéis.

De acordo com o Tesouro, o cenário é fruto das pressões inflacionárias e das incertezas em relação ao rumo da política fiscal do Brasil." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (26/11/2020) - Comunicando. "O fluxo cambial ficou negativo na semana passada em US$ 2,176 bilhões, segundo dados divulgados pelo Banco Central. Entre 16 e 20 de novembro, houve saída de US$ 513 milhões da conta financeira e de US$ 1,663 bilhão da conta comercial.

Com isso, o saldo negativo do fluxo cambial no ano até o último dia 20 chega a US$ 18,847 bilhões. A conta de capital é responsável por uma saída líquida de US$ 47,115 bilhões. A conta comercial tem entrada líquida de US$ 29,269 bilhões." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (25/11/2020) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, subiu 1,09% na terceira quadrissemana de novembro, desacelerando levemente em relação ao acréscimo de 1,12% na segunda prévia, segundo dados publicados nesta quarta-feira, 25, pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe)." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (25/11/2020) - Comunicando. "O saldo total de crédito do país deve mostrar crescimento de 1,4% em outubro, quando comparado a setembro, e crescimento de 14,3% na variação de 12 meses, segundo a Pesquisa Especial de Crédito da Febraban." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (25/11/2020) - Comunicando. "O superávit em transações correntes do Brasil foi de 1,473 bilhão de dólares em outubro, com o déficit em 12 meses caindo a 1,04% do Produto Interno Bruto (PIB), divulgou o Banco Central nesta quarta-feira." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (25/11/2020) - Comunicando. "O Itaú somou R$ 2,787 bilhões em financiamentos imobiliários em outubro enquanto o Bradesco totalizou R$ 2,445 bilhões. Abaixo, o Santander com cerca de R$ 2 bilhões. Já a Caixa, novamente, lidera com R$ 5,8 bilhões. Em unidades financiadas, as posições são as mesmas.

No acumulado do ano até outubro, a Caixa soma R$ 40,831 bilhões em financiamentos imobiliários, mostram dados da Abecip. Na sequência, estão Bradesco, com mais de R$ 18 bilhões, Itaú, com R$ 16,878 bilhões, e Santander Brasil, com R$ 11,878 bilhões." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (25/11/2020) - Comunicando. "A arrecadação federal teve crescimento real de 9,5% em outubro na comparação com o mesmo mês de um ano antes, para R$ 153,9 bilhões. O avanço foi impulsionado pelo pagamento de tributos adiados durante a pandemia e, caso esse efeito fosse desconsiderado, haveria uma queda nos números." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (24/11/2020) - Comunicando. "Pressionado mais uma vez pelos preços dos alimentos, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo - 15 (IPCA-15), que é considerado uma prévia da inflação oficial do país, ficou em 0,81% em novembro, após ter registrado avanço de 0,94% em outubro, informou nesta terça-feira (24) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

No ano, a prévia da inflação acumulou alta de 3,13% e em 12 meses atingiu 4,22%, acima dos 3,52% registrados nos 12 meses imediatamente anteriores e também da meta central do governo para o IPCA em 2020, que é de 4%. Em novembro de 2019, a taxa foi de 0,14%. " (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (24/11/2020) - Comunicando. "O Pix, sistemas de pagamentos instantâneos do Banco Central, movimentou cerca de R$ 11,8 bilhões na primeira semana de operação, conforme dados divulgados nesta segunda-feira, 23, pela autoridade monetária. O volume considera as transações realizadas entre o dia 16 de novembro, início da ferramenta, até ontem, dia 22." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FOCUS - (23/11/2020) - Comunicando. "A mediana das projeções dos economistas do mercado para a inflação oficial em 2020 subiu de 3,25% para 3,45%, segundo o Boletim Focus, do Banco Central (BC), divulgado nesta segunda-feira com estimativas coletadas até o fim da semana passada. Para 2021, o ponto-médio das expectativas para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) também cresceu, de 3,22% para 3,40%.

A mediana das projeções do mercado para a variação do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro em 2020 voltou a subir, de -4,66% para -4,55%, vindo de um piso de -6,54% atingido no fim de junho. Para 2021, o ponto-médio das expectativas foi elevado de 3,31% para 3,40%, mantendo apostas na recuperação de parte das perdas deste ano.

A mediana das estimativas para a taxa básica de juros no fim de 2020 manteve-se em 2,00% ao ano na estimativa que inclui todo o mercado e também entre os Top 5. Para 2021, a projeção para a Selic subiu de 2,75% ao ano para 3,00% ao ano entre os economistas em geral.

A mediana das estimativas para o dólar no fim deste ano foi cortada de R$ 5,41 para R$ 5,38. Para 2021, o ponto-médio das projeções foi mantido em R$ 5,20 entre uma semana e outra. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (23/11/2020) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor – Semanal (IPC-S) subiu 0,77% na terceira quadrissemana de novembro, informou nesta segunda-feira, 23, a Fundação Getulio Vargas (FGV). A taxa ficou 0,15 ponto porcentual acima da variação de 0,62% da semana anterior, a segunda aceleração seguida do IPC-S." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (23/11/2020) - Concorrência vai aumentar ainda mais. "Questionado sobre o possível impacto na redução das taxas de juros cobradas, o diretor do BC afirmou que ainda não tem essa estatística, mas citou o exemplo de aplicativos de transporte, que trouxeram um preço mais acessível que o serviço de táxi, além de facilitar a vida do consumidor. ""Após o advento do PIX, sistema que permite transferências e pagamentos de forma quase imediata em tempo integral, o Banco Central segue trilhando o caminho da próxima revolução digital: a implementação do chamado "open banking" no Brasil, com início de todas as funcionalidades previsto para outubro de 2021.

O "open banking" será uma plataforma, desenvolvida pelos participantes do sistema financeiro com regulamentação do governo e supervisão do BC, a fim de permitir que os clientes possam compartilhar dados bancários e históricos de transação com bancos e "fintechs" (pequenas empresas de tecnologia em serviços financeiros). " (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (23/11/2020) - No caso da CEDAE, que é uma ESTATAL, o povo carioca teve de beber água contaminada durante MESES e NÃO foi indenizados...

MAS no AMAPÁ, como a empresa elétrica é PRIVADA ela terá de COMPENSAR os clientes E ainda vai ser MULTADA, podendo inclusive perder a concessão.

É MUITO melhor sermos servidos por empresas privadas do que por estatais... "Após mais de duas semanas de apagão, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) visitou o Amapá e afirmou que os afetados pelo apagão no estado serão compensados na conta de luz." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (23/11/2020) - Comunicando. "O bitcoin acumula alta de 159,6% este ano, cotado a US$ 18.655 na tarde desta sexta-feira. Com isso, a cripto moeda se aproxima do recorde histórico de US$ 19.665 atingido em dezembro de 2017. E desta vez podem ser os fundos hedge, e não investidores de varejo, que estão impulsionando a alta do preço." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (23/11/2020) - Não aguento mais ficar pagando a conta.

Além do dinheiro que o governo coloca nas empresas, estas ainda pegam empréstimos que EU vou ter de pagar no futuro e para ter as empresas, o governo se endividou e paga uma FORTUNA de JUROS, ou seja, brasileiro é otário mesmo por desejar empresas estatais... Depois não sabe porque é pobre, porque vai se aposentar mais tarde, porque tem de pagar uma fortuna por colégios privados ruins e porque MORRE sem atendimento em hospitais públicos de qualidade...

O governo está mais preocupado em sustentar estatais, ou seja, FUNCIONÁRIOS e FORNECEDORES destas empresas. E porque os políticos gostam da estatais? Porque eles podem colocar os seus "amigos" nelas e como aprendemos com o PT, podem ROUBAR DESCARADAMENTE US$ BILHÕES, pois JAMAIS SERÃO presos por muito tempo...

VERGONHA... ""O documento mostra que, no ano passado, a União transferiu R$ 17,1 bilhões para cobrir despesas de 18 estatais dependentes, que não geram receita para bancar seu próprio funcionamento.

De acordo com a pasta, em 2019, foram gastos R$ 101 bilhões em salários dos 448 mil funcionários dessas empresas."" (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (23/11/2020) - Situação ficando muito complicada para o Brasil. "Quem já precisou reformar uma casa sabe a frustração de ver uma rachadura na parede e saber que, se nada for feito, ela vai crescer. Essa deve ser a sensação do ministro da Economia, Paulo Guedes, ao ver avançar a trinca no teto de gastos do governo federal, mecanismo instituído por meio da Emenda Constitucional 95 para controlar as despesas públicas. Em uma perspectiva de aumento do desemprego, juros, dívida pública e inflação para o ano que vem, tudo indica que a rachadura de hoje causará um desabamento em 2021. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (20/11/2020) - Comunicando. "Apesar de seguidas altas na produção industrial, os estoques do setor continuam em queda e abaixo do desejado pela indústria. É o que constatou relatório de sondagem sobre o mês de outubro divulgado pela CNI (Confederação Nacional da Indústria) nesta quinta-feira (19).

Segundo a CNI, o índice de evolução do nível de estoques ficou em 45,5 pontos no mês de outubro, pouco superior a setembro, mas ainda abaixo dos 50 pontos. O índice de nível de estoque efetivo em relação ao planejado ficou recuou de 43,4 para 43,3." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (20/11/2020) - Comunicando. "A economia brasileira registrou alta de 7,5% no terceiro trimestre, na comparação com os três meses anteriores, segundo dados do Monitor do PIB-FGV, divulgados pela Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta quinta-feira (19). Frente ao mesmo período de 2019, no entanto, o resultado é uma queda de 4,4%.

Segundo a FGV, em setembro o PIB teve uma alta de 1,1% ante o mês anterior. Já na comparação com o mesmo mês do ano passado recuou 2,3%." (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (20/11/2020) - Comunicando. "Será que estamos para entrar em uma nova era de inflação inesperadamente alta, em vez da inflação abaixo da meta com a qual nos acostumamos? Muitos rejeitam essa possibilidade. Mas o menino que gritou “é o lobo” estava certo da última vez. Um livro lançado há pouco insiste em alertar contra o lobo. Ele afirma, de forma notável, que como resultado da atual generosidade fiscal e monetária, “como acontece depois de muitas guerras, haverá um aumento da inflação, muito provavelmente para mais de 5%, ou mesmo na casa de 10% em 2021”. Isso mudaria tudo." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (19/11/2020) - Com pressão devido ao incremento brutal da concorrência, os bancos tem de cortar custos e fechar unidades pouco rentáveis. "Os três maiores bancos privados brasileiros estão neste momento debruçados sobre processos de reestruturação, e não há coincidência nenhuma nisso. Com lucros em queda e desempenho das ações fraco desde o início da pandemia, Itaú Unibanco, Bradesco e Santander buscam formas não apenas de destravar o valor de alguns ativos, mas também de gerar mais eficiência." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (19/11/2020) - Comunicando. "A PagSeguro, empresa de meio de pagamentos do UOL, teve lucro líquido contábil de R$ 263,4 milhões no terceiro trimestre, queda de 23,1% em relação a igual trimestre do ano passado, mostra balanço divulgado nesta quarta-feira, 18. O lucro ajustado ficou em R$ 330,4 milhões, baixa de 15,3% ante um ano antes.

Já o volume total transacionado no período por meio das maquininhas subiu 52,5% na mesma comparação, para R$ 44,8 bilhões. As receitas totais, por sua vez, somaram R$ 1,781 bilhão no intervalo entre julho e setembro, alta de 21,8% ante igual período de 2019.

Em relatório, a PagSeguro destaca que o PagBank terminou o terceiro trimestre com 6,7 milhões de clientes ativos, 1,8 milhão a mais que no fim do trimestre anterior. Entre os que chegaram, quase meio milhão são comerciantes, destaca a empresa em nota à imprensa." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (19/11/2020) - Comunicando. "A agência de classificação de risco Fitch reiterou nesta quarta-feira (18) o rating do Brasil em BB-, com perspectiva negativa

Em nota, a Fitch diz que a nota do Brasil é sustentada por sua grande e diversificada economia e capacidade de absorver choques externos, ajudada por sua taxa de câmbio flexível.

Por outro lado, a agência alerta que há um alto e crescente endividamento governamental, uma estrutura fiscal rígida, fraco potencial de crescimento econômico e um cenário político difícil que impede o progresso nas reformas fiscais e econômicas." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FUNDOS DE INVESTIMENTO - (19/11/2020) - Comunicando. "A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) terá novas normas para clubes de investimentos e investidores não residentes a partir de 1º de dezembro. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (19/11/2020) - Fluxo de capitais pela conta financeira está entrando forte no Brasil e boa parte desses recursos estão entrando para a compra de ações. "O fluxo cambial ficou positivo em US$ 3,523 bilhões na semana passada, segundo dados divulgados pelo Banco Central. Entre 9 e 13 de novembro, houve entrada de US$ 4,908 bilhões na conta financeira e saída de US$ 1,384 bilhão na conta comercial.

Com o resultado da semana passada, o saldo negativo do fluxo cambial no ano até o último dia 13 chega a US$ 16,671 bilhões. A conta financeira é responsável por uma saída de US$ 46,602 bilhões. A conta comercial está positiva em US$ 29,931 bilhões. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (19/11/2020) - Comunicando. "O diretor de Política Monetária do Banco Central, Bruno Serra, afirmou nesta quarta-feira que a autoridade monetária está preparada para atuar no câmbio caso o mercado não seja capaz de absorver o volume elevado de recursos relacionados ao desmonte de posições de “overhedge” dos bancos esperado para o término do ano." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (19/11/2020) - Comunicando. "O PIX tende a estimular as chamadas "fintechs" (pequenas empresas de tecnologia do setor financeiro) e as "startups" (companhias inovadoras com custos baixos), mas sem tirar espaço dos grandes bancos. " (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (19/11/2020) - Comunicando. "Os pedidos de falência avançaram 18,4% em outubro na comparação com setembro. Mantida a base de comparação, os pedidos de recuperação judicial e as recuperações judiciais deferidas aumentaram 52,3% e 45,3%, respectivamente. No mesmo sentido, as falências decretadas também cresceram 45,3% na variação mensal. Os dados são da Boa Vista Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC)." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (19/11/2020) - Concorrência aumentando. "As cooperativas de crédito respondem por 85% das instituições cadastradas no Pix, sistema brasileiro de pagamentos instantâneos. São 619 participantes. Os bancos aparecem em segundo lugar, com 54.

No lançamento, na segunda-feira (16), 47 instituições de pagamentos e 6 fintechs também puderam oferecer o serviço." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (18/11/2020) - Comunicando. "O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) apontou alta de 3,05% no segundo decêndio de novembro, ante 2,92% no mesmo período do mês anterior. Com o resultado, a taxa acumulada em 12 meses passou de 20,56% para 24,25%, informou o FGV Ibre. " (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (18/11/2020) - Comunicando. "Sinalização do BC faz dólar recuar. Autoridade pode elevar oferta de swap cambial no fim do ano." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (18/11/2020) - Comunicando. "O aumento substancial da dívida pública, a manutenção dos juros no seu piso histórico de 2% ao ano, mesmo com inflação em aceleração, e a desconfiança cada vez maior de que o País está à beira de um “populismo fiscal” realimentaram o debate sobre o risco de dominância fiscal no Brasil.

Numa situação de dominância, as ferramentas que o Banco Central tem para controlar o avanço dos preços, entre elas a Selic, perdem potência, e seu uso pode até mesmo provocar o efeito inverso de impulsionar a inflação, dado o impacto que teriam no aumento do custo do endividamento da União." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (18/11/2020) - Comunicando. "O pico de inadimplência da crise atual causada pela pandemia de coronavírus deve ocorrer no primeiro semestre de 2021, mas tende a ser menor do que o esperado inicialmente, disse Otávio Damaso, diretor de regulação do Banco Central, em evento da Federação Brasileira de Bancos (Febraban)." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (18/11/2020) - Comunicando. "O bitcoin ultrapassou o patamar de US$ 17 mil pela primeira vez desde janeiro de 2018, acumulando valorização de quase 140% em 2020. Nesta terça-feira (17), o bitcoin era negociado a US$ 17.202,81, alta de 2,86%.

Em dezembro de 2017, a criptomoeda chegou a operar perto dos US$ 20 mil." (Fonte: O Globo G1)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (18/11/2020) - Concorrência em alta. "O Peac Maquininhas, linha de crédito operada por meio de máquinas de cartão, já emprestou R$ 252 milhões para 8.395 empresas, informou nesta terça-feira o secretário de Política Econômica, Adolfo Sachsida, durante divulgação do Boletim MacroFiscal de novembro.

“Com a entrada da Caixa e do BB [Banco do Brasil], o volume vai dar um pulo”, disse. Ele informou que BMG, Inter, Tribanco e Bradesco vão entrar no programa ainda em novembro. O secretário orientou os microempresários a se informar sobre a linha de crédito." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (17/11/2020) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, subiu 1,12% na segunda quadrissemana de novembro, desacelerando levemente em relação ao acréscimo de 1,16% registrado na primeira leitura deste mês, segundo dados publicados nesta terça-feira, 17, pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe)." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (17/11/2020) - Comunicando. "Economistas ouvidos pelo Banco Central ontem expressaram preocupação com os rumos da inflação. O tema foi o mais comentado durante o encontro trimestral organizado pela autoridade monetária." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (17/11/2020) - Comunicando. "O Banco Central (BC) começa a endurecer as exigências regulatórias e de capital das grandes fintechs num momento em que algumas delas se tornam mais sofisticadas e ganham relevância no mercado brasileiro." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (17/11/2020) - Comunicando. "A fintech Rispar, do grupo QR Capital, começou a oferecer nesta segunda-feira (16) uma nova modalidade de crédito com criptomoedas como garantia. O novo modelo é regulamentado pelo Banco Central.

De acordo com O Globo, os empréstimos podem variar entre R$ 500 e R $ 300 mil aos clientes que aceitarem dar suas criptomoedas como garantia. A modalidade funciona como em outras formas de empréstimo com garantia – como a de carros ou imóveis, por exemplo – sendo que a moeda virtual é usada para reduzir os juros do contrato." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (17/11/2020) - Concorrência aumentando seriamente. "O Pix, sistema que pagamentos instantâneos, terá novas funcionalidades no futuro, como pagamentos programados e sistema cashback. A afirmação é do presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, que lançou hoje (16) a operação plena do Pix, que até ontem estava em fase de testes." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (16/11/2020) - Comunicando. "O Banco Central (BC) concedeu autorização de funcionamento para a CF Group Sociedade de Empréstimo entre Pessoas (SEP). A companhia terá sede em Porto Alegre (RS) e capital inicial de R$ 1 milhão. O controlador é Guilherme Nardino Enck.

As SEPs foram criadas pelo BC em 2018 e como o nome sugere são plataformas que permitem empréstimos entre um credor e um devedor. Com a nova licença, atualmente existem oito SEPs." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







FOCUS - (16/11/2020) - Comunicando. "A projeção agora é de que o Produto Interno Bruto (PIB) encolha 4,66% em 2020, de uma expectativa anterior de retração de 4,80%, na segunda semana seguida de melhora. Para 2021, o cenário continua de crescimento de 3,31%.

O levantamento semanal apontou que a expectativa para a alta do IPCA este ano aumentou em 0,05 ponto percentual, a 3,25%, na 14ª semana de aumento da projeção. Para 2021, a inflação é calculada agora em 3,22%, de 3,17% antes, quarto aumento seguido.

A pesquisa semanal com uma centena de economistas não apresentou mudanças no cenário para a política monetária, com a Selic calculada em 2,0% este ano e em 2,75% em 2021. " (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (16/11/2020) - Comunicando. "A taxa do Índice de Preços ao Consumidor – Semanal (IPC-S) se acelerou a 0,62% na segunda quadrissemana de novembro, informou nesta segunda-feira, 16, a Fundação Getulio Vargas (FGV). O resultado superou a variação de 0,59% apurada na primeira leitura do mês. De acordo com a FGV, cinco das oito classes de despesa que compõem o IPC-S tiveram acréscimo em suas taxas, ajudando a pressionar o indicador para cima. A maior influência veio do grupo Transportes (0,57% para 0,80%). Neste segmento de preços, destaque para o encarecimento do etanol, de 4,42% na primeira leitura de novembro para 6,90% na segunda medição." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (16/11/2020) - Comunicando. "O Índice Geral de Preços-10 (IGP-10) passou a subir 3,51% em novembro com a pressão da inflação ao produtor, contra avanço de 3,20% no mês anterior, de acordo com os dados divulgados nesta segunda-feira pela Fundação Getulio Vargas (FGV)." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (16/11/2020) - Comunicando. "Com o aumento dos hábitos digitais por causa da pandemia, uma tendência ganhou impulso entre os três maiores bancos privados do país: o fechamento de agências bancárias.

Só em 2020, cerca de mil pontos de atendimento presencial do Itaú Unibanco (ITUB3), do Bradesco (BBDC3) e do Santander (SANB11) fecharam as portas, resultando na demissão de 11.000 funcionários. É uma forte aceleração grande em relação ao ano passado, quando esses mesmos bancos encerraram a operação de 430 agências e cortaram 7.000 vagas. Os objetivos são cortar custos e readequar o atendimento às demandas dos clientes." (Fonte: Exame)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (16/11/2020) - Comunicando. "Após 12 dias de operação restrita, na qual apenas alguns clientes selecionados pelas instituições financeiras puderam testar o sistema, entra no ar hoje, para todo mundo, o Pix, novo sistema de pagamentos instantâneos criado pelo Banco Central (BC). " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (16/11/2020) - Pelo visto, a concorrência irá aumentar fortemente no setor bancário. "A Energisa, que controla diversas empresas de distribuição de eletricidade e tem negócios em geração e comercialização, tem preparado a criação de uma fintech para oferecer serviços a clientes, incluindo produtos financeiros." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (16/11/2020) - Comunicando. "Muitos analistas econômicos estão incomodados com a falta de reação do Banco Central à alta da inflação dos últimos meses, que superou o esperado pelo mercado financeiro e as próprias estimativas da autoridade monetária." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (16/11/2020) - Comunicando. "Diz-se que uma mentira contada mil vezes torna-se verdade. Pelo menos na cabeça de quem a profere. E é com essa máxima que o ministro da Economia, Paulo Guedes, tenta evocar uma agenda liberal inexistente, prometendo uma onda de privatizações que nunca sai do papel e apresentando o arrolamento da dívida pública como única forma de evitar a hiperinflação. Com um discurso tão desgastado quanto sua imagem, Guedes, que nunca foi popular entre políticos e a sociedade civil, vê esvair o apoio de um mercado receoso com o que está por vir. Não é sem razão. Ao tocar no assunto do descontrole inflacionário em tom de ameaça – e não como um problema a ser detalhado e resolvido –, ele se mostra incapaz de diferenciar um bom plano de ação do devaneio de um liberal sem poder efetivo. O mercado, evidentemente, reage mal à falácia. E coloca em dúvida a capacidade do ministro de trazer soluções aos entraves econômicos que ameaçam o País também no próximo ano." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (16/11/2020) - Comunicando. "O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), considerado prévia do Produto Interno Bruto (PIB) da autoridade monetária, teve alta de 9,47% no terceiro trimestre de 2020 na comparação com o segundo trimestre deste ano, informou a autoridade monetária nesta sexta-feira (13), indicando recuperação após o tombo da economia no segundo trimestre em meio à pandemia do novo coronavírus.

Contudo, apesar da recuperação, a queda ainda é de 3% frente o mesmo período do ano anterior." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (13/11/2020) - Acredito que a receita com serviços dos bancos irá cair no longo prazo... "As transações diárias feitas na fase de testes (“soft opening”) do sistema de pagamentos instantâneos Pix, capitaneado pelo Banco Central, já ultrapassaram R$ 50 milhões, o que é surpreendente, na avaliação do diretor de política de negócio e operações da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), Leandro Vilain. “Eu achava que o primeiro dia [de operação integral] do Pix teria R$ 50 milhões em transações, mas bateu isso na fase de teste, na última terça-feira. Já perdi a aposta”, disse ontem em Live do Valor." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (13/11/2020) - Comunicando. "O Banco Central abriu nesta quinta-feira, 12, uma consulta pública para desburocratizar e facilitar, a partir do próximo ano, a realização de operações cambiais, como transferências de valores por pessoas entre o Brasil e o exterior.

Uma das medidas propostas possibilita que bancos e instituições de pagamento possam realizar essas transferências, sem necessitar de uma corretora. Isso barateia o custo ao permitir que sejam fechadas operações de câmbio agregadas, e não individuais por cliente. As corretoras continuarão em funcionamento, mas o usuário também passa a ter a alternativa dos bancos." (Fonte: Infomoney)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BRASIL - (13/11/2020) - Estou a bastante tempo falando e alertando sobre a possibilidade de hiperinflação e a cada dia essa incrementa. Se o populismo continuar, entraremos em uma crise que será difícil sair. Na dúvida, observem a Venezuela e Argentina, pois foram no mesmo caminho "“O modelo baseado em gastos públicos já nos levou duas vezes à hiperinflação. Não podemos por covardia e politicagem continuar gastando além da nossa capacidade financeira”, disse ministro da Economia, Paulo Guedes, nesta quinta-feira, 12. A declaração ocorre dois dias depois de o ministro falar que Brasil pode “ir para uma hiperinflação muito rápido” se não rolar a dívida satisfatoriamente. " (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (13/11/2020) - Mais um serviço diferente que os grandes bancos não oferecem ao correntista comum. Mais concorrência. "A Nomad é um dos primeiros bancos digitais a oferecer uma conta corrente para brasileiros nos Estados Unidos. Criada por um dos fundadores do iFood, Patrick Sigrist, a fintech quer disponibilizar compras e pagamentos em dólar para não-residentes.

Para abrir a conta é preciso ter o passaporte brasileiro e residência fixa aqui no Brasil. O projeto, feito em parceria com um banco americano, está funcionando há alguns meses em fase beta e conta com cerca de 300 clientes. O público-alvo do banco são clientes de alta renda que tenham de R$ 50 mil a R$ 5 milhões como patrimônio." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (13/11/2020) - Comunicando. "O banco holandês ING vai encerrar suas operações na América do Sul, incluindo o Brasil. Na semana passada, o banco havia anunciado uma reestruturação global e agora confirmou que ela deve incluir o fechamento do escritório no país, que tem cerca de 90 funcionários." (Fonte: Valor Econômico)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







INDÚSTRIA - (13/11/2020) - Comunicando. "A expedição de caixas, acessórios e chapas de papelão ondulado somou 362.098 toneladas em outubro de 2020, o que representa um crescimento de 8% ante igual mês de 2019, segundo informações da Associação Brasileira do Papelão Ondulado (ABPO) divulgadas nesta quinta-feira, 12. Os dados são preliminares. Na comparação com setembro, o crescimento foi de 2,94%.

Em nota, a entidade destaca que este é um novo recorde mensal entre os meses de outubro e maior número de expedição para série iniciada em janeiro de 2005. Com a mesma quantidade de dias úteis (26 dias úteis em outubro de 2020 e 2019), a produção por dia útil também cresceu 8,0% para 13.927 t/d.u..

Considerando os dados livres de influência sazonal, a expedição de papelão ondulado recuou 2,0% em outubro, para 336.047 toneladas, após avançar nos quatro meses anteriores. A expedição por dia útil nos dados sazonalmente ajustados foi de 12.925 t/d.u., 5,8% inferior a setembro." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (12/11/2020) - Concorrência aumentando e o BACEN se esforçando para reduzir a lucratividade do setor. "Nos corredores do Banco Central há quem defenda um PIX em camadas. O próximo passo seria a adoção do sistema de pagamentos eletrônicos na área de transações internacionais. A medida teria impacto positivo para o comércio exterior. Hoje, toda a movimentação financeira em torno das exportações é uma barafunda. Da emissão do “conhecimento de embarque”, documento feito pelo comandante do navio, até a cobrança e o pagamento internacional, a média é de quatro dias para companhias de navegação estrangeira. No caso de uma empresa brasileira, esse prazo pode chegar a 10 dias. Isso para não falar da burocracia e dos custos que ela traz a reboque. Um exemplo: um armador relatou ao RR a via crucis que teve de atravessar no mês passado, ao embarcar três contêineres para o Porto de Hamburgo. O Bill of Landing (BL) – o “conhecimento de embarque” emitido pelo transportador – só foi expedido um dia antes da chegada do navio à Alemanha. Resultado: o armador teve de arcar com um gasto extra de 700 euros para bancar a estadia da carga no terminal até que toda a documentação fosse liberada e o pagamento, concluído. Com o “PIX das transações internacionais”, toda a operação financeira poderia ser feita em questões de minutos, sem a necessidade de qualquer documento físico. O sistema poderia ainda reduzir os custos bancários que incidem sobre o comércio exterior. Essa despesa é debitada diretamente no valor da fatura do exportador. Chega a custar até 1% do valor da carga." (Fonte: Relatório Reservado)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







MOEDAS - (12/11/2020) - Comunicando. "O Brasil começou novembro registrando saída líquida de dólares, em movimento ditado pela conta comercial, depois de perder mais de 1,3 bilhão de dólares em outubro. De acordo com dados do Banco Central divulgados nesta quarta-feira, o saldo de fluxo cambial ficou negativo em 186 milhões de dólares entre 3 e 6 de novembro.

As operações comerciais (exportação menos importação) tiveram déficit de 1,441 bilhão de dólares. Já o fluxo financeiro --por onde passam investimentos em portfólio, pagamento de dívidas e remessas de lucros e dividendos, entre outros-- registrou sobra de 1,255 bilhão de dólares.

Em outubro, o fluxo cambial ficou negativo em 1,311 bilhão de dólares, com saída líquida tanto na conta comercial (-751 milhões de dólares) quanto na financeira (-560 milhões de dólares)." (Fonte: Reuters)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (11/11/2020) - Comunicando. "Um número crescente de startups, dos mais diversos segmentos, tem ampliado a oferta de serviços financeiros, para facilitar a vida de seus clientes e abrir uma nova frente de faturamento, que não fazia parte do escopo inicial de seus negócios. O caso mais recente foi o do iFood. Noo começo do mês, lançou uma conta digital para donos de restaurantes.

A tendência foi batizada de "fintechzação" por Rafael Assunção, sócio-fundador da Questum e mentor do programa de capacitação de startups do Sebrae de Santa Catarina." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (11/11/2020) - Comunicando. "O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que mede a inflação na cidade de São Paulo, subiu 1,16% na primeira quadrissemana de novembro, desacelerando levemente em relação à alta de 1,19% registrada no fechamento de outubro, segundo dados publicados nesta quarta-feira, 11, pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe)." (Fonte: IstoÉ)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







BANCOS e CARTÕES - (11/11/2020) - Comunicando. "O Banco Central e a Receita Federal estão em conversas avançadas para implementar o pagamento de impostos por meio do Pix e discutem maneiras de operacionalizar esse movimento ainda em novembro.

Segundo especialistas, a expectativa é que a adoção do novo sistema diminua os custos para o governo e aumente a arrecadação dos tributos." (Fonte: Folha)

Link para a matéria completa do jornal para ser lida







JUROS e INFLAÇÃO - (11/11/2020) - Se forem comprar títulos do tesouro ou outro de renda fixa, sugiro adquirir títulos atrelados a índices inflacionários, preferencialmente ao IGP-M se possível.

Algo que eu venho falando há algum tempo. Se formos para uma inflação absurda, a responsabilidade será da impressionabilidade fiscal do governo Bolsonaro, sem dúvida. Populismo de esquerda tem um custo e toda a sociedade tende a pagar caro no futuro. Esperava que tivéssemos aprendido isso com o outro governo de esquerda, o do PT. "O ministro da E